sábado, 28 de fevereiro de 2015

BOMBEIROS E POLICIAIS RECEBERÃO MENOS A PARTIR DO PRÓXIMO MÊS (MARÇO)

Corte de até R$ 350 no soldo de 95 mil policiais militares e bombeiros

O valor do débito adicional será de R$ 70 a R$ 350, conforme a remuneração do servidor




Rio - Os 95 mil policiais e bombeiros militares ativos e aposentados do Estado do Rio terão desconto de 11% para o Rioprevidência sobre a Gratificação de Regime Especial de Trabalho (Gret). O valor do débito adicional será de R$ 70 a R$ 350, conforme a remuneração do servidor. O novo desconto tem validade já a partir deste mês, com a folha de pagamento que será creditada no dia 2 de março para inativos e dia 3 para os ativos. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), a contribuição vai representar gasto adicional de R$13,8 milhões por mês para esse grupo de militares, sendo R$9,8 milhões para os ativos e R$ 4 milhões para os inativos. O montante será destinado ao Rioprevidência. Já o Tesouro Estadual vai arcar com R$ 19,6 milhões a mais por mês. O valor é referente à contribuição patronal de 22% sobre a contrapartida dos PMs e bombeiros militares ativos. 

Em nota, a Seplag explicou que a medida foi tomada devido à obrigatoriedade jurídica da incidência de contribuição nesta gratificação, por sua natureza remuneratória. E também seguiu orientação da Procuradoria Geral do Estado, já que todos os 95 mil servidores levavam a Gret para a aposentadoria, sem contribuir para o Rioprevidência. Não haverá cobrança de retroativos.

Vale lembrar também que os militares aposentados só vão contribuir com os 11% para a Gret no total que exceder o teto do INSS (R$ 4.663,75). Os pensionistas estão de fora dessa nova obrigatoriedade, uma vez que o valor que excede o teto do INSS já tem desconto para o Rioprevidência, também de 11%.


MENOS R$ 382 MI

As futuras mudanças nas pensões por morte de todos os servidores do Estado do Rio vão representar redução de despesa de R$ 19,8 milhões por ano para o Rioprevidência. Será logo nos primeiros 12 meses da aprovação do projeto de lei na Alerj. Quando todos os segurados estiverem seguindo a regra, a economia chegará a R$382 milhões por ano. Os dados são do Rioprevidência.

ACIMA E ABAIXO DE 44 

O Estado do Rio tem atualmente 91.648 pensionistas, com valor da folha de R$ 273 milhões por mês. Do total, 20,35% têm até 44 anos (18.655 pessoas). Acima desta faixa etária são 79,65% (72.993 segurados). A idade é a base atual que vai definir a partir de qual faixa etária o cônjuge terá direito ao recebimento vitalício da pensão por morte do servidor.

POR FAIXA ETÁRIA 

Conforme a coluna antecipou ontem, o tempo de recebimento das novas pensões vai seguir a tabela de expectativa de vida do IBGE. A atual determinaria os seguintes critérios: até 21 anos, a pensão seria paga por três anos. Entre 22 e 26, por seis anos. De 27 a 32, por nove. De 33 a 37, por 10. De 38 a 43, por 15 anos e de 44 anos em diante, vitalícia.

TESOURO ESTADUAL 

Presidente do Rioprevidência, Gustavo Barbosa declarou que todos os ajustes que estão sendo feitos no estado, acabam também refletindo na garantia de pagamento dos 260 mil segurados. O Tesouro Estadual vem aportando recursos para o fundo, mas sofre queda em receitas, como arrecadação de ICMS e na distribuição de royalties.
Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/economia/2015-02-28/corte-de-ate-r-350-no-soldo-de-95-mil-policiais-militares-e-bombeiros.html

Explicado a todos o porquê dos espelhos dos contra cheques terem demorado tanto para serem processados. A SEPLAG estava fazendo os acertos a mando do governo.

