quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

ANO NOVO!!!

INFORMATIVO AOS NOSSOS BOMBEIROS




EXCEPCIONALMENTE A NOSSA ASSOCIAÇÃO FARÁ UM PEQUENO RECESSO E ESTARÁ FECHADA DE HOJE ATÉ O DIA 04/01/2015  RETORNANDO AO SEU FUNCIONAMENTO NORMALMENTE NO DIA 05/01/2015


terça-feira, 30 de dezembro de 2014

SARGENTO PM É LEVADO PARA O BEP, APÓS PROTESTO CONTRA ESCALA DE SERVIÇO EXTRA.


Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-29/indignado-sargento-protesta-em-batalhao-de-macae-e-acaba-na-cadeia.html

Mais um presente de final de ano para os policiais militares, além do aumento das mortes de policiais, o descaso do governador e do secretário de segurança, o não pagamento da tradicional cesta de natal... Agora, para encerrar o ano com “chave de ouro” todas as folgas, dispensas e licenças foram interrompidas para reforçar o policiamento ostensivo nas festas de final de ano.

Percebam que o 2015 nem começou, mas o atual governador Luiz Fernando PEZÃO, já mostrou como conduzirá seu governo nos próximos 4 anos de mandato em relação a área de segurança pública.

Diante dos fatos, trazemos alguns questionamentos...

Aos policiais militares:


Os militares da PMERJ estavam satisfeitos com 08 anos de governo do PMDB??

Foi acertada a escolha de alguns policiais votarem no Pezão??

Se essa politica de desvalorização continuar. Qual será a atitude tomada pela categoria?

Aos Bombeiros militares:


Vocês estão satisfeitos com a continuidade  do secretário de Defesa Civil Sergio Simões?

Existe alguma perspectiva de melhora(mudança) com nossos algozes mais 4 anos no poder??

Foi inteligente a proposta - "estratégia" de votar NULO??


QUAL TIPO DE CORPORAÇÃO (PMERJ e CBMERJ) QUEREMOS PARA O FUTURO?? 


segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

PRESTAÇÃO DE CONTAS

É COM MUITO ORGULHO QUE DAMOS SATISFAÇÃO A VOCÊ DOS SERVIÇOS PRESTADOS AOS ASSOCIADOS E A FINS PELA NOSSA QUERIDA ASSOCIAÇÃO NO ANO DE 2014.

1-    Participação ativa e nos bastidores para viabilização da reforma do RDPMERJ e RDCBMERJ

2-    Envio de documentação e abaixo assinado com milhares de assinaturas para solicitação da inclusão do CBMERJ na proposta de aumento solicitada pela Policia Civil

3-    Auxilio a colegas bombeiros na enchente de Acari (ainda não éramos oficialmente uma instituição, mas já estávamos trabalhando como voluntários e foi dali que a ideia nasceu);


4-    Fundação de nossa sede (estrategicamente entre a baixada e zona oeste para atender a maioria de bombeiros residentes nessas regiões);

5-    Criação do link no blog para acesso constante aos convênios on-line;


6- Legalização e formação institucional movimento do SOS Bombeiros como entidade jurídica regulamentada (acreditem isso dá trabalho);

7- Assessoria  Jurídica ( o mais  procurado serviço está à todo vapor, já tendo prestado  atendimento a 217 associados, dentre processos, petições e defesas de PAD com sucesso absoluto);  

8-    Desconto em cursos Preparatórios (Academia do Concurso)

9-    Plano de aquisição de moradia

10- Desconto para si e seus dependentes em diversas unidades de ensino fundamental, médio e superior:

CANDIDO MENDES
FIJ Ensino Fundamental
FIJ Ensino Médio
SIMONSEN UNIVERSIDADE
SIMONSEN COLÉGIO - Padre Miguel
UNISUAM
UniCarioca
UniFran
ESTÁCIO

11- Desconto em ótica;

12- Colocação dos Blindex em todos os postos de GV da Barra (com apoio do Vereador Márcio Garcia);


13- Pressão na empresa conveniada para dar andamento às reformas dos demais postos( estamos de olho, a briga continua ano que vem);

14- Apoio ao esporte com ajuda na organização, jogos de camisa, coletes e outros, em diversos locais onde há integração entre bombeiros e (ou) policiais militares com a comunidade como morro do Barata e a Favela do Batan dentre outros;( objetivo é criar vínculos sociais com militares e demais moradores diminuindo a associação com a criminalidade); 

