sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Copa 2014 tem gastos públicos recordes, em benefício da iniciativa privada

Brasileiros ficam sem ingresso e sem legado do Mundial, enquanto futebol se volta à elite.


O Brasil tinha a chance de gerar lucro e mudanças importantes com a Copa do Mundo deste ano, sem realizar nenhum gasto público, como fez os Estados Unidos no evento de 1994. A poucos meses para os jogos, porém, se mostra o maior gastador de verbas do governo em Mundial de Futebol, em nome de um evento que deve beneficiar principalmente, ou apenas, a iniciativa privada. Que pode ainda gerar desemprego e outras consequências negativas. Qualquer coisa que se ganhe com a Copa de 2014, então, pode não se comparar ao preço que o país já começou a pagar. Uma das grandes paixões do brasileiro, que virou parte da cultura principalmente nas camadas mais pobres da sociedade, de onde sai, inclusive, a maior parte dos jogadores, agora se volta cada vez mais à elite.

Apenas um terço dos ingressos dos jogos da Copa estão disponíveis para o torcedor brasileiro pela distribuição inicial da Fifa, de acordo com artigo do blog do Rodrigo Mattos, no Uol Esporte. Com 12 cidades-sede, nenhum outro Mundial teve uma oferta de assentos tão grande, mas nem por isso os brasileiros ganharam facilidade para conseguir uma entrada, que não são baratas, inclusive. 

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Guerra acirrada entre coronéis do CBMERJ, por vaga na ABMDP II.

Recebemos a denúncia anônima  sobre a existência de uma possível articulação na cúpula do CBMERJ para alterar o número de vagas do concurso 2013 para a academia de oficiais do corpo de bombeiros (ABMDP II). A manobra seria, em tese, para beneficiar o filho de um oficial  superior com cargo de comando.


Dos fatos...

 O concurso para a academia de oficiais acontece todos os anos, e no último ano ofereceu nada menos que 50 vagas para o oficialato. Sem entrar no mérito da demanda, surgiu a denúncia sobre um esquema planejado pelo chefe simões para aumentar o número de vagas, favorecendo a convocação do filho de um coronel da corporação.

A denúncia tem como finalidade revelar o pedido imoral do Cel Marcos Almeida, atual comandante  do CBA XI, ao Secretário de Estado e Defesa Civil, Sergio Simões, para aumentar o número de vagas na academia de oficias,  pois seu filho Rayan Tadeu Correa de Morais – nº de inscrição 1430040930 - ficou com a 83ª classificação no concurso. Após a eliminação de candidatos por faltas, sua classificação subiu para 72ª bastando apenas uma minima ampliação no número de vagas para que seu filho pudesse alcançar a tão sonhada vaga na escola de oficias.

Por outro lado,  o Sr. Julio Afonso Cardoso Sobral, filho do Cel Sobral Junior, atual comandante do CBA VIII, também prestou concurso para academia de oficias. Sua classificação foi a 130ª tendo como número do concurso 1430220986, com a desistência por faltas de outros candidatos ele ficou com a 111ª classificação.

Em destaque, a classificação dos filhos dos coronéis Marcos Almeida e Sobral Junior


Eis que a história começa a ficar interessante... Segundo a denúncia, o pedido do coronel Marcos almeida já tinha sido aprovado pelo chefe Simões; tendo em vista, a proximidade da classificação de seu filho nas vagas oferecidas inicialmente no certame (50 vagas), a justificativa da ampliação seria respaldada na necessidade de mais oficiais nos quadros da corporação. Será que precisamos de mais oficiais?!?

Acontece que o Cel Sobral Junior descobriu a suposta articulação e exige que as vagas aumentem numa escala proporcional onde seu filho também possa ser presenteado. Caso contrario, ele vai denunciar tudo no ministério público.


Diante do exposto, algumas perguntas estão latentes em nossa subjetividade:


 - Chefe Simões! O senhor vai aumentar as vagas do concurso da ABMDP II?

 - Cel. Sobral Junior! O senhor terá coragem de fazer a denúncia, caso a manobra não beneficie o seu filho?

 - Bombeiros!  Temos a necessidade de todo esse quantitativo de oficiais na corporação?


Com a palavra a chefia e os bombeiros!

O escárnio com a população continua...

Mesmo diante de todos os protestos ocorridos no ano passado,  o Prefeito Eduardo Paes (PMDB) concedeu aumento nas passagens que passam a custar R$ 3 a partir do dia 8. Visando minimizar novos protestos, ele estendeu o passe livre a universitários, mas parece que a medida não surtiu o efeito esperado, pois ativistas já marcaram manifestação para o dia 13 de fevereiro.