Bombeiro e policial militar você receberá menos a a partir do próximo mês. E a artimanha encontrada pelo governo foi tributar a GRET. Quanta covardia que estão fazendo com os servidores públicos. A gangue de Pezão/Cabral roubam os cofres públicos e quem paga a conta somos nós.

A primeira parcela dos míseros aumento em cinco parcela em cinco ano se perdeu com essa medida, dá com uma mão e tira com a outra; e não para por aí: vão alterar também a forma de remuneração das pensionistas por morte dos servidores. Você morre servindo seu estado e depois sua família fica a mínguas largada com seus filhos, a dor da perda e contas para pagar. 
Esse é o nosso Governo PMDB Pezão/ Cabral.  

O Estado do Rio de janeiro vai explodir  

ACOMPANHEM O CASO LAVA JATO PELO SITE DO MPF

O Ministério Público Federal pretende acabar com a festa do PT no Governo: colocou no ar o site da Operação Lava Jato, esclarecendo a população quanto ao maior assalto que já sofreu na história deste pais!!


http://www.lavajato.mpf.mp.br/

A transparência, em rede social, é uma arma do MPF para evitar casos como o ocorrido na Argentina, em que acusações ao Governo acabe em morte dos denunciantes... Divulguem!!

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PAGAMENTO DO FUNCIONALISMO PÚBLICO ESTADUAL SOB AMEAÇA

Pezão pede R$ 11,7 bi ao TJ para Rio Previdência e precatórios



Dinheiro de fundo para cobrir ações judiciais ajudaria a pagar 260 mil pensionistas e inativos

Com os cofres do estado vazios, o governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB, aposta todas as suas fichas em convênio com o Judiciário para pagar a folha de pagamento dos 260 mil inativos e pensionistas do Rio Previdência e arcar com custos de precatórios — ações perdidas pelo Executivo na Justiça. Para impedir o colapso das finanças, ele apresentou projeto aos desembargadores do Órgão Especial para usar pelo menos R$ 11,7 bilhões dos R$ 16,84 bilhões do Fundo de Depósito Judicial. O valor garante o pagamento de ações judiciais, como a coluna ‘Justiça e Cidadania’ publicou com exclusividade na terça-feira.

A decisão da Corte sobre o pedido de empréstimo será votada pelos 25 desembargadores mais antigos do tribunal dia 9 de março. A recomposição dos valores seria feita pelo estado, a partir de 2019. Segundo o secretário da Casa Civil, Leonardo Espínola, o rombo no Rio Previdência é estimado em R$ 5 bilhões. “Fizemos um estudo nos últimos dez anos e percebemos que a verba do fundo só aumenta. Ainda deixaríamos mais de R$ 5 bilhões. Não há o menor risco de o ganhador de uma ação não receber”, afirmou.


Situação periclitante vive o estado, e os riscos dos ativos terem seus pagamentos atrasados e/ou pagos em duas etapas: quem receber até determinado valor nos primeiros dias do mês, e quem recebe acima mais pra frente, está cada vez mais real.

Pezão/ Cabral quebraram o estado, esvaziaram os cofres públicos para poder garantir a eleição de pezão, e agora depois de março onde não poderão mais contar com os recursos do IPVA que já foram pagos, a forca vai apertar.

Vamos ver se o TJ socorre essa gangue que se instalou no estado do Rio de Janeiro.

Fonte: http://blogs.odia.ig.com.br/justicaecidadania/2015/02/26/pezao-pede-r-117-bi-ao-tj-para-rio-previdencia-e-precatorios/

MEDIDAS DE REDUÇÃO DE GASTOS NO CBMERJ

No boletim ostensivo do dia 23/02, trouxe a determinação abaixo, de redução de gastos, da parte do estado maior geral. 


Bem interessante essa política do não desperdício, não obstante, para se ter um aproveitamento proficiente dos recursos, que é o que parece desejar a administração, a economia gerada, a partir da adoção destas medidas, poderia ser investida na própria unidade que a economizou, ou seja, traduzindo-se em aquisição de materiais operacionais que faltam, manutenção predial das instalações, melhora da alimentação, entre outras.


