quarta-feira, 29 de abril de 2015

O COMANDO IRÁ FECHAR A 3º POLICLÍNICA EM CHARITAS???

No dia 13/04/2015, fizemos uma postagem reconhecendo a assertiva do comando, e que muito alegrou a todos os bombeiros da zona Oeste e adjacências com a publicação de estudos para a implantação de uma policlínica no complexo de ensino. POSTAGEM


Todavia, uma informação muito séria e preocupante chegou a nosso conhecimento, e gostaríamos de saber se é real a intenção de extinguir a 3º policlínica do Corpo de Bombeiros em Charitas, inaugurada em 09 de setembro de 2003 na gestão do secretário e comandante geral De Carvalho???




Parece que na manhã do dia 20/04/2015 o Ten Cel Sueo Mizumoto (diretor da 3º policlínica) reuniu todos os oficiais da mesma e os comunicou que no prazo de três meses todos as instalações seriam transferida para a escola de bombeiros em Guadalupe.

Se isso for verdade e acontecer, será uma regressão absurda, uma conquista como a policlínica em Charitas que atende a bombeiros e familiares de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, do próprio Rio, entre outras cidades. (Além de ser uma das mais próximas da região dos lagos, que não possui nenhuma). Os familiares e bombeiros serão duramente penalizados se este projeto for a frente.

O estabelecimento de uma policlínica em Guadalupe é maravilhoso, porém, nestes termos, resolveria um problema por um lado e criaria um outro. A maioria dos militares que servem naquela unidade firmaram residência ali pela região, a fim de estarem mais próximo do trabalho e agora poderão ver suas vidas de pernas pro ar.

Gostaríamos de entender quais razões para a pretensa intenção. Precisamos é expandir os polos de atendimento hospitalar do bombeiro. Não fazem uma enorme defesa do desconto de saúde? e agora pensam em desassistir àqueles que estão assistidos.

Estamos acompanhando e esperançosos de que a administração reveja tal ideia; porque, literalmente, ela é nociva para os avanços e desenvolvimento do CBMERJ.

Cel Simões, não permita que está atrocidade seja cometida com a corporação; defenda os interesses de todos os bombeiros e de seus familiares que cuidam de suas vidas naquela unidade. 
Preserve as conquistas e avanços do CBMERJ.

PEZAO SEM DINHEIRO PARA A SEGURANÇA PUBLICA

PM briga com escassez de verbas


Secretário diz que comando precisa reduzir em R$ 3 milhões mensais gasto com hora extra de policiais

Rio - O secretário de Segurança Pública José Mariano Beltrame disse nesta terça-feira que a PM está sendo obrigada a controlar os gastos. Ele citou, em entrevista coletiva no Centro Integrado de Comando e Controle, as mudanças feitas no Regime Adicional de Serviços (RAS), por meio do qual os policiais de folga reforçam o efetivo dos batalhões. 
“A cota pedida pela PM para o governo foi de R$ 7 milhões (mensais), mas estávamos gastando R$ 9 milhões. O comando da corporação está fazendo um monitoramento para que isso não volte a acontecer”, disse. Mais tarde, a assessoria da Polícia Militar informou que o corte necessário é ainda maior: de R$ 9 milhões para R$ 6 milhões. O Comando Geral da Polícia Militar determinou a diminuição de 1.550 para 620 no número de PMs que reforçavam o policiamento a partir da próxima semana, conforme informou nesta terça-feira O DIA . O corte vai atingir áreas do Rio que vêm registrando aumento no número de crimes de rua — como roubo e furto —, caso do 6º BPM (Tijuca) e do 16º BPM (Olaria). 



Ao lado do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alberto Pinheiro Neto, e do chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, Beltrame informou que, apesar das dificuldades orçamentárias, a secretaria vai distribuir 400 policiais para 32 UPPs. Além disso, 1.272 PMs formados em novembro do ano passado irão para 28 batalhões de todo o estado, como forma de cobrir a diferença de 930 policiais a menos, deixada com a redução do efetivo de PMs em horas extras. Há previsão ainda do reforço de mais 100 militares em Niterói. 


