quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Carta de uma leitora a Cabral

Boa tarde, queridos. Minha mãe é membro do Corpo de Bombeiros, então, acompanho e apoio o movimento do SOS desde o início. Ontem pela madrugada estava estudando e comecei a refletir sobre o que tem acontecido nas manifestações, então, me senti angustiada e revoltada (com certeza, vocês sabem exatamente o que é isso). Porém, naquele momento, eu só tinha as minhas palavras para poder expressar a minha indignação e, por isso, decidi mandar um e-mail para o Sérgio Cabral. Gostaria de compartilhar isso com vocês, já que também são "vítimas" desse sistema assim como nós, universitários, professores... enfim, cidadãos em geral. Desde já, agradeço pela atenção e gostaria de dizer que vocês tem o meu apoio. Afinal, JUNTOS SOMOS FORTES! Logo abaixo, segue o e-mail.



Boa noite, senhor Governador. Não poderia dormir sem antes parabenizá-lo por suas ações diante das manifestações que tem ocorrido desde o mês de junho. Com certeza, Maquiavel ficaria muito orgulhoso ao saber da sabedoria com a qual o senhor utiliza a força e como faz o que for necessário para manter a "estabilidade" de seu poder, ainda que seja preciso tomar atitudes imorais. Acredito que, como todos aqueles que compõem o cenário político de nosso Estado, o senhor é um intelectual, estudioso das ciências políticas e das ciências humanas - sem dúvidas, o homem ideal definido por Platão para assumir o cargo de governador. Afinal, seria ridículo de minha parte imaginar o contrário pois observo que o senhor sabe perfeitamente como lidar com a população que o elegeu com muita sabedoria e consciência crítica. A maneira com a qual o senhor trata os professores e nós, universitários... ops! Desculpe-me pela ousadia, vou corrigir... nós, vândalos, é totalmente coerente. É certo que não são os traficantes, os bandidos que ameaçam a integridade física e psíquica da população, eles não merecem ser presos e desrespeitados mas sim nós, universitários e professores... nossa! Desculpe-me novamente, vândalos... Queria aproveitar esta oportunidade para me desculpar por participar dos protestos; onde eu estava com a cabeça?! Claro, se o senhor permitir que eu me expresse dessa forma. É que vivemos uma democracia tão participativa que já me sinto íntima do senhor. Como protestar contra aqueles que cumprem fielmente o contrato social de Rousseau , afinal, o senhor cumpre perfeitamente o seu papel de governador e atende as nossas necessidades de forma muito eficiente. Ao escrever este e-mail, me sinto como os tolos cartistas ao mandar cartas para o Parlamento Inglês, que burrice! Por que incomodar a elite que faz de tudo para nos proporcionar uma sociedade cada vez melhor, justa, e desigual... ops! Digitei errado... igualitária? Obrigada, querido Governador, pelo seu papel em nossas vidas. Nós, os universitários, e os professores não seríamos vândalos tão felizes sem o seu apoio. Durma em paz, já que o senhor não possui motivos para "ficar com peso na consciência" por suas atitudes. Mais uma vez, muito obrigada. Agora sim, posso dormir melhor.

SOS BOMBEIROS: Agradecemos a esta leitora pelo belo texto, sarcástico e triste, pois o contrário é a mais pura realidade; aqueles que se levantam contra este atual governo são rechaçados com truculência, apanham e levam bomba de efeito moral e gás pela cara; professores, bombeiros, estudantes, e a população como um todo tem sido humilhada e agredida de forma franca e direta pelo governo do estado, lamentamos tudo isso com muita dor no coração  

8 comentários:

  1. governador depois que acabar seu mandato suma do Rio de Janeiro pois acredito sem duvida que sera seu ultimo mandato na politica no Brasil . fora cabral nunca mais cabral nunca mais cabral nunca mais cabral.

    ResponderExcluir
  2. UMA VIDA NÃO QUESTIONADA NÃO MERECE SER VIVIDA.PLATÃO.

    ResponderExcluir
  3. No imposto Profissional o justo paga mais e o injusto paga menos,sobre o mesmo rendimento!!!Tente mover o Mundo o primeiro passo será mover a si mesmo!!!!Quem comete uma injustiça,é sempre mais infeliz que o injustiçado!!!Deve-se temer a Velhice,porque ela nunca vem só.Bengalas são provas de idade e não de prudências!!!! Platão.Palavras não são para passar e sim para refletirmos que temos que lutar.Pois povo no cabresto,Parlamentares glorificam-se.Quantos mais analfas,melhor para dominarem o Mundo.

    ResponderExcluir
  4. Ops! democracia participativa,só uma correção,já dizia um falecido bomba amigo: Antigamente viviamos numaDITADURA DEMOCRÁTICA-hoje-numa DEMOCRÁTICA DITADURA,antes era os MILITARES-hoje-sao os POLÍTICOS QUE TOMARAM PORRADA no passado querem IMPOR as REGRAS!!!!

    ResponderExcluir
  5. ..uma ideia q eu dou é a q ajudaria a muitos militares do estado nas suas situações financeiras.
    a ideia é: empréstimo programado - como funcionaria isto ??? simples, todos os bancos fariam descontos nos contras cheques de acordo com o gosto do cliente, ainda não entenderam né ??? vou explicar melhor..o militar procuraria as instituições financeiras e pediria q os descontos fossem feitos de dois em dois meses ( exemplo ) e a terceira parcela ele iria receber todo o dinheiro nas mãos, quando chegasse a quarta parcela todo o desconto seria retomado pelos bancos, com isso o militar teria todo o valor descontado em empréstimos de dois em dois meses até findar as suas dívidas. então peço que alguma autoridade preste atenção a essa ideia e coloque ela em prática, lembrando q não é só para empréstimos contratado agora não e justamente para aqueles também que já estão no contra cheque, com certeza ajudaria os militares do estado a sair dessa bola de neve que são esses descontos.
    obrigado .

    ResponderExcluir
  6. http://vimeo.com/77130796 ..........diz tudo bombeirada.

    ResponderExcluir
  7. Espero que a galera não dê confiança para o Pezão!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns minha querida companheira de luta. Eu como esposa de bombeiro tbm permanecerei na luta e confiante que este governo vai cair é necessário voltarmos para as ruas e com mais intensidade e disposição para mostrar que o povo é quem manda.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.