quinta-feira, 17 de abril de 2014

2º VÍDEO, PAULO NASCIMENTO / PRÉ-CANDIDATO BOMBEIRO

Continuando o processo de dar voz aos nossos pré-candidatos Bombeiros, apresentaremos a segunda parte com os voluntários que nos enviaram. Agora, mais um pouco com o pré-candidato PAULO NASCIMENTO


Interaja com ele através dos comentários. Solicitamos apenas que não utilizem palavras de baixo calão, nem ataquem a honra deste valente guerreiro, para que seu comentário não seja censurado.

Tribunal de Justiça decreta ilegalidade da greve da PM na Bahia

Após decretação de greve, algumas cidades do estado da Bahia sofreram com arrastões e saqueamentos. A justiça julgou ser ilegal, e o governador Jacques Wagner (PT) solicitou auxilio da força nacional e exercito. 



O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) declarou a ilegalidade da greve da Polícia Militar (PM) na manhã desta quarta-feira (16). De acordo com a decisão do desembargador Roberto Frank, os policiais militares devem retornar ao trabalho imediatamente. 

Para o Supremo Tribunal Federal (STF), os militares e equiparados são proibidos de fazer greve. A paralisação da PM desde a noite de terça-feira (15) alterou a rotina em Salvador e cidades como Feira de Santana e Vitória da Conquista, na Região Sudoeste, e em Juazeiro, no Norte do estado. Ruas ficaram desertas, ônibus foram recolhidos, aulas foram suspensas, supermercados sofreram saques e bancos, arrombamentos.

A decisão da greve ocorreu após representantes de associações que representam os policiais militares terem analisado e rejeitado uma proposta de modernização da PM feita pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).
Segundo o TJ-BA, oficiais de Justiça vão entregar a decisão da ilegalidade ao comando grevista da PM e ao governo do estado. Caso os policiais não retornem ao trabalho, será aplicada multa diária de R$ 50 mil. Até por volta das 13h30, os representantes das associações não confirmaram o recebimento da decisão.

A ação cautelar foi ajuizada pelo procurador-geral de Justiça, Márcio José Cordeiro Fahel, contra o governador da Bahia, Jaques Wagner, e seis associações representativas da PM: a Associação de Policiais e Bombeiros e de Seus Familiares (Aspra), a Associação de Praças da Polícia Militar da Bahia (APPM-BA), a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPM-BA Força Invicta), a Associação dos Oficiais Auxiliares da Polícia Militar (AOAPM-BA), a Associação dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais da Polícia Militar da Bahia (ABSSO-BA) e a Associação dos Bombeiros Militares da Bahia – Associação Dois de Julho.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

POLICIAIS BAIANOS DECRETAM GREVE

Após insatisfação com proposta de reestruturação da policia militar, enviada pelo governo do estado Baiano, policiais decidem fazer greve depois de se reunirem em assembleia.


BOMBEIRADA ATUANDO EM QUEDA DE ÁRVORE

Avenida Edison Passos e Estrada da Gávea Pequena têm trechos fechados nos dois sentidos

O Dia online

Rio - Duas árvores caíram na manhã desta quarta-feira na região do Alto da Boa Vista, na Zona Norte da cidade. Uma delas caiu na Avenida Edison Passos, na altura da Águas Férreas, fechando os dois sentidos da via. A via ficou fechada por mais de cinco horas.

Queda de árvore fecha importante via no Alto da Boa Vista

A outra árvore caiu na Estrada da Gávea Pequena, na altura do número 1.541, e também fechou os dois sentidos da via, sendo o trecho liberado por volta das 14h25. Equipes do Corpo de Bombeiros do Quartel do Alto da Boa Vista e da Comlurb realizaram a retirada dos troncos caídos na via e limpeza do local.

SOS BOMBEIROS: Choveu mais forte, ventou muito; pode acreditar que o bombeiro vai atuar. Foi o que ocorreu no alto da boa vista, os Bombeiros tiveram que colocar em prática toda habilidade peculiar no corte de árvore. 

Parabéns a guarnição de serviço pela rapidez e desembaraço, mais uma missão cumprida.

AOS NOVOS OFICIAIS DO CBMERJ, SUCESSO EM SUAS CARREIRAS

Parabenizamos aos mais novos oficiais do Corpo de Bombeiros militar do estado do Rio de janeiro, pelo alvo alcançado com louvor. 

Uma outra etapa na vida dos senhores se inicia; mais responsabilidades, compromissos e oportunidade de fazer diferente, melhor do que aqueles que já tiveram e não aproveitaram.