O secretário disse ainda que, além da reciclagem que vem sendo feita com os policiais das UPPs, quer passar de sete para 10 meses a duração do curso de formação de militares. “Tem policial que vai para comunidades onde há becos sem luz e tem que enfrentar bandidos ali. O tempo de formação hoje é muito pequeno. Tem que haver uma preparação maior”, frisou.


Policiais sentem a crise no bolso


Além do corte do RAS voluntário (a hora extra que complementava a renda do policial), a PM impôs outra redução no bolso da tropa. Quem trabalha no serviço interno teve alterada a escala de 12 horas de plantão por 36 de descanso e, agora, cumpre jornada diária de segunda à sexta-feira. “Acabou a chance que a gente tinha de fazer um extra e, de quebra, aumentou o nosso gasto com transporte. Pior: o estado manteve os mesmos R$ 100 de auxílio-passagem”, contou PM que não quis se identificar. 


Outra queixa dos policias é a ‘escala extraordinária’, que a corporação usa para manter o militar de serviço em períodos de eventos ou em outros casos excepcionais. Desde o começo do ano, PMs do setor administrativo são surpreendidos com convocações quase semanais trabalhos extras. Detalhe: nesses casos, eles não são remunerados.

Fonte: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2015-04-29/pm-briga-com-escassez-de-verbas.html

terça-feira, 28 de abril de 2015

PROVIDÊNCIAS SENDO TOMADA NA ESCOLA DE BOMBEIROS VISANDO A SEGURANÇA

Após nossa postagem o comandante do complexo, Cel Bm Mauro Jorge já toma as primeiras ações para garantir a segurança dos militares do complexo de ensino nas horas mais críticas.



Queremos aqui destacar o compromisso e preocupação deste comandante com a segurança do parqueamento, que ainda não tinha sido informado oficialmente sobre tal situação. E também corrigir um equivoco cometido por nós, ao atribuirmos a responsabilidade a este Ilustre Cel, sendo que na verdade o engajado no propósito do mastro foi o Cel Bm Miguel Ângelo, diretor geral de ensino e instrução.

Fazemos esta retratação para que fique bem claro que não há de nossa parte nenhuma intenção de denegrir a imagem de qualquer bombeiro que seja (Oficial e/ou Praça), ou responsabilizar quem não tem a devida responsabilidade.

Nosso objetivo é que os problemas sejam resolvidos e que o bombeiro seja tratado com respeito e dignidade.

JUNTOS SOMOS FORTES!!!

CEL SIMÕES!!! SOLICITAMOS UMA INTERVENÇÃO NO 18 GBM - CABO FRIO

Esta foi a forma que nós do 18 GBM encontramos para nos comunicar com a esfera superior do CBMERJ. Não podemos confiar em ninguém, vemos covardias acontecerem constantemente, única coisa que pedimos é respeito e dignidade para trabalhar.




Por e-mail:

Precisa-se de um Comandante!!!
O que temos aqui é um Administrador, um Encarregado de Obras, gerente de alguma lojinha, menos um Comandante. Até entendemos, pois quem está aqui nunca comandou nada e continua sem comandar.

 Fato a fato:

1 – Ordens absurdas como chamar a atenção dos guardas por anúncios nos postes de luz da rua; não quer deixar o cidadão comum fazer propaganda nos postes, a Prefeitura não proíbe, o sentinela tem que ficar tomando conta dos postes;

2 – Os guarda vidas estão sendo obrigados a dobrar serviço sem direito ao PROG, pois ele tem medo de  pedir PROG ao comando, sendo que na Barra e em Copacabana tem PROG todo dia;

