segunda-feira, 15 de junho de 2015

EXPONDO SUA VERSÃO DOS FATOS

Recebemos por e-mail a solicitação deste companheiro que pediu o direito de expor sua versão dos fatos que o envolveu. Como não podia ser diferente, vamos a eles: 


"Olá pessoal, eu sou o CB BM 02/08 Mauro, venho expor os fatos que gerou o memorando publicado aqui no site do dia 29/05 cobrando o uso correto do uniforme de um BM. 
Então, por volta do dia 04/05 enquanto em serviço no DBM o CAP BM me convidou para uma conversa onde me perguntou o que havia acontecido no dia 29/04, disse também que recebeu uma parte do SGT, o que gerou um memorando para mim. 


Reparem que é o memorando 01/15, gerado no mês 05 (existe perseguição?) Detalhe: a única coisa que poderia estar em “desalinho” em meu uniforme eram as divisas que ainda estavam as de SD. Eu respondi o memorando com todo o respeito ao CAP que estava cumprindo o seu dever e porque sou responsável pelos meus atos, só que em um trecho da minha resposta estava o seguinte: 

“...Por outro lado, a título de exemplo, por ocasião do fato, o acusador encontrava-se de camiseta, short e sandália, no interior do rancho e no horário de expediente, e uma leitura rápida no Decreto nº 39.034/06 nos mostra que tal uniforme sequer existe...”. 

Daí gerou o Memorando, que sem necessidade (penso eu) veio parar aqui no site. Agora eu pergunto: CORRETO OU ABSURDO? Quem cobra DIVISA de um BM pode ficar de Short, camiseta e chinelo no quartel? 

Muito fácil para nós Praças falarmos mal dos Oficiais quando um outro praça conta uma história triste, pela metade e nos induzindo a pensar em perseguição de oficial. Penso eu, que Oficial e Praça não são sinônimos de Vilão e Mocinho respectivamente, mas que cada pessoa, Militar ou civil, sejamos Homens ou Mulheres de Verdade para assumirmos nossas responsabilidades, principalmente as geradas a partir de nossas atitudes. JSF"


28 comentários:

  1. Parabéns Mauro pela iniciativa e coragem, justiça seja feita, JSF!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente temos que frisar,quando saem Sargentos,realmente esquecem que foram recrutas,e no que diz a respeito,começa com quem cobrar,pois o que mais se escuta são Sargentos despreparados,querendo transferir problemas para os cb e sd.Quando vemos as vezes 1sgt anotando seus pares.E quando perguntados pelos subordinados,falam que são Sargentos,a verdade,Praças se comportam pior que muitos Oficiais.

      Excluir
  2. Abmerj e Sos Rj,a questão é trabalho e em prol da Tropa não disputas,logo,alto afirmação,Abmerj/Mesak,não lhe fará melhor que ninguém,pois"Medo não conquista Direitos,mais se fores Humildes,conquistará o Mundo".Aprendemos com o dia a dia,pois cada qual é diferente do amanhã.

    ResponderExcluir
  3. Também sou de 2008 e nesses 7 Anos de CBMERJ, NUNCA fui desrespeitado ou humilhado por qualquer oficial... Agora, por Sargentos, já perdi a conta, inclusive tomei um memorando bem semelhante a este... Não quero generalizar (Ate pq é uma minoria), mas parece que depois que vira Sargento, esquece que foi Cabo e Soldado e/ou só porque foi maltratado no passado quer descontar sua magoa nos mais modernos... Vai entender, né? Ô Classe desunida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, faço minhas as suas palavras. Nunca fui desrespeitado por um oficial, mas por praça sim. A nossa corporação é um antro de intrigas e fofocas, deveríamos estar juntos...independente de graduação. Mas vamos fazer a diferença, pois seremos graduados e trataremos os mais modernos com o devido respeito e responsabilidade

      Excluir
  4. Muito boa publicação. Qualquer coisa contra nós praças vêm um monte de retardado falar em perseguição e mimimi. Tiro meu chapéu para esse Cabo. Parabéns.
    Várias vezes não vemos todas as versões dos fatos e tiramos conclusões precipitadas. Alguns até ofendem outros companheiros sem nem sequer conhecê-los.
    Leis e regulamentos estão aí para todos.

