segunda-feira, 11 de agosto de 2014

S.O.S. HCAP !!!!


Senhores, no dia de hoje tivemos uma informação que é, no mínimo, preocupante, soubemos que a maternidade do HCAP fechou e que as militares e as dependentes de bombeiros que são gestantes estão sendo encaminhadas para a maternidade do Hospital da Polícia Militar.

A informação foi confirmada por militares que trabalham na unidade e parece que o motivo foi o aumento da demanda por atendimento, a consequente necessidade de leitos para internação e o pouco número de partos realizados mensalmente no setor fechado. 

Após um levantamento preliminar soubemos que para o atendimento dos cerca de 15 mil militares ativos na Corporação (sem contar com os inativos e os dependentes) existem atualmente cerca de 45 leitos para internação (27 masculinos e 18 femininos), 3 leitos na pediatria, 3 no SPA e 7 no CTI, aproximadamente. Os números apresentados nos dá uma relação absurda de vagas por usuários.

É claro que não podemos culpar o atual Comando por tal situação, afinal sabemos muito bem que isso é fruto de anos e anos de má gestão, como acontece em quase todos os setores da Corporação, porém, salvo engano, é a primeira vez que um setor do HCAP fecha e seus usuários são remanejados para atendimento no Hospital da PMERJ, que pelo que sabemos já não comporta com o atendimento dos militares e dependentes daquela Corporação, que dirá com os da nossa. Logo, se a informação veiculada for verídica, tal fato é sim MÉRITO dos atuais gestores do CBMERJ.

O pior disso tudo é que não se sabe exatamente qual o motivo desse fechamento e se será permanente ou provisório o atendimento das gestantes no hospital da PM, o que se pode ter certeza é que, se for provisório, o fechamento levará muito tempo, pois não há nenhum indício de obra naquele setor.

Com a palavra, NOSSOS (???) comandantes.

66 comentários:

  1. Só tem um jeito plano de saúde para todos militares e seus dependentes bancada pelo Estado seria a solução para todos será que um dia isso vai acontecer

    ResponderExcluir
  2. Vergonhaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Márcio Garcia resolverá isso e todas as mazelas da corporação. Quero assistir de camarote. Vou votar no Garotinho só pra ver se tudo vai funcionar como deve. Senão vou ser o primeiro a tacar a pedra no telhadão de vidro.

    ResponderExcluir
  4. Conheço muitos bombeiros que se arrependeram de optar por um plano de saúde, vc vê se eé bom na hora da emergência. Se hospital público já é cheio a situação dos particulares não foge muito disso. Que tal transformar as Policlínicas em mini UPA's com atendimento de emergência 24hs. Bombeiro ou dependente não melhorou é removido para o HCAP. Ficaria 1 ASE de plantão para remoção. Fácil de resolver!! A distância que a maioria percorre para um hospital particular é quase a mesma para uma Policlinica. Quantas vezes não saimos a noite com um parente passando mal e ao chegar a emergencia do "particular" ficamos horas para receber a noticia de que temos uma virose tendo passado no caminho por uma Policlínica porém fechada por funcionar apenas de 08 as 17? Pensem nisso gente!!! Não desmerecendo as grandes redes porém os grandes planos de saúde estão priorizando os seus atendimentos em Hospitais da Rede Própria e que na maioria das vezes não ficam próximos de nossas residencias

    ResponderExcluir
  5. TODOS SABEM QUE O HCP É UMA CAIXA PRETA QUE DEVE SER INVESTIGADO.

    ResponderExcluir
  6. Subtenente BM Valdelei Duarte.9 de agosto de 2014 20:32

    Essas remoções se forem realmente verídicas, me vem a memória o ano de 1993 que não me é muito distante, quando o meu filho Guilherme Gabriel nasceu, eu minha esposa passamos maus momentos no nascimento dele lá no HCAP, ele precisou de um respirador neo-natal, e o HCAP ná época, pasmem, não tinha um respirador neo natal ! E para o nosso CBMERJ que tem 158 anos, e o HCAP com exatos 69 anos de fundação era inacreditável para nós os Pais. E se este fato estiver realmente acontecendo ainda nos dias atuais, é muito preocupante para as gestantes e mais ainda para os recém nascido ! Porque o meu filho, e nós os Pais, tivemos que contar com um único respirador neo natal que o Hospital da PMERJ na época possuía, e onde o meu filho foi salvo, e lá ficou internado exatos 30 dias. E tivemos ainda que aguardar a chamada do Pediatra de plantão no HPM nos chamar com a vaga para o respirador artificial.