Rio - Depois de anunciar o aumento de R$ 3 na passagem dos ônibus, o prefeito Eduardo Paes também decidiu aumentar o número de gratuidades dos estudantes da rede pública e estender o benefício para os universitários. Os alunos das escolas de níveis médio e fundamental que já tinham direito a 60 passagens por mês vão ganhar mais 16 gratuidades para utilizar também nos fins de semana e ter mais acesso a equipamentos culturais. 

O decreto publicado hoje no Diário Oficial do Município determina ainda que os universitários cotistas e bolsistas do ProUni, que já tinham direito à meia passagem, tenham agora 76 gratuidades mensais. Além disso, todo universitário com renda familiar per capita até um salário mínimo, mesmo que seja da rede particular, também terá direito às gratuidades.

“A passagem será reajustada, mas tomaremos outras medidas que têm a ver com as manifestações de junho, ouvindo as reivindicações dos estudantes. A gente já tem gratuidade pra ensino fundamental municipal, ensino médio estadual e federal. Esse garotada tem direito a 60 passagens por mês em dias de aula. Vamos dar mais 16 passagens, o que significa direito à cidade, uma demanda das ruas que eu demorei a entender, mas conversando com as pessoas entendi e achei justo”, afirmou Paes. 

De acordo com o prefeito, ao todo, serão 272 mil estudantes beneficiados. Deste total, 60 mil têm renda familiar per capita abaixo de um salário mínimo, e outros 8 mil são do ProUni. 
O prefeito disse ainda que estuda outros benefícios: “A gente está estudando a possibilidade de fazer um cartão carioca jovem. É uma primeira base de iniciativas para a garotada, com entrada para shows, como um vale cultura municipal. Mas isso ainda está em estudo.”


Protesto já é convocado 

O Fórum de Lutas Contra o Aumento da Passagem marcou para o próximo dia 13 um grande ato na Cinelândia, às 17h. “Esperamos uma grande adesão na próxima passeata. Afinal, esse aumento valeu por dois, pois conseguiram aumentar e ainda subiram o valor anterior previsto”, informou Gabriel Siqueira, membro do movimento.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

INJUSTIÇA NO QCG

No ano de 2011 iniciou-se o movimento pela melhoria salarial dos bombeiros militares do estado do RJ, movimento que tomou dimensão nacional, desde então os militares desta corporação passaram a sofrer represárias. 


"Levaremos em conta apenas um assunto dentre várias retaliações que temos sofrido. 
No Quartel do Comando Geral, os militares abaixo de 1º Sgt estão proibidos de guardar seus respectivos carros no estacionamento do quartel, nem mesmo os militares que estão de serviço 24h. 
 Quem está de serviço 24h, tem que carregar fardas e equipamentos muitas vezes em ônibus e trens, pois a grande maioria não tem como pagar um estacionamento particular,  muitos pegam conduções que passam em áreas de risco, considerando que militares andando com fardas a pé pela rua e em transportes públicos nos tempos de violência que vivemos, torna-se um grande risco para nossa integridade física,  muitos estacionam seus carros na rua e já temos vários casos de furtos no interior dos veículos que muitas vezes são danificados, multados e rebocados, porém, os servidores civis que trabalham no quartel Central tem direito a estacionar."
(Praças do QCG)

"não entendemos haver prioridades a cima da ala de serviço. A fileira carrega o nome da corporação nas costas, somente para existência dela, existem todos os demais setores do CBMERJ e no entanto, até quem não é bombeiro tem prioridade ao pessoal de serviço nesse quartel. Será que aprendemos errado no CFAP?"
(Equipe S.O.S. Guadalupe)

A Carta foi enviada a nós e publicada conforme prometido. Cada bombeiro que se levanta contra opressão é considerado como um de nós, portanto sejam bem vindos e "vamos continuar lutando, até que todo mal contra nós seja vencido", juntos somos fortes!

S.O.S. Bombeiros 

É o bombeiro no local!

Bombeiros controlam incêndio em restaurante na Lagoa, Zona Sul do Rio. Fogo começou por volta das 11h30 desta quarta-feira (29). Graças aos nossos heróis do fogo, ninguém ficou ferido. 


