quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

PEZÃO NÃO CONVENCE MAIS UMA VEZ, E NÃO PROSPERA EM SEUS INTENTOS

Deputados rejeitam, por unanimidade, projeto de Pezão que extinguia a Suderj e seis fundações




O governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) sofreu sua primeira derrota no pacote de projetos espinhosos que enviou para a Assembleia do Rio. Em sessão extraordinária, na tarde desta terça-feira (23), os deputados rejeitaram, por unanimidade, a proposta de extinção da Suderj e de seis fundações.

Com a renúncia da matéria, ficam mantidas: a autarquia Superintendência de Desportos do Estado do Rio (Suderj); e as fundações Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos (Ceperj); Fundação para a Infância e Adolescência (FIA); Fundação Santa Cabrini; Fundação Anita Mantuano de Artes (Funarj); Fundação Museu da Imagem e do Som (MIS); e Fundação Instituto de Pesca do Estado (Fiperj).

Na abertura do ano legislativo, Pezão defendeu a extinção afirmando que o estado economizaria R$ 88 milhões com a extinção das fundações. Depois, mudou o discurso e disse que o alívio aos cofres públicos seria de R$ 500 milhões.

Os deputados não engoliram a justificativa e barraram a proposta. Em seguida, como acordado, mais cedo, no colégio de líderes, contrariam mais uma vez o governador. Reduziram em R$ 85 milhões a isenção fiscal para a Light investir no fornecimento temporario de energia para os Jogos Olímpicos. Pela proposta inicial do Executivo, o benefício seria de R$ 170 milhões.
Fonte: Extra Online


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.