3 – Rancho horrível! Bombeiro não aguenta mais comer carne de segunda no almoço e frango na janta, não tem legumes, verduras sobremesa. O aprovisionador, o famoso ‘BUMBUM CAíDO’ faz compras para o quartel com o cartão particular dele, e diz pra quem quiser ouvir. (Qual interesse????). 
Na semana santa afirmou que bombeiro não precisava comer peixe, CARNE PODRE MANDOU LEVAR PARA A PRONTIDÃO. A mesma se revoltou e não aceitou. E se a prontidão quiser fazer um melhorado com meios próprios o Oficial de Dia tem que ligar para ele (cmt) autorizar;

4 – A Prefeitura fez obras no quartel e o cmt fala que foi o comando dele quem fez. 
SERÁ QUE APRESENTOU NOTAS NO BALANCETE???;

5 – Funcionário da Prefeitura a disposição dele no Gabinete; 

6 – ENGENHARIA: Várias reuniões depois do expediente (principalmente às sextas-feiras) com Maj TORRES, Maj ANDRE SIQUEIRA e Empresários da cidade, (detalhe, depois do expediente vão embora e voltam). Vários bombeiros cresceram com empresários e os mesmos revelam que tem que ser feito acordos para se ter eventos até mesmo em estabelecimentos liberados;

7 – O Maj TORRES é um exímio  poupador. Comprou a segunda casa em bairro nobre de cabo frio;

Resumindo: Ten Cel Leonardo Couri, um péssimo comandante. Não quer saber se os bombeiros estão motivados e tendo condição para trabalhar. Só pensa em provas profissionais, TAP e TAF. Sua meta é ficar bem aos olhos do comando, enquanto isso alojamentos impróprios, BM dormindo no chão e rancho que para ficar RUIM tem que melhorar MUITO.


Aqui, ainda Major Leonardo Couri


‘AVISO’ “NÃO ENTREM NO GABINETE DELE COM UNIFORME DE GUARDA VIDAS, VÃO PASSAR CONSTRANGIMENTO”


Não sei se o Comando vai tomar providências, mais é uma forma de dar ciência sobre acontecimentos de bastidores de CABO FRIO."


O RECADO ESTÁ DADO, VAMOS AGUARDAR PROVIDÊNCIAS

segunda-feira, 27 de abril de 2015

BOMBEIROS DA ESCOLA SENTEM-SE INSEGUROS DE TRABALHAR DEVIDO AOS INFORMES DE VIOLÊNCIA

A ordem é não andar fardado, a corregedoria esta alertando todos os quarteis das proximidades da região de Guadalute, Costa Barros, Chapadão e adjacências. O alerta seria para redobrarem a atenção. Isso ocorreu na quinta-feira da semana passada (23). 

A confirmação veio através do Of. de Dia do dia seguinte  

"O CICC passou que as viaturas, quarteis e militares da PM e do BM são alvos dos criminosos que pertencem ao Complexo do Chapadão!! Atenção redobrada ao transitar pela regiões Pavuna, SJM, Anchieta, Guadalupe, Ricardo, Marechal, Costa Barros"

Depois de tudo isso, a administração do complexo de ensino não tomou providências. Não há viaturas da polícia baseadas no entorno do complexo. O portão de acesso dos carros fica aberto dia e noite, a estrada do Camboatá passa nos fundos do quartel, a guarda totalmente vulnerável.




Na frente pela Brasil, atrás dos prédios com acesso a escada tem uma boca de fumo. Há de se ter precaução.



Enquanto isso, o nosso ilustre comandante Ten Cel Mauro Jorge, se preocupando em fazer um mastro novo. A segurança do Bombeiro em Primeiro lugar.

PROPOSTA DE REAJUSTE DO AUXÍLIO TRANSPORTE TRAMITANDO NA ALERJ

http://odia.ig.com.br/noticia/opiniao/2015-04-26/andre-lazaroni-auxilio-a-policia-e-bombeiro.html

André Lazarone é Líder do PMDB na ALERJ. Porque será que estão querendo parecer querer ajudar a polícia e Bombeiros???

domingo, 26 de abril de 2015

SOBRE A ASSOCIAÇÃO

Nos dirigimos ao publico para elucidar duvidas em relação a finalidade e postura da associação


Senhores, conforme consta no nosso estatuto, a finalidade da Associação S.O.S. Bombeiros é filantrópica e assistencial. Portanto, todas as atividades que desenvolvemos estão relacionadas  a essas duas máximas e isso inclui o serviço de assessoria jurídica da associação. Ele serve para suprir as necessidades do associado nos casos em que ele sofra injustiças, ou se possível, ampará-lo antes que as sofra, independentemente do processo ser administrativo ou jurídico e da demanda ser contra o Estado, o CBMERJ, pessoas físicas ou empresas. 

