segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Bombeiro assassinado em comunidade pacificada




O sargento do Corpo de Bombeiros Leandro Martins Macedo, de 33 anos, morreu ao ser atingido por quatro disparos de arma de fogo na saída de uma festa em Inhaúma, na zona norte do Rio, por volta das 5h da manhã desta segunda-feira (30).

Ele tinha se envolvido em uma briga pouco antes de ser atingido pelos tiros. De acordo com o relato de testemunhas, Leandro deixou a festa dirigindo o carro dele e, poucos metros à frente, foi parado por uma moto com dois homens, que iniciaram os disparos. Uma mulher que estaria com o sargento dentro do veículo desapareceu.

A polícia não descarta a hipótese de que a morte tenha relação com a briga em que Leandro se envolveu na festa. Também existe a suspeita de latrocínio (roubo seguido de morte), já que pertences do sargento foram levados. Peritos tentaram coletar impressões digitais no carro da vítima.
Fonte: R7


Nossas sinceras condolências aos familiares e amigos do Sgt Macedo do 1° Gmar.
A família SOS Bombeiros se solidariza com a dor de seus familiares e companheiros de farda pela perda desse excelente profissional.

O sepultamento será HOJE (01/10), ás 11:30 h no Cemitério de INHAÚMA, Capela D.
Não podemos descrever a dor que seus entes queridos estão sentindo nesse momento, só nos resta orar para amparar a todos.

Descanse em paz guerreiro. 

Enquanto o Simões se regala, o Bombeiro ohh...

Enquanto o Cel Sérgio Simões cuida de seus investimentos imobiliários, os seus bombeiros vivem nas condições que mostraremos agora. Não se espantem pois é a realidade do 2º Grupamento marítimo - Barra da Tijuca, mesmo bairro de seu empreendimento.

Comecemos pela entrada do quartel:






Dependências externas:






Alojamento:




Alojamento sem ar condicionado, será que no quarto do Simões tem?

Colchões mofados e velhos, perecidos com os do Simões, não?

Divisórias quebradas e sem porta

Alojamento completamente mofado pela umidade e cheio de ácaros



Armários enferrujados


Pensam que acabou... tem mais... agora atentem para o rancho, sabem, local que se faz as refeições, café da manhã, almoço e jantar:


Será que refeitório do Simões é assim

Esculacho total

Descaso e abandono

Teto sem forro há mais de um ano

Materiais sucateado por falta de verba para manutenção, largado nos fundos do quartel:


Lanchas que poderiam estar salvando vidas

Motores dos botes já inoperantes por falta de manutenção

Conforme viram este é o local chamado de segunda casa do bombeiro, mal conservado, emendado, sucateado, insalubre; e isso porque os comandantes não recebem em pleno século 21 verba para cuidar de suas unidades. Ainda fazem, aquela velha e conhecida de todos, economia de rancho, que corta o mínimo de alimentação que os militares receberiam, para então dá um jeitinho no que estiver mais grave. 
Esta prática é comum pelas unidades do corpo de bombeiros, já que seus comandantes se acovardam e não levam aos superiores os problemas de seus quarteis; os comandos das obm's de hoje não representam os anseios e necessidades da tropa, só pensam em tocar sua gestãozinha sem incomodar o comando geral, incorporar sua gratificação e se dar bem nos esqueminhas de dentro ou de fora da corporação; enquanto isso o bombeiro fica desassistido precisando de alguém que se preocupe com ele e o serviço que presta.
Essa é a realidade nua e crua do bombeiro militar dentro do quartel e fora também; em breve mostraremos a realidade dos postos de salvamento, local onde o guarda vidas passa 12h de serviço.
Que os jovens oficiais do CBMERJ não reproduzam este péssimo comportamento dos atuais comandantes. 

TROPA, SOMENTE UNIDOS VENCEREMOS ESTE SISTEMA NOJENTO QUE CORRÓI O CBMERJ

REUNIÃO DA COMISSÃO

      Pessoal, estamos cada vez mais ligados e organizados, isso é muito bom, todavia as coisas estão se processando em passos lentos, o que é natural mediante as dificuldades e receios, entretanto, estamos diante de um momento muito especial que abrange desde a revisão do nosso regulamento, que está em pauta de apreciação pelo comando e nós não estamos participando, até o fato de vários seguimentos da população  estarem dispostos a lutarem juntos em prol de melhorias para todos. Ou seja, por mais que as coisas se processarem de forma lenta seja natural,   não devemos permitir que essa "naturalidade" deixe passar um momento tão decisivo no qual todos nós, envolvidos ou não venhamos a lamentar desperdiçá-lo. 
         Mediante isso, convocamos os Representantes de Unidade a se fazerem presentes no mesmo local da ultima reunião na Gafieira Estudantina,  situada à Pça. Tiradentes no  Centro do Rio as 9:00h da manhã de Sábado dia 5 de outubro, conforme acordado na última ata de reunião. Convidamos também colegas representantes da ABMERJ, pois entendemos que essa unificação é de extrema importância para nosso sucesso.   
       Boa parte da delegação do interior já confirmou presença, e por mais que a pressão na capital seja  mais forte não é desculpa para desmerecermos o esforço dos colegas do interior.
JUNTOS SOMOS FORTES!

Equipe S.O.S. Guadalupe


domingo, 29 de setembro de 2013

Cabral ordena que policiais espanquem professores...




SOS BOMBEIROS: É revoltante visualizar como o ditador Cabral trata os trabalhadores nesse estado, ontem à noite, em mais um fatídico episódio, a dupla Cabral e Dudu em conluio, ordenaram que os policiais militares utilizassem toda a força repressiva para retirar professores que ocupavam a câmara dos vereadores. Cenas lamentáveis que voltamos a assistir em pleno "estado democrático de direito". Por isso reafirmamos: NÃO HÁ DIALOGO COM ESSE DITADOR!! Todo apoio e solidariedade à luta dos professores.                                  