Bombeiros controlaram um princípio de incêndio no exaustor de um restaurante na Lagoa, Zona Sul do Rio na manhã desta quarta feira (29). O fogo atingiu a cozinha do restaurante Giuseppe Grill, que fica no Lagoon, na Avenida Borges de Medeiros. Segundo a corporação, ninguém ficou ferido.
Por volta das 12h, ainda era possível sentir um forte cheiro de fumaça nas imediações. De acordo com funcionários do restaurante, o fogo começou por volta das 11h30. Ainda segundo eles, o estabelecimento vai ficar fechado durante toda a tarde e só deve reabrir a noite.
Fonte:http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/01/bombeiros-controlam-incendio-em-restaurante-na-lagoa-zona-sul-do-rio.html
Parabéns a toda equipe pelo excelente serviço prestado a sociedade. Esse é um, de muitos exemplos irrefutáveis da importância da tropa, pois ela está no dia a dia com a população, garantindo todos os anos consecutivos os altos índices de aceitação da corporação.       

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Viatura do SAMU é atacada em Inhoaiba.

Irritado pelo atraso no atendimento a uma menina de 09 anos, homem resolve depredar a viatura da SAMU operada pelos bombeiros. Ao perceber o clima hostil, a guarnição abandonou o local. Contudo, não conseguiram impedir que a viatura tivesse o vidro quebrado e a lataria amassada.


O incidente aconteceu ontem, por volta da 11:00h no bairro de Inhoaiba – Campo Grande - RJ. Os bombeiros do SAMU foram acionados para um evento de uma criança com dificuldade respiratória. A equipe chegou cerca de 30 minutos após o chamado; entretanto, não houve confirmação da regulação, e existe a suspeita do evento ter acontecido horas antes da chegada da viatura. Segundo os relatos, esse seria o motivo da revolta dos populares que já tinham removido a vitima do local.

 Alô Regulação! Vamos ficar atentos, pois as conseqüências poderiam ter sido catastrófica para nossos militares. Graças a DEUS todos saíram ilesos.

É o bombeiro no local!

Lamsa confirma mortes em acidente na linha amarela. Segundo a concessionária, pelo menos quatro pessoas morreram. Carreta derrubou passarela da via expressa e deixou carros esmagados. 



A Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, confirmou ao G1 por volta das 10h40 que pelo menos quatro pessoas morreram no acidente envolvendo uma carreta, na altura de Pilares, no Subúrbio do Rio. Outras quatro pessoas ficaram feridas, segundo nota oficial.

Uma carreta derrubou uma passarela e fechou a via expressa em ambos os sentidos na manhã desta terça-feira (28). A colisão ocorreu na altura de Pilares, no Subúrbio, e deixou feridos no local. Ainda não há informações sobre o número de feridos no acidente nem sobre o estado de saúde deles.

De acordo com a concessionária Lamsa, o veículo, maior que 4,5 metros, limite de altura naquele trecho, arrastou a passarela de metal e a derrubou sobre carros, que foram esmagados.De acordo com o Corpo de Bombeiros, homens do quartel do Méier estão no local e um helicóptero da corporação também está envolvido no resgate.

Os motoristas devem preferir o Alto da Boa Vista e a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, que tinham boas condições em ambos os sentidos. A Avenida Brasil e a Linha Vermelha também são opções. Não há previsão para liberação da Linha Amarela.Uma pessoa caiu dentro do córrego que divide a via e foi auxiliada por pessoas que estavam no local. Não há informações sobre a gravidade dos ferimentos. Em entrevista à rádio CBN, o chefe executivo do Centro de Operações Rio, Pedro Junqueira, falou sobre muitas vítimas no local e pediu para evitar a Linha Amarela.
Fonte:http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/01/bombeiros-confirmam-mortes-em-acidente-na-linha-amarela-no-rio.html
Que DEUS possa confortar a família das vitimas desse gravíssimo acidente. É nesse momento de dificuldade que nossos heróis vermelhos atuam para minimizar a dor e o sofrimento de todas as pessoas envolvidas. 

A população sempre poderá contar com os bombeiros!

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Simões será obrigado a pagar tudo!!

Justiça determina a anulação do ato administrativo que excluiu o SGT Wallace das fileiras da corporação. Com essa decisão, a administração será OBRIGADA a pagar todos os salários retroativos, bem como a contagem do tempo de serviço.



Nada melhor que a justiça imparcial para resolver as divergências quando ocorrem conflitos de interesses. Seguindo a cartilha do ditador Sergio Cabral, a administração do CBMERJ expulsou 14 pais de família que apenas lutavam por dignidade.

Passados 1 ano e seis meses, os militares foram reintegrados aos quadros da corporação por uma anistia administrativa e criminal, garantindo parcialmente que seus direitos fossem restabelecidos. Entretanto, ainda restava aos chefes o argumento da anistia ser política, e que nenhuma decisão contraria ao ato da exclusão fora conquistada na justiça. Essa argumentação era o pressuposto a cerca da legalidade  do ato, e portanto nenhum pagamento retroativo seria devido, muito menos o tempo que o militar ficou excluído.