Tendo elucidado essa parte, pontuaremos aqui outros esclarecimentos sobre dúvidas mais constantes:

1º- A assessoria jurídica da Associação SOS Bombeiros é exclusiva da mesma e nada tem à ver  com assessoria do gabinete do Major Marcio Garcia;

2º - As  ações da nossa Associação são completamente autônomas nossas decisões são independentes de qualquer mandato político;

3º - a Associação NÃO tem cunho reivindicatório, nossa função é buscar bem estar e melhorias sociais para o bombeiro e seus entes queridos assegurar que seus direitos não lhe sejam negados ou violados;

4º - Nos reservamos o direito de escolher as causas as quais atuamos e por decisão unânime da chapa de diretoria atual bem como em absoluta concordância com nosso estatuto, nós  só defendemos as VITIMAS. 

5º -  À pesar de ser desnecessário essa afirmação depois do 4º paragrafo ratifico que se o interessado tiver cometido:
Fraude;
Estelionato;
Transgressão injustificada;
Contravenção de qualquer tipo;
Crime de qualquer natureza ;
em fim, se você é o infrator ou opressor em qualquer circunstância ( salvo absoluta necessidade de defesa ou ignorância legal), 
não conte com a nossa assessoria jurídica  

6º - Não fazemos distinção entre oficiais e praças, todos são vistos como associados e possuem os mesmos direitos e serão protegidos e defendidos da mesma forma;

Outrossim informo, que não estamos preocupados com comentários maldosos e destorcidos, pois isso não mudará nossa postura.   
Se você também pensa como nós, seu lugar é aqui.


Associação S.O.S. Bombeiros
Rua General Sezefredo, 168 
- Realengo Rio de Janeiro-RJ
Telefone: (21)3281-0130
Aberto das 09:00 às 17:00.


sexta-feira, 24 de abril de 2015

CARTA ABERTA AO CEL SIMÕES - DESVINCULAÇÃO DO SAMU DO CBMERJ


Foto: Vereador Marcio Garcia

Exmo Sr. Secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante Geral do CBMERJ, 

Cel BM Simões.

Inicialmente, espero que o Sr. não se incomode que eu faça contato publicamente e não tenha aceitado o convite para uma reunião, afinal, não há nada que eu falaria ao Sr. que não possa falar publicamente.

O fato é que recebi uma informação muito interessante através de nossos oficiais superiores e preciso confirmá-la. A informação dá conta de que o Sr. teria conseguido autorização para organizar a desvinculação do SAMU do CBMERJ.

Com a finalidade exclusiva de orientar nossa tomada de decisão em relação a esta justa luta dos militares do CBMERJ, e em especial os militares que atuam nas viatura de emergência médica, preciso da confirmação desta informação.

Recentemente, apoiamos uma grande mobilização dos guarda vidas em prol da realização de um concurso público, na véspera do carnaval foi organizado um ato distribuído nas praias, com a exposição de uma faixa na orla puxada por um avião, panfletagem e entrevistas para jornais e televisão. 

Foto: Governador Pezão e CEL Simões 


Na tarde anterior ao dia planejado para o ato, o comando da corporação conseguiu aprovar a realização do concurso mesmo com todas as dificuldades enfrentadas pelo Estado, e nós honramos o compromisso assumido pelos representantes dos guarda vidas e todas as ações foram desmobilizadas.

