domingo, 8 de novembro de 2015

PROJETO NA ALERJ ALTERA ITENS IMPORTANTES DO ESTATUTO DOS BOMBEIROS

Encontra-se na pauta do dia 10 de novembro, próxima terça-feira, para discussão única e votação, mensagem do executivo que recebeu vários aditivos alterando muitos itens que afetam diretamente nossas carreiras e vidas enquanto bombeiros militares.




EMENDAS DE PLENÁRIO, EM REGIME DE URGÊNCIA EM DISCUSSÃO ÚNICA, AO PROJETO DE LEI Nº 262/2015, DE AUTORIA DO PODER EXECUTIVO (MENSAGEM Nº 10/2015).

Aumenta para 30 anos de efetivo serviço o tempo mínimo para a passagem compulsória à inatividade o oficial BM, garantindo-se chegar ao último posto de seu quadro;


MODIFICATIVA Nº 01

Modifica-se o Art. 1º que passa a seguinte redação:
“Art. 1º- Fica modificado o item 1 do incido II e inclui o § 4º no Art. 102 da Lei nº 880, de 25 de julho de 1985 com a seguinte redação: 
“Art. 102(...)
(...)
II- (...)
1- Contarem, no mínimo, 30 (trinta) anos de efetivo serviço.
(...)
a. (...)
§1º.(...)
(...)
§4º - A passagem compulsória para a inatividade garante a promoção imediata ao posto superior ao oficial do CBMERJ que não tenha alcançado o último posto de seu quadro”
Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 08 de abril de 2015.
Deputados PAULO RAMOS, Dr. Sadinoel, Bruno Dauaire.


MODIFICATIVA Nº 02

Modifica-se o artigo 1º que passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 1º- O item 1, bem como o inciso II do art. 102 da Lei nº 880, de 25 de julho de 1985 passam a vigorar com a seguinte redação: 
“Art. 102(...)
(...)
II- se o numero de Oficiais voluntários na forma do inciso I não atingir o total de vagas da quota fixada em cada posto, esse total será completado pelos oficiais que:
1- facultativamente completarem 28 (vinte e oito) anos, ex-ofício contarem, no mínimo, 30 (trinta) anos de efetivo serviço”.
    Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 07 de abril de 2015.
Deputados ZAQUEU TEIXEIRA, Paulo Ramos, Carlos Minc.


MODIFICATIVA Nº 03

Art. 1º - Altera o artigo 1º que passa a ter a seguinte redação: que passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 1º- O item 1, do inciso II do art. 102 da Lei nº 880, de 25 de julho de 1985 passam a vigorar com a seguinte redação: 
“Art. 102(...)
(...)
II- (...)
1- Contarem, no mínimo, com 28 (vinte e oito) anos de efetivo exercício, sendo opcional a aplicação do abono de permanência a ser regulamentado pelo Poder Executivo”.
Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 08 de abril de 2015.
Deputados WANDERSON NOGUEIRA, Jorge Felippe Neto, Dr. Julianelli.



Altera os prazos dos interstício para promoção por tempo de serviço, especificamente para os técnicos de enfermagem, militares da QBMP 06;


ADITIVA Nº 04

Adicione-se um artigo, onde couber, com a seguinte redação:

Art ..... - Adicione-se um artigo a Seção III - Da Promoção da Lei nº 880, de 25 de Julho de 1985, renumerando-se os demais artigos, com a seguinte redação: 
Art. 1° - Fica o tempo de promoção dos Técnicos de Enfermagem do Quadro de Qualificação de Bombeiro Militar Particular - QBMP, fixado em 6 (seis) anos de efetivo exercício prestados à corporação, para promoção de cabo para 3° Sargento, conforme ao do Quadro de Distribuição de Efetivos (QDE) do CBMERJ, estabelecido pelo Decreto nº 43.411/2012, que passa a vigorar com a seguinte redação:

I - Quadro de Saúde - CBMERJ 

TÉCNICO DE ENFERMAGEM 

I- DE CABO PARA 3° SGT- possuir 6 anos de efetivo serviço prestado à Corporação, estando classificado, no mínimo, no comportamento "BOM".