                                         FORA CABRAL! FORA EDUARDO PAES! FORA PMDB!

sábado, 28 de setembro de 2013

Os esquemas imorais do Comandante geral do Corpo de Bombeiros, Cel Sergio Simões

Exclusivo! Para pagar menos imposto na cobertura da Barra, coronel Sérgio Simões cometeu crime de falsidade ideológica



Observem que o documento do alto é da Secretaria Municipal de Fazendo do Rio e podem conferir que está assinalado, que o número da Guia do ITBI é o mesmo constante da certidão do Registro de Imóveis. Isso é para não haver dúvidas de que se trata da mesma cobertura na Barra.

Reparem ainda que o valor venal era na época de R$ 836.343,31. Agora o absurdo: o coronel Sérgio Simões, além de fazer constar um valor menor na escritura (R$ 650 mil) declarou à Fazenda Municipal na elaboração do requerimento do imposto (ITBI) que a transação era no valor de R$ 580 mil.

Isso é crime de Falsidade ideológica (art. 299 do Código Penal: "Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser "). Além disso está comprovada a sonegação fiscal.

E até agora o secretário de Cabral não esclareceu como comprou a cobertura na Barra. O nosso blog continua à sua disposição. 
Fonte: Blog do Garotinho

SOS BOMBEIROS: Esse é o secretario de estado e defesa civil de Cabral e infelizmente comandante geral do corpo de bombeiros, que covardemente encerrou, como criminosos, em bangu 14 pais de famílias que só pediam melhores salários. 
Até ontem pousava de justo, correto, zeloso pela ética, pundonor, decoro da classe; quando na verdade dissimula, travestindo-se de justo, sua mascara começa a cair e a verdadeira face escusa e reprovável se revela. Lamentável, só nos resta aguardar providências do ministério público.

SIMÕES VOCÊ NÃO NOS REPRESENTA
O CBMERJ NÃO TE MERECE 

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Alerta aos Bombeiros! Secretário de Cabral compra cobertura na Barra da Tijuca

Coronel Sérgio Simões, o felizardo comprador de cobertura na Barra da Tijuca reservou para os bombeiros uma cela de Bangu 1
O coronel Sérgio Simões comprou por R$ 650 mil (declarados), uma cobertura na Barra da Tijuca, conforme documento registrado no 9º Ofício de Registro de Imóveis da Capital. Pela escritura, no dia de 6 de março de 2012, portanto quando já era secretário estadual da Defesa Civil, o comandante do Corpo de Bombeiros adquiriu o apartamento 2204, uma cobertura do bloco 2, na Rua Coronel Paulo Malta Resende, 180. Reparem que para despistar no documento consta "freguesia de Jacarepaguá", sem citar que fica na Barra, quando na verdade a rua faz esquina com a Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, na altura do motel Dunas.
Algumas perguntas se fazem necessárias. 

1ª Uma cobertura nesse padrão descrito na escritura, num condomínio com bosque, numa das áreas mais valorizadas do Rio de Janeiro custa só R$ 650 mil? 

2ª O salário de secretário de Estado dá para adquirir um imóvel nestas dimensões ou o coronel Sérgio Simões recebeu alguma herança? 

O nosso blog encontra-se à disposição do ilustre secretário de Sérgio Cabral para que possa informar o mecanismo pelo qual adquiriu esse belo patrimônio em área tão nobre do Rio. Afinal ele é um homem rigoroso, mandou para as celas de Bangu 1, os bombeiros seus subordinados que reivindicavam apenas melhoria de salário. Eles queriam apenas uma vida melhor, não estavam pedindo uma cobertura na Barra da Tijuca. 
Na marca vermelha a localização do condomínio onde o coronel Sérgio Simões comprou sua cobertura

R$ 650.000,00 ???

Juntos somos fortes !!!

DIREITO DOS NOSSOS BOMBEIROS INATIVOS

Tribunal de Justiça garante direitos dos bombeiros inativos


SOS BOMBEIROS: Recentemente o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro vem decidindo que os servidores públicos (bombeiros militares) inativos fazem jus ao recebimento de indenização remuneratória pelas férias e licenças-especiais não gozadas durante o seu período em atividade.
 
Poderão ingressar em juízo os bombeiros militares que se encontram na inatividade há menos de cinco anos, considerada como base a data de sua transferência para inatividade.
 
Assim sendo, disponibilizamos gratuitamente  a ACARPI CONSULTORIAS, ora representada por um especialista nessas causas, o Dr. CARLOS AZEREDO, advogado OAB/RJ 150.472.
 
Para maiores esclarecimentos, basta entrar em contato com o gabinete do vereador do movimento sos bombeiros.
 
JUNTOS SOMOS FORTES!!

Privilégios para uns, desprezo por outros

Curso de piloto de helicóptero somente para oficiais do Corpo de Bombeiros, mais uma denúncia recebida.




4. CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PILOTAGEM DE HELICÓPTERO (CEPH) – INSTRUÇÕES REGULADORAS DE INSCRIÇÃO, SELEÇÃO E MATRÍCULA – NOTA DGEI/DIV. ENS. INST. 965/2013
O Cel BM Diretor-Geral de Ensino e Instrução torna público as Instruções Reguladoras de Inscrição, Seleção e Matrícula (IRISM), para o Curso de Especialização em Pilotagem de Piloto de Helicóptero (CEPH).
1. DA FINALIDADE
1.1. A presente Instrução Reguladora tem por finalidade regular o processo de inscrição, seleção e matrícula no Curso de Formação de Piloto de Helicóptero, para o ano letivo de 2013.
2. CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO PARA O CONCURSO:
Ser militar da ativa;
Ser Capitão BM QOC sem o Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais (CAO) ou 1º Tenente BM QOC;
Não estar licenciado para tratar de assuntos de interesse particular;
OBS.: Será considerado apto para a inscrição o candidato que tenha se enquadrado em todos os itens acima.
3. DAS VAGAS:
Serão destinadas 10 (dez) vagas para o CEPH.
4. DA INSCRIÇÃO:
4.1. A instituição que será responsável pela organização do concurso para acesso ao CEPH, Fundação de Apoio ao Centro Federal de Educação Tecnológica, doravante denominada FUNCEFET.
4.2. Todas as informações sobre o concurso serão disponibilizadas no site: www.funcefet.com.br.
4.3. As provas serão realizadas somente na cidade do Rio de Janeiro.