    ResponderExcluir
  5. Mas é muita cara de pau desse sgt! É aquela famosa história do sujeito barbudo querendo cobrar o corte de cabelo do mais moderno. Hipocrisia nível 1000!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se ver muito atitudes de sgt,chegam a passar a vtr com os pneus furados e dizer para o subordinado,faça o que mando pois sou Sargento.Todo errado,pois quem sai de serviço tem que passar a vtr em condições de.

      Excluir
  6. Macuco meu parceiro, aqui quem fala é mineiro seu amigo, eu sempre disse, desde de nosso início no gbm, quem estraga os praças são os próprios praças, vc pode procurar e certamente não encontrará, um oficial nao faz isso com outro oficial eles são Unidos coisa que não existe com os praças, eu sei que não sou exemplo pra ninguém, mais faça como eu e o Pinheiro o quanto antes, Abraço do seu amigo mineiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por isso afirmam:Quem gosta de Praças é Pombo,pois um cagueta o outro,por interesses próprios.

      Excluir
  7. SOU TEN PM QOA, E TENHO OBSERVADO QUE EM MATÉRIA DE ESCROTIDÃO, O CBMERJ DÁ DE MIL A ZERO NA PMERJ, PRINCIPALMENTE SE TRATANDO DE PRAÇA ESCULACHANDO PRAÇA. ESSE SGT DEVE SER PUXA SACO DO CMT DA OBM, POIS CASO CONTRARIO NÃO SE PORTARIA DESSA FORMA COM O SUBORDINADO, POIS A ADMOESTAÇÃO SURTE MAIS EFEITO DO QUE A PARTE LITERALMENTE.
    CONTRA ESSES HIPÓCRITAS, CABE APENAS O USO DE FORMA INTELIGENTE DO REGULAMENTO, MESMO VOCE SENDO SUBORDINADO, E CHEGANDO ATÉ O JUDICIÁRIO CASO VISLUMBRE-SE ASSÉDIO MORAL.
    MEXENDO NO BOLSO DELES, TALVEZ APRENDAM!

    ResponderExcluir
  8. Tais afirmações são contundentes, porem, acredito que se o referido Sgt estava desta forma, estaria o mesmo autorizado pelo cmt da unidade. Vc alguma vez utilizou tal vestimenta como o graduado ou não? O pq q vc, cabo não comunicou o fato ao seu superior antes, só o fez na resposta de seu memorando? Qt as suas divisas pq estavam erradas? Já. Sabemos o estado não forneceu, certo? Mas sabemos tb q vc tem a parte cobrando do estado seu fardamento, correto?

    ResponderExcluir
  9. E quando esse mesmo soldado ou cabo não dirige a palavra ao seu superior hierárquico? E quando esse mesmo praça se recusa a cumprir suas obrigações de trabalho de execução? E quando esse mesmo praça MENTE levando ao erro seus superiores hierárquicos? Entre outras coisas tão banais quanto essas? Ah, tadinho! É perseguição! PERSEGUIÇÃO UMA VÍRGULA! É FOLGADO! NÃO TEM POSTURA NEM CARÁTER! Quem não te conhece que te compre CB MAURO! Me poupe!

    ResponderExcluir
  10. Provavelmente os militares de 2008 não me conhecem, sou o Sargento que gerou a parte contra o CB Mauro, convido, solicito, aceito que em qq lugar e hora me indaguem sobre o ocorrido terei o imenso prazer de mostrar as PROVAS, E NÃO VERSÃO, como consta acima, ao nobre companheiro acima que disse que sou "baba ovo de oficial", acho que agora, ao saber quem foi que participou o Cb, irá retirar suas palavras, participei VÁRIOS oficiais, Capitães, Ten Cel, ocupei o quartel do Comando Geral, SOU 439 com orgulho, já respondi mais de 50 memorandos, inclusive um que o CB Mauro me participou, (não deu nada) já respondi várias sindicâncias, e para sua surpresa, ou confirmação, NUNCA FUI PUNIDO, tenho uma ficha invejável, agora:


    CONVIDO, VAMOS PARA UM BATE PAPO, MARQUE DIA E LOCAL, CB MAURO se faça presente, será um prazer demonstrar tudo, e mostrar os fatos.

    Senhores aqui não é lugar de lavar roupa suja, é lugar de buscarmos o melhor para todos.

    Abcs Pedro Ivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Pedro Ivo, fiquei surpreso em saber que você sendo quem é, e tendo o curriculum que apresentou, só enxergou que lugar de lavar roupa suja não é aqui. Trazer este assunto particular para o blog foi realmente lamentável. Não sei se foi você quem encaminhou, mas essa pauta tem que ser resolvida em particular, não em público, onde nenhum dos leitores tem base o suficiente para opinar.