Cel Simões, mais uma vez sua credibilidade e influência com o governador será testada. Entre no gabinete dele e informe (não solicite) que o Estado/CBMERJ não quer e não pode mais sustentar o SAMU, e que urgentemente a prefeitura precisa assumir sua responsabilidade. 

Vá lá, volte com a boa notícia, publique uma nota no site do CBMERJ e ganhe mais um ponto com a bombeirada, e quem sabe um dia eu possa perdoá-lo por me considerar indigno ao oficialato, por ter excluído meus amigos, transferido e punido tantos outros.

Boa sorte


Atenciosamente
Marcio Garcia




Fotos: Blog Vereador Marcio Garcia  e Câmara de vereadores RJ.

GOVERNO PEZÃO: UM ESCÂNDALO APÓS O OUTRO

É só o começo: PF indicia Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde de Cabral





Nunca antes na história desse país um governo estadual teve tantos escândalos, quanto o governo Sérgio Cabral-Pezão.
O número de secretários e ex-secretários estaduais envolvidos em processos é uma prova dessa realidade.

Na SEAP, por exemplo, o ex-secretário e o atual secretário estão sendo processados.

Lamentavelmente, dois Coronéis PM.

Nós acreditamos que até o final do governo todos os integrantes do primeiro escalão do governo estarão no banco dos réus, assim como, o próprio Governador.



"Jornal O Dia
19/04/2015 00:10:00 
MP vai investigar as barcas por compra de R$ 300 milhões 
Foco é na barbeiragem da aquisição de sete embarcações pelo estado 
ADRIANA CRUZ E DANIEL PEREIRA 
Rio - A barbeiragem na compra de sete embarcações por R$ 300 milhões, feita pelo governo do estado para a CCR Barcas operar a travessia Rio-Niterói, virou alvo de investigação do Ministério Público do Rio (MPRJ). Os problemas da nova aquisição foram mostrados na semana passada pelo DIA , com os resultados do primeiro mês de operação da gigante Pão de Açúcar. Além de o tempo de viagem ter aumentado de 15 para 25 minutos, o custo operacional é maior do que o das antigas barcas. 
A coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania (CAO Cidadania), Patrícia Villela, encaminhou as denúncias publicadas para ser analisadas por uma das oito Promotorias de Justiça de Cidadania da Capital. Se forem identificadas irregularidades na compra, a apuração pode ser transformada em ação civil pública, e os responsáveis, denunciados por improbidade administrativa (Fonte)."



quinta-feira, 23 de abril de 2015

FORA SAMU! BOMBEIROS ENGAJADOS NESTA CAUSA

Mobilização pela Desvinculação do SAMU do CBMERJ está cadastrada no Panela de Pressão


Panela de Pressão, único aplicativo de mobilizações que permite contato direto com governantes, gestores públicos, parlamentares, concessionárias de serviços públicos, políticos em geral e outros tomadores de decisão da cidade. Ele foi criado e é mantido pela equipe da Rede Nossas Cidades. 




Em outras palavras, quando você clica no link abaixo e depois em pressionar é disparado um email para cada uma das autoridades que está incluída na demanda. Governador, prefeito, deputados estaduais e vereadores da cidade do rio.

Está foi uma iniciativa do Vereador Marcio Garcia, em apoio e solidariedade aos inúmeros profissionais da saúde, que estão correndo riscos iminentes de perderem não só suas saúdes como suas vidas.


NOTA DE FALECIMENTO

Caros colegas.


Fomos informados agora a tarde sobre o falecimento do CB. BM ROGÉRIO SOUZA SILVA  servindo no destacamento de Santa Cruz 1/13.






Informamos :

Sepultamento será as 10 hs no cemitério de Seropédica.

E o velório na capela da estrada Rio - São Paulo.

SÓ PRA TORNAR OFICIAL

NÓS  TAMBÉM APOIAMOS



Se você também pensa como nós, seu lugar é aqui.

