sexta-feira, 24 de outubro de 2014

LULA E DILMA SABIAM DE TUDO, AFIRMA DOLEIRO.

Dilma e Lula sabiam de tudo, diz Alberto Youssef à PF

Em depoimento prestado na última terça-feira, o doleiro que atuava como banco clandestino do petrolão implica a presidente e seu antecessor no esquema de corrupção


Na última terça-feira, o doleiro Alberto Youssef entrou na sala de interrogatórios da Polícia Federal em Curitiba para prestar mais um depoimento em seu processo de delação premiada. Como faz desde o dia 29 de setembro, sentou-se ao lado de seu advogado, pôs os braços sobre a mesa, olhou para a câmera posicionada à sua frente e se colocou à disposição das autoridades para contar tudo o que fez, viu e ouviu enquanto comandou um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar 10 bilhões de reais. A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras. Com a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema, ele adicionou novos personagens à trama criminosa, que agora atinge o topo da República. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:

— O Planalto sabia de tudo!

— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.

— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.

Conheça, nesta edição de VEJA, os detalhes do depoimento que Alberto Youssef prestou às autoridades.



SOS BOMBEIROS: Precisamos dar uma resposta firme através das urnas neste domingo. Os fatos apresentados são muito graves e determinantes do futuro de nosso país.

GOLPES QUASE QUE PERFEITOS POR UM FIO

Luiz inácio Lula da Silva já cogita a possibilidade de sair do Brasil, caso seu plano de poder para o PT não se concretize. Na verdade ele visa evitar sua prisão por crimes de corrupção.

Enquanto isso o PT através de sua influência vai segurando o que dá, até onde for possível






ENTENDA OS REAIS EFEITOS DO VOTO NULO

Prestem bem atenção na explicação deste vídeo, e perceba quais os efeitos do voto nulo




Quando se vota nulo você abre mão de manifestar sua opinião e o pior, você aumenta a proporção dos outros candidatos. E se só tiverem dois concorrentes, anular, equivale a dar apoio ao outro adversário, e que normalmente é aquele que tem a campanha com maior recurso financeiro, apoio da mídia, e material na rua.

Ou seja, se numa eleição temos apenas dois candidatos e um deles você não quer que se eleja, ou reeleja em hipótese alguma; você terá que votar no outro candidato, para contribuir com o seu objetivo.

SOS BOMBEIROS: Já estamos na semana da eleição em 2° turno, e fato é, que até então, não se conseguiu uma oportunidade com o candidato que é oposição ao governo Pezão/Cabral. E por isso, estamos trazendo estas informações para agregar na sua reflexão sobre qual deve ser seu voto no próximo domingo.

Se até lá não surgir novos fatos o único posicionamento indicado pelos bombeiros através dos nossos canais é de que não votaremos em hipótese alguma, nem de brincadeira, no candidato do PMDB, mais especificamente PEZÃO/CABRAL.

Boa reflexão, bom voto a todos, e independente do próximo Governo, juntos sempre estaremos!!!

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

PMDB DO RIO AFUNDA NO MAR DE DENÚNCIAS

DE MENINO POBRE A RICO FAZENDEIRO


Paulo Melo e Ronald de Carvalho promoveram leilão de gado na véspera da denúncia das UPAs








Vejam como é tudo uma maracutaia só, uma cambada só. Vocês vão entender na matéria abaixo, o envolvimento de Cabral, Picciani, Paulo Melo e Pezão com o esquema de superfaturamento de UPAs e UPPs no governo do Estado. Para não deixar nenhuma dúvida da intimidade, ousadia e dos negócios paralelos do grupo, na sexta-feira, na véspera da denúncia da revista VEJA, foi realizado no Portobello Resort, o Leilão Nelore Rio Elite. Vocês poderão conferir no convite acima, os nomes dos promotores do evento, entre eles Paulo Melo, presidente da ALERJ e agora dono da Mauá Agropecuária Reunida (quem diria Paulo Maria-Mole virou fazendeiro) e Ronald de Carvalho, da Fazenda Boa Vista. Entre os convidados, também sinalizado em vermelho no convite, estão Jorge Picciani e Filhos, do Grupo Monte Verde.