15- Informe ao Ministério Público de algumas denuncias encaminhadas ao blog;

16- Administração de diversos canais para circulação de noticias e captação de denuncias via wats up;

17- Modificação no estatuto original para criação de células da associação no interior ( para que haja viabilidade de atendimento a nossos preciosos guerreiros  nas áreas mais longínquas do estado);

18- Pressão na ALERJ com noticias passadas no blog em tempo real para a votação do aumento dos bombeiros;

19- Auxilio solidário a diversos bombeiros em condições precárias, dentre enterros, problemas de  locomoção, saúde familiar, doação de sangue etc. independentemente do colega pertencer a associação; ( somos todos bombeiros);

20- Apoio a policiais militares engajados na causa ( como os colegas do choque que se recusaram a invadir o central por exemplo);

21- Apoio à manifestação dos professores;

22- Apoio à manifestação da Saúde;

23- Apoio a Guardas Municipais honestos oprimidos pela corporação deles ou por policiais;

24- Apoio as familiares de bombeiros, com problemas de acesso a rede hospitalar ou locomoção;

25- Apoio as familiares de PMs ficha limpa com problemas de acesso a rede hospitalar ou locomoção;


26- Apoio as familiares de Guardas Municipais ficha limpa com problemas de acesso a rede hospitalar ou locomoção;

27- Abertura da associação a policiais militares, guardas municipais e qualquer outra vitima de sistema opressor ( não vamos fechar as portas pra ninguém que precise);

28- Organização social em áreas carentes onde há bombeiros residentes, ( com apoio do Vereador Marcio Garcia Junto a prefeitura) para construção de Barragem, passagem, iluminação e outros, para melhoria das condições de vida e acesso no local;

29- Auxilio a mudança, translado, transporte de público ou familiar e outros serviços de transporte ao bombeiro necessitado ( desde que caiba na Kombi a gente leva rsrs...);

30- Iniciadas as negociações para convênio com área de lazer para bombeirada e área de recreação infantil ( infelizmente o ano acabou e não deu tempo de resolver tudo, mas assim que iniciar o ano agente continua);

Bom senhores; é com isso que a gente vem gastando nosso tempo, com carinho dedicação e  persistência, vamos buscando nosso lugar ao sol. Contamos com você para que esse trabalho continue  e frutifique ainda mais. venha você também pra família S.O.S. BOMBEIROS, porque juntos, somos realmente fortes! 

Abraços a todos e boas festas!

Associação S.O.S. Bombeiros
Rua General Sezefredo, 168 
- Realengo Rio de Janeiro-RJ
Telefone: (21)3281-0130
Aberto das 09:00 às 17:00.


No dia do Guarda Vidas a administração manda um presente: guaraná vencido!

Ontem foi dia do guarda vidas, dia especial de comemoração dos nossos heróis do mar. Pelo sol de 40º graus e pela frequência nas praias temos uma noção o quanto eles trabalharam em prol da população. Até aí, nada diferente dos outros dias do verão, e essa é a função desempenhada por eles com maestria. 


A grande surpresa ficou reservada pelos chefes, pois além de não terem feito sequer um pronunciamento felicitando a tropa, conseguiram na hora do almoço enviar alguns guaranás ative plus com quase dois meses de validade vencida.





A foto é nítida e registra o descaso que há anos denunciamos nesse blog. Algumas atitudes como essa, nos deixam sem  palavras para externar toda perplexidade e revolta. Por isso, deixamos algumas perguntas para serem respondidas por eles. 

Será pedir demais uma alimentação adequada e uma bebida dentro do prazo de validade???

 Será que teremos que denunciar a vigilância Sanitária??

Para quem tem memória curta... O movimento de insatisfação dos guarda vidas começou por não terem protetor solar, garrafa de água e um tratamento digno.

Será que a administração vai pagar pra ver novamente???


OS GUARDA VIDAS MERECEM RESPEITO!!    

domingo, 28 de dezembro de 2014

28 DE DEZEMBRO - DIA DO GUARDA-VIDAS

Hoje, gostaríamos de homenagear àqueles que arriscam as próprias vidas para outras salvar nas praias deste nosso litoral a fora.


Dentro da corporação CBMERJ essa história é bem jovem, tendo seus primeiros passos nos anos de 1983 quando saindo da responsabilidade da polícia civil para os Bombeiros. 


