Rio -  A 30ª morte provocada pelo temporal em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, foi confirmada na manhã desta quinta-feira pela Defesa Civil do estado. Foi a segunda pessoa encontrada morta hoje pelas equipes de resgate. Ao menos mais duas vítimas ainda estão desaparecidas.
Das 30 vítimas da chuva da noite do último domingo na região, três chegaram a ser resgatados com vida e levados para o Hospital Santa Teresa, na cidade serrana, mas não resistiram e morreram. Uma delas foi Druselaine Alves Luminato, de 28 anos, de cuja família morreram também os dois filhos e a cunhada. 
Segundo a Prefeitura de Petrópolis, além dos mortos, as chuvas deixaram 44 feridos. Destes, 14 permanecem internados no hospital, quatro delas no CTI, como o membro da Defesa Civil, Ricardo Correa, de 45 anos. O número de desabrigados e desalojados caiu de 1.463 para 1.237 pessoas, enquanto os pontos de abrigo passaram de 27 para 24.
Fonte: ODIA