SOS BOMBEIROS: Mais uma vez vemos o dinheiro público sendo mal empregado; no dia 21 de junho de 2013, foi publicado no boletim de número 112 o CEPH (Curso Especial de Piloto de Helicóptero), nota acima; na qual oferta-se 10 vagas, somente para oficiais,  através da FUNCEFET organizadora. O mais estranho é que dentro da corporação existem inúmeros praças que já concluíram o curso de piloto, e com investimento próprio, e não foram aproveitados em treinamentos, ou seja, o CBMERJ  vai pegar 10  leigos fazerem um concurso interno e pagar em média até R$ 100.000 reais por cada um! O total é de um investimento na ordem de R$ 1.000.000,00 (Um milhão de reais) aos cofres públicos, dando oportunidade a uma pequena fração de Bombeiros e ignorando os que já são cursados, porém, praças.


Atenção Ministério Público e ALERJ!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

BOMBEIROS DECLARAM APOIO AOS PROFESSORES



Contra projeto, professores ocupam plenário da Câmara Municipal do Rio

Grupo protesta contra o Plano de Cargos e Salários da categoria que seria votado na Casa; após invasão, votação foi remarcada para terça

RIO - Cerca de 50 professores invadiram o plenário da Câmara de Vereadores do Rio, por volta das 14h30, para protestar contra o Plano de Cargos e Salários da categoria que seria votado na Casa. Após a invasão, o presidente da Câmara, Jorge Felippe (PMDB), decretou o fim da sessão e marcou a votação para terça-feira, 1º de outubro. Logo depois disso, os professores decidiram que vão ocupar a Câmara até terem suas reivindicações atendidas pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB). Eles também pedem reunião com Felippe, que foi embora sem recebê-los. No dia 20, os professores chegaram a ocupar o gabinete de Paes no Centro Administrativo São Sebastião em protesto contra o projeto.

Quando houve a invasão, já havia professores nas galerias. Eles entraram pela manhã, com senhas, e tentavam convencer vereadores a não votarem o plano de cargos e salários, que, segundo os professores, só beneficia 10% da categoria. A segurança da Câmara impediu a entrada de novos manifestantes nas galerias, então um grupo forçou a passagem e pulou a Tribuna de Imprensa, tomando o plenário.

Na lateral da Câmara, mais de 500 professores gritam palavras de ordem contra o plano. Policiais militares fizeram um corredor para controlar quem entra e quem sai da Casa. O vereador Jefferson Moura (PSOL) confirmou que entrou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Rio, pedindo o cancelamento da votação. Ele alega que a reunião de quatro comissões, que deu parecer favorável ao plano, não ocorreu. Após a invasão, somente os vereadores de oposição permaneceram no plenário.

FONTE: http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,contra-projeto-professores-ocupam-plenario-da-camara-municipal-do-rio,1079124,0.htm


SOS BOMBEIROS: VALE RESSALTAR QUE OS PROFESSORES NOS APOIARAM MUITO DURANTE NOSSAS MANIFESTAÇÕES, DAÍ NADA MAIS JUSTO DO QUE APOIÁ-LOS INTEGRALMENTE NESTE MOMENTO.

TAREFA MUITO FÁCIL JÁ QUE LUTAMOS CONTRA O MESMO MAL QUE ASSOLA NOSSO ESTADO. LUTAMOS CONTRA O MESMO INIMIGO. O NOME DO NOSSO É CABRAL, O DELES É PAES, MAS A DIFERENÇA ESTÁ APENAS NO RÓTULO, PORQUE O CONTEÚDO É O MESMO.


POR ISSO, HOJE, SOMOS TODOS PROFESSORES! E APOIAMOS O CORO DOS PROFESSORES: 
"FORA CABRAL E VÁ COM PAES".


Professores protestam na porta da Câmara Municipal do Rio.

Sessão na tarde desta quinta (26) vai votar plano de carreira.
Categoria não concorda com proposta da prefeitura.

Professores protestam contra a aprovação de plano de carreira na porta da Câmara Municipal, no Centro do Rio (Foto: Renata Soares / G1)Professores protestam contra a aprovação de plano de carreira na porta da Câmara Municipal, no Centro do Rio

Professores da rede municipal do Rio realizam um protesto com cartazes e faixas na porta da Câmara de Vereadores, na Cinelândia, Centro da cidade, na manhã desta quinta-feira (26). A categoria reclama do Plano de Cargos e Salários dos professores, assinado pelo prefeito Eduardo Paes nesta quarta (24), que passará por duas votações extraordinárias, a partir das 14h, na Câmara.
 
Ao todo, foram distribuídas 70 senhas para os professores acompanharem a sessão, mas o sindicato que representa a categoria afirma que nenhuma foi recebida por eles. Em contrapartida, os manifestantes fizeram uma espécie de "corredor polonês" para barra a entrada no local.
 
Fonte:http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2013/09/professores-protestam-na-porta-da-camara-municipal-do-rio.html
 
SOS BOMBEIROS: Todo apoio a luta legitima dos professores municipais. A categoria exige que o plano de cargos e salários apresentado pelo prefeito seja revisto, pois se aprovado com a redação inicial, excluirá  da progressão salarial 90% dos mestres atuantes na rede de ensino.
Somente o prefeito (Dudu da Madame) do PMDB conseguiria a façanha de apresentar um plano pior que o atual. O representante do movimentos sos bombeiros na câmara municipal do Rio está trabalhando em conjunto com outros vereadores, para tentar impedir esse assassinato da rede municipal de ensino.  
 
JUNTOS SOMOS FORTES!  

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

SEJAM BEM VINDOS AO CORPO DE BOMBEIROS

Os nossos heróis iniciaram nesta semana as instruções da reciclagem que estão sendo ministradas no CFAP.