É bom lembrar que o PortoBello Resort fica em Mangaratiba, no mesmo condomínio onde Cabral tem sua mansão inexplicável, comprada, segundo ele, com dinheiro emprestado pelos assessores. 

Quero avisar que nas próximas semanas estaremos divulgando o enorme sucesso de Paulo Maria-Mole como fazendeiro. Só vou adiantar que para não ficar atrás de Picciani, ex-presidente da ALERJ que o antecedeu, já adquiriu uma fazenda em Uberaba, vizinha à do amigo. Estão juntos em mais uma empreitada. Mas isso é assunto para as próximas semanas. Voltemos agora para as ligações da “turma de Cabral” que administra o Estado com o empresário Ronald de Carvalho. O convite acima não deixa dúvidas: eles têm negócios paralelos e se conhecem muito bem. 


O golpe para superfaturar as UPAs e UPPs 

Vou revelar como funciona o golpe que o Mão Grande montou para o seu amigo Ronald de Carvalho ganhar todas as licitações das UPAs e UPPs.
 
A jogada começa com a Metalúrgica Valença (o galpão abandonado) apresentando sempre o preço mais baixo. Muito bom isso, alguns dirão. Mas não sabem como funciona o golpe. Depois da obra ganha, Pezão passado um tempo, manda a secretaria de Saúde liberar um aditivo de 30% no valor da obra e com isso seu amigão Ronald de Carvalho acaba fazendo as UPAs superfaturadas, mais caras que o maior preço apresentado. Reparem na reprodução abaixo que no dia 11 de março de 2011, a secretaria de Saúde publicou no Diário Oficial, 17 aditivos para obras de UPAs, a cargo da empresa de Ronald de Carvalho, que fizeram com que 8 unidades tivessem seu preço final acrescido de mais R$ 10,5 milhões. Isso é apenas uma amostra. Outros aditivos foram aprovados para outras UPAs. 

Entenderam agora como funciona o golpe do Mão Grande com Ronald de Carvalho? O que parece ser mais barato não chamando a atenção, no final fica muito mais caro. O Mão Grande é realmente um espertalhão.

Cliquem no link abaixo e conheçam todos os detalhes da maracutaia das UPAs, que envolve não apenas Pezão, Cabral e Ronald de Carvalho. Outro personagem dessa história podre é o prefeito de Valença, Vicente Guedes, outro amigo de longa data do Mão Grande, que cedeu o terreno do galpão abandonado gratuitamente. Vicente Guedes foi vice de Pezão na Associação dos Prefeitos do Estado do Rio de Janeiro. Vocês vão ver todos os documentos, comprovantes de pagamentos, publicações do Diário Oficial, e até duas fotos de Cabral e Ronald de Carvalho na inauguração da fábrica que não fabrica.







quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Mulher de afogado no Rio entra com queixa-crime por falta de salva-vidas

Michael Cordeiro da Silva se afogou na Praia da Reserva, no dia 15.
Corpo de professor de História foi achado e reconhecido nesta quarta.



A mulher do professor de história Michel Cordeiro da Silva, de 31 anos, encontrado morto nesta quarta-feira (22) após desaparecer no mar da Praia da Reserva, na Zona Oeste do Rio, no Dia do Professor (15), entrou com uma queixa-crime no Ministério Público Militar (MPM) denunciando a falta de salva-vidas suficientes na área onde o marido desapareceu. Daiana Machado Rezende, que é advogada, contou ao G1 que fazia muito tempo que o marido não ia surfar no local.
"Estou enviando isso contra o Corpo de Bombeiros e o Governo do Estado porque houve uma omissão", afirmou. A deputada Janira Rocha (PSOL), enviou nesta terça-feira um ofício à CET-RIO, pedindo imagens das câmeras em frente ao ponto onde Michael se afogou.
Segundo Daiana, oito pessoas se afogaram no local no mês passado e três morreram. Daiana afirmou que os afogamentos têm sido constantes na Praia da Reserva em frente ao quiosque Ilha 5. O G1 tentou contato com o Corpo de Bombeiros e com o MPM, mas até a publicação desta reportagem não havia tido resposta.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

UMA VISITA INESPERADA AO 2º GMAR QUE NÃO PRODUZIU NADA

Nesta última segunda-feira (20), recebemos pela manhã no 2º Gmar- Barra da Tijuca a visita do Ilustre Cel BM Jorge Angêlo da Rocha, cmt do  XI.