    Em 1945 o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal tomou posse do antigo Sanatório Rio Comprido, situado à rua Santa Alexandrina, 254, para a instalação de seu Hospital. Na época, com um efetivo de quase 1500 Bombeiros, as acomodações no Quartel Central, onde hoje funciona o EMG, ficaram pequenas para o atendimento médico.

    Proveniente de desapropriação pelo Governo Federal, recebeu o nome de Hospital Central Aristarcho Pessoa em homenagem ao Comandante Geral da época.

    Construído em 1930, o hoje Pavilhão Administrativo, foi remodelado em 1947 para servir de Laboratório, Radiologia e Centro Cirúrgico, contendo ainda um Salão Nobre além de 5 enfermarias. Data desta época a fixação dos dizeres “Hospital Aristarcho Pessoa”.
    Saiba mais aqui: http://www.hcap.cbmerj.rj.gov.br/modules.php?name=Content&pa=showpage&pid=1

    E hoje a nossa instituição tem aproximadamente 16.000 BOMBEIROS, fora os INATIVOS e DEPENDENTES.

    ResponderExcluir
  7. Procurei me informar e as obras na maternidade precisavam ser feitas. A PM tem vagas na maternidade. Se é para melhorar vai fundo e toquem a obra. Passei na pediatria e gostei do que vi. Fui atendido rapidamente no pronto socorro. Ficou legal também.

    ResponderExcluir
  8. Sos pare de falar merda. Não tem matéria legal pêra portar?entao não poste nada. O dia que vc precisar usar nosso hospital vc vai ver que aquilo é primeiro mundo.
    Seja responsável , vc é formador de opinião e com certeza vai influenciar a cabeça dos bombeiros chuchu. Não façam isso. Deixem o hospital de fora disso. Se vcs não gostam do Cel Antônio Roberto, ataquem ele e não a instituição. Procurem o coronel Caneti e Miura e veja oq esses homens fizeram e farão por nosso hospital.
    Att.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher de oficial

      Caro amigo das 22:03, você deve ser um grande puxa saco pois o atendimento do hospital é uma porcaria.
      Os médicos chegam atrasados atendem de má vontade e alguns chegam a ser grosseiros.
      Se não gosta do SOS não leia pois fica ridículo os seus comentários até por que ninguém te perguntou nada.
      Agora uma pergunta : Quanto você ganhou para falar besteira?
      Procure algoque funcione bem no Cbmerj e defenda.OPS Não tem nada que funcione bem...
      Então use o seu tempo e sua lingua ferina para consertar o que não tem conserto.
      Amigos do SOS continuem pois estão fazendo um excelente trabalho.

      Excluir
    2. O Cel Canetti é uma excelente pessoa, tem boa vontade mas já está para ir embora. O Cel Miúra compartilha dos ideais dele mas ficam amarrados pela administração. As intenções são boas, as idéias também, mas o hospital tem uma administração retrógrada e está esgotado. Mudando de assunto... os médicos chegam atrasados, sim... e não acontece nada com eles...

      Excluir
    3. Concordo com você anônimo do Hs. de 08:12. Gosto muito do H.C.A.P. por vários motivos que não vou comentar aqui, mas dizer que é coisa de 1º mundo é forte de mais. A muito tempos atrás, o H.C.B. era uma referencia de hospital em todos os sentidos´, hoje se pela direção ou efetivo, não sei , esta muito aquém de atender as nossas devidas necessidades. Sobre tudo isso levanto a mão para o céu e agradeço a Deus por ele existir ( H.C.A.P.) e nos socorrer ainda que de forma precária .