Esta semana é uma semana muito especial na vida de todos nós, porque o que fora perdido em defesa de nossa amada corporação está sendo restabelecido. Os homens que amargaram prisão em bangu um, 1 ano 5 meses e alguns dias fora do corpo de bombeiros estão de volta; glorias a Deus e parabéns para nossa união, pois através dela, da união, mesmo com as divergências de ideias somos vitoriosos.
Esta imagem diz muito mais do que as limitadas palavras deste humilde moderador, a alegria é imensa por ver se concretizando mais esta grande vitória de nosso lindo movimento, que permanece lutando pela dignificação do CBMERJ; ouso aqui dizer que hoje o corpo de bombeiros está mais em paz com esta justiça sendo feita. 
Parabéns a cada um de vocês que regressam para o local devido, por honrarem o juramento dos bombeiros que diz "mesmo com o sacrifício da própria vida"; e a cada um Bombeiro militar que se doou, chorou, brigou, não desistiu, orou, defendeu, lutou, não abandonou a causa, acreditou, sustentou as pressões, superou suas limitações, foi convicto, perseverante, companheiro, em fim GUERREIRO, e hoje olha para seus superiores, pares e subordinados com respeito, porém, de cabeça erguida, coração sincero e olhar firme por defender aquilo que acredita ser o melhor para sua corporação e juntos desfrutam dos benefícios das batalhas conquistadas.
Já podemos comemorar mais esta grande vitória que Deus nos deu por amor a cada um de nós.

OS HERÓIS VESTEM VERMELHO! 

DEPOIS QUE A MÁSCARA CAI...

Essa dupla não engana a mais ninguém, os números não deixam dúvidas




Na última pesquisa divulgada, Pezão aparece oscilando entre 5% e 4%, dependendo da simulação. É um número pífio! Mas não pode ser atribuído apenas à reprovação de Cabral. Antes dos protestos, Pezão andava na faixa de 8%, nunca atingiu 10%. E isso com a farra publicitária de Cabral, que até o meio do ano tinha atingido R$ 650 milhões. É bom também lembrar a propaganda fora-da-lei, até usando telemarketing, o que foi proibido pelo TRE. Há quase sete anos é vice-governador, tem exposição favorável na mídia, que o preserva e não lembra suas mamatas com o dinheiro emergencial para a Região Serrana ou no hiperfaturamento da reforma do Maracanã. 

Pezão foi para um spa perder peso, dizem que agora no final do ano vai fazer lifting no rosto, tem aulas de oratória e de postura. Mas não consegue convencer ninguém. 

Há alguns meses que parou de trabalhar, apenas faz campanha eleitoral fora-da-lei usando os helicópteros do Estado. Assim mesmo patina nos 5%. É um caso perdido. 

O problema é que o PMDB não tem ninguém para o seu lugar. A única opção seria Eduardo Paes, mas esse não é burro de trocar a Prefeitura do Rio por uma aventura quase sem chances para o governo estadual. 

SOS BOMBEIROS: Ofendem professores, médicos e os bombeiros, usa policiais contra policiais nas manifestações, bete na população, joga bomba e gás quando vão as ruas reivindicar, fecha escolas públicas, roubam descaradamente através das concessões de prestadoras de serviço ligadas aos parentes e amigos; e ainda tira onda com os contribuintes que tem que andar de metrô e trem enquanto sua excelência só anda de helicóptero.
Já deu para essa dupla de quadrilheiros, que ainda resiste mais 2014 está logo ai. O povo dará uma resposta.

JUNTOS SOMOS FORTES!!!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

NA LUTA PELOS BOMBEIROS...

Juíza da auditoria militar  concede Habeas Corpus  reconhecendo o direito do bombeiro militar receber tratamento adequado contra a dependência química.

TJ/RJ - 14/09/2013 11:59:03 - Primeira instância - Distribuído em 27/08/2013
Comarca da CapitalAuditoria da Justiça Militar
Cartório da Auditoria da Justiça Militar
Endereço:Av. Rodrigues Alves   731A   5º andar  
Bairro:Gamboa
Cidade:Rio de Janeiro
Ação:Habeas Corpus
Assunto:Habeas Corpus
Classe:Habeas Corpus - Criminal
ImpetranteCARLOS FERNANDO DO SANTOS AZEREDO
PacienteXXXXXXXXX XXXXXXXX XXXXXX
ImpetradoCORREGEDOR INTERNO DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Tipo do Movimento:Digitação de Documentos
Data da digitação:13/09/2013
Documentos Digitados:Ofício Requisição Genérica
Ofício Requisição Genérica
Tipo do Movimento:Recebimento
Data de Recebimento:13/09/2013
Tipo do Movimento:Decisão - Concedida a Medida Liminar
Data Decisão:13/09/2013
Descrição:
Autue-se. Após análise dos argumentos expostos na inicial, bem como da documentação que a instrui, DEFIRO O PEDIDO LIMINAR, por entender que estão presentes tanto o periculum in mora, considerando que o Paciente, considerado desertor, encontra-se na iminência de ser preso em razão da lavratura do Termo de Deserção, bem como o fumus boni iuris, posto que instrui o pedido o boletim de ocorrência no qual a sua genitora comunica o desaparecimento do militar desde 06/07/2013, bem como diversos laudos médicos, após a localização do Paciente em estado deplorável, atestando que o mesmo, atualmente encontra-se internado em clínica especializada para tratamento de dependência química, sendo diagnosticado com ´quadro de dependência química pesada chegando a perder o juízo crítico e a noção de morbidade´, assim como documentos comprobatórios de que o militar tem sido submetido a tratamento psiquiátrico desde o ano de 2012. Assim, em que pese o suposto cometimento de crime de deserção e da existência de procedimento, como informado pelo Corpo de Bombeiros às fls. 38, não se olvidando ainda da previsão de prisão cautelar no art. 452 do Código de Processo Penal Militar, forçoso reconhecer que o Paciente apresenta grave problema de saúde com forte comprometimento de sua saúde psíquica, necessitando permanecer internado sob efeito de medicação de acordo com o laudo médico de fls. 25/26, razão pelo o seu recolhimento ao Grupamento Especial Prisional do CBMERJ, por ora, será mais temeroso, tendo em vista o possível agravamento do seu estado psíquico. Por derradeiro, cumpre salientar que a simples concessão da liminar requerida não ferirá a hierarquia e a disciplina do CBMERJ, pois se trata de mera abstenção da prisão cautelar, em razão do estado de saúde do Paciente, visando assegurar o princípio constitucional ao direito à saúde e a dignidade da pessoa humana, sem fulminar o procedimento administrativo e a possível instrução criminal ao qual poderá ser submetido, uma vez que o mérito do presente Habeas Corpus só será analisado ao final da instrução. Em face do exposto, entendo presentes o fumus boni iuris e o periculum in mora, razão pela qual concedo a medida liminar requerida e determino a expedição do competente salvo-conduto para que o Paciente permaneça internado em tratamento médico especializado Comunidade Terapêutica Resgate e Família, até o julgamento do mérito do presente writ. Oficie-se à autoridade nomeada coatora, assim como à Corregedoria Interna do CBMERJ, para que tome as providências determinadas, abstendo-se de prender o Paciente, devendo aquela autoridade prestar as informações de praxe no prazo previsto no artigo 472 do Código de Processo Penal Militar. Oficie-se a Comunidade Terapêutica Resgate e Família comunicando o teor desta decisão, e solicitando que seja informado a este Juízo qualquer alteração no quadro clínico do Paciente bem como em caso de saída, temporária ou alta, daquele estabelecimento. Dê-se ciência ao Impetrante. Após, com a vinda das informações, dê-se vista ao Ministério Público para manifestação e, ao final, voltem conclusos.
Tipo do Movimento:Conclusão ao Juiz
Data da conclusão:13/09/2013
Juiz:ANA PAULA MONTE FIGUEIREDO PENA BARROS