De lá pra cá muitas histórias já ocorreram, mas fato é que deste então o serviço tem sido prestado com o mais alto grau de qualidade e desempenho, mantendo os índices de afogamento sempre baixos a cada ano, superando, quase sempre, a estrutura deficiente que se é oferecida pela corporação.


Esses homens são forjados no limite da condição humana física, psicológica e emocional, a final, ter nas mão a vida alheia, e quase sempre sozinhos, não é tarefa simples de se realizar.


Imagem do CSMAR 2002


Suportam o desconforto e a fadiga intensa do período de formação, desenvolvendo uma relação de respeito e concessão com a força dantesca da natureza.


São homens e mulheres como você, contudo, carregam em seus corações o diferencial de através da missão nobre "Vidas alheias e riquezas salvar" colocarem a segurança da vida do próximo acima de qualquer possível obstáculo que possa surgir.
Chamam-se Guarda-vidas porque assumem o compromisso de velar pelas vidas que frequentam nossas praias, e resgatá-las quando estão em perigo.


Imagem do CSMAR 2008

Imagem do CSMAR 2008

A convivência com o perigo se torna tão estreita ao ponto de conseguirem se divertir nessa relação de respeito e enfrentamento.



Com muita luta, estes valorosos profissionais têm conseguido agregare a esta missão os avanços tecnológicos. Hoje, o serviço de salvamento no mar do RJ, conta, em algumas praias, com o salvamento por embarcações de resgate, que dão suporte (patrulham áreas) aos bombeiros guarda-vidas na areia .




Temos muito orgulho de ter um dos maiores e melhores grupamentos marítimos do mundo, em material humano e dedicação; em estrutura logística, ainda não acompanha a qualidade dos guarda-vidas que tem, contudo, o processo de amadurecimento está em curso e a tendência é que cada vez fique melhor e possamos continuar a nos orgulhar de sermos representados por profissionais de tão alta qualificação, compromisso e entrega no que se refere a salvamento.


Parabenizamos aos nossos Guarda-vidas por mais um ano de bons serviços prestados a população fluminense!


Encerramos está simples homenagem com uma ilustração que sem dúvida expressa muito mais que as limitadas palavras deste moderador que vos fala.

Expressão do que é ser guarda-vidas, e que gostariam muito que seus comandantes percebessem, e valorizassem mais.

QUE SEJA O MAR COM SEUS SEGREDOS E MISTÉRIOS, LOCAL DE ONDE SAIREMOS APÓS CADA SALVAMENTO, COBERTOS DE AREIA E GLÓRIA, GRAÇAS A DEUS



 

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

A SAÚDE DO BOMBEIRO EM PRIMEIRO LUGAR

Chegou ao nosso conhecimento um fato que ocorreu com um bombeiro militar no início deste mês, quando após um acidente de trabalho, procurou atendimento no HCAP, sendo medicado sem realizar nenhum exame, apenas com aquela avaliação visual, recebeu despensa em OBM e até mais vê.


Dezembro, Janeiro, Fevereiro, são meses em que os médicos do hospital dos Bombeiros são coagidos a não darem, em hipótese nenhuma, licença aos militares. 

Existe uma concepção de que nesta época todos os que procuram o hospital estão de armação em busca de folga, e muito provavelmente, seguindo este padrão, foi que o 1º SGT Robson, do 3º Gmar - Copacabana fora atendido.

Dois dias depois do acidente, em que o cilindro de ar comprimido caiu e bateu em sua canela, causando uma lesão, nada que despertasse grandes preocupações, aparentemente, procurou o hospital, em dia de folga, para maiores avaliações, uma vez que a perna inchou muito.

Resultado: aquela olhada de longe sem nenhum exame. Não se preocupa não, que não é nada. Toma isso aqui que vai ficar bom e pega sua despensa em OBM.

O quadro era esse:



Dez dias de uso do medicamento prescrito e nada, além não melhorar o cenário ficou pior, quando por ter plano de saúde particular, procurou uma clínica no dia 20/12, sendo imediatamente internado, permanecendo lá até hoje, vários procedimentos iniciados imediatamente.

Segundo novas avaliações houve necrose de parte do tecido, um obsesso por debaixo da pele de extensão maior que o visual, e um quadro clínico bastante preocupante. Além do constrangimento em responder a perguntas do médico: 

O senhor não passou por um médico quando se acidentou?

