sexta-feira, 16 de outubro de 2015

CBMERJ SOCORRENDO AS VÍTIMAS DA DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Bombeiro poderá tratar dependência química em hospital militar no RJ


Superiores poderão encaminhar agentes para o grupo de tratamento.
Em caso de crime comum ou militar, porém, condução é compulsória.


Formatura em Petrópolis


A guerra às drogas chegou ao quartel do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. A preocupação neste caso, porém, não é o comércio ilegal de entorpecentes — e sim a saúde dos agentes. O comandante-geral da corporação, Ronaldo Jorge Brito de Alcântara, autorizou a criação de um grupo para tratamento da dependência de álcool e drogas de seus subordinados no último dia 8. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira (15).

O atendimento será realizado no Hospital Central Aristarcho Pessoa (Hcap), no Rio Comprido, Zona Norte da cidade. O Grupo de Recepção de Acolhimento Multidisciplinar (Gram), como já é chamado, será formado por pelo menos cinco profissionais. A equipe terá um coordenador, um psiquiatra, um enfermeiro, um psicólogo e um assistente social — entre oficiais e praças.
saiba mais

A resolução assinada por Alcântara reconhece, a exemplo da Organização Mundial de Saúde (OMS), a dependência química como uma "doença (...) grave e complexo problema social". Admite, ainda, que o problema cresce na sociedade como um todo, "atingindo também os bombeiros militares".
"O GRAM funcionará como porta de entrada para as demandas de tratamento referentes ao uso de álcool e outras drogas", diz o texto.


Fragmento da publicação em D.O.E


Os dependentes poderão se apresentar voluntariamente, mas também podem ser encaminhados pelos seus superiores — como comandantes, chefes ou diretores. Caso cometa um crime por conta do uso de álcool ou droga— seja a infração militar ou civil —, o encaminhamento do militar será compulsório.
Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/10/bombeiro-podera-tratar-dependencia-quimica-no-rj-em-grupo-de-militares.html


SOS BOMBEIROS: Uma antiga reivindicação do movimento dos Bombeiros fora anunciada pelo Secretário Alcântara. Sem dúvida está é uma iniciativa que dará um destino mais digno àqueles que ao longo da vida foram seduzidos e escravizados por esse mal.

Temos que reconhecer que esta foi uma medida muito positiva do comando da corporação, que tantas outras que se encontram na pauta de reivindicação, também sejam atendidas. 

8 comentários:

  1. Antes tarde do que nunca
    Quantos companheiros foram Excluidos baseado no Vicio do consumo de Alcool e Drogas.l

    ResponderExcluir
  2. Parabéns! Quando tem que criticar vamos criticar, porém, elogiar as coisas boas, mas demorou muito, quantos foram excluídos por causa disso.
    Quando vai colocar na rua os que entraram pela janela? Principalmente, os que foram beneficiados em favor de um candidato a Vereador.

    ResponderExcluir
  3. Parabens ao Comando por esta iniciativa.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns comandante!!

    ResponderExcluir
  5. AGORA SÓ FALTA TOMAR UMA ATITUDE SOBRE A NOVA NIA!!! ( NORMA DE ARMAMENTO)

    ResponderExcluir
  6. Adorei essa projeto!! Acertou no alvo .
    Famílias serão ajudadas .
    Glória a Deus!!

    ResponderExcluir
  7. Cel, como moralizar se os coronéis são donos de empresas de projeto de segurança? E muitos colocam laranjas como dono das empresas. Como moralizar se os senhores não tem coragem de retirar da instituição, quem entrou pela janela, enfim, quero ver os senhores terem coragem de mexer nisso, saber por que não mexem? Porque muitos são casados com oficiais, gostaria que vossa senhoria tivesse a mesma coragem em todas as situações, ou seja, fazer pela metade é balela. Mexa nisso, isto é, quem entrou de forma irregular na corporação e tome atitude em relação aos donos de empresa de projeto de segurança, aí eu acredito em vossa excelência, caso contrário, meio verdade não existe, essas atitudes foram só pra jogar pra galera. A gente pode enganar por algum tempo, mas não a vida toda, e dos olhos de Deus ninguém vai passar impune.

    ResponderExcluir
  8. Eu quero ver colocar pra fora quem entrou de forma fraudulenta no CBMERJ. É só pegar os jornais da época com gravação de conversas dos Coronéis De Carvalho e Marangoni. Cel, vossa excelência não que moralizar? Quero ver agora!

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.