terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

SE MEU FUSCA FALASSE...!

MAIS SOBRE O FAMIGERADO CASO DE REFORMA DE VEÍCULO PARTICULAR EM OFICINA DO CBMERJ:

CBA IV - NORTE NOROESTE

“ Uma imagem vale mais que mil palavras ”

            Sr. Cel. Douglas, ainda se tratando de fato já veiculado neste importante canal, chegou ao nosso conhecimento que vossa senhoria, instaurou processo apuratório para investigar o ocorrido com o Veículo, Volkswagen, Fusca, Placa KTV - 9264, deixado pelo Sr Major BM Guijarro, nas dependências do Quartel de Manutenção motomecanizada pertencente ao CBA-lV Norte/Noroeste, na ocasião comandado por esse “eminente” Oficial. Mostrando que nossa luta não é contra o oficialato, gostaríamos de colaborar com essa importante empreitada, disponibilizando algumas imagens que com certeza contribuirão para elucidação do fato.




Na primeira, visualizamos com clareza o referido veículo parqueado ao lado da VTR ACM – 014, pertencente a este CBA, portanto, o mesmo se encontrava no pátio da referida OBM, foto esta, que inclusive nos mostra a placa desse veículo e um dos pneus avariados.




Na segunda, tão importante quanto à primeira, visualizamos o registro da Praça permanência (SubTen) na referida OBM, com data de 29 de Dezembro de 2015, onde, segundo tal apontamento, ocorrera a entrada e parqueamento do mencionado veículo, mediante autorização do Cap BM RR Silva Gomes.




Na terceira e última, podemos ver também o registro de outra Praça permanência, com data de 08 de Janeiro, também do ano corrente, registrando a saída da VTR - AR, Nissan Frontier, Placa JJE - 0311, por volta de 14:30h, conduzindo o onipresente Cap BM RR Silva Gomes, juntamente com os  pneus avariados do veiculo mencionado, a fim de serem reparados em local ignorado por esta redação, regressando por volta de 17:30h, quando os pneus já reparados foram reinstalados no retromencionado veículo, ocasião em que esse veículo deixou aquela OBM, tendo aos comandos, o onipresente Cap BM RR Silva Gomes.

              Sr. Cel Douglas, embora o Senhor tenha nos agraciado com o júbilo de  sua saída, o que ocorreu no dia 01 de Fevereiro último, com direito a show pirotécnico de fazer inveja a qualquer chefe de estado, algumas perguntas, por nos parecerem óbvias, serão direcionadas ao Comandante de Área daquela ocasião. Esse veículo permaneceu por longo período nas dependências daquela unidade? Teria o mesmo sido manutenido naquele local? O Cap BM RR Silva Gomes, segundo vários apontamentos no Livro de Registro da Praça Permanência da OBM em questão, seria o Oficial que autorizara a entrada, parqueamento e também o reparo dos pneus do mencionado veículo, utilizando recursos públicos ( VTR - AR )?.  Tal comportamento, se comprovado, teria sido pautado pela legalidade? Esses pneus foram reparados? Na iniciativa privada? Se foram, quem pagou a conta? E foram reinstalados no veículo? Se foram? Qual a “mão de obra” utilizada?.  




Vejamos o que estabelece a Lei nº 8.429 de 02 de Junho de 1992:

Dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional e dá outras providências
... Art. 9° Constitui ato de improbidade administrativa importando enriquecimento ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas no art. 1° desta lei, e notadamente:
... IV - utilizar, em obra ou serviço particular, veículos, máquinas, equipamentos ou material de qualquer natureza, de propriedade ou à disposição de qualquer das entidades mencionadas no art. 1° desta lei, bem como o trabalho de servidores públicos, empregados ou terceiros contratados por essas entidades;
... Art. 12. Independentemente das sanções penais, civis e administrativas previstas na legislação específica, está o responsável pelo ato de improbidade sujeito às seguintes cominações, que podem ser aplicadas isolada ou cumulativamente, de acordo com a gravidade do fato:
  I - na hipótese do art. 9°, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ressarcimento integral do dano, quando houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos, pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos;   

            Coronel Douglas, em nome da Transparência, imparcialidade e impessoalidade, princípios basilares da Administração Pública, temos a certeza que nossa colaboração será reconhecida por vós no transcurso da apuração.

           
            

23 comentários:

  1. Em vez de cel, Maj e Cap, ponham um sub ten um Sgt e um CB. O resultado do processo seria curto e grosso: "RUA"!

    ResponderExcluir
  2. Lembrando que esse caso foi denunciado ao Ministério Público. JSF

    ResponderExcluir
  3. ELES USAM O CBMERJ COMO SE FOSSE A EXTENSÃO DO QUINTAL DE CASA, NÃO É O UNICO E NEM SERA O ULTIMO CASO DESSE TIPO. OS CORONEIS USAM OS ARs COM A DESCULPA DE QUE É OPERACIONAL E BLA BLA BLA BLA, QUANDO NA VERDADE SABEMOS PRA O QUE SERVE: LEVAR A MULHER NO SHOPING, MANICURE, PADARIA, MERCADO, SACOLÃO, ACADEMIA, PEGAR O PERSONAL, LEVAR O PERSONAL, PEGAR O PERSONAL DE NOVO, PEGAR A PEGUET, LEVAR A PEGUET, LEVAR OS FILHOS NA CRECHE, PEGAR NA CRECHE, UFAAAA QUANTO OPERACIONALIDADE BOMBEIRISTICA!!! ESSE FOI PEGO, MAS OS OUTROS FAZEM E NÃO SÃO ESCRACHADOS! JSF