II- DE 3° SGT PARA 2º SGT - possuir 04 (quatro) anos de efetivo serviço prestado à corporação na graduação de 3° Sargento, estando classificado, no mínimo, no comportamento "BOM".

III- DE 2° SGT PARA 1° SGT- possuir 04 (quatro) anos de efetivo serviço prestado à Corporacão na graduação de 2° Sargento, estando classificado, no mínimo, no comportamento "BOM”.

IV- DE 1° SGT PARA SUBTENENTE- possuir 05 (cinco) anos de efetivo serviço prestado à Corporação na graduação de 1° Sargento, estando classificado, no mínimo, no comportamento "BOM".

V- DE SUBTENENTE A 2º TENENTE: Aos militares que por motivo de seu ingresso respectivamente nas graduações de 3° Sargento músicos Estagiários, 3° Sargento Técnico de Emergências Médicas e Cabos Especialistas de Saúde, e outros, possuir 03 (três) anos de efetivo serviço prestado a Corporação na graduação de Subtenente, estando classificado, no mínimo, no comportamento "Bom".

VI- DE 2º TENENTE QDE A 1º TENENTE QDE: que possuir 02 (dois) anos de efetivo serviço prestado a Corporação na graduação de 20 Tenente, estando classificado, no mínimo, no comportamento "BOM".

VIl- DE 1° TENENTE QDE A CAPITÃO QDE: que possuir 02 (dois) anos de efetivo serviço prestado a Corporação na graduação de 1º Tenente QOE, estando classificado, no mínimo, no comportamento "BOM".


Parágrafo Único - Nos casos dos candidatos que ingressarem já graduados na função de 3° sargento técnico de Enfermagem, ao chegar à graduação de Subtenente, atingirá as graduações de 2° Tenente a Capitão assegurando a sua antiguidade com a redução do tempo do efetivo serviço prestado a corporação, diferenciando-se assim das demais graduações inferiores, os candidatos que ingressaram soldados e cabos, preservando a sua antiguidade dentro da corporação conforme rege o Estatuto do CBMERJ. 
Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 08 de Abril de 2015. 
Deputados: ENFERMEIRA REJANE, Carlos Minc, Zaqueu Teixeira



Cria-se a promoção por ressarcimento de preterição quando houver ultrapassagem de um mais moderno a um mais antigo através da promoção por tempo de serviço;

ADITIVA Nº 05

Adicione-se um artigo onde couber, com a seguinte redação:
Art....- Adicione-se um artigo a Seção III – Da Promoção da Lei nº 880, de 25 de Julho de 1985, remunerando-se os demais artigos, com a seguinte redação:

“Art....- Os Bombeiros Militares de qualquer graduação, com exceção dos Subtenentes, que forem ultrapassados por mais moderno, em suas graduações, pelo critério de tempo de serviço, serão promovidos em ressarcimento de preterição, a contar da mesma data dos promovidos pelo tempo de serviço, ficando excedentes sem ocupar vagas, não sendo necessário o cumprimento do tempo mínimo na graduação e serviço arregimentado para a promoção prevista neste artigo.”
Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 08 de abril de 2015.
Deputados ENFERMEIRA REJANE, Carlos Minc, Zaqueu Teixeira.



Fixa o soldo que receberá o militar oficial que for para a inatividade compulsoriamente;

ADITIVA Nº 06

Inclua-se o Art. abaixo onde couber com a seguinte redação:
Art. (...) Fica acrescentado o Art. 102-A na Lei nº 880, de 25 de julho de 1985 com a seguinte redação:
“Art. 102A- O Bombeiro Militar terá direito ao posto ou graduação referente aos proventos que recebe.”
Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 08 de abril de 2015.
Deputados PAULO RAMOS, Dr. Julianelli, Nivaldo Mulim.


Garante o direito à data de promoção do oficial quando não forem comunicados oficialmente para inscrição nos cursos de habilitação


ADITIVA Nº 07

Acrescente-se § 3º, Letra A ao artigo 55:
§3º - Os oficiais, a serviço do Estado, que não foram oficialmente comunicados para inscrição nos cursos de habilitação com vistas à promoção, mesmo que citados no B.O. do CBMERJ, sejam promovidos em preterimento à data em que foram chamados a cursar por direito de antiguidade.
Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 08 de abril de 2015.
Deputados DICA, Thiago Pampolha, Dauaire, Bolsonaro, Dionísio.