      Excluir
    4. Vai procurar um tanque ( mulher de oficial). Quem sabe a roupa de seu marido não fique mais limpinha. Fala sério.
      Para de falar merda. O hospital é melhor coisa que temos. Teu marido já deve ter se servido muitas vezes lá. Quem está adm está tentando consertar eretos de 69 anos passados e vc vem falar do hospital.
      Se os médicos chegam atrasas a culpa e do seu marido que é oficial e deveria ter prendidos eles. Se o hospital está como vc diz, pessoa ao seu marido para ir la e mudar essa merda, pois nao sera o,praça que fará isso.

      Excluir
  9. a atual gestão do HCAP,deveriam dirigir o Albert Einsten, em São Paulo ou quiça Sirio e libanês, os caras entendem de tudo. só tem fera.Ex.
    1-o Diretor Administrativo, cancela várias cirurgias, e obriga os Médicos, que já estavam em campo, a colocarem o fardamento e participarem do coquetel de inauguração de um pavilhão.
    2- a carga horária dos sargentos enfermeiros, começa as 07h45 e termina as 20h00. depois de encontrar o oficial de dia.
    3- não, existe, estar para descanso da enfermagem, um simples cafezinho e servido as escondida no banheiro ou no expurgo. a atual administração não permite, algo similar.
    tem muito mais, e ou não é um exemplo de gestão de um campo de concentração..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer hora o administrador vai querer fazer cirurgias no lugar dos médicos de tanto que se mete na área de saúde.

      Excluir
  10. Não tem um banheiro digno para os militares tomarem banho e fazer suas básicas. ..não tem alojamento adequado conforme matéria publicada anteriormente...não tem vagas para todos os militares de serviço colocarem seus carros especialmente os praças. .subtenentes e sargentos Axe com 20 anos ou mais de corporação trabalhando 12x36..escala extra para técnico Rx e Acd passando por cima de lei federal. ..muitos absurdos acontecem neste Hospital..Os comandantes são covardes..tratam muito mal os praças e os oficiais também..inventando escala extra para médicos. .transferiu pediatras paraca Pm..militares desviados de função entre outros absurdos. .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os médicos,dentistas,fisioterapeutas,enfermeiros,assistente sociais e psicólogos e também acds e técnicos de enfermagem estão trabalhando insatisfeitos!!!!!!

      Excluir
  11. Resumo do HCAP aos dias de hoje:

    Boas obras foram realizadas ,mas a realidade que hoje o HCAP não suporta mais o número de atendimento devido o crescimento normal do efetivo.Mas não adianta uma administração querer se parecer de bom moço com obras enquanto faz os profissionais da saúde trabalharem sob pressão, onde sabemos que o ponto fundamental do profissionais é trabalhar com tranquilidade , coisa que não acontece com a administração que pode entender de obras , mas não entende nada de saúde hospitalar .

    Espero que no próximo Governo tenhamos como Diretor Administrativo do HCAP um profissional da saúde como é feito na parte da Direção Técnica.

    Infelizmente nesse atual governo temos um Diretor Técnico Médico que não tem autonômia nenhuma no Hospital, pois quem manda no HCAP é o Diretor Administrativo que não entende nada de Hospital, como deve trabalhar os profissionais da saúde e muito menos de pacientes , Doenças e Saúde , portanto o Hospital dos Bombeiros está entregue a Direção de um pedreiro e Não a um profissional de Saúde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei,alguém falou a verdade!!!!!

      Excluir
    2. A administração é competencia de um qoc. A área médica de um qos. Não misture as estações... O que não pode acontecer é um interferir no serviço do outro de modo a prejudicar terceiros.

      Excluir
  12. não entendi. A carga horária não é 12 por 60? Então de 08 as 20 dá 12 horas. O que as pessoas reclamam. Não trabalho no hospital mas quero que as pessoas estejam trabalhando, senão como poderei ser atendido? Estes caras tem que trabalhar no GSE e aí até poderiam interrogar. parem de reclamar e honrem seus salários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não... É 12x36...dia sim dia não. Nenhum hospital do estado tem essa escala... Todos passaram p 12x60, so o hcap vai em outra direção...Procure se informar..

      Excluir
    2. Vc acha q sabe tudo... A escalae 12x36sim. e nao ofenda quem nao conhece... Quem disse q n tem gente trabalhando? Deixando a assistencia prejudicada... Vc esta desatualizado...