Fez repouso nesse período? 

Que medicamentos estava fazendo uso?

Que vergonha!



Resultado: após seis dias de internação a aparência do ferimento é melhor. Sofre um procedimento semelhante a raspagem todos os dias, e a preocupação de algo mais grave acorrer está atenuada. Todavia ficam os questionamentos:

Se esse militar não tivesse plano de saúde? o que seria dele???

Porque não se investigou com minucia quando da ida dele ao hospital da corporação pela primeira vez???

Será que vai ser preciso, assim como no caso do subtenente que faleceu durante o TAF, acontecer outros casos graves para que o bombeiro ao chegar no HCAP não seja visto como um caçador de folgas, mas sim como paciente???

Quadro atual:



Francamente, é de indignar a qualquer mortal essa história. 

Porque tem que ser assim? 

Porque não se trata o bombeiro com respeito e o devido cuidado? 

A missão do bombeiro é salvar, e quando é ele quem precisa do socorro é tratado deste jeito?

Temos que erradicar essa ideologia de que bombeiro nos meses citados quer folgar. Que independente de postos ou graduações todos têm o direito de serem atendido com presteza e atenção. É vergonhoso demais, para a corporação, chegar num hospital paisano e falar para o médico que você é bombeiro, que foi atendido no seu hospital, não fizeram nenhum exame, te deram um remedinho, mandaram de volta pro trabalho e vida que segue...

Hoje, o nosso grito de indignação é pelo atendimento hospitalar no HCAP esvaziado de preconceitos, ou verdades criadas por mentes doentes que não têm a menor preocupação com o bem estar do Bombeiro.


POR UMA MUDANÇA DE MENTALIDADE E CONSCIÊNCIA JÁ, 
NO SISTEMA DE SAÚDE DO CBMERJ 

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL PRA TODOS NÓS!!!

Deixamos para nossos leitores um grande desejo de que o verdadeiro presente de Natal alcance os nossos corações, que inunde nossas famílias e relações com seu fraternal amor, e seus frutos sejam saboreado a cada dia de nossa existência.




QUE SEJAMOS SEMPRE ALVOS DA GRAÇA E AMOR DE JESUS 

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

NOTA DE FALECIMENTO

É com muita tristeza que trazemos aqui a notícia do falecimento do 2º Ten BM Isaías Lemos, que atualmente estava lotado no GOPP.



Este jovem foi vítima de um terrível acidente na rodovia Washington Luiz no sentido Petrópolis na tarde de ontem (23)




Deixamos aqui nossos mais sinceros sentimentos a todos os familiares e amigos que sentem esta perda irreparável. Jovem, com muita saúde e projetos de vida.




Guardamos está lembrança de Isaías em nossas mentes, e nas orações que o Espirito Santo de Deus console os corações enlutados e condoídos nesta hora.

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

CEL SACRAMENTO TRABALHA MAL E PREJUDICA MILITARES DA SAÚDE

Se já não bastasse a vida de apertos e descumprimento de carga horária que vivem os militares dos diversos segmentos que compõe a área da saúde  (DGS, CPMSO, Policlinicas, HCAP), o ilustre Ten Cel BM QOC/93 CARLOS EDUARDO LISBOA DO SACRAMENTO, RG 17.462, fez o favor de simplesmente perder as notas dos testes de aptidão física feito por estes militares.


Isso tem impedido dos que gozaram licença especial nos últimos meses, ao seu reingresso às atividades a comprovarem que estão aptos fisicamente para voltarem a receber a gratificação de R$ 350,00.


Que absurdo!!!


Perdeu e pronto, por algum tempo a DGEI cobrou, mas o Ten Cel não deu nenhuma posição e logo depois caiu no esquecimento. E os bombeiros que se danem, porque a vida do Ten Cel continua numa boa.

Ten-Cel BM QOC/93 CARLOS EDUARDO LISBOA DO SACRAMENTO, RG 17.462

Ten Cel Sacramento, sabemos que se algo parecido acontecesse de maneira inversa, Ahhhh!!! Já tinham instaurado IPM, ameaçado prender, feito os diabos. Mas o interesse dos bombeiros é que o senhor apresente o quanto antes uma solução, a fim de que a DGEI dê continuidade ao processo e os militares não continuem sendo penalizados pela subtração desta gratificação em seus ordenados.