SOS BOMBEIROS: Os parlamentares aproveitando o interesse do governo em discutir sobre a passagem compulsória à inatividade dos oficiais, apresentaram uma série de propostas que abrangem a vários seguimentos e interesses dentro da corporação. 

Leia com bastante atenção e contribua com sua opinião.

55 comentários:

  1. Alguém pode informar se a queda de interstício vale pra todos qbms/06 ou só pros técnicos de enfermagem que por um acaso são também qbmp 06.

    ResponderExcluir
  2. Sobre a questão do Interstício existe um erro. O Projeto de Lei cita apenas os Técnicos de Enfermagem, não fazendo referência aos Técnicos em Radiologia e ACDs. É necessário corrigir este equívoco na Terça dia 10/11. Estamos juntos nesta luta (AXE e TeR) e não será agora que vamos abandonar os companheiros de batalha. Avanceeeeee QBMP 06. ALERJ dia 10/11 às 14:30.

    ResponderExcluir
  3. Nesse caso das promoções a 2° a Tenente as outras QBMs não citadas não serão promovidos ou esse termo outros os inclui também?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é ficou uma duvida , bem apreciada pelo colega das 17:41 ( E OUTROS ) SERÁ TODAS AS QBMP??? OU NÃO? ESPERO QUE SEJA TODOS ,POIS QUEM SALVA VIDAS ,TEM MENOS VALOR DE QUEM TOCA , PRATO,GAITA,VIOLÃO ETC

      Excluir
    2. Então VC acha que o músico TB não salva vidas??a qbmp só distingue a especialidade e não a profissão de bombeiro militar,pois todos fazem o mesmo curso de bombeiro quando entram,e existem vários exemplos de colegas músicos que participaram de salvamentos na época das enxurradas,e foram voluntários para isso,então procure pesquisar mais antes de ir dando sua opinião OK?

      Excluir
  4. Sou qbmp 06 estarei lá

    ResponderExcluir
  5. Inclua se nestas emendas de quebra de interticio a qbmp 04 músico, igualdades para todos os especialistas

    ResponderExcluir
  6. O Governo deveria aproveitar a pauta , e aumentar o tempo de serviço para 35 anos para todo CBMERJ E PMERJ.

    ResponderExcluir
  7. O Governo deveria aproveitar a pauta , e aumentar o tempo de serviço para 35 anos para todo CBMERJ E PMERJ.

    ResponderExcluir
  8. Não tem nada certo, se alguém está se sentindo desfavorecido nesses projetos de lei, avancem p Alerj dia 10/11 as 14h de blusa vermelha descaracterizada, todas as QBMPs pois são vários temas abordados q beneficiam muitos BMs. Todos têm que comparecer não tenham medo pois não é motim pois não estamos fazendo greve e tão pouco nos reunido p falar mal do governo e nem do comando e sim para dialogar com o legislativo para que o benefício proposto venha beneficiar a Todos. A porta está aberta a oportunidade é agora, não vamos esperar ele fechar na nossa cara. JSF

    ResponderExcluir
  9. A massa da QBMP 06 se fará presente na ALERJ no dia 10 às 14:00 ...todos de camisa vermelha !!! Temos que mostrar nossa força e nosso interesse em melhorias pra nossa categoria !!! JSF QBMP 06 !!! Vamos lotar a ALERJ !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa categoria, só existe na corporação qbmp 06 agora não que as reivindicações não sejam justas no critério de promoção, mas ser promovido a oficial por tempo de serviço tem que abranger a todos na corporação somos todos bombeiros.

      Excluir
  10. O cfs 2011 não terá direito a preterição? Precisamos de socorro urgente.

    ResponderExcluir
  11. Essa norma vale para os motoristas também pois somos especialistas tambem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Condição para entrar na corporação é que todos tenham carteira de motorista. Claro uns D, outro B.
      Não é requesito que o candidato entre com curso de direção defensiva ou algo similar, tão pouco que o mesmo, fique 2 ou 3 anos em curso TÉCNICO de formação.
      Por tanto amigo, você não é especialista, me desculpe!