      Excluir
    3. Nosso futuro Vice Governador Márcio Garcia,faça um Hospital de Grande Porte em Guadalupe na Escola de Bombeiros,pois o acesso para todos será maravilhoso.A Av.Brasil é o caminho mais curto para todos.

      Excluir
  13. Fui ao HCAP e gostei do vi. Se é para transformar a maternidade e ficar igual a pediatria e ao pronto socorro, vão em frente. Quem quiser reclamar que fique falando pelos cantos. Quero meu hospital melhor e estou satisfeito com que estou vendo. Outra coisa que leio nestes comentários é a reclamação dos sargentos enfermeiros sobre excesso de trabalho. Que coisa chata, eles querem o que ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondendo ao anônimo acima quero lhe informar das tarefas da Enfermagem,talvez vc não saiba,higimunização dos pacientes,curativos e injeções,medicação,e transporte de pacientes entre outros,não estamos reclamando da profissão,e sim da escala imposta por quem não conhece o trabalho desses heróis,se são 40horas semanais somente os sargentos cabos e subtenentes da Enfermagem tem cumprido,por que as outras categorias no hospital não cumprem as 40 horas semanais?

      Excluir
  14. O complexo materno infantil foi desativado provisoriamente para início de obras de modernização e adequação como tem acontecido em todos os setores. No entanto, houve a necessidade de usar esse espaço para acomodar leitos já que o hospital ficou lotado e havia a necessidade de expandir o número de leitos. Isso é temporário. Os militares da enfermagem e pediatras também foram a disposição para auxiliar na força de trabalho da pmerj. É obvio que o hospital deveria ser melhor, mas sua capacidade de atender a demanda da corporação que só cresce se esgotou há muito tempo. Não fiz o plano da Unimed, considero jogar meu dinheiro fora, já que cansei de ver meus companheiros que o possuem marcar consulta para meses depois da necessidade, do mesmo jeito que acontece no hcap - e olha que já marquei consulta em menos de um mês para algumas especialidades. A maior parte dos setores foi reformada, o spa, pavilhóes, cti e centro cirúrgico. hj temos consultório de psicologia para atender nossos bombeiros e familiares... Temos tomógrafo e mamografia moderno que não devem a nenhum hospital particular. O raio x agora é on-line, não produz mais aquela "chapa" obsoleta... mesmo com os claros progressos nosso hospital simplesmente não tem mais capacidade de atender a corporação e seus dependentes. E não estou aqui para defender A ou B, não tenho necessidade disso e não vai mudar a minha vida... O que tenho como proposta, que já falei com algumas pessoas e acho que foi transmitido ao Maj Márcio é que nossas policínicas sejam transformadas em unidades mistas com leitos para internação, a construção de um hospital na zona oeste, a transformação da policlínica de Campos em hospital, abertura de concursos para médicos especificamente por especialidade que mais necessitamos, assim como para enfermagem, para melhorar a escala de trabalho. Tem sido muito difícil para a enfermagem trabalhar com esse volume de serviço com uma escala tão apertada... Além disso, corporação está envelhecendo, precisamos de serviços compatíveis com as nossas necessidades.

    ResponderExcluir
  15. O HCAP não suporta mais internação !

    Como resolver esse problema ?

    RESPOSTA : Usar o prédio administrativo para leitos e subir para dgs com os setores que ocupam esse prédio.


    O estacionamento não suporta mais os números de carros ?

    RESPOSTA: Usa elevadores de estacionamento ! Não sabe o que é isso ? Vai no estacionamento do Pronto Socorro da Unimed que fica localizado na Barra da Tijuca para conhecer.

    Se não dá para fazer isso , entrem em contato com a FABOM pra entrar em acordo com a Unimed para reduzir em 50% do valor que é hoje cobrado, propono levar todo efetivo para ser cliente deles. E pegar todo pessoal da saúde do HCAP e das Policlínicas para ficarem adidos na Secretaria de Saúde do Estado.

    E Pronto !

    ResponderExcluir
  16. isso sem falar nos militares afastados por doenças laborais.... praças e oficiais também, devido a carga de trabalho e ao modo de tratamento dado pelo comando... é só procurar ver quantos oficiais e praças estão afastados pela psiquiatria... não adianta fazer obra se não sabe tratar os outros humanamente, mesmo que sejamos militares, não justifica o tratamento que recebemos. sabemos que há outros comandos que tratam seus bombeiros de forma justa...