No dia 30/06/2013, por volta de 22 horas, o paciente saiu de casa e não mais retornou, nem tampouco se apresentou para trabalhar no Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro.

A mãe do Paciente estranhando o desaparecimento do militar, passou a procurá-lo pelas ruas, nos hospitais e no Instituto Médico Legal, tendo inclusive, no dia 06/07/2013, comunicado o fato à Autoridade Policial da 166ª DP - Angra dos Reis .

A confecção do Registro de Ocorrência não fez cessar a busca desesperada e incessante de sua genitora, culminando por localiza-lo, já no dia 18/07/2013, no interior de uma casa abandonada de uma das comunidades de Angra dos Reis.

Posterior, com a ajuda de amigos, conseguiu conduzir seu filho até a Clínica Jorge Jaber, em Vargem Grande, neste município, especializada no tratamento de dependentes químicos, onde foi internado pelo médico Marcelo Alves Chagas com o diagnóstico de CID 10 = F 14.2 – Transtornos mentais e comportamentais devidos ao uso de substancias psicotrópicas.

Mediante esse calvário, o referido militar ficou ausente de suas obrigações como bombeiro militar, sendo lavrado o ato de deserção.

SOS BOMBEIROS: Não estamos questionando os princípios legais aplicáveis ao militar, mas acompanhando para que o princípio da razoabilidade seja aplicado a esse profissional, que precisa comprovadamente de ajuda para recuperar-se de uma doença grave. A ACARPI CONSULTORIAS, assessoria jurídica oferecida pelo vereador Marcio Garcia, por força de um Habeas Corpus (HC) Processo No 0296753-76.2013.8.19.0001 conseguiu liminar na justiça garantindo direito a um tratamento digno antes de qualquer ato administrativo ou criminal. 
Mediante a dificuldade financeira vivenciada pela família, em função da  suspenção de seus vencimentos, o militar foi obrigado a interromper o tratamento na clinica particular e buscar ajuda no HCAP. Até a juíza da auditoria militar, que não é bombeira, reconheceu a necessidade da internação e tratamento do militar.  Esperamos que em “nossa casa”, o militar seja tratado, e não jogado nas masmorras do GEP.

ESTAMOS DE OLHO. JUNTOS SOMOS FORTES!








A Verdadeira Face da Política de Farsificação de Cabral

"Governador pacificou a Rocinha como na Alemanha. Só falta câmara de gás"



Uma comunidade abandonada pelo poder público durante décadas, dominada pelo tráfico, sobre pressão e opressão por toda uma vida. De repente , surge o sonho de uma vida melhor:  a instalação da unidade de policia pacificadora. A promessa  é que seria de uma vida melhor, sem  violência, tudo com objetivo da propagação da paz.
No entanto, em meio aos becos e vielas estavam acontecendo ameaças,opressões, espancamentos e torturas, como já foi denunciado pelo Jornal do Brasil durante as investigações do sumi?o do pedreiro Amarildo e neste domingo (22/9) foi tema de matéria do programa Fantástico. 
Trabalhadores saindo para trabalhar e sendo coagidos, pessoas sendo consideradas como suspeitos e sendo tratadas como nenhum ser humano merece ser tratado. Moradores sendo abordados com choque no rosto, porrada, espancamento,sufocamento e spray de pimenta. Tudo isso porque depois de uma semana dura de trabalho costumam sair para as ruas para confraternizar com os amigos.
Não aguentamos mais  opressão, esse povo precisa de libertação. Somos seres humanos, merecemos respeito. Chega de farsa, vamos ser realistas. Vamos dar um basta de tampar o sol com a peneira, não é impondo medo que vamos chegar a um lugar melhor.
Vale lembrar que a transformação e mudança vem antes de repreender, prender e matar.  A mudança somente será concretizada através da educação, ninguém  aprende nada com tapa na cara e sufocamento.
É essa a politica de pacificação tão inovadora do Governador Sérgio Cabral? É esse o caminho para transformação da cidade maravilhosa? É essa a comunidade modelo que a presidenta pediu ao Governador?
*Davison Coutinho, 23 anos, morador da Rocinha desde o nascimento. Formando em desenho industrial pela PUC-Rio, membro da comissão de moradores da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, professor, escritor, designer e liderança comunitária na Comunidade, funcionário da PUC-Rio. 

SOS BOMBEIROS: Tiro, porrada, bomba de gás, humilhação, constrangimento, opressão, tortura e coações. Assustador o relato deste morador da comunidade da rocinha, será que essa é a rocinha mesma que conhecemos? mais nos parece um campo de concentração nazista; isso tudo é reflexo do despreparo, falta de planejamento e muita investida eleitoreira. A política de pacificação na teoria é maravilhosa, mas na prática com a formação que a polícia dá aos seus novos agentes, os baixos salários e as condições de insegurança e exposição que ficam, torna inviável a aplicação deste projeto de segurança pública e que deveria ser social também.
A farsificação se revela a cada dia, cremos que estes episódios já representam o prenuncio do fim deste engodo que permitiu que Cabral se reelegesse em primeiro turno com mais de 60% dos votos; agora terá que tirar outro coelho da cartola para tentar manter o sonho de eleger seu discípulo: Luiz Fernando Pezão, ou seja, a continuação de Cabral.
 