      Excluir
    2. Caro amigo Anônimo8 de novembro de 2015 21:50. Você não é especialista, é qualificado (qbmp) como todos no cbmerj. Quer ser especialista vai fazer um curso.

      Excluir
  12. Todos que estiveram lá na alerj tem q tomar uma coça, eu vou. Pra Praiá

    ResponderExcluir
  13. Vem, QOA!!!!
    A escala está apertada e tem muita missão nas seções dos GBM's. Vem ver como a vida de oficial QOC é uma frouxura de dar gosto!

    ResponderExcluir
  14. 35 anos????? Vc é um daqueles que não deve ter amor à sua família e nem a si próprio.

    ResponderExcluir
  15. Entrei com especialidade ( motorista ). Então também valerá para nossa ESPECIALIDADE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Motorista não é especialidade!!!!!

      Excluir
  16. Aditiva número sete é para atender única e exclusivamente a mulher do Dica que está fora do CBMERJ, melhor, nunca foi Bombeira e não lê o Boletim, que aliás é obrigação... Conclusão: perdeu a convocação para o CÃO... Agora o Diretor da DGP ou o Cmt da ESCBM servirão também de babá de oficial... Lamentável... Muito lamentável....

    ResponderExcluir
  17. E o aumento da idade para o CHOAE??? Ninguém fala nessa P.... cadê a PL 33

    ResponderExcluir
  18. Ainda que algumas demandas mereçam realmente ser analisadas, vejo com muita preocupação essa corrida aos deputados para aprovar medidas pontuais, que atendam especificamente uma ou outra graduação, um ou outro posto, QBMP ou quadro. Estão sindicalizando o CBMERJ, permitindo ou estimulando nos deputados usar politicamente o BM, que tem raciocinio curto e não percebe o quão danoso esse recurso causará a longo prazo. Serão 15.000 homens divididos em facções, brigando entre si, pra atender exclusivamente aos seus interesses.

    ResponderExcluir
  19. Ah ta qbm6 pode?? Fez CFC? E os outros que fizeram CFC??? So o capa preta mesmo !!!

    ResponderExcluir
  20. Vamos toda qbm 06 lotar a Alerj de blusa vermelha descaracterizada as 14h. Vamos mostra nossa força é agora ou nunca. JSF

    ResponderExcluir
  21. Na moral...cadê os benefícios para os 00, 01 e 02? Só 06 que corre no quartel? Vai em cpo grande, realengo e campinho...o suor de sangue que é. Estão fazendo só metade do que deveria

    ResponderExcluir
  22. Acho que houve um equívoco do site do SOS bombeiros nessa publicação , pois o projeto de lei da Deputada enfermeira Rejane , propõe um equilíbrio nas promoções de praças do CBMERJ e PMERJ ,pede-se que promova todos os cabos com 6 anos de serviço efetivo na graduação , sem distinção de QBMP. Acho que o SOS esqueceu de todos os outro cabos que fizeram o CFC , pois eu li o toda a proposta desse projeto de lei da deputada !!!

    ResponderExcluir
  23. Então quem entra praça na corporacão pela área de saúde ira se aposentar como capitão por tempo de serviço, e o os demais praças da corporação irão se aposentar como subten sem um posto acima. Muito legal isso, depois dizem que o cbmerj é um corpo.

    ResponderExcluir
  24. Parem de brigar por promoções. Briguem por salário justo. Prefiro ser soldado de Brasília ganhando 7.300 do que tenente ganhando 5.000. Enquanto brigarmos entre si, sempre estaremos na M....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ================$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ ++++++ AMIGO EU CONCORDO COM VOCE TEMOS QUER BRIGAR E POR PISO NACIONAL E QUALIDADE DE VIDA E DIGNIDADE APOIA O MOVIMENTO SOSBOMBEIRO MAIS JUNTOS CONS OFICIAIS E OS PRAÇAS DESUNIDOS PROMOÇOES E BOM MAIS OS SALARIOS IGUAL DE BRASILIA SERIA MUITOR MELHOR ACORDEM SEUS DESUNIDOS NAO PODEMOS VIVER DE MIGUALHAS E ESMOLAS DESSAS GRATIFICAÇOES DE 100 CEM CONTO DE PROG RAES....FORA ESSAS MIZERIAS DO GOVERNO PE GRANDE ESSAS PORCARIA NAO CONTA PARA APOSENTADORIA.......ACORDEM BOMBEIRADA......SE UNA JA JA ..PRA CIM DESSES DITADORES <<COVARDES PAU MANDADOS DO PMDB DO PEZAO....