    ResponderExcluir
  17. E NÃO SEI DA ONDE ESTÃO TIRANDO QUE O EFETIVO ESTA AUMENTANDO. SÓ SE FOR DE OFICIAIS . 500 E POUCO QUE ENTRARAM ( SÓ NO QCG 04 RECRUTAS JÁ PEDIRAM DESLIGAMENTO ) NA PRIMEIRA SEMANA. ENQUANTO NA PMERJ SÃO 6000 A 7000 QUE ENTRAM.

    ResponderExcluir
  18. A heróica enfermagem do Hcap. Vive em trabalho escravo. Nem atleta de alta performance. Aguenta p tranco

    ResponderExcluir
  19. A heróica enfermagem do Hcap. Vive em trabalho escravo. Nem atleta de alta performance. Aguenta p tranco

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde
    Gostei das proposta do anônimo das 09:59, só gostaria de lembrar que na 4 policlínica o "Seu dotô" quando chega a oficial superior não quer mais atender, quer ser administrativo e fica invejando os combatentes exigindo viatura, motorista, ordenança, telefone celular.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é defenden o dotô,me diga um oficial superior que corra de ABS, ou At? Só oficial subalterno.

      Excluir
  21. O HCAP é um rio de dinheiro!!! Uma auditoria traria a tona toda roubalheira que ali existe!!!

    ResponderExcluir
  22. Apos quase 8 anos so nao resolveram porque nao quiseram!!!

    A culpa é SIM da atual administraçao

    ResponderExcluir
  23. Ou eu não entendo nada ou os queridos militares do HCAP estão dizendo coisas que não acontece. Não sou contra a redução de carga horária. Todos poderiam trabalhar menos que 40 horas semanais. Basta que dupliquem o efetivo. Eu sou do GSE e trabalho 40 horas sem qualquer problema. Os "dotô" e os "não dotô" reclamam porque a direção cobra pelo menos 24 horas por semana. Será que eles estão morrendo de trabalhar ? Colegas, vamos pensar antes de falar. Acho que a maioria nunca foi ao HCAP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A determinação é do comando geral de 40horas semanais para todo o efetivo,mas somente no "HCAP"quem cumpre são as praças tanto os acds e os técnicos de enfermagem,resumindo o regulamento somente para os praças.

      Excluir
    2. Quando se fala em carga horária muito se esquecem que existe um leis federais e estaduais que regulam a carga horaria dos profissionais de saúde. Infelizmente tem q ser respeitada . Muitos combatentes reclamam mas não fomos nós que fizemos as leis mas é para ser cumprida.

      Excluir
  24. Quero que continuem melhorando o hospital. As obras que vi no sábado são muito boas. Meu filho ficou na pediatria e gostou. Senhores diretores não parem. Façam o que for preciso. Há, esqueci, tenho um colega que trabalhava na santa casa, ganhava pouco mais de um salário e fazia 12 por 36 horas

    ResponderExcluir
  25. PUBLIQUEIM POR FAVOR!!ACABAMOS DE PERDER UM GRANDE HOMEM,PAI E AVÔ DE FAMÍLIA!!JOCEMIR SERVIU NO QCG,CONHECIDO CARINHOSAMENTE COMO BALÃO!!A DESPEDIDA SERÁ ÀS 15:00 HORAS NO CEMITÉRIO DE NOVA IGUAÇU!!!O CORPO SE ENCONTRA NA CAPELA DO JOCA EM BELFORD ROXO.ESTE COMENTÁRIO PEDI AUTORIZAÇÃO AO SEU FILHO E MEU AMIGO JOCEMIR DO QUARTEL DO GRAJAÚ.ABRAÇO A TODOS DO AMIGO DE TODOS LEÃO DA MONTANHA!!!!MEUS PESAR A TODOS OS FAMILIARES,POIS TAMBÉM CONSIDERO-ME DA FAMÍLIA!!!!SIMIZINHO QUEM VOS FALA É O BECA!!!ESTE LEÃO DA MONTANHA QUE AMA A TODOS!!!!

