terça-feira, 1 de outubro de 2013

COVARDIA SEM MEDIDA CONTRA EDUCAÇÃO

Perdeu-se uma batalha, mas a luta tem que continuar, mesmo com o abandono da sessão dos vereadores de oposição numa tentativa de dificultar votação injusta, projeto de encargos e salários é aprovado com 36 votos a favor.

Articulação dos vereadores de oposição na tentativa de ajudar aos professores


Em dia de muito tumulto, confrontos, depredações e vandalismo, a Câmara de Vereadores do Rio aprovou o plano de cargos e salários dos professores da rede municipal. Foram 36 votos a favor e apenas 3 contra. A comissão de Constituição e Justiça tem cinco dias para fazer a redação final e encaminhar para a sanção do prefeito Eduardo Paes, que tem 15 dias para sancionar.
Segurança foi reforçada nas imediações da Câmara Municipal
Nove vereadores de oposição, que saíram da sessão no plenário quando começou um tumulto do lado de fora da Câmara, não votaram. São eles: Renato Cinco (PSOL), Eliomar Coelho (PSOL), Verônica Costa (PR), Jefferson Moura (PSOL), Brizola Neto (PDT), Paulo Pinheiro (PSOL), Reimont (PT), Marcio Garcia (PR) e Teresa Bergher (PSDB). 
Os vereadores de oposição disseram que vão à Justiça pedir a anulação da votação, alegando que, pelo regimento da casa, a sessão foi secreta porque não havia presença da população no plenário, cujo acesso foi bloqueado por segurança. A informação foi de Teresa Bergher (PSDB) e Jefferson Moura (PSOL). Do lado de fora, muitas bombas seguiam estourando.
Vejam aqueles que são contra a educação:



DESRESPEITO E VIOLÊNCIA CONTRA OS QUE FORMAM OS CIDADÃOS DE NOSSA NAÇÃO

2 comentários:

  1. Guardem essas fotos no Baú e na próxima eleição para Vereador,tirem xerox e o povo trabalhar em cima desses covardes,tem mais levem ovos podres para quando estivermos perto da alerj ou da Câmara dos Vereadores,se possível milhões de ovos podres,bala de borracha e spray de pimenta no povão contra vários ovos podres jogados em cima deles.Ai ninguém sai perdendo.

    ResponderExcluir
  2. O que está acontecendo Mesak,já é queimado no quartel de Nova Iguaçu,e ainda insistem em tirar o SOS RJ do Ar,porque quando o Daciolo.com entrou no ar,porque não pediram ao Daciolo para tirar do ar,agora vem com essa que só tem que ter o SOS.COM,estão usando de Ditadura,a Tropa não aguenta mais,e perguntamos ao Interior,teve alguém presente no segundo encontro que o Daciolo,não afirmando,parece que já se encontrou de novo com o Governador,é melhor o consenso com a Tropa,vão vender os Bombeiros.Outra Ditadura,ninguém vai mais aguentar,agora é a Abmerj que está impondo,Interior e Capital,os senhores tem sim que formar a Comissão e indique os bons da Abmerj,falamos os neutros,pois assim vai ficar difícil,ainda tem na comissão o Gabinete,pois para todos verem que não é nada pessoal.Alguém,sabe desse novo encontro.Se manter os dois,SOS RJ e o SOS.COM,não precisa ser inteligente,um da suporte ao outro.Essa não colou e nem vai colar,voltamos a afirmar,porque não pediram ao Daciolo para tirar do Ar o DACIOLO.COM.Alô 4 Gmar,Niterói,estão vendo porque a Comissão,cade a prestação de contas dos Associados,cadê a Transparência.Vão continuar a impor a Ditadura.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.