domingo, 7 de fevereiro de 2016

CADÊ O SALARIO DO SERVIDOR?! PEZÃO!!!

Governo do Estado é intimado pelo STF a explicar atrasos na folha




A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu explicações ao governo do estado, em até dez dias úteis após sua intimação, sobre os atrasos de pagamento dos servidores públicos. O despacho foi feito sobre o pedido de extensão do mandado de segurança apresentado pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), em dezembro, para garantir o recebimento do duodécimo constitucional — dinheiro do orçamento destinado ao Judiciário — em janeiro. 

O caso, agora, pode ganhar novos contornos, pois a ministra questionou os problemas em pagar, além do Judiciário, o restante do funcionalismo estadual, aumentando o âmbito sobre uma nova decisão. No fim de janeiro, o governador Luiz Fernando Pezão pediu ajuda ao TJ-RJ para pagar os salários dos funcionários daquela Corte, o que não foi aceito.
Fonte: Extra Online

SOS BOMBEIROS: Sétimo dia do mês de fevereiro, e a maioria esmagadora dos servidores estaduais (segurança pública, saúde, educação, transporte...) não viu sequer a cor do dinheiro em suas contas. Estamos passando esse carnaval "durango kid". Isso é um esculacho!!!

A princípio, se não houver nenhum imprevisto, depois da quarta-feira de cinzas, lá pela quinta-feira, dia 11, ao longo da manhã, praticamente meio do mês, poderá chegar na sua conta o salário; para daí então, sair igual a um doido tentando acertar o que já atrasou, negociar os descontos que teria se tivesse pago no início do mês, e não perder muito para os juros das contas que já venceram.

Cabral... Pezão... Picciani... Eduardo Paes... Pedro Paulo... Dilma... Lula... Eduardo Cunha... Michel Temer... e tantos outros. Que aprendamos com essa lição. 

22 comentários:

  1. Companheiro e tantos outros que tem externado opinião parecida. Escadaria da ALERJ não é para pressionar Pezão, mas sim aos deputados que tem o poder de votar contra todas essas medidas escabrosas deste desgovernador. Entendam gente, o deputado, mesmo o da base do governo, se colocado contra a parede, ficará do lado da onde está o seu voto e não de um governo impopular. Outro aspecto é que juntos na escadaria temos dimensão do engajamento das categorias, até porque guerreiro virtual temos milhões, haja vista em nosso meio. Portanto estar presente na escadaria é muito melhor do que possa parecer. Além de lá podermos decidir um passo em conjunto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah!!! Q legal seu anônimo

      Excluir
    2. Essa LUTA por melhores condições de trabalho e salário , só vão surtir efeito, quando as lideranças "PARAR" de convocar as pessoas pela mídia (internet ) . Convocar as pessoas pessoalmente para Discussão , ,reunião e opinião, é e sempre será a melhor maneira para conquistar alguma coisa.

      Excluir
  2. O objetivo tem que ser voltado para todos e não querer se alto promover igual ao Mesak e depois achar que vai ser eleito.Ninguém E eleito quando age para si.Acorda MESAK QUEM não te conhece que te compre.

    ResponderExcluir
  3. OK amigo vc acha válido + oque precisamos é tirar esse cara e devemos ser mais objetivos em nossas organizações greve geral e impeachment desse covarde só assim o governo arbitrário e certos coronéis covardes vão temer e nos respeitar OK

    ResponderExcluir
  4. O QUE NÃO PODE ATRAZAR É O PRÓPRIO SALÁRIO DO GOVERNADOR PEZÃO, OS DEMAIS ESPERAM. O QUE ESTÁ ACONTECENDO CONTRA O FUNCIONALISMO DO RJ É SIMPLISMENTE ABUSO DE PODER POR PARTE DO GOVERNADOR PEZÃO, OU SEJA ELE FAZ O QUE QUER, E O QUE NÃO QUER COM OS FUNCIONÁRIOS DO RJ. E DIRETAMENTE NINGUÉM FAZ RIGOROSAMENTE NADA A NOSSO FAVOR, E FICA TUDO POR ISTO MESMO. TODOS VAM NA MÍDIA DIZENDO QUE VAM FAZER ISTO OU AQUILO MAIS ATÉ AGORA DECISÃO QUE É BOM NADA.E COM ISTO O GOVERNADOR PEZÃO VAI FAZENDO O QUE QUER COM OS FUNCIONÁRIOS DO RJ.