Associação S.O.S. Bombeiros
Rua General Sezefredo, 168 
- Realengo Rio de Janeiro-RJ
Telefone: (21)3281-0130
Aberto das 09:00 às 17:00.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

GALERIA DE HERÓIS SOMA APOIO AO ESFORÇO DO CBMERJ PELA DESVINCULAÇÃO DO SAMU





Em nome de todos os bombeiros, da população carioca, e, principalmente, dos militares que atuam nas viaturas do SAMU, agradeço pelo apoio a mobilização em defesa da desvinculação do SAMU do CBMERJ.

Está tudo acontecendo conforme o planejado, pouco a pouco, vamos conquistando o apoio das Associações que representam os Bombeiros. Em breve passaremos para a segunda fase da mobilização e a desvinculação está cada vez mais próxima.

Att

Marcio Garcia



ENFERMEIROS DE UTIs DO RIO ESTÃO ESGOTADOS

Estudo mostra que mais de 55% sofrem de estresse extremo, o que pode resultar até em erros na administração de medicamentos e frieza com pacientes e seus familiares.



Rio - Trabalhar na ‘linha de frente’ do atendimento a pacientes internados faz com que muitos profissionais de saúde também precisem de cuidados. Pesquisa da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp) da Fiocruz, com 130 pessoas da área de enfermagem mostra que sintomas da Síndrome de Burnout estão presentes em 55,3% delas. O transtorno pode prejudicar o trabalho no hospital. 



Arte: Jornal O Dia


Burnout é o esgotamento físico e mental relacionado ao emprego. O estudo foi feito com enfermeiros, técnicos e auxiliares em enfermagem que atuavam na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e na unidade coronariana de dois hospitais públicos do Estado do Rio de Janeiro. Os voluntários participaram de testes para detectar os sintomas do mal. 

“Esperava uma incidência de 30% ou 40%, mas não imaginava encontrar mais da metade dos profissionais com sintomas”, disse Jorge Luiz Lima, enfermeiro, autor do estudo e professor da Universidade Federal Fluminense. 

Há muitos fatores que afetam o profissional intensivista. Jorge lista que eles são solicitados a todo tempo, precisam lidar com a vulnerabilidade física do paciente e também com os familiares. “O profissional da enfermagem está à frente de tudo e o paciente pode morrer a qualquer momento. Nos hospitais públicos, muitas vezes, ocorre também a falta de médicos”, afirma





Ele alerta que, quando o profissional sofre com a síndrome, o atendimento ao paciente pode ficar comprometido. Jorge lembra que o transtorno pode causar déficit de atenção, dificuldade de concentração e fazer com que a pessoa fique mais fria no trato com os demais. “Pode acontecer erro na administração de medicamento e o paciente ser tratado com frieza”, aponta. “É importante que esses trabalhadores não sejam julgados, porque, na verdade, eles são doentes”.

Coronel SUAREZ comandante do GSE, qual seria o resultado desta pesquisa se fosse feita no SAMU  do CBMERJ  ????

terça-feira, 21 de abril de 2015

NOTA DE FALECIMENTO

Fomos informados agora pela manhã que o Major Bombeiro Alexandre Câmara Rodrigues, sofreu um acidente de moto na BR-040 Km 52 sentido Juiz de Fora. Vindo a óbito no local do acidente.






O sepultamento será no cemitério Jardim da Saudade em Sulacap, sl B, amanhã (22) às 14:30h

Obs: Haverá um culto uma hora antes, ministrado pelo capelão do CBMERJ na própria capela

segunda-feira, 20 de abril de 2015

MILITARES DO SAMU/RJ ORGANIZAM PRIMEIRA REUNIÃO

Em solidariedade ao apelo enviado por um integrante do CBMERJ/ SAMU, que não aguenta mais sofrer com as dezenas de atendimento que faz durante um plantão de 24h pra ocorrências de pequena emergência (cefaleia, diarreia, cólicas menstruais, topada, dor de dente, Piti) servindo de taxista de luxo. 


Sofrer com as incontáveis horas na porta dos hospitais públicos a espera da liberação da maca (em alguns casos até passagem de serviço).