Sejam justos, honestos e companheiros de seus subordinados, fortalecendo cada vez mais o corpo harmônico, ajustado e útil, que é o bombeiro, para sociedade a que servimos.





FORMATURA REALIZADA NO COMPLEXO DE ENSINO NO DIA DE ONTEM (15/ABR/14), CHOAE 2013/2014

terça-feira, 15 de abril de 2014

QUAL FOI A PARTE QUE A CHEFIA NÃO ENTENDEU??? QUEREM ACABAR COM O GMAR!!!

Não é de hoje que o Gmar clama por socorro, e nesta oportunidade de concurso, o comando geral ignora completamente o Grupamento Marítimo. Querem acabar com Gmar, não há outra explicação.



Rio de janeiro, 20 de março 2013:

Faltam guarda-vidas para monitorar banhistas em Niterói
               Bandeira informa aos banhistas o perigo da correnteza em Itacoatiara. Ondas chegaram a 1,5 metro na quarta-feira Foto: Guilherme Leporace

                    

Cidade conta com um efetivo de 26 homens; cinco praias não têm   qualquer tipo de acompanhamento

A morte de dois jovens por afogamento em Piratininga levantou questionamentos sobre o efetivo dos guarda-vidas que atuam nas praias da cidade. A tragédia aconteceu no dia 4 deste mês, e apenas na última sexta-feira os corpos foram resgatados. No dia do acidente, o sol brilhava forte num céu com poucas nuvens, mas o mar estava revolto e as ondas arrastaram os amigos George Manhães, de 16 anos, e Alexander Gomes, de 19, ambos moradores de Pendotiba. Banhistas que presenciaram a cena contam que os rapazes tentaram lutar contra a maré e imploraram por socorro. Os guarda-vidas, ainda segundo testemunhas, estavam posicionados num local afastado da chamada Prainha — trecho no qual ocorreu o acidente — e, consequentemente, não conseguiram chegar a tempo para salvá-los.
— Tenho amigos que viram o afogamento. Eles contaram que o mar estava puxando muito e que as pessoas ficaram com medo de entrar na água. Os guarda-vidas estavam longe dali. Quando chegaram, já era tarde — diz Ângelo Gomes, irmão de Alexander.
Atualmente, 45 guarda-vidas cobrem 13 praias da cidade e de Maricá. Eles se dividem em turnos de 12 horas. Na prática, isso significa que há um “buraco” no esquema de vigilância de banhistas em cinco praias: Boa Viagem (com 450m de extensão), Charitas (mil metros), São Francisco (750m), Gragoatá (80m) e Flechas (400m) não têm, de acordo com o próprio Corpo de Bombeiros, qualquer tipo de monitoramento.
Nas praias que contam com guarda-vidas, o cobertor é curto para atender à demanda. Em Itaipu, são três profissionais escalados para cobrir um quilômetro; em Itacoatiara, cinco tomam conta de 700 metros de orla; Piratininga, com 2,7km, tem dez. Quatro homens trabalham nos 2,6 quilômetros de Camboinhas; em Icaraí, são dois atuando em 1.200 metros; e o banho de mar em Imbuí, uma praia (de 700m) com acesso restrito, controlado pelo Exército, é vigiado por uma outra dupla.
Dados do Corpo de Bombeiros mostram ainda que, somente nestes primeiros meses do ano, houve 684 registros de salvamentos nas praias de Niterói. Duas pessoas morreram por afogamento. Ao longo de 2012, foram resgatados 1.146 banhistas e aconteceram quatro mortes.
Na manhã ensolarada da última quarta-feira, a equipe de reportagem do GLOBO-Niterói percorreu três praias da Região Oceânica e encontrou um número de guarda-vidas inferior ao informado pelo Corpo de Bombeiros. Nenhum estava em Camboinhas; em Itacoatiara, havia três; e, em Piratininga, quatro — uma dupla em cada extremidade, separadas por uma distância de aproximadamente dois quilômetros.
Questionado se a distribuição do efetivo deveria seguir algum critério, o comandante da Área das Atividades de Salvamentos Marítimos do Corpo de Bombeiros, coronel Marcos Almeida, respondeu que não existe uma norma.
— O ideal é que o banhista respeite a sinalização e se posicione próximo aos guarda-vidas — disse o oficial.
Almeida afirmou ainda que, na última quarta-feira, enquanto a equipe do GLOBO-Niterói fazia a reportagem, oficiais devem ter deslocado guarda-vidas para praias com maior demanda. Ele lembrou que, este ano, o governo estadual promoverá um concurso para a contratação de cem guarda-vidas.
Na avaliação da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático, a situação de Niterói é extremamente preocupante.
— É um consenso entre os guarda-vidas que o ideal é ter dois profissionais a cada 500 metros de praia — enfatiza o diretor médico da associação, David Szpilman.