    ResponderExcluir
  26. Eu ja falei tem que ter plano de saude para todos militares e dependentes pois é mais eficiente e pratico pense nisso
    pois o nosso hospital é longe para a maioria dos militares plano de saude já .

    ResponderExcluir
  27. Deveria abrir uma policlínica na zona oeste e aumentar o efetivo de bombeiros da área da saúde para melhor atender os ativos, inativos e dependentes

    ResponderExcluir
  28. Então quero informar a está senhora,que o HCAP,é o único hospital estadual,mesmo militar,no qual a escala da enfermagem é 12x36,no mínimo o marido dela trabalha numa deliciosa escala de 24x72 onde sai uma vez por semana,e ainda querem se comparar a área de saúde.

    ResponderExcluir
  29. E ainda tem gente que não pertence a corporação como essa pessoa acima que vem da pico na escala alheia,no mínimo seu esposo só trabalha na corporação,e na folga vive perturbado e fofocando com ela em casa das escalas dos militares,mas o tanque está cheio.

    ResponderExcluir
  30. para falar do HCAP, TEM QUE SER ALGUÉM DE LÁ E PELO VISTO, A GALERA QUE POSTOU AQUI SÓ OUVIU FALAR. A ESCALA E DE 12X36, MAIS 7 SOBREAVISO. COM INICIO AS 74H45 COM 250MINUTOS NO MÁXIMO PARA O ALMOÇO E TÉRMINO AS 20H00 DEPOIS DE ACHAR O OFICIAL DE DIA. FAÇAM AS CONTAS. DETALHE ESSAS HORAS, A MAIS, CARACTERIZAM ENRIQUECIMENTO ILICITO DO ESTADO. ENTÃO SENHORES, GUARDEM AS ESCALAS DE SERVIÇO. ISSO, JÁ ESTÁ PACIFICADO PELOS TRIBUNAIS. EM BREVE, UMA GRANA EXTRA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confirmado pelo colega das 22:59,agente só fala quando sentimos na pele,parabéns por falar a verdade.

      Excluir
  31. Isso é uma vergonha, em pleno século XXI ainda passarmos por uma barbárie dessas, mas vou tentar acreditar que isso seja para o nosso hospital entrar em reforma e dá um atendimento digno e merecedor para nossos heróis e seus familiares que realmente merecem.
    Fica sim uma sugestão para o nosso vice governador (o quartel de Guadalupe poderia ter uma policlínica ou hospital e ser feito mas policlínicas em campo grande e em outros lugares para alívio de nossa corporação).

    ResponderExcluir
  32. Precisamos de uma reunião c o Maj Marcio para tratar especificamente dos assuntos da saúde, não apenas a respeito de concursos e escalad mas do próprio atendimento à corporação... C registro das sugestões ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.facebook.com/events/740984405948036/
      Neste evento no próximo dia 23 estarão presentes o nosso candidato a vice governador MARCIO e o candidato oficial do Sosrj a deputado estadual SGT BM Paúra. Venham e tirem suas dúvidas, é olho no olho, façam Vcs mesmos as perguntas que querem respostas, nao esperem respostas da boca de terceiros.
      Força e honra.

      Excluir
  33. Isto o seu vice governador, pode e vai conseguir concurso para triplicar o numero do pessoal da saude.

    ResponderExcluir
  34. Boa tarde a todos.
    Existem duas situações no CBMERJ que ainda que funcionem sempre serão motivo de discórdia e desconfiança, são o rancho e o hospital. A solução para isso é o vale alimentação e o plano de saúde. Assim o bombeiro fará sua alimentação a se bel prazer e irá ao hospital e médico sua preferência. Mas os interesses são grandes e é algo que dificilmente veremos acontecer.
    Força e honra.

    ResponderExcluir
  35. Ivaldo, vc é tão simplista. O wue vc chama de vale alimentação? Qual o valor ideal? E plano de saúde ? Seria enfermaria? Abrangeria os idosos de 80 anos? Quem pagaria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  36. Plano de saúde é a mesma coisa que SUS, até pior filhinho..... nosso hospital é muito bom, deve ser preservado e ampliado, e abrir uma ploiclínica por CBA.... assim descentraliza e resolve o problema!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  37. Boa proposra das 21:41. O problema seria dinheiro e pessoal.