Quando é do interesse, tudo se resolve de maneira rápida e sem burocracia. Assuma que trabalhou mal, e resolva o problema que criaste para quem não tem nada haver com isso. 
A final não é no seu bolso que está doendo.

Estaremos acompanhando a solução desta sua trapalhada! 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

A UM PASSO DA CONFIRMAÇÃO DA ANULAÇÃO DO COVARDE CONSELHO DE DISCIPLINA

Estamos fechando o ano de 2014 com a efusiva alegria e gratidão a Deus pelos contornos que tem tomado os processos de anulação dos conselhos de disciplina (verdadeiros tribunais de exceção) na justiça comum.


As boas novas que trazemos esta semana é da parte do guerreiro, valente e destemido subtenente Valdelei Duarte, que foi agraciado com uma belíssima vitória em 2º instância, na qual a decisão dos doutos desembargadores destrincha toda irregularidade, arbitrariedade, vícios e abusos perpetrados pelos responsáveis por tal conselho. Esta anulação restituirá todo o período e proventos a este velho (com muito carinho e respeito) guerreiro ficou ausente da caserna.


Ainda cabe recurso, contudo o judiciário já se encontra em recesso, mas a partir do ano que vem, o estado terá o prazo de trinta dias para uma tentativa em última instância, que se feita, terá obrigatoriamente que ser em brasília. 

A tendência é que pela solidez da decisão não haja mais o interesse de estender tal questão por parte do estado.


Leiam um pequeno fragmento do acórdão:




PARABÉNS VALDELEI PELA GRANDE VITÓRIA!
PARABÉNS AO DEDICADO E PROFICIENTE CORPO JURÍDICO QUE O ASSISTE!



domingo, 21 de dezembro de 2014

TJ E AMAERJ APOIAM VERSÃO DE JUIZ

Juiz ordenou a PMs que algemassem bombeiro durante confusão no Posto 9

TJ e Amaerj apoiaram, em nota, a conduta do magistrado, que terá que se explicar na Corregedoria Geral da Justiça


ADRIANA CRUZ E THIAGO ANTUNES
Rio - O juiz Bruno Monteiro Ruliere, da 1ª Vara de Saquarema, ordenou que PMs algemassem o sargento bombeiro André Fernarreti, após uma confusão envolvendo os dois no Posto 9, em Ipanema, Zona Sul do Rio, no último domingo. Novos detalhes da confusão estão em imagens obtidas pelo DIA Online , que mostram Ruliere acusando Fernarreti de agressão e pedindo que o militar vá algemado até a delegacia.

"Depois da ordem de 'algema' (sic), ele me agrediu", afirma o magistrado. "A ordem é minha, a ordem é minha!", diz o juiz aos policiais. Fernarreti se defende e garante que 'ninguém aqui (no posto) é agressivo'. "Me deu dois socos na cara, pode algemar!", repete Ruliere.

Nota de esclarecimento do Tribunal de Justiça

A presente nota visa esclarecer a verdade dos fatos ocorridos no dia 6 de dezembro de 2014, envolvendo o magistrado Bruno Monteiro Rulière.

No dia 06/12, o magistrado se encontrava na Praia de Ipanema, momento em que uma senhora conhecida chegou aos prantos, afirmando que teria sido agredida fisicamente nas dependências do Posto 9 daquela praia. A agressão física teria ocorrido em razão de uma discussão entre essa senhora e pessoas que estavam no Posto.

O namorado da agredida compareceu ao Posto 9 para tentar identificar a agressora, contudo os funcionários locais se negaram a dar explicações. Diante disso, o namorado da agredida solicitou a intervenção deste magistrado, com o fim de que a agressora fosse identificada. O magistrado, então, se dirigiu ao Posto 9 visando esclarecer o ocorrido e identificar a agressora. Porém, os funcionários do Posto 9, mesmo depois de o magistrado se identificar, recusaram-se a fornecer esclarecimentos e solicitaram aos bombeiros, que se encontravam no local, que retirassem o magistrado do recinto.

O magistrado se identificou aos bombeiros e esclareceu a razão pela qual estava no local. Apesar disso, o sargento André Andrade Fernareti segurou o magistrado pelo pescoço e, ofendendo-o, tentou retirá-lo à força do Posto, iniciando-se uma discussão, momento em que o sargento André retirou o cordão que portava no pescoço, em nítido sinal de que iria usar da força física contra o magistrado. 
O sargento André continuou a ofender e ironizar o magistrado que, por sua vez, se reaproximou do bombeiro em razão das palavras que lhe foram proferidas. Neste instante, o sargento André desferiu dois socos no rosto do magistrado.