ATENTO AOS FATOS
BOMBEIROS SEMPRE ALERTA!

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

S.O.S GUARDA-VIDAS !!

Acabamos de receber mais uma denuncia dos nossos guerreiros do Mar. As fotos abaixo retratam o cotidiano deplorável dos militares que trabalham na praia do GRUMARI.




 
 

 
 
SOS BOMBEIROS: Pasmem! Mais as fotos acima mostram as péssimas condições do posto de GUARDA-VIDAS da Praia do GRUMARI III, que pertence diretamente ao DBM 4/M - Barra de Guaratiba, cuja sede é o 2 GMar - Barra da Tijuca.
Construído em 2002 aproximadamente, como podem ver nas fotos, não houve nenhuma manutenção até a data de hoje tornando-se um espaço insalubre como podem ver nas fotos: o teto com um rombo expõe o militar ao sol e chuva diários; não existe banheiro, local para acautelar materiais, nem tão pouco água potável para beber;  as vigias(janelas) estão sem o vidros, parecendo mais um barraco abandonado na praia do que um posto de salvamento digno para abrigar um militar de serviço.
 Infelizmente essa é uma realidade cruel enfrentada por centena de militares do GMAR pelo estado do Rio de Janeiro. Esperamos que surja o mais rapidamente uma solução; caso contrario, continuaremos a denunciar todo descaso da chefia em relação aos heróis do Mar.
 
"A qualquer hora, com qualquer tempo, em qualquer mar..."
 
JUNTOS SOMOS FORTES!

BOA INICIATIVA, INTENÇÃO DUVIDOSA???

O comando geral do corpo de bombeiros cria comissão para revisar regulamento disciplinar



3ª PARTE – ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS


I – ASSUNTOS GERAIS
1. REGULAMENTO DISCIPLINAR DO CBMERJ - COMISSÃO PARA REVISÃO - DESIGNAÇÃO – REPUBLICAÇÃO - NOTA GAB/CMDO-GERAL 409/2013
Este Secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante-Geral designa os Oficiais BM abaixo relacionados, bem como, convida o Sr. Dr. Christiano Taveira, Procurador do Estado, para comporem, sob a Presidência do primeiro, uma Comissão, a fim de apresentarem no prazo de 45 (quarenta e cinco) dias, proposta fundamentada de revisão para o diploma legal em epígrafe, a saber:
a) Presidente:
- Cel BM QOC/89 EDSON SENRA GOMES, RG 10.984 - ID Funcional 02582023-0. - Ex corregedor
b) Membros:
- Cel BM QOC/90 CLAUCIR CONCEICAO COSTA, RG 11.659 - ID Funcional 02600025-3;
- Cel BM QOC/87 EDUARDO RAMOS DOS REIS, RG 09.949 - ID Funcional 02604842-6;  - Atual Corregedor
- Ten-Cel BM QOC/88 GILMAR MANACEZ, RG 10.503 - ID Funcional 02582207-1;
- Ten-Cel BM QOC/92 MARCELO SILVA LAVIOLA DE FREITAS, RG 16.947 - ID Funcional 00611542-0;
- Cap BM QOC/04 THIAGO MUNIZ BUCKER, RG 35.685 - ID Funcional 04189692-0;
- Subten BM Q00/98 RENILTON DIAS DOS SANTOS, RG 23.591 - ID Funcional 00613146-8.
- 2º Sgt BM Q02/02 FELIPE DA SILVA BARBOSA, RG 31.871, ID Funcional 6147666; e
- Cb BM Q06/ACD/02 MÁRCIO PEREIRA SANTOS, RG 30.449, ID Funcional 6140009.
c) Secretário:
- 1º Ten BM QOA/88 CARLOMAN GOMES ORNELLAS, RG 10.746 - ID Funcional 04142083-7.
d) Convidado:
- Dr. Christiano Taveira, Procurador do Estado.
Republicada por ter saído com incorreção

SOS BOMBEIROS: Está nota foi publicada no boletim do dia 17 de set 13; e não poderíamos deixar passar em branco, pois trata-se de um assunto de interesse máximo do bombeiro. Antes gostaríamos apenas de enfatizar dois detalhes: um é que esta e parte de nossa pauta de reivindicações que fazemos desde sempre, e afirmamos isso para que num futuro bem próximo, o comando não venha dizendo que movido pelo sentimento de justiça, resolveu reavaliar o regulamento disciplinar. Outro é que esta revisão pode ser para o bem ou para o mal da vida do bombeiro militar, o que é ruim pode ficar pior, afinal alguém já viu mudanças em regulamento para beneficiar a maior parte da tropa, ou seja, as praças? por isso é que alertamos para que você bombeiro militar, principalmente da ativa, fique bem atento a estas mudanças.
Isto posto, gostaríamos então de propor aqui neste espaço democrático, um debate sobre a participação da tropa neste processo de revisão e aprimoramento do RDCBMERJ. Gostaríamos de saber de nossos leitores se devemos entrar nesta construção com nossas sugestões e opiniões, já que ninguém melhor do que quem esta na linha de frente sofrendo com as covardias amparadas por este regulamento arcáico, para saber da praticidade da aplicação do regulamento em muitas questões do dia a dia.
PORTANTO PEDIMOS PARA SE MANIFESTAREM ATRAVÉS DOS COMENTÁRIOS A RESPEITO DESTE TEMA, QUE PODERÁ MUDAR NOSSA VIDA DENTRO DA CASERNA