    ResponderExcluir
  38. quem é do HCAP, sabe catanduvas e bem melhor que isso aqui. lá os piores fascinoras, tem os seus direitos respeitados. aqui homens e mulheres até os pacientes que não sabem, tem os seus direitos mais elementares violados, por quem deveria protege-los e defende-los.aqui, disciplina e hierárquia, são fumaça do arbitrio e da abuso de autoridade.não, se tem como seguro,um hospiltal, onde todo o corpo clinico, trabalha, sob pressão, algemados sem poder fazerem o juramento ao que prestaram, devido a uma direção, que para dirigir um presidio, não duraria 24 hs.

    ResponderExcluir
  39. eu não tenho duvidas nenhuma, a direção do Hcap( neil, antonio roberto e sacramento), quando sairem do cbmerj , já tem emprego garantido, em qualquer hospital do brasil, penso até em sirio libanes,Einstein, rede door.pois os sujeitos fazem uma gestão de dar inveja, a qualquer administrador,a incompetencia multiplicada por 3.os caras são muito ruins.a única coisa que se aproveita neles,saõs os cursos de maquiagem. nisso são bons.

    ResponderExcluir
  40. A cegueira parece que afetou o cara das 19:07h. Não tenho qq relação com os 3. Gosto de conversar e tentar cinvencer as pessoas que a firma de ajudar nossos irmãos é trabalhando. O hospital tá uma beleza. Os planos de saúde estão uma lástima. O sus é um caos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Convido então o senhor a Visitar o SPA e ver que tem bombeiros em macas porque não tem vagas nos pavilhoes e no CTI. Convido também a visitar a Maternidade. Convido a conversar com um medico da ponta e ver se realmente o hospital esta essa beleza que você acha.
      Perguntem as nutricionistas sobre as condições em que são feitas a comida dos internos e sobre a infestação de ratos no rancho.

      E isso mesmo os administradores são bons em maquiagem, a estrutura esta horrorosa!!

      Excluir
  41. A cegueira não meu amigo anonimo
    O Hcap para chegar a um hospital de ponta tem que piorar muito. Isso mesmo piorar. Com a atual gestão. Paga-_se para ser maltratado. Pois os desmandos da gestão repercute no atendimento. Eu tenho medo de ser atendido nisso que insistem em chamar de hospital. Fala serio mínimo vc deve ser da panela. E r uma panela tão suja e velha. Que merece ser desprezada.

    ResponderExcluir
  42. O ideal seria todos os bombeiros procurarem o poder judiciário e sairem do fundo de saúde. Si sim aquele açougue ia mudar. Sem o fundo de saúde aquilo quebra. Desaparece bem como a corja que ali habita. Num instante dariam jeito naquilo. Onde já sr viu um hospital onde médicos não tem autonomia. Até os atos privativos de médicos quem decide e o expoente maximo do diretor administrativo. Que médico é. Então se tratem com ele.

    ResponderExcluir
  43. O CORPO DE SAÚDE DO HCAP, DEVERIAM SER DENUNCIADOS AO CREMERJ.AO COREN, AOS CONSELHOS DE CLASSE. POR DEIXAREM QUEM UM DIRETOR, NÃO MÉDICO, DIGA O QUE DEVEM FAZER.

    ResponderExcluir
  44. Estou tentando marcar uma consulta na clinica de oftalmologista para o meu filho e nunca tem agenda aberta, ele se encontra se alfabetizando, pode perder o ano letivo, pois não esta acompanhando na escola , me dirigi ao HCAP e com muita dificuldade consegui um encaminhamento, sendo que a Dr.ª RENATA MALVEZI médica da policlínica de Nova iguaçu, não quis atender, alegando que não era emergência. Então ele perder o ano letivo não é emergência???

    ResponderExcluir
  45. Boa noite, estou desorientada , pois descobri que estou gravida e não consigo nenhum tipo de informação sobre qual o processo devo fazer ! Pois ligo para central de marcação de consulta e nao tem obstetra! Alguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  46. como faço o pré-natal no hcap? ligo e nunca tem ginecologista!
    akguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.