      Excluir
  25. Estamos esquecendo que o corpo de bombeiros foi criado para extinção de incêndio. a principio todas as outras Qbms surgiram depois estamos sendo divididos para sermos conquistados abram os olhos, se juntos somos fortes porque separar?






    ResponderExcluir
  26. Só tem gente querendo se dar bem. Agora qbm 6 vai ser promovido mais rápido?
    Dividir para conquistar.
    é isso aí!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão,não está errado quando diz:Dividir para conquistar!!!Deixem os qbmp 6 em paz,buscarem seus direitos e não queira atrasar,espere os mesmos serem promovidos,ai sim,combatentes,Gmar e todos que se sentirem prejudicados,façam iguais a eles,reuniões com o Vereador Márcio Garcia e depois lotem a Alerj.Dividir,são aqueles que reclamam até quando pessoas lutam pelo seus espaços,lutem pelos seus.e parem de criticar ou desunir,abraço,por um Combatente.

      Excluir
  27. É muita falta de respeito, do autor desse projeto, com a corporação. Querer beneficiar apenas um grupo e ainda convocar os demais esquecidos companheiros para apoiar essa pouca vergonha é lamentável.

    ResponderExcluir
  28. A verdade e uma só o corpo de bombeiros não e mais um corpo se partiu parem com essa briguinha de promoção corram atrás de aumento para todos isso sim e dignidade

    ResponderExcluir
  29. E COMO FICAM OS QBMP 6 ANTIGOS?? NÃO SÃO PROMOVIDOS POR CAUSA DA IDADE PARA O CHOAE??

    ResponderExcluir
  30. Fora dima fora pezao fora pt 25anos seria o certo para aposentadoria dos policias e bombeiros militares trabalhamos com periculosidade e salubridade . Subten Deus é fiel e vai fazer justiça contra a corrupçào no Brasil agindo Deus quem impedirá.

    ResponderExcluir
  31. Vocês acham que isso irá ser aprovado ?
    Entra CABO e sai CAPITÃO !
    Se acabou com a preterição que beneficiária as turmas B e C do CFS/2011 e agora esse projeto que dara preterição a qualquer um e ainda de quebra baixará o interstício para promoções dos qbm's 06.
    Isso tudo é balela...
    Nada contra aoa nobres colegas técnicos em enfermagem ou radiologista, isso só serve pra se gerar uma espectativa e nada mais.
    Se o pessoal diz que as promoções sairam do controle...imagina se isso for aprovado.
    Não se iludão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo c vc, mas e iportante ressaltar que os deputados estao tentando legislar a cerca d inevitavel: o reconhecimento judicial dos direitos de todos os militares cursados que foram ultrapassados injustamente p mais modernos.
      Infelizmente, parte dos oficiais, especialmente os ligados ao cmdo, sao despreparados intelectualmente e cometem essas tolices q serao facilmente revertidas na justiça. Eles, os trapalhoes, sao alvo d escarnio todos os dias pelas aberraçoes juridicas que cometem. Eles sao zombados pelos calouros d faculdades até hj. Por isso, firma, q o seu direito será reconhecido e os trapalhoes Senranicos darao mais um tiro no pé kkkkkkk...e reconhecerao cada um dos seus direitos.

      Excluir
  32. COM ESSA CRISE DO ESTADO ELES VÃO DAR ALGUMA COISA GENTE REFLITA CAIA NA REALIDADE .

    ResponderExcluir
  33. A postagem das 11:14 está correta, o projeto inicial era promover à graduação de 3 sargento todo cabo com seis anos de efetivo serviço na graduação. Agora estão falando exclusivamente dos 06. Também concordo que esse projeto não seja o melhor para a instituição, a lei tem que servir para justiça e não desagregar.