Fonte: G1

A reportagem desmentiu o descaramento da chefia, que ao invés de admitir e denunciar a enorme carência de bombeiros guarda vidas, continua defendendo o Guardanapo e os seus interesses, enquanto a população corre sérios risco de morte na orla de todo RJ. Realmente, um concurso público é, extremamente, necessário, embora os 3.033 salvamentos nos últimos 03 anos, com o total de 09 mortes, mostre que a qualidade dos serviços, em Niterói, é de 99,71%, mesmo sem condições adequadas de trabalho. Neste verão, os GVs trabalharam como nunca, reforçados pelos militares do expediente, mas não são vistos pelos banhistas, por conta da falta de Postos de Salvamento. O Comando local, segundo os Gvs da área, tem feito o possível para melhorar o serviço, mas a criação dos Postos de Salvamentos está fora do seu alcance. Diante disso, resta-nos clamar por socorro a prefeitura de Niterói, ao Estado do RJ e a própria chefia, que precisa expor a realidade aos Guardanapos, afim de realizar concursos para guarda vidas, construir postos de salvamento, oferecendo, assim, o mínimo de Dignidade para que os bombeiros possam oferecer ainda mais segurança aos banhistas.

DIGNIDADE!


Rio de janeiro, 29 de maio de 2013:




Guarda-Vidas do Rio de Janeiro, voltam a clamar por socorro, dado a proximidade de grandes eventos, de porte mundial, e a escassez de militares exercendo a atividade fim, ou seja, realizando efetivamente o socorro de vítimas.
Denunciam a migração de Bombeiros que trabalhavam nos postos, para o serviço de resgate com embarcações, e o consequente esvaziamento dos postos de socorro nas praias cariocas.

Solicitamos que as outras QBMPs possam também expôr a realidade dos seus respectivos serviços, e podem usar o nosso email sosbombeirosrj2@gmail.com, para encaminhar provas e/ou materiais que ilustrem  o que for dito !



Rio de janeiro, 31 de março de 2013:




 CADÊ AS VAGAS DO GMAR CHEFIA ????

A POPULAÇÃO É QUEM VAI SER PENALIZADA??? 

NOVIDADES PARA O GMAR

Este modelo está exposto no pátio do quartel central, e ontem (14), todos os comandantes do Gmar encontravam-se por lá. Pelo visto vão adquirir este equipamento para os grupamentos marítimos.




Não podemos ser injusto e deixar de reconhecer que estão tentando mostrar serviço, mas, eis algumas dúvidas, e nos parece obvio perguntar a quem entende do assunto; os guarda-vidas que estão na areia sol a sol:

1 - Os guarda-vidas foram consultados para saberem se é funcional o postinho? ou ainda irão colocar em teste?

2 - O espaço parece atender para guardar os pertences, mais e as necessidades fisiológicas, onde serão feitas?

3 - Vai ter um pranchão, rescue tube, pocket e binóculos pra cada postinho? essa é a ideia?

4 - Com a variação da maré, como será que o guarda-vidas fará para que não se perca a estrutura? quantos homens são necessários para deslocar?

Guarda-vidas, deem suas opiniões, afinal serão vocês que trabalharão com este equipamento.

Um pedido: antes de comprarem em quantidade, permitam que os Gv's testem para que não invistam mal o recurso público.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

FAÇAM O QUE EU MANDO. MAS EU MESMO, NÃO FAÇO

Vejam só que curioso, o Cel Simões através do corregedor interno , determina que os agentes da B2 impeçam a todo custo a entrada do vereador Bombeiro Marcio Garcia nas unidades do CBMERJ; tudo na sugestão, pois ninguém apresenta nada por escrito ou registra a autoria da determinação. Mas, quando eles próprios e que estão de frente, não cumprem a própria determinação e dizem: - porque que você não se identificou?


É aquela velha história: Façam o que eu mando, mais eu mesmo, não faço. 


Vejam que embaraçados os chefes ficam.




OS CHEFES NÃO MUDAM; A HISTÓRIA É SEMPRE A MESMA. O PIOR É QUE POR MIGALHAS, MUITOS BOMBEIROS SE SUJEITAM A TUDO. LAMENTÁVEL

domingo, 13 de abril de 2014

RESUMO DA ULTIMA REUNIÃO

Estamos satisfeitos com o resultado da ultima reunião, onde os membros mas atuantes compareceram, tiraram duvidas uns com os outros, aperfeiçoaram as ideias, reforçaram os laços, e traçaram meta para o decorrer do ano e das eleições. 