Pois bem, a tropa presente ficou na maior expectativa pelas palavras do comandante. Até porque chegou com toda pressão e uma atitude que já não impressiona a mais ninguém no grupamento marítimo. "O mesmo retirou a canícula, do 2ºF, na frente de todos, alegando que não gostariam que os Gv´s o vissem como coronel, mas sim como homem"

Poxa comandante, se poupe deste teatro da próxima vez, as experiência que o Gmar vivenciou nos últimos três anos, permitiu que estes militares assistissem episódios de teatralização bem mais habilidosos. Se quer convencer que realmente está lutando pelo grupamento marítimo mostre o resultado de seu trabalho e dedicação, todavia vamos ao que interessa:


Inicialmente Falou falou falou, e não disse nada de concreto, nada de substancial, como se diz na gíria GOMA. 
Deu um apertozinho, de leve, na rapaziada que anda meio cabisbaixa, desmotivada, não era pra menos, no dia anterior, alguns dos militares presentes encontravam-se de serviço e ralaram muito no primeiro dia de horário de verão, na via 11 mais de cem socorros, no posto 3 mais de 30; logo o aspecto cansado de alguns não era à toa. 

Alem disso acreditava-se que com a criação do CBA XI muita coisa mudaria pra melhor, que teriam uma representatividade em defesa das necessidades dos profissionais de salvamento no mar, mais isso não tem acontecido da forma como se esperava, o sentimento de abandono, seja através da condição dos postos, no baixo efetivo, na escassez de equipamento, no cuidado da parte da administração, é enorme; motivação quase zero.

Depois de muito falar, abriu para perguntas;

-  Perguntado sobre o porquê de no último concurso não ter aberto vagas para o Gmar o mesmo disse: "Também estou na busca desta resposta, pois não a tenho, e me comprometo a trazê-la quando conseguir." 

10 para a sinceridade e zero para a desinformação. É inadmissível a tropa olhar para seu espelho e não perceber nele um empenho na resolução de problemas gravíssimos como o do efetivo, mesmo quando ele conta sua experiência de numa reunião política do Lauro Botto (candidato do comando) ter entregue ao governador vigente uma planilha da necessidade de concurso para o Gmar, e defender o contentamento da promessa de uma análise futura como resposta. 

A essa altura do campeonato comandante, responder aos GV's a questões que urge e sobrecarrega seu serviço, com uma promessa politica, é no mínimo estar fora de sintonia com a tropa. Aí não dá, é de causar perplexidade em qualquer um. 
O verão bate a porta e só Deus sabe como os guarda-vidas do Rio de janeiro passarão esses próximos meses.

- Perguntado sobre o reajuste do GVT, pois o imposto de renda come uma fração, além de já defasado, adivinhem a resposta: "Ainda não temos nada definido, mas estamos buscando isso".

- Perguntado mais uma vez sobre uma alternativa para que postos como via 11 e retorno não fiquem ativados somente com um homem e outros intermediários sem nenhum, o mesmo desconversou e falou sobre o protótipo de posto móvel, que vimos recentemente em exibição no central, de que não era adequado, e que está sendo providenciado alguns semelhantes aos que tem hoje no recreio.

- Perguntado sobre o que poderia intervir para que os guarda-vidas tivessem respeitada pelo hospital, quando apresentam-se com lesões ou outras doenças, suas necessidades de licença e dispensa, pois a determinação da direção é percebida no embaraço dos médicos, que apresentam uma enorme dificuldade de fazer o que o paciente GV necessidade, por chocar com as determinações dos diretores, o mesmo tirou o corpo fora e jogou a responsa para os comandantes de unidades, que eles é quem têm o dever de brigar pelos seus bombeiros.
Como se um cmt de unidade tivesse força para brigar contra diretores que cumprem as ordens do comando geral. Hilário.


Em suma, 1:40h de conversação e nenhuma proposta real, concreta, sólida, palpável, que atenda aos anseios e necessidades básicas da tropa foram apresentadas aos guarda-vidas. 
Lamentável....