    ResponderExcluir
  34. ACHO JUSTO A QBM6 SER PROMOVIDA COM 6 ANOS NA GRADUAÇÃO. OFICIALATO APENAS NA ACADEMIA OU CHOAE. OS CB DO CFC DE 2010 ENTRAM NESSA PROMOÇÃO DE 6 ANOS. FOI UM COVARDIA ABRIREM POUCAS VAGAS NO CFS DE 2013. VAMOS LUTAR SOBRE ESSE TEMA!

    ResponderExcluir
  35. O grande problema é que ao invés de correrem atrás de benefícios pra si,preferem ficar criticando os que correm atrás e pelo menos encontram uma esperança. Se unam as outras QBMP e corram atrás de um projeto de lei.
    Sempre fomos discriminados pela fileira,mas não há de se negar que a nossa carga horária, e de trabalho intenso,24 hrs na rua,ao contrário das outras qbms que ficam a maior parte do serviço aquartelada.
    Corram atrás tb. Não sei se aprovarao a mudança, mas corremos atrás e uma pessoa sem fé é como um quadro sem moldura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um correr pra si? Vc acha que qbmp 6 conseguiu algo sem a ajuda dos outros? Tá errado mesmo, beneficiar parte da tropa por este ser técnico de enfermagem? Cabo é cabo e ponto final. Eu tbm quero entrar cabo e terminar cap...pq só os 06? Está claro que isso é briga de classe e que é uma ilusão. Os 00, 01, 02 e 10 (pilares desta corporação) não podemos ser esquecidos. Não esqueçam dos 02 que dirigem a samu pra vcs trabalharem. Essa proposta é absurda e desvia o foco que seria a melhoria salarial.

      Excluir
    2. É mesmo difícil ver qbm 06 no quartel, trabalham até de taxista, psicólogo e etc... O cogs tá mandando avançar pra tudo.

      Excluir
  36. Como fica para o BM que tem o curso técnico de enfermagem que pertence a qbm6 mais queira mudar de qbm?

    ResponderExcluir
  37. Totalmente,incorreto essa lei descliminatória.

    ResponderExcluir
  38. Como fica aqueles BM que tem o corso técnico de enfermagem,eles podem mudar de qbm?

    ResponderExcluir
  39. Qualquer mudança só vira pela política, pq nos ouvir e fazer valer o desejo da tropa, não é de interesse do estado, acho válido nos a pegarmos aos deputados ou outros políticos em prol da nossa corporação, desde que favoreça a todos e não só a uma parte ou outra.

    ResponderExcluir
  40. Acabem com todas as qbmp e todos serão combatentes,com as suas especialidades é um bom salário,o mesmo salário,para todos,tendo como diferença a antiguidade por tempo de serviço prestado dentro do CBMERJ e não fora dele. Quanto aos Oficiasi também. Ninguém fura ninguém para promoção,pois não existe super homem que justifique ultrapassar o outro.isso pra começar .

    ResponderExcluir
  41. Art. 5º – Acrescente-se o art. 55-A à Lei nº 880, de 25 de Julho de 1985, com a seguinte redação:
    “Art. 55-A - Por decreto, o governo proporá o reescalonamento visando a diminuição do interstício na promoção por tempo de serviço para os militares do quadro de Bombeiro Militar Profissional 6 (QBMP/6), desde que chegue a subtenente com 25 (vinte e cinco) anos de efetivos serviços prestados ao CBMERJ.”

    Art. 6º - Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogados o inciso IV do art. 29 do Decreto-Lei nº 176, de 09 de julho de 1975 e o item 2, do inciso II, do caput, da Lei nº 880, de 25 de Julho de 1985.
    Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, em 10 de novembro de 2015.

    DEPUTADO JORGE PICCIANI
    Presidente

    ResponderExcluir
  42. " Nos casos dos candidatos que ingressarem já graduados na função de 3° sargento técnico de Enfermagem, ao chegar à graduação de Subtenente, atingirá as graduações de 2° Tenente a Capitão assegurando a sua antiguidade com a redução do tempo do efetivo serviço prestado a corporação," Não só os que entraram 3° Sgt, bem como os da QBMP 11, independente de terem entrado 3° sargento ou fizeram curso e mudaram para a QBMP11. São todos Técnicos em Emergências médicas.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.