Processo nº. 0386018-26.2012.8.19.0001, vara de fazenda pública
Fonte: http://www4.tjrj.jus.br/ConsultaUnificada/consulta.do

Com a sentença,  a face da justiça começa a se revelar para esse herói que lutou por um ideal coletivo, e teve sua carreira brutalmente interrompida por atos arbitrários, em troca de barganhas políticas. A decisão gera jurisprudência para que os outros excluídos consigam o mesmo direito na justiça também.

Contra a ilegalidade, justiça neles!


sábado, 25 de janeiro de 2014

Descaso, desrespeito ou falta de comprometimento no CBMERJ? - Parte II

Nesse segundo capitulo, novamente a administração insisti na falta de respeito com seus militares. A chefia transferiu a data de realização do TAF para a turma C de sargentos/97 sem nenhum comunicado prévio. Notem que a convocação foi feita através do boletim ostensivo da corporação.   


“Caros amigos de luta do sos, venho através deste email relatar a total falta de respeito e desorganização do CBMERJ, em relação ao curso especial de formação de sargentos turma C, hoje dia 23 atendendo solicitação do cronograma publicado no boletim número 204 de 01/11/2013, seria a VF do TAF, o mesmo foi transferido para outra data sem que nenhum militar fosse informado, nem por boletim da SEDEC/CBMERJ, nem pelo site do CFAP, sendo que para a mesma data estava marcado o TAF dos aprovados ao 1º ano da ESFAO.
O que nos deixa indignados é que muitos colegas se deslocaram de lugares bem distantes (Campos,Barra Mansa,Macaé,etc...), muito das vezes saindo de serviço cansados, e receber a resposta que o TAF foi transferido de data chegando no local.
Nós pedimos mais respeito das nossas autoridades uma vez que deveríamos ter sido promovidos, não sendo por não ter o CEFS, o que não foi culpa nossa”

Boletim da SEDEC/CBMERJ - Nº 204 - 11/11/2013 - folha 9936

Percebam que os militares não receberam sequer um telefonema comunicando a mudança do dia da realização do TAF. É justamente contra essa falta de comprometimento que estamos lutando. Tinha bombeiros que fizeram deslocamentos de cidades distantes, gastando dinheiro e horas de folga para serem comunicados do adiamento do teste, apenas no local da realização.

Será que o militar que deixou de fazer a publicação será responsabilizado? Pois temos absoluta certeza que num eventual atraso dos candidatos resultaria em sanções disciplinares, ou na exclusão do aluno ao curso pretendido.   

Guardas Municipais entram em ESTADO DE GREVE!

Ontem, dia 24 de janeiro de 2014, em Assembleia, os guardas municipais do rio de janeiro decidiram entrar em Estado de Greve. A decisão, tomada por centenas de guardas, aconteceu na quadra da Império Serrano, na Zona Norte.


"Enquanto a reunião acontecia, a tropa foi informada que uma guarnição da guarda tinha entrado em confronto com ambulantes, e que uma viatura foi tombada e depredada. O que acirrou ainda mais os ânimos dos servidores.

A proposta de GREVE foi aprovada pela esmagadora maioria que inicia agora a peregrinação para documentar e legalizar a mobilização.
Vereador dos bomberos acompanhando a assembléia dos GM-RJ
"Estive e continuarei acompanhando a mobilização e desejo aos servidores os mais sinceros votos de fé e esperança."
fonte: http://www.marciogarciarj.com.br/2014/01/guardas-municipais-entram-em-estado-de.html


Já vivemos esse filme no CBMERJ num passado recente. Agora é a vez da Guarda municipal do Rio de Janeiro se organizar na batalha por dignidade. Insatisfeitos pelos baixos salários, tratamentos desumanos, descasos com os funcionários, perseguições e punições geográficas, eles resolveram se unir e lutar contra a tirania e pelos seus direitos como cidadãos.  

Os Guardas municipais são civis “comandados” por membros da policia militar, não obstante, constatamos que a forma de coerção e perseguição são similares as praticadas nas corporações militares.  A questão latente é... Será que os inspetores, sub-inspetores e o prefeito Eduardo Paes estão dispostos a ignorar as reivindicações da categoria  e correr o risco de acontecer igual no CBMERJ. Cel. Pedro e o governador Sergio Cabral aprenderam na dor, e eles... Serão mais inteligentes? Fica a dica!