sábado, 25 de junho de 2016

UMA ASSOCIAÇÃO CADA VEZ MELHOR PRA VOCÊ

OS TRABALHOS CONTINUAM DE VENTO EM POPA:


(Novo logo da associação devidamente registrado:)


Continuamos o trabalho de apoio aos inativos que estavam desamparados, desde senhores idade que cuidam de seus netos a senhorinhas impossibilitadas de trabalhar, e até reformados com doenças graves que mesmo com pagamento em dia já vinham passando dificuldades. Todos foram devidamente assistidos. 

colega inativo da polícia militar desabafou emocionado:
 "...quando minha esposa fez o cadastro eu confesso que não acreditei que ia chegar ajuda, mas vocês vieram...vieram mesmo! eu nunca vi isso, vieram mesmo..."

Também teve pessoas conscientes como a senhora Valéria, esposa de bombeiro reformado:
..."eu pus o nome na lista com medo do pagamento não sair, mais agora está tudo bem, tem muita gente na lista? posso passar a minha sesta pra alguém mais necessitado...?" 
Com isso observamos mais pessoas que se preocupam com o próximo. Informamos que a sexta foi doada a família de uma pensionista de policial civil que veio a falecer em acidente e deixou uma filinha com necessidades especiais.  

Resolvemos ajudar também na divulgação da CAMPANHA CONTRA O CEROL & LINHA CHILENA dos motociclistas,  por entender que a prevenção é melhor forma de evitar acidentes, o que também diminui o Já saturado numero de ocorrências de nossas ambulâncias e o risco do cada vez mais crescente numero de bombeiros que tem aderido a motocicleta como seu meio de trasporte pra chegar ao trabalho. 

Além do trabalho filantrópico e de utilidade pública, a nossa Associação SOS Bombeiros (DIGPREST) também está presente nos esportes como na divulgação do Campeonato Estadual de Surf de Peito & Hand-surf no qual participaram oito dos nossos melhores Guarda-Vidas e os interessados puderam assistir em tempo real por link divulgado nesse blog, ou ainda

no patrocínio de atletas de nossa corporação pra poderem disputar a Terceira Etapa do Ranking da Federação Estadual de jiu-jitsu do Rio de Janeiro. por entendermos que cada atleta bombeiro em um pódio é propaganda e demonstração de capacidade de nossos militares e de nossa corporação.  
Fizemos outras ações de maior importância, como a denuncia ao Ministério Público contra a empresa Orla Rio, pelo estado lastimável das guaritas dos postos de serviço dos Guarda-Vidas, e

como não poderíamos esperar a demanda jurídica, unimos forças com o Gabinete do Vereador Marcio Garcia, que prontamente nos atendeu e ajudou na colocação colocação de 11 blindex nas guaritas de nos piores postos para que nossos colegas não precisassem mais comer a marmita do almoço com areia.



Além dessas ações, temos usado todo nosso esforço para garantir o real Direito de Ampla Defesa nos processos e memorandos de nossos irmãos de farda, garantindo sua integridade, conseguindo vitória e absolvição de sanções jurídicas e administrativas em mais de 200 casos, só de julho do ano passado pra cá.
Portanto se o senhor leitor se identifica com nosso trabalho, venha fazer parte dele, venha ser sócio da mais ativa associação de militares do estado do Rio de Janeiro, e se sinta parte importante de todas essas e muito mais realizações, porque somente juntos somos fortes. Mas muitos não fazem a real ideia do quanto fortes nos somos, se estivermos juntos!

ASSOCIAÇÃO SOS BOMBEIROS(DIGPREST)

Rua: Dias da Cruz nº 155 cobertura II  - Méier

Aberta de 10:00h às 12:30 e de 13:30 às 18:00h 

E-mail: associacaososbombeiros@gmail.com

Tel: (21) 3106-6891


sexta-feira, 24 de junho de 2016

BOMBEIROS PASSAM POR HUMILHAÇÃO CAUSADA PELO ESTADO

A cena se repete pela terceira vez este ano. O Estado que só pensa em manter a boa imagem, mentirosa, dos jogos olímpicos, abandonou seus servidores, e os expõe a essa situação humilhante. 