    ResponderExcluir
  5. ONDE ESTÃO A ASSINAP, E AS DEMAIS ASSOCIAÇÕES DAS PRAÇAS DAS PMS E BMS PARA NOS DEFENDER, ONDE ESTÃO AS RÊDES DE ADVOGADOS. E AS PRAÇAS AINDA FICAM SE ILUDINDO COM ASSOCIAÇÕES, LEVAM DINHEIROS DAS PRAÇAS MENSALMENTE E NÃO FAZEM RIGOROSAMENTE NADA VEZES NADA. BÔBO E BURRO É QUEM SE ASSOCIAM PARA ESTES ORGÃOS É UM DINHEIRO MANSAL SEM RETORNO.

    ResponderExcluir
  6. Entrem no you tube e procurem a TV alerj e vejam os discursos do dia 3 último. Até os deputados da oposição dizem que o gov vai aprovar tudo. Só o Senhor JESUS para nos livrar.

    ResponderExcluir
  7. Cadê meu Proeibm de nov e dez. Não quero mais isso nunca mais. Fora Proeibm.

    ResponderExcluir
  8. Ainda bem que por cautela praticamente todas as minhas contas vencem por volta do dia 15 de cada mês !! Eu já imaginava que iriam começar os problemas com nossos pagamentos !! E se querem um conselho de amigo comecem desde já a fazer uma economia pois depois das olimpíadas só DEUS sabe o que vai acontecer !!

    ResponderExcluir
  9. O correto seria o funcionalismo público e o povo não deixar acontecer Olimpíadas nenhuma!!!

    ResponderExcluir
  10. AOS SENHORES DEPUTADOS DA ALERJ DEFENDER OS FUNCIONALISMOS ESTADUAL DO RJ SÓ NA LÍNGUA NÃO ADIANTA NADA, NOS FUNCIONÁRIOS DO RJ QUEREMOS VER AÇÃO, QUEREMOS VER DECRETOS ASSINADOS AO NOSSO FAVOR E SEREM APROVADOS PELA ALERJ POR TODOS OS DEPUTADOS. AI SIM SABEREMOS QUE ESTÁ SENDO FEITO JUSTIÇA A FAVOR DOS FUNCIONÁRIOS ESTADUAL DO RJ. DO CONTRÁRIO IREMOS CONTINUAR CRENDO QUE TODOS OS DEPUTADOS ESTÃO A FAVOR DAS INJUSTIÇAS QUE O GOVERNADOR PEZÃO VEM FAZENDO CONTRA OS FUNCIONÁRIOS DO RJ.

    ResponderExcluir
  11. Greve geral depois vai ser tarde demais tem que ser agora antes das olimpíadas


    ResponderExcluir
  12. Se não formos objetivos no que queremos, eles vão cagar mole para passeata, tem que sentar e colocar esse pézão para responder por improbidade administrativo, crime de responsabilidade e impetrar requerimento sobre o impeachment desse malfeitor.

    ResponderExcluir
  13. Só vejo blá, blá,blá, so pensando em campanha eletiva, vamos fazer igual no passado nós unir, só assim vamos ter resultados,ganhar alguma coisa.

    ResponderExcluir
  14. Para que aquela pressa para votarem o empréstimo de 1bilhão, pensei que o pagamento sairia na quinta, só conversa o judiciário conseguiu liberar o seu e restantes que se f... Mas pelo menos alguém fez alguma coisa contra esse desgoverno, pensam para a quadrilha do PMDB devolverem o que foi desviado do estado. So assim fechará as contas

    ResponderExcluir
  15. Cadê o congresso à nosso favor e o daciolo alguém sabe notícias desse mau caráter???????????????????????

    ResponderExcluir
  16. Esse movimento nao me parece serio.Marca pra dis 2 de março a reapresentaçao não pode sério.Tinha que ser agora no carnaval afinal de contas"quem tem fome tem pressa"

    ResponderExcluir
  17. EM MARÇO ESTAREMOS TODOS JUNTOS NOVAMENTE NA ALERJ PARA PELO MENOS TIRAR ESSE SENHOR DO GOVERNO ,,,,,,,,,,,,,

    ResponderExcluir
  18. Não importa quem esteja a frente do comando ; mas sim quem toma a decisão certa , o apoio da populaçâo foi importante aos bombeiros , mas agora o momento é outro. Com certeza estamos mais fortes numa paralização para as olimpíadas , seria vexatório para o governo

    ResponderExcluir
  19. Cade o falso profeta?
    Levou meu voto e esta com salario em dia...nao precisa mais de nós

    ResponderExcluir
  20. O Sr. Julio Bueno, Secretário de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro, liberou hoje pagamento para uma carreira do poder executivo (Procuradores do Estado) .... e todos os demais funcionários não vão receber!!!
    Isso ​é injusto para com todos as outras carreiras, mas principalmente com os que ganham menos!!! A palavra que exprime a atual situação ​é INSUSTENTÁVEL!!!!​ DIVULGUEM!!!!

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.