Sofrer com o calor insuportável dentro das ambulâncias por falta de conserto do ar condicionado, correr risco de vida adentrando em comunidades dominadas pelo tráfico, passando por toda sorte de constrangimento; andar em viaturas com pneus carecas, pastilhas de freio desgastada, farol queimado, limpador quebrado, entre outros defeitos bizarros.... 


É que damos voz ao grito de socorro dos tão sofridos bombeiros da saúde que correm no SAMU.


"Ilmo sr. administradores dos blogs www.sosbombeirosrj.com, www.sosbombeirosinterior.com e www.sosbombeiros.com. (Esqueci do Blog que você acompanha? Coloca no comentário que acrescento).

Ilmo sr. presidentes da Associação SOS Bombeiros, Abmerj, Galeria de heróis, Clube do oficiais, e Associação de Cabos e Soldados. (Esqueci da sua associação? Coloca no comentário que acrescento).






Considerando que somente na cidade do Rio de Janeiro, dentre as 92 cidades do Estado, o SAMU é coordenado pelo Estado/CBMERJ;


Considerando que essa vinculação traz sérios embaraços aos serviços prestados pelo Corpo de Bombeiros, em função da sobrecarga de atendimentos originalmente do SAMU;


Considerando que as macas das viaturas ficam retidas nas emergências, numa tentativa dos hospitais de retirar as viaturas de circulação e diminuir a quantidade diária de pacientes que ingressam pela emergência, deixando assim o socorro das unidades desguarnecida e exposto a críticas por conta da demora nos atendimentos;


Considerando que, mesmo com o gigantesco esforço das equipes de salvamento, a vinculação do atendimento do SAMU ao CBMERJ tem afetado negativamente a imagem da nossa corporação;


Considerando que o excessivo número de ocorrências tem trazido seríssimos danos a saúde de nossos militares;


Considerando que, por maior que seja o esforço das equipes, a possível melhora nos atendimentos do SAMU veio acompanhado de provado prejuízo no atendimento do Corpo de Bombeiros;



Solicito:

1 - Publicação em seus respectivos veículos de comunicação desta solicitação com o posicionamento do grupo político que representam numa demonstração de força e adesão.


2 - Indicação de um representante para participar das reuniões organizadas pelos militares do SAMU/CBMERJ. A indicação pode ser publicada no respectivo canal de comunicação ou enviada sigilosamente para (21 98181 8204 - Whatsapp)"


ESSA É A OPORTUNIDADE QUE TODOS ESPERAVAM!!!

domingo, 19 de abril de 2015

CORONÉIS DO BOMBEIRO REVINDICAM DEVOLUÇÃO DO SAMU PARA PREFEITURA



Sim. O título da notícia é esse mesmo. É claro que poderia ter usado o termo bombeiros no lugar de coronel, afinal, somos todos bombeiros, mas fiz essa opção para alertar o comando do CBMERJ para a relevância do tema.


Não é de hoje que nós bombeiros estamos informando e alertando o atual comandante do CBMERJ sobre as dificuldades que a absorção do atendimento do SAMU trouxe a nossa corporação.


A insatisfação vem crescendo, se avolumando, e um ótimo indicador é que já está incomodando os Coronéis BM, sobretudo comandantes de unidade. 


Mas o fato é que repeti aos Coronéis o mesmo que tenho dito aos outros oficiais e praças que semanalmente me procuram. 


Reassumo meu compromisso com os BOMBEIROS, com o CBMERJ e com a POPULAÇÃO, me coloco integralmente á disposição, disponibilizo toda a nossa equipe, com assessoria jurídica, técnica, política e de comunicação, mas nada disso é capaz de substituir o ingrediente mais importante para essa batalha, que é a mobilização de pessoas dispostas a lutar, dispostas a sacrificar sua folga, dispostas a sacrificar sua saúde, para conquistar benefícios coletivos e duradouros, como foram algumas das conquistas já registradas nos últimos 5 anos.