Homens que têm compromisso com a população, mesmo sem recursos para custear seu transporte, arriscam suas vidas à violência, se expondo fardados na rua a pé, para conseguirem chegar ao seu local de trabalho, 12º GBM - Jacarepaguá.



Bombeiros caminham na altura da estrada do Catonho em direção a Jacarepaguá






SOS BOMBEIROS: Sem palavras para qualificar os atos deste governo. Estamos a beira do Caos. Que seus comandantes também não endosse a covardia do Estado e os reprima. Toda a nossa solidariedade a estes heróis da vida real.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

SERVIDORES NA LUTA. NÃO VAMOS PAGAR ESSE CONTA

O ato em repúdio ao parcelamento dos salários em frente ao TJ continua. Os servidores se reuniram para mostrar ao presidente daquela casa que suas atitudes embargando as ações dos servidores não estão passando despercebido. Assim como toda essa manobra do governo do Estado, através das isenções fiscais e a decretação do estado de calamidade, tudo para garantir a segurança das olimpíadas.





Palavras do diretor de inativos da Associação SOS BOMBEIROS




O próximo Ato é avançar para Alerj a fim de protocolar pedido de impeachment.




No pedido de impeachment, o Muspe alega que os chefes do Executivo desrespeitaram diversos preceitos constitucionais. A gota d’água foi o decreto de calamidade pública, anunciado na última sexta-feira, que coloca obrigações básicas da população em segundo plano diante da realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro.

O pedido poderá agora ser avaliado pelo presidente da Alerj, deputado Jorge Picciani (PMDB). Caso Picciani entenda que o pedido tenha base legal e constitucional para ser aceito, o texto vai então para o plenário da Assembleia para ser votado pelos demais deputados.

Este não é o primeiro pedido protocolado na Alerj. O Sindicato dos Servidores do Judiciário (SindJustiça) já fez o mesmo ato no início do ano. O texto, porém, não foi levado adiante pela casa.
Fonte: Extra Online


SOS BOMBEIROS: Para um impeachment acontecer precisa-se que alguém o solicite. Essa parte já foi cumprida, agora vamos ver como vai se comportar o presidente da Alerj e os demais parlamentares.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

ATO CONTRA O PARCELAMENTO DO SALÁRIO DE MAIO. HOJE, 23/06, ÀS 14H EM FRENTE AO TJ

Amanhã tem ato dos servidores do Estado, às 14h, no TJ - Centro do Rio. Após, os servidores seguirão pra a ALERJ, onde vão pedir o impeachment de Francisco Dornelles. O Decreto de Calamidade é uma farsa. Reveja as isenções fiscais de R$ 185 Bilhões e acabe com a crise, governador.




SOS BOMBEIROS: "FASP-RJ. Em virtude dos últimos acontecimentos sobre o pagamento dos servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro, a FASP-RJ entrou com uma Reclamação junto ao Exmo. Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal, Dr. Ricardo Lewandowski."

Por esta razão a manifestação será no TJ às 14h para pressionar, principalmente o seu presidente, que sempre está jogando contra os servidores. Depois o ato seguirá para Alerj a fim de protocolar pedido de impeachment contra o Governo Estadual.

BOMBEIROS JÁ SE ENCONTRAM SEM RECURSOS PARA PROVER SUSTENTO DE SUAS FAMÍLIAS E TRANSPORTE

Bombeiros começam a informar a seus comandantes que devido aos atrasos e agora o parcelamento do salário, encontram-se sem condições financeiras para prover as despesas diárias pessoais e familiares. 

Com o orçamento domestico prejudicado militares começam a se apresentar nas unidades da corporação mais próximas de casa.


Fonte: Recebido via Whatsapp (21) 98181-8204

SOS BOMBEIROS: Atitude sensata, equilibrada e proba deste subtenente. O mesmo deve ser feito por todos os militares que encontrarem-se em situação semelhante. Nós trabalhamos, temos o direito constitucional de receber, se o Estado não cumpre com sua parte como exigir que seus servidores o façam.