COM A PALAVRA O BOMBEIRO MILITAR:

sábado, 21 de setembro de 2013

TUDO PELA PAZ ENTRE PMDB E PT

Dilma convida Cabral a integrar seu ministério em janeiro


A presidente Dilma Rousseff convidou o governador Sérgio Cabral para que ele integre seu ministério a partir do começo do ano que vem, tão logo saiam os ministros que vão concorrer em 2014.
O objetivo do Planalto, com isso, segundo um interlocutor da presidente, é instalar uma UPP na relação entre o PT e o PMDB no estado. Na conversa que teve com Cabral, Dilma não pediu ao aliado que desistisse de lançar o vice-governador Luiz Fernando Pezão ao governo. Quer apenas desfrutar da maravilha de ter um palanque duplo no ano que vem.
Além disso, Dilma fez um pedido: quer uma coleira nos pitbulls Jorge Picciani, presidente estadual do PMDB, e o deputado federal Eduardo Cunha, da mesma sigla. Nada de agressões a Lindbergh ou ao PT. Sem isso, nada feito.
A ideia de colocar Cabral no primeiro escalão do governo surgiu no começo do ano. Ele chegou a pedir o Ministério de Minas e Energia, que lhe foi negado. Ofereceram a ele a Autoridade Pública Olímpica, responsável por articular União, estado e prefeitura do Rio para a preparação das Olimpíadas de 2016. Cabral recusou.
Agora, falta apenas a confirmação de Cabral, para que Dilma acerte a Data e o gabinete que vai instalá-lo.
"A presidente não vai abandonar o Cabral porque ele está impopular. Não tem a menor chance de isso ocorrer. A relação é muito profunda. Mas o Lindbergh tem direito a ser candidato. No que depender do Planalto, ele será", explicou o mesmo assessor da presidente.
Fonte: Berenice Seara

SOS BOMBEIROS: Dilma estendi a mão para o governador mais corrupto da era moderna do Brasil. Em troca do risco que correrá estando ao lado de alguém tão queimado, a intenção é manter sobre controle os ataques do presidente estadual do PMDB, Jorge Picciani e do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) a Lindberg Farias, pré-candidato pelo PT. 
É claro que Cabral aceitará, não pode nem pensar em ficar por aí voando desprotegido seu passado recente o colocaria em bangu 1; o lamentável disso tudo é que na política o que importa são as alianças que permitirão alcançar os objetivos, seja o seu aliado quem for... só sei que nós Bombeiros, nunca esqueceremos quem é Cabral e seu pré-candidato, Luiz Fernando Pezão.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

TRAGÉDIA ANUNCIADA, CARTA ABERTA DO GMAR - RJ

Recebemos e estamos dando publicidade a está carta dos Guarda-vidas do Rio de janeiro.




"Cidadão Carioca é com muita tristeza que viemos relatar essa triste realidade que o coloca em risco, não só a você, mas aos seus entes queridos, sou um contribuinte como você e integrante do CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, por motivo de retaliações não posso me identificar. 
No grupamento marítimo, do CBMERJ, desde que começaram as reivindicações por dignidade salarial, sofremos retaliações; é sabido que os guarda-vidas tem um efetivo aproximadamente 2.000 homens, dos quais em média 1500 estão na atividade fim; sendo os últimos concursos abertos no ano de 2002 e 2008. Hoje em 2013 o número do efetivo de praia diminuiu ainda mais com a criação do COER (curso de operador de embarcação de resgate); onde foram retirados mais homens dos postos de observação para compor este grupo. Isso é uma tragédia anunciada, no final do ano passado(2012/2013), do dia 28 de dezembro ao dia 5 de janeiro, morreram quase dez pessoas por afogamento na orla carioca e os veículos de comunicação, prestando serviço ao Governo, não deram 30 segundos de abertura e estranhamente não quiseram levantar a polêmica. Com certeza alguém do grupamento marítimo falaria da falta de efetivo. Portanto se você se afogar ou tiver algum ente querido falecido acredite, o único que não quis que isso acontecesse foi o GUARDA-VIDAS, que está trabalhando com a metade do efetivo que atendia a orla carioca em 2009, 2 Guarda-vidas para 1 quilômetro de praia que atendem a: - MAUS-SÚBITOS, CRIANÇAS PERDIDAS,  ACIDENTES DE TRÂNSITO QUE ACONTECEM NA VIA, E AINDA SOCORREM OS AFOGADOS. No RJ tem 1PM para 1.000 Cidadãos e 1 GUARDA-VIDAS para cada 8.000; ainda bem que não se afogam ao mesmo tempo, pois, DEUS AJUDA. 
Temos passado por constrangimento na areia, trabalhando sozinho e tomando conta de uma extensão de praia enorme, pois muitos cidadãos de forma desavisada, insistem em culpar o guarda-vidas quando aparece fazendo um socorro num local que não é o seu posto, (socorro em posto desativado pelo baixo efetivo) dando a impressão de estava desatento ou fora de seu local; gerando em alguns casos até delegacia e muito aborrecimento.
Nosso objetivo com esta carta é poder compartilhar com você contribuinte o sufoco que estamos vivendo e pedir sua ajuda para que juntos não deixemos que pessoas morram por irresponsabilidade dos comandantes e do governo do estado"

SOS BOMBEIROS: Pelo visto nada mudou, as necessidades são as mesmas de quando o movimento surgiu; o CBA XI - comando de atividades marítimas, não se pronuncia está assistindo de camarote a tragédia anunciada que o texto dos guarda-vidas nos conta. Só há uma solução: - Todo Gmar se reunir e definir uma ação que mostrará ao comando geral que o assunto é muito sério; pois parece que mesmo depois de ter sido avisado, desde que assumiu em junho de 2011, não compreendeu ou se importou; já que não notamos nenhuma movimentação que demonstre interesse em solucionar este problemaço.

LEMBREM SE: JUNTOS SOMOS FORTES!!!

SE É CONTRA OS POLICIAS, TUDO PODE

Salta aos olhos a omissão do secretário de segurança, Mariano Beltrame, contra o vazamento de informações pessoais de policias na internet




ESSE É O VALOR QUE O GOVERNO DO ESTADO (PMDB) DÁ AOS NOSSOS POLICIAIS.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

DGST - Diretoria Geral de Serviços Técnicos

Médicos insuficientes, áreas de saída de ambulâncias obstruídas, falta de material médico e má sinalização dos postos médicos, foram as principais falhas apontadas pelo tribunal da 2.ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro ao recinto do Rock in Rio que, este ano, se realiza na cidade carioca.


