quarta-feira, 3 de junho de 2015

STJ AUTORIZA QUEBRA DE SIGILO TELEFÔNICO DE PEZÃO E CABRAL

Governador e ex-governador do Rio são investigados na Lava Jato.Sigilos estão à disposição, disse Pezão. Cabral 'respeita' processo judicial.



O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou a quebra de sigilo telefônico do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), do ex-governador do estado Sérgio Cabral (PMDB) e do ex-secretário da Casa Civil Regis Fichtner em inquérito da Operação Lava Jato no qual os três são investigados.

Também houve quebra de sigilo de executivos de empreiteiras suspeitos de participação no esquema de corrupção e desvio de dinheiro na Petrobras. O objetivo é analisar as ligações trocadas entre outubro de 2009 e o fim de 2010 entre os políticos do Rio e outros investigados.

O ministro Luís Felipe Salomão, relator da Lava Jato no STJ, deferiu pedido da Polícia Federal e determinou que as operadoras de telefonia enviem informações sobre a troca de telefonemas.

O governador Luiz Fernando Pezão afirmou que os sigilos bancário e telefônico estão à disposição e que a acusação é falsa. "Eu já havia me colocado à disposição da Justiça, e assim permaneço. E reafirmo que a acusação é falsa e essa conversa nunca existiu. Meus sigilos telefônico e bancário estão à disposição. Minha declaração de bens é pública e também está disponível", disse, por intermédio da assessoria.

A assessoria do ex-governador Sérgio Cabral informou que ele "respeita" as decisões do processo judicial "e reitera o seu repúdio e a sua indignação às mentiras ditas pelo delator Paulo Roberto Costa".

"Diante das inverdades ditas pelo delator Paulo Roberto Costa, cabe à Justiça investigar os fatos. A quebra de sigilo telefônico, diante disso, é natural e servirá apenas para demonstrar que jamais falei com ele ao telefone sobre qualquer assunto", afirmou Régis Fichtner por meio da assessoria.

O pedido da PF de quebra de sigilo foi endossado pela vice-procuradora-geral da República, Ela Wiecko, responsável pela investigação dos governadores no STJ – há outro inquérito da Lava Jato no tribunal, que investiga o governador do Acre, Tião Viana (PT). Ele nega ter recebido na campanha eleitoral dinheiro desviado da Petrobras e pediu o arquivamento do inquérito.

Em depoimento dado no acordo de delação premiada, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou ter arrecadado R$ 30 milhões como caixa dois da campanha de 2010 do ex-governador Sérgio Cabral. Os recursos teriam beneficiado também o atual governador do estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), vice de Cabral na época. De acordo com o ex-diretor, o operador dos repasses foi o então secretário da Casa Civil de Cabral, Regis Fichtner. Os três negam as suspeitas.


O inquérito no STJ está em fase de coleta de provas e os delatores foram ouvidos novamente, além de testemunhas, como empreiteiros e pessoas que teriam participado das negociações. Os investigados também já prestaram esclarecimentos.

Conforme fontes que atuam no caso, a apuração sobre o envolvimento de Tião Viana, investigado pelo suposto recebimento de R$ 300 mil para campanha, está em fase mais avançada, com mais provas coletadas e depoimentos ouvidos. A expectativa é de que até o segundo semestre deste ano seja concluída a "instrução" do inquérito, ou seja, a coleta de provas.

A partir daí, a Procuradoria Geral da República poderá pedir abertura de ação penal (que, no caso dos governadores, precisa ser autorizada pela Assembleia Legislativa do estado) ou pleitear arquivamento do caso.



Fotos :Google

14 comentários:

  1. Falta o bancário,e tb dos familiares dessas feras que sucatearam o Rio de Janeiro, em fim será que a justiça será feita?

    ResponderExcluir
  2. Subtenente BM Valdelei Duarte.3 de junho de 2015 22:21

    VÂNDALO E IRRESPONSÁVEL É VOCÊ SERGIO CABRAL !

    https://www.youtube.com/watch?v=i3s0e8PecMk&feature=youtu.be

    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir
  3. Será que usaram linha telefônica pra tratar desse assunto? Certamente usou o tal da "mula" pra fazer essa ponte.
    Quem rouba milhões não usa telefone e nem tampouco deposita em conta própria... Sabe de nada inocente...

    ResponderExcluir
  4. Tomara que eles provém o óbvio e bote esse Pezao na cadeia ese traidor. Mentiroso...

    ResponderExcluir
  5. The end Game! Fim de jogo, para a dupla! E ainda tem a Pedrita, Sergio Cortes e os sucessores, que com certeza estão atolados ate o pescoço nessa maracutaia e, deve ter sido por isso que simões (velho coroco) meteu o pé, saida pela esquerda, porque vem M...... ae. Quem viver verá e, eu não perco isso por nada! uruhummmmmmmmmm jsf

    ResponderExcluir
  6. Lembram do Ricardo Gama,que entupiram de tiros,até hoje não averiguaram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na epoca sergio cabral e turma do guardanapo era suspeito.

      Excluir
  7. TB tem que investigarem o aumento do patrimônio deles e ver se há compatibilidade com o dinheiro que recebiam de salários e seus bens acumulados,tudo deve ser investigado.

    ResponderExcluir
  8. Pizza! Pizza! Pizza!

    ResponderExcluir
  9. Pezão Lalau, devolva o dinheiro que vossa senhoria sucumbiu do contra cheque dos pobres miiltares estaduais... Está fazendo falta pra caralho. E ninguém toma providência.

    ResponderExcluir
  10. O Brasil..
    Estar mudando. A justiça. Tarda mais não falha.aguadem. voce do comentário. Das. 19:13. H
    .deve ser um. Grande baba ovo do sistema. Ou. Oficial Lalau miau...voce tem. Cabeça. De. Camarão. Seu gbo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca fui! O meu comentário é devido nunca ver realmente serem punidos no rigor da lei e devolver cada centavo! No máximo o que se vê é uma turma que não ganhou ou ficou com o menor pedaço do 'bolo' puxando o tapete do outro! Daí surgirem as denúncias! E responder na justiça não é igual para todos neste país! Se fossem favelados que tivessem roubado manteiga no mercado já estariam presos! Se conhece algum caso em que não acabou em PIZZA por favor mande o link! E ainda que fiquem presos, que não vai ser por muito tempo, caso não dêem conta do dinheiro, terá valido a pena pra quem é ladrão e rouba bilhões? Vc não entendeu meu comentário! E isto é a ponta do iceberg! Quanto se investe em campanhas para um vereador se eleger? Quem financia? Imagina deputados federais, senadores, governador e Presidente? Será que grandes empresas e instituições (entenda-se empresários),financeiras após financiar campanhas eleitorais, não irão cobrar retorno? E as marionetes eleitas tendo que se virar nos trinta para cumprir acordos não irão tirar a fatia delas do bolo? Meu camarada acorda! Só mudam as moscas, mas a merda continua sempre a mesma!

      Excluir
    2. Agradeço ao administrador por me dar o direito de resposta!

      Excluir
  11. Kkkk, tem que pedir autorização à ALERJ,kkkkkkkkk.....assim vai. O Brasil é engraçado.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.