Bacana também ver gente nova, ávida por informação,com coração aberto e cabeça fresca, trazendo mais conteúdo e demonstrando boa vontade. Mesmo em pequena escala sabemos que o resultado da obra de muitos provém do esforço inicial de poucos, contudo, esses poucos movem ferramentas e a massa, fazendo com que as realizações aconteçam e os frutos sejam colhidos por todos. 
Acreditamos unanimemente que o maior benefício do Movimento foi aproximar pessoas especiais, com grande capacidade de realização e enorme força de vontade.  A pesar de saber que não seremos lembrados, nos basta  termos na consciência a tranquilidade e no coração a certeza que cada um de nós, ativista no movimento, por menor que tenha sido a participação  é um agente fundamental para a virada de mais uma pagina histórica no processo de democratização e valorização não somente nossa, mas do trabalhador brasileiro.  Para conseguir isso precisamos de força, inteligência e a cima de tudo responsabilidade. 
Quando nos unimos somos uma força irrefreável, haja vista termos sido o ponta-pé inicial para as reações de várias categorias que se uniram em lutas, (SOS PMERJ, SOS SAÚDE, SOS PROFESSOR, ETC.) acredito que nos dias atuais, nenhum antagonista político nos queira como inimigos.

Nunca mais seremos motivo de chacota, ou considerados insignificantes e isso não se deve ao esforço de um homem, mas ao de muitos, em sua maioria anônimos, mas pilares fundamentais para o sucesso da missão. Somos a prova viva de que dá para muar uma nação, se houver união. O povo está farto de ser explorado e basta um estopim para pintar novamente as ruas de vermelho. Essa é a força da hidra S.O.S. Bombeiros, quanto mais cabeças, mais invencível se torna.

Foram temas da ultima pauta: 

1-  Nossa meta atual é utilizar o força dos mantados,  associações, e judiciário a favor dos bombeiros, municiando-lhes de informação e viabilizando os recursos disponíveis;

2- Não deve haver intervenção por outros meios nas iniciativas do Ministério Público, comprovadas e concluídas pelo Judiciário. Portanto, não apoiaremos a reinclusão dos ex-colegas expulsos por decisão da justiça em virtude de fraude comprovada no concurso público dos mesmos. nós somos funcionários públicos concursados que lutam por dignidade e se não concordamos com os desmandos  irregularidades por parte dos superiores, não podemos também apoiar as irregularidades dos pares e subordinados, pois se assim o fizermos, não seremos diferentes deles em nada;

        
3- entendemos a importância da união da delegação da capital com as comissões do interior, e buscaremos esse senso de unidade a todo custo, independente de divergências pessoais ou politicas, pois somos TODOS BOMBEIROS MILITARES, e manter a unidade da tropa e a não desmobilização do movimento independentemente do governo instaurado é meta primaria e base fundamental para galgarmos êxito.

4- Divulgação da indicação legislativa preparada na assembleia, com a nossa participação, para reforma do regulamento disciplinar. Precisamos conferir, cobrar e correr atras do andamento do processo ou nunca sairá do papel .


  

Não importam os contratempos, trapaças, arriadas, como a tentativa de boicote da ultima reunião, nossa versatilidade dada aos recursos e intelecto das muitas cabeças nos faz superar cada vez mais obstáculos e eles tem nos servido como treinamento.  A cada batalha, falhas são corrigidas, aprendizados adquiridos  e no final, como comprovado, toda vez que tentam cortar uma de nossas cabeças nascem mais duas  no lugar. E assim nos tornamos cada vez mais poderosos diante de nossos oponentes. Acreditamos  que a benção de Deus está nesse processo e se Ele é por nós, quem será contra nós? 
Venha você também tornar-se mais uma cabeça que move o colossal corpo do S.O.S. Bombeiros, e escrever mais uma página na história dessa  Corporação maravilhosa, desse Estado maravilhoso e consequentemente desse País.  Juntos Somos Fortes!     

"É exatamente isso, senhores, estamos fazendo história! E não é o reconhecimento que buscamos, mas a melhoria das condições de trabalho para nós, que irá beneficiar e abrir caminho a outras categorias, e com isso, melhoria das condições de vida de nosso povo e das nossas famílias e finalmente,  o direito legítimo de sentir  profundo orgulho por ser parte disso".     

Equipe S.O.S Guadalupe