Acreditamos que desta forma todos seriam beneficiados e se engajariam nesta determinação/proposta do comando. Teriam todos os integrantes da corporação como parceiros desta ação politicamente, ambientalmente e gerencialmente correta.


Mas e você bombeiro militar, o que achou desta ação do comando??? 


Todos realmente serão enquadrados nesta política de austeridade???


Quem terá mais que se doar para por tais medidas em prática???


Você acha cabível tais medidas? sim ou não? e porque?




quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

COMPANHIA INTEGRADA DE POLICIA DE PROXIMIDADE DECEPCIONA MORADORES DA ZONA NORTE

Inaugurada a base de protestos, que a imprensa por sinal omitiu; polícia de proximidade inicia seus trabalhos, até apenas as 22h, até mesmo sem o tal cartão de visita que seria distribuído não ficou pronto. Acreditem...





terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

ISONOMIA PARA MILITARES DA ODONTOLOGIA

INFORMATIVO

Os profissionais de Odontologia, mais precisamente os ACD's, receberam este comunicado no Boletim do dia 08/01/2015:

6. CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA - DETERMINAÇÃO - NOTA DGO 007/2015
A Cel BM Diretora-Geral de Odontologia, no uso de suas atribuições, determina aos seus militares (cirurgiões dentistas e auxiliares de consultório dentário) que encaminhem aos seus respectivos Diretores ou Coordenadores, no prazo máximo de 30 dias, a Certidão de Regularidade Profissional.
Porém sabemos que muitos desses profissionais estão desviados de função ou só exercem tal atividade dentro do CBMERJ e por trás do pedido desta Certidão onde deve constar apenas se o militar é inscrito no Conselho alguns estão sendo coagidos a só terem sua certidão se o debito com o Conselho for quitado e à vista.
Mas como a nossa Constituição Federal garante isonomia entre as categorias de diversos segmentos, dentro do próprio Conselho Regional de Odontologia este direito não é respeitado como podemos ver pela Resolução CFO 088/2009.

RESOLUÇÃO CFO-088 / 2009

Altera a redação do artigo 255 da Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia.

O Presidente do Conselho Federal de Odontologia, cumprindo deliberação do Plenário, em reunião realizada no dia 19 de junho de 2009, no exercício de suas atribuições legais,
RESOLVE:
Art. 1º. O artigo 255 e seu parágrafo único da Consolidação das Normas para Procedimentos nos Conselhos de Odontologia passa a viger com a seguinte redação:
“Art. 255. O profissional militar, que não exerça atividade fora do âmbito das Forças Armadas, estará isento do pagamento da anuidade, devendo anualmente comprovar tal situação até a data limite do vencimento da anuidade do exercício.
Parágrafo único. A isenção não se estende às demais taxas.”.
Art. 2. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação na Imprensa Oficial, revogando as disposições em contrário.

Rio de Janeiro, 19 de junho de 2009.


A associação SOS Bombeiros está acompanhando o caso e tomando as devidas providencias para a extensão de tal benefício para todos os profissionais da Odontologia tanto do CBMERJ quanto para a PMERJ

Agradecemos ao Vereador Marcio Garcia pelo empenho e dedicação a essa causa.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

AÇÕES DO PRESIDENTE DA COMISSÃO DE DEFESA CIVIL DA CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

NOTA A IMPRENSA - INCÊNDIO NO NOVA AMÉRICA





O presidente da Comissão de Defesa Civil da Câmara de Vereadores do Rio, Marcio Garcia, que é major do Corpo de Bombeiros,  vai protocolar um pedido de explicações à administração do Shopping Nova América e ao comandante do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio sobre as medidas adotadas para debelar as chamas.


























 O local possuía reserva técnica de água suficiente para combater o fogo, segundo declarou em coletiva à imprensa o superintendente do shopping, Carlos Martins, mas, estranhamente, a administração do Nova América contratou carros-pipa para "agilizar" o trabalho em vez de utilizar os recursos já disponíveis no local, o que daria muito mais rapidez.   O reservatório existe para ser usado em caso de emergência, essa é sua finalidade óbvia. 