      E já que foi publicado mostrando o seu lado, nada mais justo e democrático dar espaço para o outro, porque esse tipo de picuinha não se resolve aqui.

      Excluir
  11. Essa historinha de 439 já ta saturada amigo !!

    ResponderExcluir
  12. A maioria das praças só sabe reclamar, se um comandante colocar filé mignon no almoço tem gente que vai reclamar porque gosta de comer moela, como o sgt acima disse, este deveria ser um local para buscar melhorias para a corporação, mas a maioria aqui só está interessada em apontar erros e no dia a dia não faz nada!
    Grande parte dos militares do cbmerj, sejam oficiais ou praças devem levantar as mãos pro céu, porque se fosse trabalhar no meio civil não duraria uma semana.

    ResponderExcluir
  13. Caro companheiro Pedro Ivo não te conheço mas te dou meus parabéns por vir aqui e botar a cara. Tem muito recruta que quer fazer o sgt trabalhar para ele, eles não entendem oque é folgar 48 e todas as escalas extras serem 0800. São tão covardes que postam anônimo.
    Força e honra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soldado Gasto pelo Tempo17 de junho de 2015 13:19

      Ivaldo bombeiro, sempre firme em suas posições. Saiba que você é muito admirado por isso.
      Me permita te apresentar outro ponto de vista:
      Inicialmente o SGT Pedro Ivo omitiu sua identidade quando da primeira postagem. Não sabemos se foi ele quem pediu para postar, mas ainda que não fosse, poderia, se quisesse assumir da mesma forma que o fez nessa.

      Outro detalhe é que só colocou a cara depois que o recruta colocou a dele primeiro, com nome completo, rg, unidade que serve, só faltou a digital.... O que quero dizer é que esse assunto não deveria nunca ter sido abordado aqui.... Picuinha.

      Como você bem disse, não conhece o sgt Pedro Ivo, não convive com ele, não trabalha com ele. E como eu também não, acho que ninguém, a não os seus colegas de quartel, podem opinar alguma coisa. No mais estamos todos dando piruada.

      Já o site, realmente equivocou-se em postar esse assunto, mais já que colocou defendendo o SGT, o Cabo, muito dignamente, solicitou o direito de se defender, e aí o site acertou em dar a ele o mesmo direito.

      Nos parece que ganhamos mais, deixando esse assunto morrer, que eles resolvam entre eles, temos muito que trabalhar. A associação está aí, se esforçando, vamos gastar energia com isso.

      Um grande abraço a todos

      Excluir
    2. Todos podemos errar amigo, mas realmente estamos nos dividindo a cada dia e o sos rj não está ajudando com esse tipo de postagem.

      Excluir
    3. Como disse em uma crítica ao SosRJ sempre tem alguém que conhece alguém, então o SosRJ que admiro muito deveria buscar outras fontes antes de postar essas picuinhas que nos divide.
      Força e honra.

      Excluir
  14. E mais uma vez o SosRJ ao invés de trabalhar a união prega a desunião.

    ResponderExcluir
  15. Então vamos colocar os pontos nos is. O Sgt Pedro Ivo ou seja lá quem tenha postado a primeira publicação, o fez questionando nada mais do que os trâmites viciosos que o levou a responder um PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR (PAD). Nada mais do que isso. O fato de um militar receber um memorando não dá-lhe o direito de resposta com outra acusação. Isso é transgressão disciplinar previsto no RDCBMERJ. Cabe-lhe APENAS defender-se da acusação. E se presenciou algo contrário às normas deveria ter participado ao comandante por escrito em até 48 horas após o conhecimento dos fatos. O que não fez. Quem se expôs foi o Cb Mauro, não o Sgt Pedro Ivo. E mais uma vez o Cb Mauro vem trazer discórdia e desarmonia entre pares e subordinados. Mas para quem o conhece isso não é novidade. Mas quem conhece o Sgt Pedro Ivo sabe que ele não foge a luta e que coloca a cara sim, não só por ele, mas pelo seu quartel e por toda a tropa. Inclusive já defendeu e entrou de frente para defender o mesmo "Sd" Mauro em outra ocasião. E em relação ao Anônimo de 17 de junho de 2015 00:41, meu caro, quem é BOMBEIRO DE VERDADE, sabe reconhecer o legado que 439 Homens deixaram, não só para o CBMERJ, como para a História do Brasil. Pode ter certeza que seus filhos e netos terão prazer se um dia vierem a conhecer um desses homens, que carregam no sangue e na memória a HONRA de ser BOMBEIRO MILITAR e lutar por sua DIGNIDADE. Ao Soldado Gasto pelo Tempo de 17 de junho de 2015 13:19, se vc for analisar, quem deu a primeira versão dos fatos foi o CB Mauro, e o Sgt Pedro Ivo, apenas utilizou-se de seu direito de resposta.