Minha educação me impede de enganar ou iludir as pessoas, sou sincero e garanto que a luta trará muitos benefícios, mas virá acompanhada de uma dose de dor, posso garantir que muitos não se alistaram nessa batalha, que a maioria vai recuar no primeiro aperto, na primeira transferência ou no primeiro bate papo com o comandante em forma e no sol por 4 horas. 


Mas a boa notícia é que não precisamos de todos, precisamos de você e de seus amigos da unidade, precisamos de apenas um GBM para provar nossa insatisfação. Acredito que, assim como aconteceu no passado recente, com uma unidade coesa e firme no propósito, o exemplo poderia ser seguido pelas demais unidades da capital.


Você está disposto a se alistar nessa guerra? Se sim, entre o contato e vamos desvincular o SAMU do CBMERJ.


Marcio Garcia (whatsapp) - 21 98198-6559


Fonte; http://www.marciogarciarj.com.br/2015/04/coroneis-do-bombeiro-reivind

VOCÊ TEM NA SUA AGENDA O NÚMERO DO WHATSAPP DO SOS BOMBEIROS?

Há meses adotamos uma outra dinâmica para a facilitação da chegada da notícia neste canal de comunicação, aumentando a interatividade entre os bombeiros. Por isso, assim que desejar se comunicar conosco, não exite em nos enviar uma mensagem.


 










Através do whatsapp do SOS BOMBEIROS RJ nossos bombeiros poderão enviar denúncias, fotos, vídeos de salvamentos, mensagens de texto e voz, ajudando nos na construção de notícias que expressem a realidade vivida pelo bombeiro militar no seu dia a dia, garantindo que o bombeiro tenha um espaço para sua voz ser ouvida.


COLOQUE NA AGENDA DE CONTATOS: (21) 98181-8204

sábado, 18 de abril de 2015

MAIS SERVIÇOS CHEGANDO NA ASSOCIAÇÃO


BRAVOS, COM A EXPANSÃO DE NOSSO CONVÊNIO JURÍDICO, A ASSOCIAÇÃO ESTÁ DISPONIBILIZANDO MAIS SERVIÇOS.


 PORTANTO SE VOCÊ ASSOCIADO TEM PROBLEMAS COM: 
-LIGHT, 
-TV A CABO
-CEDAE,
-COLÉGIO DOS FILHOS,
-INTERNET,
-BMG,
EM FIM, QUALQUER AÇÃO DE CUNHO INDENIZATÓRIO, NÃO FIQUE NO PREJUÍZO, TRAGA PARA NÓS QUE RESOLVEMOS PRA VOCÊ!



VOCÊ AINDA NÃO É ASSOCIADO, O QUE ESTÁ ESPERANDO?  FAÇA SEU CADASTRO NA HORA E AGENDE SUA CONSULTORIA JURÍDICA. 
SEM ENROLAÇÃO, SEM BUROCRACIA! 


Associação S.O.S. Bombeiros
Rua General Sezefredo, 168 
- Realengo Rio de Janeiro-RJ
Telefone: (21)3281-0130
Aberto das 09:00 às 17:00.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

SERÁ QUE AS UNIDADES DO CBMERJ SÃO SEPULCROS CAIADOS???

Recebemos dos bravos do quartel central estas imagens assustadoras do local que chamam de "cassino" destinado para as guarnições descansarem enquanto aguardam a próxima ocorrência.


Talvez seja uma falha de formação na academia, de gestão no curso superior de comando. Indagamos isto porque não param de chegar imagens de unidades do CBMERJ com dependências muito mal cuidadas.


O que está acontecendo? será realmente má formação de gestão? falta de recursos? omissão mesmo? uma forma de punir? 


Alô Tenente-Coronel Bombeiro Militar Sergio Henrique Bastos de Souza! representa seus subordinados nesta demanda e resolve essa situação o quanto antes. Nossos bombeiros merecem ambiente de trabalho muito melhor, é só o que eles pedem.







Vejam estado do banheiro e sua rede elétrica
Alojamento





SERÁ QUE O GABINETE DO SIMÕES É ASSIM???