Qual o motivo da administração decidir poupar água armazenada?  

Qual emergência, naquele momento, era superior ao incêndio de grandes proporções?   

Que empresa era responsável pela brigada de incêndio?   

Ela está com a documentação em dia e passou por fiscalização ? 

Qual o motivo da brigada não ter acionado de imediato o Corpo de Bombeiros? 

Por acaso tal empresa  possuía ou possui alguma relação com militares do Corpo de Bombeiros? 

São questionamentos que precisam ser esclarecidos o mais rápido possível. 

Fonte: http://www.marciogarciarj.com.br/2015/02/incendio-nova-america-pedido-de.html

MAJOR PM CARVALHAS FALA A VERDADE SOBRE UPP DA CIDADE DE DEUS, LOGO DEPOIS É EXONERADO


Em um momento onde a quase totalidade dos Oficiais da Polícia Militar nada fala sobre a crise que a segurança pública está enfrentando no Rio de Janeiro, onde a violência cresce de forma assustadora e onde as mortes de Policiais Militares são frequentes, nós devemos parabenizar a coragem da Capitã PM Carvalhaes que falou a verdade sobre a realidade da UPP da Cidade de Deus.

Oficial não deve ter medo de expor a sua opinião, principalmente quando seus comandados estão sendo assassinados em virtude dos erros na administração da segurança pública.

"Site G1
19/02/2015 16h09 - Atualizado em 19/02/2015 16h47
Comandante da UPP Cidade de Deus, no Rio, diz que o tráfico aumentou
Unidade teve segundo policial morto em menos de 20 dias.
Operações policiais tentam reprimir ação criminosa na comunidade.
A comandante da UPP da Cidade de Deus, Alessandra Carvalhaes, afirmou nesta quinta-feira (19) que a comunidade da Zona Oeste passa por um momento difícil, com o aumento da criminalidade. Durante o velório do cabo Rogério Pereira da Silva, morto na quarta-feira (18) num tiroteio no local, a comunidade disse que o tráfico de drogas é o crime de maior incidência na comunidade.
"Estamos observando um aumento de criminalidade no entorno da Cidade de Deus. Nós temos observado o recrudescimento do tráfico de drogas. Acredito que está havendo uma movimentação de criminosos para a Cidade de Deus. Torcemos para que consigamos debelar esse problema", afirmou.
Ainda de acordo com Alessandra Carvalhaes, um estudo para responder à ação criminosa está sendo feito. Operações policiais na comunidade estão acontecendo para reprimir os criminosos.
"O planejamento operacional está sendo adequado aos nossos dados de aumento e movimentação da criminalidade. Nesta quinta-feira mesmo tivemos sete presos em uma operação na comunidade", disse a comandante (Fonte)".

Exoneração: http://www.sospoliciais.com/2015/02/major-que-falou-verdade-sobre-upp-foi.html

Fonte: www.sospoliciais.com

sábado, 21 de fevereiro de 2015

VÍDEO MOSTRA HOMEM FANTASIADO DE BOMBEIRO EM FESTA NA BAIXADA









Um homem foi filmado dando um tiro para o alto durante uma festa de carnaval no bairro Carmari, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. No vídeo, enviado pelo WhatsApp do Extra (21 99644-1263 e 99809-9952), ele dança usando uma camisa de guarda-vidas dos bombeiros e com um copo de cerveja na mão. No fundo, uma voz diz “bombeiro em serviço (...). Manda um beijo para o grupo”. A câmera mexe e ele reaparece com uma arma na mão e em seguida dispara, assim que uma moto passa no local. Depois, o homem guarda a arma e continua a dançar. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) está analisando o vídeo.





Testemunhas afirmam que ele é o mesmo miliciano preso pela DHBF pelo crime de falsidade ideológica (por carregar uma carteira falsa do Corpo de Bombeiros), por porte ilegal de armas, e pela suspeita de participação em três homicídios. Ele já estaria solto.




O Corpo de Bombeiros informou que este homem não faz parte da corporação.








Fonte Jornal: Extra