sábado, 12 de outubro de 2013

Bombeiros da área de saúde pedem socorro...

Desabafo de um companheiro enfermeiro com o descaso da chefia, em relação aos bombeiros das QBMP's 6 e 11.


"Para virar tema - Os QBMP-11 e os 06 que deram seu sangue durante 5 anos na escala 24x48h, fazendo além do papel de bombeiro militar, também o de SAMU, hoje sofre com a burocracia para receber a gratificação de 350 reias. Alegam que temos que esperar a abertura do ciclo, ciclo esse que nem a DGF sabe explicar quando se dá sua abertura e nem boletim do comando geral foi publicado tal ciclo desde quando a tal gratificação foi criada por decreto. Depois disso, ainda somos discriminados em não poder participar do PROEISBM. O convênio que nos abrangeria, os das TIH dos hospitais, não sai da teoria, ninguém informa nada consistente sobre tal situação. Em quanto isso ficamos isolados, dentro de nossa corporação. E pra completar a dificuldade em poder gozar de férias como qualquer cidadão trabalhador continua, sem previsão. Até quando ficaremos nesta situação DISCRIMINATÓRIA???? Somos bombeiros militares e possuímos diretos iguais como qualquer bombeiro de nossa corporação".


SOS BOMBEIROS: Em matéria de descaso com seus militares, a chefia ganha de goleada! Senão bastasse o caso dos alojamentos precários das OBM’s, o desconto indevido da GRET dos inativos, agora a administração resolve não pagar a gratificação de R$ 350,00 aos militares das ambulâncias do GSE. Pelos relatos, a ordem do “comando” é para que todos os processos dessa natureza protocolados na DGF sejam negados. Acompanharemos os desdobramentos dos acontecimentos...A assessoria Juridica da Acarpi Consultorias está a disposição de todos vocês.

Contra arbitrariedade, justiça neles!

16 comentários:

  1. É lamentável que esse tipo de covardia aconteça justamente com um dos seguimentos que mais trabalha na corporação, vou montar com meus companheiros uma postagem a respeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,nunca gostaram dos profissionais de saúde da corporação.

      Excluir
    2. Então já que o simões não quer ajudar,alô Receita Federal,vasculhe a vida desse cmt,pois a Cobertura na Barra da Tijuca é mais de Milhões.A Tropa não é sua e muito menos fazemos questão,pois nunca vimos um comando Pior que o seu simões em todos os tempos.SOCORRO POLÍCIA FEDERAL,FAÇA UMA DEVASSA NA ENGENHARIA DO CBMERJ.

      Excluir
  2. aaaaaaaaa vá....covardia é que não falta no cbmerj, no estado do rj, nesse país todo, enquanto existir a inércia, ficaremos nessa situação...não sou a favor do quebra quebra, mais até q estou gostando, só assim alguém se mexe nessa porcaria de país.
    --- aaaa estão quebrando os bancos, isso é vandalismo...f......só assim esses empresários que querem fazer o trabalhador de escravos se dobram e aprendem a respeitar o trabalhador. veja ai a greve dos bancários, é mais q justa, pq os banqueiros ganham muiiiito e não querem dividir, então vão gastar com reformas de agências incendiadas e quebradas.

    ResponderExcluir
  3. Sou oficial da saúde e testemunha de quanto esses praças da saúde são dignos e escravizados...
    independente da época desses 05 anos e dos locais onde estavam lotados. Nas UPAs eles atendiam até, alguns casos testemunhados por mim, 150 pacientes, em pé, encurvados 20 das 24hs horas, mts vezes.
    Na maioria das vezes sem reclamar, com sorriso no rosto ainda por cima.
    Nos quarteis nem precisa dizer...nem precisa.