Não é sua responsabilidade a crise do Governo. Não pagaremos a conta da sacanagem e roubalheira que o governo ladrão do PMDB Cabral/Pezão/Dornelles cometeram.

GOVERNO DO ESTADO SÓ PAGA A QUEM LHE INTERESSA. POR ISSO SERVIDORES ENTRARÃO COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

Governo já pagou 2ª parcela dos salários de maio à Procuradoria Geral do Estado




Diferente do restante dos servidores públicos do Estado pagos pelo Executivo, os membros da Procuradoria Geral do Estado (PGE) já receberam seus salários de maio. O pagamento aconteceu da seguinte maneira: no dia 14, 10º dia útil e data para o pagamento dos servidores, os procuradores e servidores da PGE receberam a 1ª parcela. No dia seguinte, porém, o restante dos salários foi pago. Ao todo, 1.532 pessoas receberam, entre ativos e inativos, ao custo de R$ 19, 1 milhões.

Posicionamento de Dornelles para os 2,9 Bilhões recebidos do Governo Federal:

O governo do Rio deve agora apresentar o detalhamento sobre como o repasse feito pela União será utilizado no Estado. Dornelles já confirmou, por exemplo, que os bilhões não serão para pagar servidor. Hoje, o Estado deve a 2ª parcela dos salários de maio a 393 mil pessoas. A dívida é superior a R$ 400 milhões.


Por isso o movimento dos servidores tornará oficial, amanhã (23) às 14H; durante o ato que farão em frente ao tribunal de justiça o pedido de impeachment do Governador Pezão/Dornelles:

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe) confirmou que, durante o ato marcado para amanhã como forma de protesto de todo funcionalismo ao parcelamento dos salários, os líderes do movimento tornarão oficial o pedido de impeachment do governador Luiz Fernando Pezão e do governador em exercício, Francisco Dornelles. Os servidores justificam o pedido pelo descumprimento das obrigações constitucionais obrigatórias ao Executivo. O Muspe alega que o decreto de calamidade do governo negligenciou áreas como a saúde e a educação.
Fonte: Extra Online

SOS BOMBEIROS: A possibilidade deste pedido prosperar é significativa, pois o presidente da Alerj é quem seria o principal beneficiário, ainda mais a partir do ano que vem, onde expiraria o prazo para convocar novas eleições.

Vivemos no Estado do Rio situação semelhante a do pais, nem Pezão/Dornelles, nem Picciani é solução para os problemas do governo. A melhor alternativa seria novas eleições.  


ATO DOS SERVIDORES ESTADUAIS CONTRA O PARCELAMENTO DOS SALÁRIOS
 23/06 ÀS 14H, EM FRENTE AO TJ

terça-feira, 21 de junho de 2016

COMANDANTE GERAL DO CBMERJ TRAI OS BOMBEIROS E SUA PALAVRA

A reunião que ocorreria hoje, (21) na Alerj com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros e Secretário de Estado de Defesa Civil Cel BM Alcântara, o presidente da Alerj e os líderes  de partidos para que o mesmo preste esclarecimento sobre todo o processo protelatório e vergonhoso que o ilustre comandante adotou, foi adiada para quinta-feira (23) às 09h; com os mesmos e mais o presidente da comissão de defesa civil, deputado Flávio Bolsonaro.


Não obstante, as galerias foram ocupadas pelos cabos cursados que pelas informações de bastidores apuradas, foram retirados do texto que o próprio Cel Alcântara havia incluído (coisa de malandro, dois papos, ou seja, sem palavra); uma verdadeira injustiça, terem que aguardar mais de seis anos para serem promovidos junto com quem não se dedicou tanto para galgar tal graduação.






SOS BOMBEIROS: O comandante geral traiu explicitamente os cabos cursados; inicialmente apresentou para os militares da saúde (durante o processo de construção do decreto) proposta de inclusão dos mesmos no texto. Os militares de pronto aceitaram, a final são todos bombeiros e querem ver a tropa crescer.