Foi dada voz de prisão ao bombeiro, mas este resistiu à prisão, tentando se evadir do local. Registre-se que, em momento posterior (não captado pelas câmeras locais), o sargento André voltou a desferir socos no magistrado, fato presenciado por policiais militares que chegaram ao local e que relataram esse episódio nas declarações prestadas junto à Delegacia de Polícia.

O magistrado fez exame de corpo de delito no IML, que apurou as lesões corporais sofridas. Registre-se que o magistrado não desferiu nenhuma cabeçada ou agrediu o bombeiro, como se vê pelas filmagens. Além disso, não havia ingerido nenhuma bebida alcóolica, tanto é que o exame junto ao IML nada apurou neste sentido.

Houve também Registro de Ocorrência da agressão física sofrida pela conhecida do magistrado.

Agora vejam novamente através das imagens se a versão descrita pelo magistrado condiz com os fatos:



Agora ouçam a versão do bombeiro e tirem suas próprias conclusões:


Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-19/juiz-ordenou-a-pms-que-algemassem-bombeiro-durante-confusao-no-posto-9.html


Nos parece que todos, mesmo sem ser um perito, conclui com bastante tranquilidade qual das versões mostra uma enorme incongruência com as imagens. 

Talvez nesta queda de braço de correlações de forças tão desigual, o que salve o nosso bombeiro sejam as imagens; que por mais que seja a versão de um magistrado com o seu peso e ainda tenha o apoio de um tribunal; ficará muito difícil de moralmente sustentar tal versão numa corte imparcial.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

VEREADOR MARCIO GARCIA REPRESENTARÁ CONTRA O JUIZ BRUNO RULIERE NO CNJ

Vereador vai ao CNJ contra juiz envolvido em confusão com bombeiro
Magistrado será investigado pela Corregedoria Geral da Justiça por conta de briga dentro do Posto 9


ADRIANA CRUZ E THIAGO ANTUNES
Rio - A confusão envolvendo um magistrado e um bombeiro no Posto 9, em Ipanema, Zona Sul do Rio, ganhou novos contornos. O vereador Marcio Garcia (PR), vai entrar com uma representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o juiz Bruno Monteiro Ruliere, da 1ª Vara de Saquarema, acusado de ofender o sargento André Fernarreti, dentro do posto de guarda-vidas, no último domingo.

"Queremos isenção na apuração, sem a influência do juiz e do pai dele desembargador. O juiz, assim como qualquer outro servidor público, tem um compromisso com a sociedade. Ele também é obrigado a cumprir leis como todos nós. Nós queremos um juiz que anda embriagado pela rua, criando confusão? O comportamento dele foi degradante e muito aquém do que a sociedade espera", disse Garcia, que preside a Comissão de Defesa Civil da Câmara dos Vereadores.




Ruliere vai ter que prestar contas na Corregedoria da Justiça. O órgão instaurou sindicância para apurar o fato e o magistrado e o militar serão convocados a prestar esclarecimentos. O caso foi registrado como desacato e lesão corporal na 14ª DP (Leblon) onde nove testemunhas prestaram depoimento e enviado ao 4º Juizado Especial Criminal.

Segundo o advogado do bombeiro, Carlos Azeredo, a confusão se iniciou com duas pessoas que estavam na fila do posto. "A namorada de um dos amigos do juiz queria usar o banheiro e os funcionários estavam limpando o local. Tempos depois, ela voltou com o namorado, que sugestionou os funcionários e, depois, com o juiz. O magistrado faltou com respeito a todos, inclusive com palavras de baixo calão", disse Azeredo.




De antemão já agradecemos ao Vereador Marcio Garcia pela iniciativa e o apoio que vem dando ao Bombeiro Fernareti. 

Nossa torcida é para que a posição de magistrado tanto do Bruno Ruliere e de seu pai desembargador não venham a influir nos desdobramentos deste caso.

Que a corporação também oferte todo o apoio necessário e seja imparcial, caso realize alguma investigação.

Guarda vidas Fernareti, procure ficar em paz e saiba que todos estamos ao seu lado

JUÍZ ABUSADO SERÁ INVESTIGADO PELA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA

A boa notícia deste final de tarde é a informação que O Dia trouxe sobre o caso do Bombeiro Fernareti e o Juiz Bruno Ruliere de 29 anos.