    São dignos de louvores, esses QBMP 11 e 06...infelizmente isso não alimenta suas familias ou lhes dão vidas dignas..Piorando isso é o fato de terem acumulo de cargo em direito da constituição, e por necessidade de vida...obrigação familiar...
    fazem 72, 96 e até 120 hs de serviço SEGUIDOS...pq o CBMERJ não lhes dão dignidade...
    nem com salário MUITO MENOS com escalas...
    Os heróis quando recebem a noticia q poderão ter a escala passada para 24x72 comemoram como se tivessem ganho o MUNDO...e isso nunca se concretiza
    por favor SOS olhem por eles..
    QOS/ / / 08

    ResponderExcluir
  4. Subtenente Valdelei Duarte.12 de outubro de 2013 21:44

    Conheço e muito bem este descaso, trabalhei 02 ANOS no 1 PABM (recereio) como condutor da ambulância, e na época já como primeiro Sargento recebia uma gratificação menor que a de um CB BM, ou seja, os CB BMs e os SGTs BM (técnico de enfermagem) recebiam R$ 700,00. E eu R$ 400,00 como condutor e na mesma escala 24hX 48h e mesmo sendo primeiro Sargento. E que hoje o antigo posto avançado que funcionava precariamente na margem da Av.das Américas precariamente em um conteiner, está localizado agora na Av. Glaucio Gil, e lá funciona também o CBA X Marítimo.

    ResponderExcluir
  5. Alguém deve esta mordendo essa GRANA por aiii! Quando corta alguém de uma ambulancia, a gratificação de 750,00 e cortada na hora, e cabe aqui uma pergunta, por que que a gratif. de 350,00 nao entra direto na conta, eim cmte? Pelo jeito a mamata é grande, e tá longe de acabar.

    ResponderExcluir
  6. Além das péssimas condições de trabalho,e carga horária menor do que a de outros profissionais,esses profissionais trabalham mais,pois as ambulâncias não param nas unidades.

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente nenhum acd QBMP 06 está podendo participar do PROEISBM. Médico é bombeiro? Tira serviço de oficial de dia? Sgt QBMP06 tira adjunto? Guarda? mas para receber não pode tirar o PROEISBM né... Paciência...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que nada impeça de um QBMP 11 ou 06 tirar guarda, pelo menos eu já vi isso na escola de bombeiros, até comandante da guarda vi tirar lá. Também não vejo do por que não tirar serviço de adjunto, até mesmo por que a formação do CFS é comum para todas as QBMP'S não é verdade? ou existe alguma outra formação que eu não saiba e o caro companheiro esteja mais bem informado e possa aqui relatar. Bem, pelo que me consta e presencio sempre é uma diferença muito grande entre os serviços prestados. Em quanto uma guarnição de ABS, ou de ABT faz em 24 horas de serviço uma média de 7 saídas, isso jogando por alto eih, a saída das ambulâncias, em média gira em torno de 15 saídas por média entre elas. Ai eu pergunto, como um militar que fica mais fora da unidade do outra coisa pode ser escalado como sentinela, ou até mesmo permanência, ou até mesmo adjunto nestas condições???? Agora pelo que me consta, o militar que faz o PROEIS, quando no PROG, não tira guarda nem permanência, muito menos adjunto, pois só faz compor o reforço dentro do âmbito guarnições. Depois dessas considerações, será que ainda tem algum outro argumento que justifique a não participação do PROEIS???? Me desculpe mas achei de uma tamanha ironia sem noção, sem embasamento algum..

      Excluir
    2. No 1GSE sede médico, enfermeiro, assistente social, psicologo tiram TODOS oficial de dia...SUBTEN e Sgt tiram adjunto...

      Excluir
    3. Ao anonimo de 23:15, os acd's e tec de radiologia estão proibidos de participar de PROG! PROEIS nem pensar! Mas tirar serviço na prontidão pode? Se o CFS a formação é geral pq agora existe essa discriminação!?

      Excluir
  8. O QUE ESPERAR DE UM COMT."CEL. SIMÕES",QUE FAZ PARTE DA CORJA DO CABRAL?
    E PENSAR QUE AINDA TEM BMS PUXA-SACOS.

    ResponderExcluir
  9. UMA COISA EU SEI SER...
    GRATA COM TODAS Q ME AJUDA, DIRETA E INDIRETAMENTE!
    GRATIDÃO É PRA POUCOS!
    FICAADICA

    ResponderExcluir
  10. Os praças QBMP/06 de 2008 são todos técnicos de radiologia e técnicos de enfermagem por quê não sairam sargentos na sua formação? Já que para QBMP 06 não exige serem técnicos e sim auxiliares como exige está qualificação (auxiliar de saúde).

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.