Até o presente momento não entendíamos o porquê do próprio Alcântara, voluntariamente, fazer a defesa da inclusão deste grupo no texto do decreto. Tal atitude não é compatível com o perfil deste comando. Ficamos surpresos, porém, em alerta. Hoje tudo fica muito claro; a investida quase que prospera, suas reais intenções era jogar um grupo contra o outro (causar divisão), pois alguns cabos cursados, com toda essa situação, chegaram a ensaiar a tentativa de pedir que os militares da saúde abrissem mão desta conquista em solidariedade e eles.

Não cabe. O único responsável por todo essa situação de estabelecimento de uma guerra entre irmãos é do maior malandro do CBMERJ, Cel Alcântara. Ele sim tem que ser alvo da repudia e manifestação dos Cabos cursados. A causa é muito justa, e nós do movimento SOS BOMBEIROS a apoiamos; assim como os militares da saúde também apoiam, podem contar com eles sem sobra de dúvida. 

Não podemos em hipótese alguma nos dividir, temos de permanecer unidos e firmes nesse propósito, e em outros que vivemos. Com a divisão que não prosperou somente o representante do governo (Cel Alcântara) ganharia. Para o azar dele o amadurecimento e visão do modus operandi obsoleto dos comandantes, já é percebido por toda a tropa sem a menor dificuldade.

Cabos cursados!!! Rija luta aos heróis aviventa. 

A reunião se transformou numa audiência pública e será na próxima quinta-feira(23) às 09h no auditório do prédio anexo da Alerj

NOTA DE FALECIMENTO

Com tristeza no coração informamos o falecimento do Subtenente Bombeiro militar Fabiano, RG 15.569, lotado no 2º GSFMA - MAGÉ. 


Lamentavelmente cometeu suicídio nesta madrugada. Já vinha lutando contra diversas enfermidades de natureza psiquiátricas. Acreditamos que o cenário financeiro atual também contribuiu para esse triste desfecho.






Deixa esposa e uma filha adolescente. Ainda não temos informação a respeito do sepultamento, mas tão logo tivermos, comunicaremos.

SOS BOMBEIROS: Que o consolo, a paz e o refrigério que só Deus pode dar, alcance os corações enlutados dos familiares e amigos.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

CONFIRMADO. PRIORIDADE DO GOVERNO SÃO AS OLIMPÍADAS

O servidor estadual é segundo plano dentro das prioridades deste governo.



O governador em exercício, Francisco Dornelles, confirmou ontem que os recursos que chegarem do Estado do Rio por meio do socorro financeiro da União serão utilizados para a conclusão das obras da Linha 4 do metrô e para reforçar a área de Segurança Pública, como antecipou o EXTRA na edição de domingo. Com isso, os R$ 3 bilhões postos à disposição do governo estadual não serão gastos para quitar a segunda parte dos salários de maio dos servidores.

 Esse aporte não é para o Rio, é para a Olimpíada. É um compromisso com o governo federal. Vamos investir no metrô e na Segurança. Precisamos de mais gente na rua, de policiamento ostensivo. Nós temos que ter reforço durante os Jogos. Não é para pagar servidores — disse o governador em exercício, em entrevista ao “O Globo”.
A ajuda será fundamental para a conclusão da Linha 4 do metrô, hoje com cronograma atrasado. Outra prioridade será o pagamento dos quatro meses de atraso do Regime Adicional de Segurança (RAS), programa que paga horas extras a policiais que trabalham em períodos de folga. Ao justificar a ajuda da União, Dornelles afirmou que o Planalto tem uma dívida com o Estado do Rio.
Fonte: Extra Online


SOS BOMBEIROS: Na verdade não nos surpreendeu. Se olharmos na prática todo o esforço é somente para manter o elefante branco que é as olimpíadas. Quando ela passar... só Deus para nos ajudar.

Por isso está mantido a mobilização para o dia 21/06 às 16:00h na Alerj