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

MAIS PRA VOCÊ



Nós do SOS Bombeiros sempre  tivemos a preocupação de ajudar nossa tropa a se instruir, por isso tantos convênios com entidades educacionais. Temos consciência de que quanto mais conhecimento se tem, mais valorizado é o profissional e menos manipulável ele é. 
Ajudamos diversos militares a iniciar ou concluir seus ensinos superiores, mas hoje trazemos mais uma boa pra você que já concluiu seu ensino superior  e ainda quer mais: 

A Associação S.O.S. Bombeiros está disponibilizando três vagas para Pós-Graduação com 50% de desconto na Universidade Estácio de Sá. 

Os Associados interessados deverão entrar em contato conosco, mas se você ainda não é associado, não perca essa oportunidade unica! Corra já pra nossa sede, a inscrição é feita na hora e você já poderá pleitear seu direito. 

Essa promoção é exclusiva para Bombeiros Militares, independente de serem praças ou oficiais; 
Não há triagem pra aceitação de bombeiros na associação, TODOS são bem vindos;
A distribuição desse brinde será por ordem de chegada.


Associação S.O.S. Bombeiros
Rua General Sezefredo, 168 - Realengo
 Rio de Janeiro-RJ
Telefone: (21)3281-0130

Aberto das 09:00 às 17:00.


PEZÃO NO MAR DE LAMAS DA PETROBRAS

Reprodução da coluna de Cláudio Humberto
Reprodução da coluna de Cláudio Humberto


Segundo o jornalista Cláudio Humberto, Pezão está enterrado até o pescoço no esquema de corrupção da PETROBRAS. Está mais encrencado que Cabral. O ex-diretor da PETROBRAS Paulo Roberto Costa no seu depoimento à Justiça Federal entregou Pezão como um dos beneficiários do esquema de propinas. Afirmamos aqui há algum tempo, que o Hudson Braga, o Braguinha, "braço-direito" de Pezão, era o homem que fazia a ligação com Paulo Roberto Costa. Está tudo se confirmando. 
Fonte: blogdogarotinho
FORA PEZÃO!!!

domingo, 19 de outubro de 2014

Você já conhece o GAECO/RJ - Grupo de atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPE

Nas últimas semanas vimos através do noticiário a atuação de um grupo do ministério público se destacando pelo seu trabalho. Prisões foram feitas e desvendamento de esquemas de corrupção descobertos. Eis que surge um renova em nossas esperanças de justiça contra toda essa pilantragem que vemos especialmente na segurança pública.

Entenda um pouco mais:


CAPÍTULO I
DA CRIAÇÃO E FINALIDADE

Art. 1º - Fica criado, na estrutura da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, por transformação do Núcleo de Combate ao Crime Organizado e as Atividades ilícitas Especializadas ( NCCO), o Grupo de Combate ao Crime Organizado ( GAECO/RJ ).
Art. 2º - O GAECO tem por finalidade identificar, prevenir e reprimir o crime organizado e as atividades ilícitas especializadas no Estado do Rio de Janeiro, bem como interagir Promotorias e Procuradorias de Justiça para atuações conjuntas.
Parágrafo único - GAECO possui abrangência em todo o Estado do Rio de Janeiro, podendo ser criados setores atuação regionalizada ou especializada, conforme o interesse institucional, devendo a Coordenadoria Segurança e Inteligência ( CSI ) e os Coordenadores dos Centros Regionais de Apoio Administrativo Institucional ( CRAAIs ) prestar apoio necessário a seus membros, no exercício de suas funções.
Rio de Janeiro, 05 de março de 2010.
Cláudio Soares Lopes.
Procurador- Geral de Justiça.


FAÇA POR AQUI SUA DENUNCIA: OUVIDORIA DO MPE - GAECO
Os campos a serem preenchidos com dados pessoais são opcionais e podem ser deixados em branco, sem prejuízo do acompanhamento dos casos pelo número de registro que será enviado ao comunicante assim que sua comunicação for processada no sistema da Ouvidoria.

O sistema da Ouvidoria não permite o envio de arquivo anexo. Caso seja necessário para fins de complementação da comunicação, o anexo pode ser entregue na sede do Ministério Público ou enviado por correspondência (Av. Marechal Câmara, 370 – Centro – Rio de Janeiro – Cep: 20.020-080).
A comunicação também pode ser feita pelo telefone 127.

www.mprj.mp.br


FAÇA SUA PARTE.
DENUNCIE!!!