Corregedoria Geral da Justiça abriu sindicância para apurar briga entre magistrado e militar no posto 9, no último domingo


ADRIANA CRUZ E THIAGO ANTUNES
Rio - O juiz Bruno Monteiro Ruliere, da 1ª Vara de Saquerema, acusado de ofender o sargento André Fernarreti será investigado pela Corregedoria Geral da Justiça (CGJ). A nota oficial foi encaminhada agora há pouco ao DIA Online Como foi publicado nesta quarta-feira, com exclusividade, um vídeo mostra a confusão envolvendo o magistrado e o sargento no posto 9, em Ipanema, no último domingo.

O caso foi registrado como desacato e lesão corporal na 14ª DP (Leblon) e encaminhado ao 4º Juizado Especial Criminal. O DIA Online procurou a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça mas, até o momento, o magistrado não se pronunciou. Na delegacia, ele alegou que foi agredido com dois socos pelo militar e lhe deu voz de prisão para que ele fosse levado à DP.



Era tudo o que o Bombeiro Fernareti precisava, uma investigação para provar que sofreu toda sorte de aviltamento, humilhação e desacato de um representante do poder constituído do estado em ato de serviço.
Continuemos de olho.

MAIS UMA VÍTIMA DOS JUÍZES QUE SE ACHAM DEUSES

A confusão se deu no final de semana retrasado, já à noitinha, no posto de salvamento do Leblon. 


O magistrado Bruno Monteiro Ruliere foi até o posto para tirar satisfação com os funcionários do mesmo em defesa da mulher do amigo que estava com ele. Segundo contam esta mulher, também arrumou tumulto quando foi utilizar o sanitário do posto.


Acuados com o fato de um Juíz chegar de maneira extremante agressiva e aos berros, os funcionários do posto de salvamento pediram ajuda dos bombeiros que estavam na parte de cima. 


Quando desceram, procuraram saber o que acontecia; bastou essa atitude para que o Magistrado começasse a desferir insultos e palavrões, parecendo nitidamente estar embriagado, dirigiu-se aos militares sem compostura, sem se identificar de maneira clara, sempre apontando o dedo para o rosto dos Guarda-vidas mandando-os não se meterem pois eles não tinham nada haver com a historia.  Vejam nas imagens:



Um vídeo obtido por O DIA revela parte da confusão. As imagens, sem aúdio, mostram Ruliere entrando no posto 9 com mais dois amigos. O motivo seria porque a namorada de Fábio Pastor, um dos que acompanham o juiz, teria sido agredida por uma funcionária do local. A discussão teria começado por causa do uso do banheiro. Após o trio cercar uma das funcionárias, uma delas chama os guarda-vidas.

Uma nova discussão tem início entre Fernarreti e Ruliere, este aparentando estar exaltado. Quando o guarda-vidas sobe as escadas, o magistrado vai atrás e o encara. Logo depois, Fernarreti desfere dois socos em Ruliere, que desce as escadas e sai do posto, retornando segundos mais tarde e subindo a escada novamente.

"O juiz estava agindo ali com abuso e além do limite de suas responsabilidades", disse o vereador Marcio Garcia (PR), que presta assessoria jurídica aos bombeiros no caso. "Estou acompanhando tudo para garantir que eles tenham o direito de se defender e evitar que ele (Ruliere) tenha algum privilégio, pois é filho de um desembargador. Tentaram arrastar uma das funcionárias e os guarda-vidas foram ver o que estava acontecendo. Não é porque alguém é juiz que pode arrumar briga com todo mundo", relatou Garcia ao DIA .

O magistrado relatou, em depoimento, que foi impedido de entrar no posto pelos funcionários e se identificou como juiz. Após a confusão com o sargento, Ruliere deu-lhe voz de prisão e acionou dois policiais militares. Segundo ele, André ainda lhe desferiu outro soco pois não queria ir para a delegacia. André informou aos policiais ter sido ofendido diversas vezes pelo magistrado que, irritadiço, o mandou se f#% e ainda tentou lhe dar uma cabeçada. A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça informou que não vai se pronunciar sobre o caso.
Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-17/confusao-entre-juiz-e-bombeiro-vai-parar-na-delegacia.html


Conforme ficou claro nas imagens o Guarda-vidas Fernareti depois de ser insultado, por várias vezes, verbalmente pelo Juíz,  ao mesmo tempo não querendo permitir que o magistrado agredisse a funcionária do posto, resolve se afastar para que as coisas não piorassem, porém como diz o adágio dos últimos tempos "Juíz pensa que é Deus" o douto foi atrás do bombeiro insistindo nas ofensas, ameaças e insultos, quando Fernareti dá um safanão para afastá-lo.

