sexta-feira, 10 de julho de 2015

EX-SUBSECRETÁRIO DE SÉRGIO CÔRTES (EX CHEFE DOS BOMBEIROS) É CONDENADO A PRISÃO POR COMPRA SUPER FATURADA


A Justiça Federal condenou a cinco anos e 10 meses de prisão o ex-subsecretário executivo da Secretaria estadual de Saúde, Cesar Romero Vianna Junior, por irregularidades na compra de materiais para hospitais da rede. Na época, a pasta era comandada pelo então secretário Sérgio Côrtes, que vem a ser primo de Cesar.

Em novembro de 2008, o moço comprou diversos itens sem fazer licitação, com valores superiores ao de mercado. O valor total da compra foi de mais de R$ 16,4 milhões e o prejuízo de cerca de R$ 2,6 milhões.

Só em gaze, Cesar Romero gastou R$ 13,2 milhões por mais de 22 milhões de embalagens(R$ 0,59 cada). De acordo com a investigação, outros órgãos compraram o produto por R$ 0,34 no mesmo período.

A Justiça entendeu que o réu infringiu a lei das licitações. No caso, não caberia a dispensa do pregão, pois não se tratava de situação emergencial ou de calamidade pública.

E olhem que o processo em questão nem está ligado ao maior escândalo que o moço se envolveu.

 Ele foi exonerado, em maio de 2010, depois das denúncias de superfaturamento numa licitação para manutenção dos carros da secretaria usados nos serviços de combate à dengue.

Pelo contrato, a empresa Toesa receberia por 1 ano quase R$ 5 milhões para cuidar de 111 veículos. Pelos cálculos, o dinheiro do contrato de manutenção daria para comprar toda a frota e ainda sobraria.


Fonte: http://extra.globo.com/noticias/extra-extra/ex-subsecretario-de-sergio-cortes-condenado-prisao-por-compra-superfaturada-16727624.html#ixzz3fXfeEqnl


ESCÂNDALO NA SECRETÁRIA DE DEFESA CIVIL NA GESTÃO SÉRGIO CÔRTES

No dia 9 de abril de 2010, o ora Signatário, através de seu blog, revelou a ponta do iceberg dos negócios sujos comandados pelo secretário Sérgio Côrtes com a TOESA (o nome dessa empresa ressurgirá noutro escândalo). 

Tudo começou com a denúncia do tenente-coronel José Carlos da Cunha, do Corpo de Bombeiros, que enviou ao deputado o contrato de manutenção das ambulâncias da Defesa Civil. 

Documentos comprovavam que por um conserto de R$ 1.800 numa ambulância, Côrtes pagou R$ 415 mil, numa fraude escancarada que acabou na imprensa nacional. Além disso, o deputado denunciou que Sérgio Côrtes pagava oito vezes mais à TOESA do que um contrato semelhante fechado com a FUNASA (Ministério da Saúde). 




Pelo contrato, a TOESA SERVICE receberia por 1 ano quase R$ 5 milhões para cuidar de 111 veículos. 

Mesmo diante de toda avalanche de denúncias e das fortes evidências de corrupção que norteavam a sua pasta, SERGIO CORTES declarou em entrevista ao RJ TV no dia 14/07/2010 que ainda confiava no seu subsecretário CESAR ROMERO VIANNA JUNIOR, que era responsável por todo o processamento licitatório – ou de dispensas de licitação como no caso das UPA’s de lata – e da execução orçamentária e financeira. 


Não poderia ser diferente. Afinal, César Romero é primo da esposa de Sergio Côrtes, Verônica Fernandes Vianna. Apesar de Côrtes advogar em defesa dele, César Romero acabou sendo exonerado dias depois. Por mais estranho que possa parecer, Cabral poupou Côrtes. 

O Ministério Público estadual que não conseguiu vislumbrar o envolvimento do secretário de saúde, por mais flagrante que estivesse a sua participação no esquema criminoso. O MP denunciou criminalmente por suspeita de fraude oito pessoas entre elas César Romero, e propôs uma ação civil pública por improbidade administrativa. 




Segundo os promotores, a investigação revelou que desde o edital até a contratação final houve uma série de atos irregulares, uma série de vícios, que direcionavam aquela disputa para a empresa Toesa. 

Somente depois da iniciativa do MP é que o estado publicou uma decisão da secretaria: proibir a Toesa de participar de licitações e de assinar contratos com a secretaria de Saúde por dois anos. A empresa recebeu também uma multa de R$ 240 mil, equivalente a 5% do valor do contrato. 

Seguem os extratos dos processos criminais abertos por conta da fraude envolvendo TOESA SERVICE e a Secretaria Estadual de Saúde. 







10 comentários:

  1. A SECRETARIA DE DEFESA CIVIL NO GOVERNO SERGIO CABRAL, SO TINHA GENTE BOA!!! ESSE HOMEM FOI CONDENADO ESTA MUITO CLARO QUE DENTRO DO CBMERJ TINHA LADRÕES NA GESTÃO SERGIO CABRAL.

    ResponderExcluir
  2. Mais o Ten.Cel Da Cunha deu uma recuada nas DENÚNCIAS! Porquê será?
    Ele conseguiu ser promovido a Cel.BM!
    E tinha Cel.BM responsável pelas construções das UPAs!
    Ainda tem que ser investigado os leilões das viaturas do CBMERJ!

    JUNTOS SOMOS FORTES

    ResponderExcluir
  3. Por que só ELE....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está chegando perto,eles pesaram o estado faltam mais!

      Excluir
  4. A formacao de quadrilha....estar....faltano mais ratos ..coroneis bms sao eles ...pedrinho perneta santana.....francisco....guimaraes...simoes...paulinho riquinho...serafim...tem mais lalau..bangu oito vai ficar pequeno aguardem....vem mais denuncia e caixa de supresas.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. @@@@@@????!?! ~~~~Ta /// $$$$$$$faltano delacao $$$ premiada ....do resto da mafia da quadrilha do casarrao cadeia para oficiais ladroes varmelho do corpo de bombeiro......e devolucao do dinheiro robado da populacao. E da funesbom...mperj x tjerj pra cima delles...sosbombeirosunidos Somosfortes.

      Excluir
  5. Certamente ele deve entregar os demais ladrões.

    ResponderExcluir
  6. Mais um que vai ficar no GEP iqual ao coronel que gosta de fazer saliência com menores.
    Eu quero ver é expulsar e perder a patente de coronel...

    ResponderExcluir
  7. A justiça condenar é uma coisa, cumprir e devolver o dinheiro é outra! Só acredito vendo!

    ResponderExcluir
  8. A para oficiais. PMS. E. BMS. A dona. Justiça. E o. MPE....não. Funcionar. Nunca. ...só vai funcionar quando. A cobra. Criar. Pé. ..o sapo cria r dente.,,.,alguém responda. ..sim ou não.. ####@@

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.