Depois do primeiro fim de semana de concertos, entre 13 e 15 de setembro, uma vistoria colocou em causa a realização do segundo capítulo do festival que arranca hoje, 19, e termina no domingo, 22.
A organização garantiu que, nos primeiros três dias de festival, nenhuma pessoa ficou sem assistência, tendo sido atendidas mais de 2 mil pessoas, nenhuma em estado grave.
Ontem à tarde, 18, foi feita uma nova vistoria ao recinto, acompanhada pelo corpo de bombeiros e por um oficial de justiça. Concluiu-se que a "organização do evento tomou todas as providências para garantir a segurança dos participantes dos shows".
Caso os problemas não fossem resolvidos, a organização seria multada em 3,4 milhões de euros por cada dia de festival.
http://visao.sapo.pt/rock-in-rio-obrigado-a-melhorar-atendimento-medico-para-reabrir-portas=f749714

SOS BOMBEIROS: Gostaríamos de entender como que o rock in Rio iniciou seus eventos com tantas irregularidades, mesmo após as vistorias do Corpo de Bombeiros? E a sessão técnica, tão falada aqui em nossa série papo de bombeiro, fez seu papel? São mais de 85 mil pessoas na cidade do Rock por dia; seria possível que a liberação ao público para o evento foi feita sem o cumprimento das devidas normas de segurança, cuja responsabilidade de verificação é da sessão de serviços técnicos do corpo de bombeiros???

COM A PALAVRA OS ESPECIALISTAS:




GUARDA VIDAS PEDEM SOCORRO !!!!



Recebemos o relato de inúmeros guarda vidas que trabalharam no domingo dia 15 de Setembro na praia da Barra da Tijuca. Foi um Domingo de Sol com uma quantidade expressiva de salvamentos; graças ao excelente trabalho dos bombeiros do 2º GMar nenhum óbito foi computado durante o serviço. Mesmo estando no inverno, foi um dia com a cara do verão, onde os guarda vidas costumam ficar a maior parte do tempo com os olhos focados nas valas e caminhando na beira da praia apitando nas suas prevenções.
O que não se sabe, é que existe uma realidade oculta nesse cenário; existe o momento em que esse profissional precisa se alimentar e efetuar a sua assepsia básica(lavar as mãos e escovar os dentes, necessidades fisiológicas), e os mesmos estão trabalhando em postos sem água, isso mesmo, não têm água no posto de salvamento.O Bombeiro não pode nem tomar um banho ao término do serviço, se não bastasse tal absurdo, podemos comprovar nas fotos recebidas que alguns postos não possuem uma das portas; para a "sorte" dos Guarda Vidas, esta porta é justamente a que recebe o vento de sudoeste(vento mais forte e frio que se sente na praia), permanecendo exposto as intempéries.
Sabendo que independente do clima, sempre teremos um Guarda Vidas em um posto na Orla Carioca, solicitamos que o comandante do 2º GMar tome as providências necessárias, mesmo os postos sendo terceirizado, proporcione as condições ideais de trabalhos para os nossos bombeiros Guarda Vidas. 




"A qualquer hora, em qualquer tempo, com qualquer mar."

JUNTOS SOMOS FORTES !!!

POR DE TRAZ DOS DISCURSOS

Reflexão de um colaborador, bombeiro, muito indignado com a dificuldade que os gestores do CBMERJ estão criando para as inpeções de saúde



É fato que era raro ver um militar Inapto na Inspeção de Saúde.
Todos perceberam que nos últimos meses muitos Militares ficaram na condição de INAPTOS na Inspeção de Saúde para os Cursos. 
Situação nunca vista no CBMERJ!

Cito aqui apenas alguns exemplos dos últimos dias:

- 05 BMs no Bol de 01 de Ago;
- 15 BMs no Bol de 06 de Ago;
- 04 BMs no Bol de 19 de Ago;
- 17 BMs no Bol de 04 de Set;

Pois bem. Segundo o CPMSO/JOS, todos os BMs que estão licenciados/dispensado em OBM com mais de 15 dias, ficam na condição de INAPTOS, pois quem está licenciado não pode fazer TAF.

É ISSO MESMO?
Ah... rapidamente, vamos a uma hipótese grosseira:
No dia da inspeção estou licenciado pois estou com uma entorse no tornozelo (20 dias de  recuperação). Entretanto no dia do TAF CERTAMENTE  estarei pronto para, em condições de fazê-lo. E mesmo assim, ao ler o Boletim, estou inapto na Inspeção de Saúde?

Sabe qual o argumento do CPMSO para esta situação?
Ah, neste caso o militar entra com requerimento para uma nova inspeção.

Agora, prestem muita atenção.

Condições para o BM recorrer do resultado da Inspeção de Saúde. Vamos analisar as normas reguladoras de um concurso qualquer, por exemplo, o CAS (Bol 104 de 11/06/13 - folha 5038):

4.1.1. Generalidades:
...
e) Os recursos serão impetrados no prazo máximo de um dia útil após a data de finalização do Exame de Saúde, tendo o CFAP até 48 (quarenta e oito) horas para tornar público o seu resultado;

Não acredito!!!

Após se deparar com a condição de inapto no Boletim (isso se o BM ler o Boletim à noite - período em que o boletim fica disponível na internet, sem horário certo para disponibilização), o militar tem que no dia seguinte correr para o quartel onde serve - independente da distância, dos problemas, dos compromissos que tenha - tentar preparar o requerimento, torcer para o Chefe da Sad e o Comandante assinarem na hora e correr para a DGEI/CFAP para entregar no mesmo dia. Ufa! Imagina se este dia for uma sexta-feira? 

Estão fazendo de tudo para dificultar a inclusão nos curso e, consequentemente, as promoções do Militares.

A mentalidade dos nossos gestores, que deviam lutar por nós é revoltante! Vedem-se por gratificações e regalias que o Comando oferece.

Lamentável! Mas eu tenho certeza que dias melhores virão!
A mudança está próxima!

Juntos Somos Fortes!