Um dia de serviço que apontava para um desfecho de paz e tranquilidade, mas inusitadamente alguém que dedicou anos da vida para através das leis garantir a harmonia, segurança, respeito e paz na sociedade é o principal responsável pela deflagração do distúrbio.

DEFINITIVAMENTE ALGUNS JUÍZES PENSAM QUE SÃO DEUSES

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

SEGURANÇA TERÁ R$ 10 BILHÕES EM 2015

Orçamento para a pasta, aprovado pela Alerj, é quase o dobro do deste ano, de R$ 5,7 bi


Rio - A Segurança Pública será a prioridade do governo do ano que vem, levando em conta o orçamento do estado de 2015, aprovado ontem pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). A pasta será uma das que receberão mais investimentos do estado, com R$ 10,1 bilhões, quase o dobro do previsto para este ano, R$ 5,7 bilhões. A Saúde também terá mais: dos R$ 5,5 bilhões deste ano para R$ 6,1 bilhões. O orçamento total do estado para o ano que vem será de R$ 81,9 bilhões e foi aprovado em apenas um dia.


Os setores que mais receberão recursos serão os de “encargos gerais do estado”, com R$ 19 bilhões, e a Secretaria de Planejamento e Gestão, com R$ 12 bilhões. Já a Secretaria de Envelhecimento Saudável sairá de R$ 28 milhões para R$ 7 milhões. A pasta de Trabalho e Renda, que no ano passado tinha R$ 76 milhões, em 2015 terá R$ 22 milhões. A Secretaria de Esportes e Lazer, que teve R$ 123 milhões neste ano, terá R$ 61 milhões. 

Mesmo com o caixa do ano que vem 6,32% maior em relação a este ano, 15 secretarias tiveram cortes de verba. De acordo com levantamento feito pelo gabinete do deputado Marcelo Freixo (Psol), as pastas que tiveram a maior redução de investimentos foram a de Envelhecimento Saudável (72,5%), Trabalho e Renda (71%), Esporte e Lazer (49%) e Cultura (31%). 

Para Freixo, o governo tirou recursos de secretarias “importantíssimas” e se preocupa em apenas gastar o mínimo permitido por lei em setores como a Saúde e a Educação. “Se o governo tirar os gastos que diz ter feito na Saúde e na Educação que o Tribunal de Contas do Estado já considerou incompatíveis com as pastas, ele não cumpriria nem o mínimo previsto na lei”, disse. 
A deputada Clarissa Garotinho, que reclamou que nenhuma proposta de emenda sua ao orçamento foi aprovada, criticou em especial o valor destinado à pasta de Transportes. “É um absurdo que um setor que precisa de tantos investimentos, como a mobilidade, receba poucos recursos (R$ 4,9 bilhões). O trânsito do Rio já está pior do que o de São Paulo. Além disso, o governo precisa reservar dinheiro para quitar as suas dívidas com os municípios”, disse.


Presidente da Comissão de Orçamento, o deputado Coronel Jairo (PMDB) justificou que a Segurança Pública foi a prioridade no destino de recursos para o ano porque sem ela não tem como as outras pastas progredirem: “Todo ano nós escolhemos uma prioridade, e no ano que vem será a segurança pública. A violência ainda é grande. E sem segurança não há como fazer investimentos na saúde, educação e lazer.” 

Jairo também alegou que o orçamento foi feito com base nas demandas da sociedade e dos deputados. “Conseguimos votar entendendo que esse processo é representativo para a população”, afirmou. O deputado Marcelo Freixo discordou e disse que o texto aprovado pela Alerj foi alinhado pela vontade do governo. “As emendas, em sua maioria, forma simples trocas de favores”, alegou. Além disso, Freixo discordou que a Segurança deve ser prioridade em relação a Saúde e Educação. “Claro que a segurança é importante, mas que deve ter o maior investimento é um grande equívoco.”

texto de
CONSTANÇA REZENDE