    ResponderExcluir
  16. É ridículo essa briga de cima pra baixo.
    Quando acontece um fato, simples desse de um oficial para com um praça, este não "caneta" o oficial.
    Então quando é um praça de menor graduação acontece isso.
    Quem conhece esse sgt Pedro Ivo, sabe que o cara é "rebuseiro" e vive arrumando quizumba.
    Sim, muitas das vezes com BM's de graduação maior, porém, quando estes vacilam e ficam na mão deste Sgt.
    O que aconteceu, pelo meu entendimento, foi briga de ego. E ego parceiro, é uma merda.
    Quem colocou o memorando primeiramente foi o Sgt PI, para se exibir, e para instigar o Cb Mauro, que por sua vez, respondeu a primeira postagem.Daí pra frente virou briga de pi brabo.
    Esse papo de que "não sabe o que é folgar 48 hrs" " no meu tempo era diferente"...blá blá blá é balela
    Primeiro se no seu tempo era assim, azm! Azar o seu.
    Segungdo, cada um tem uma história de vida.Se antes era assim, eu trabalhava em lavroura? e daí?
    daí vou julgar ações dos outros, com base no meu sofrimento? para com essa porra!
    Cb Mauro vem trazer discórdia? você serve com ele Anonimo? se serve, sabe que quem traz discórdia não é ele não.tem de olhar com ótica mais crítica pro SGt PI

    Está na hora de abandonarmos nossas graduações e sermos mais humildes, se companheiro.
    Tantos e tantos se dizem cristãos e na hora de ajudar um companheiro, não levanta uma mão, só porque "no meu tempo" fazia faxina sozinho. foda se! Hoje é outra questão, outras pessoas.
    Muitos ganharam a divisa de SGT e não querem fazer mais nada!
    CHoveu divisa e ficam se gabando por serem Sgts.
    História do 439? para com isso. Muitos que estavam lá, se soubessem que iria dar essa história toda depois, nem ficaria.Tem bm, que ficou, se gaba, mas só sabe desagregar a tropa.
    Sobre os trâmites alegados pelo anônimo anterior, o Cb deu mole, não fez o certo, mas talvez por não ter a maldade do Sgt, que vive de encrenca.
    No mais, não vejo a hora da tropa se renovar e ficar mais longe dessas picuinhas.
    Entre oficiais isso não aconteceria nunca.Daí, vem os praças e se bagunçam entre si.
    JSF

    P.S.
    Sgt Ivanildo, meu querido, postamos anônimos,pois sabemos o quão covarde vocês são.
    Se acham o último biscoito do pacote.Mas estão indo embora...graças a Deus.
    Está acabando essa fase da covardia, da vingança.
    Pela suas palavras de raivinha, percebe se que só quer colocar mais lenha na fogueira entre os praças.
    Azar de quem serve contigo

    ResponderExcluir
  17. Embora não conheça a convivência deles entendo que na postagem do apedro ivo só colocava as falhas adm do seu pad. Em nenhum momento ele acusou o cabo. Não sei onde isso vai chegar mas acho contraproducente.

    ResponderExcluir
  18. Embora não conheça a convivência deles entendo que na postagem do apedro ivo só colocava as falhas adm do seu pad. Em nenhum momento ele acusou o cabo. Não sei onde isso vai chegar mas acho contraproducente.

    ResponderExcluir
  19. Embora não conheça a convivência deles entendo que na postagem do apedro ivo só colocava as falhas adm do seu pad. Em nenhum momento ele acusou o cabo. Não sei onde isso vai chegar mas acho contraproducente.

    ResponderExcluir
  20. Já deu. Porque o comando desses dois militares não coloca um de frente pro outro, e depois diante da tropa, pra ver quem é quem. Quem é o prepotente? Quem não dirige a palavra a quem? Assim acaba logo com essa merda! O SOS RJ também poderia mediar esse encontro...

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.