    ResponderExcluir
  4. E por falar em, Não da EM NADA, a sindicancia da major carla, de Ramos, ein? pelos fantasma na escala, 4 x 1.500,00 da 6.000,00 + 10.540,00 de salario + gratificação de comando 2.100,00 dá um bom salario por mes e ela so vai duas vezes por semana ao quartel. Comida uma M...... escala apertada, muitas funções e poucos bms, porque a OBRA tem muitos fora da escala!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKK ELA É PEIXE DO ALCANTARA, NAO DA NADA MESMO!!! ESQUECE! ESTAO LARGADOS! CHUPA QUE É DE UVA

      Excluir
    2. Ela, a major, não foi afastada? se fosse praça era afastado e punido, pra depois ve se era culpado! tambem com o MALANDRÃO no comando, logico que não vai da em nada, nada mudou!!!

      Excluir
  5. É Coronel, e ainda tem gente que diz que és honesto e justo, mostre aí sua justiça, pegue os responsáveis pela estada desse veículo no interior da oficina do cbmerj.

    ResponderExcluir
  6. E aí douglete,segura que é sua...rsrsrs.
    No carnaval desse ano saiu de índia?

    ResponderExcluir
  7. Esse carro tá no nome do pai do major. Pode consultarem a placa. E ingraçado que esse mesmo major já arrumou problema com a reforma desse fusca com um soldado anos atrás. Não é a primeira vez que isso aconteceu. Isso aconteceu na casa de um parente dele em Itaocara e esse soldado reformando o fusca.

    ResponderExcluir
  8. EM PÁDUA O CMT DO DBM CAPITÃO OTÁVIO LUIZ UTILIZA UMA VAN ONDE CABEM 15 PESSOAS PARA O SEU DESLOCAMENTO PARA O DBM E NINGUÉM FALA NADA PORQUE ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passarinho verde me contou que o quartel de Pádua tá chegando o momento de glória, confiem. Otávio Luiz vai deixar vcs em paz. Pergunto aos senhores. Coronel fardado paga passagem? Mensagem subliminar... Rsrsrs

      Excluir
    2. Olha um indício de um possível crime aí. Será que este capitão tem a C.N.H. específica para dirigir uma van.
      Consultando a C.N.H. do mesmo descobri que não.
      MP nele.
      http://www.mprj.mp.br/cidadao/ouvidoria/faca-sua-comunicacao-aqui

      Excluir
    3. Este é um fato muito grave, pois a utilização de um veículo deste como VTR administrativa, já é uma transgressão no CBMERJ, fora o crime na Justiça. Sem contar o enorme gasto e prejuízo para o Estado, tudo para os caprichos de uma pessoa.
      Fato este que levarei ao Ministério Público aqui em Itaperuna.

      Excluir
  9. Crime? Que crime? Dirigir veículo sem ser habilitado para tal é infração de trânsito somente...
    Se tá usando a van para se locomover por falta de vtr administrativa que deve ser revisto. Amigo, não diga besteira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo você deveria se instruir um pouco mais , essa regra vale para o publico civil e não para um militar em uma viatura militar tendo ciência que não poderia faze-lo.
      E no tocante a viatura se não houver viatura ele pode pegar um ABS então para se locomover?

      Excluir
    2. EM QUE LUGAR ESTA ESCRITO ISSO SE O OFICIAL NAO TEM CARTEIRA (D) NAO PODE ESTA NA DIREÇAO DA VAN............................................B Condutor de veículos, cujo peso bruto total não exceda a três mil e quinhentos quilogramas ou cuja lotação não exceda a 08 (oito) lugares, excluído o do motorista; contemplando a combinação de unidade acoplada reboque, desde que a soma dos dois não ultrapasse 3500 KG.
      Ex.: Automóvel, caminhonete, camioneta, utilitário. D Condutor de veículos, utilizados no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a 08 passageiros, excluindo o motorista.
      Todos os veículos abrangidos nas categorias "B" e "C".
      Ex: Microônibus, Ônibus. Conf. Art. 143 do CTB e Res. 168 do CONTRAN anexo I

      Excluir
  10. Uma coisa é certa, se não houver puxa-saco para consertar o automóvel eles NÃO trazem!

    ResponderExcluir
  11. BOMBEIROS DE PÁDUA PEDEM SOCORRO , CORONEL FIRMINO FAÇA ALGUMA COISA POR NÓS POR FAVOR OU TERÁ PROBLEMAS NO DBM NÃO VAI DEMORAR MUITO NINGUÉM AGUENTA MAIS.

    ResponderExcluir
  12. Coronel ficam rico fácil fácil !!!

    ResponderExcluir
  13. E é a primeira vez? e carro de cunhado, amante e outros achegados pode? Um "fusca", tá muito barato. Quer que rasgue mesmo? tem prá cima, mas também tem prá baixo. E combustível prá "defesa civil" pode? E falar no fornecedor, na padaria, no açougue que é pro quartel e levar prá casa pode, sem o cmdte saber de nada pode? E fazer obra em casa com os pedreiro do quartel dizendo que foi o cmdte que mandou pode? Vamo botar tudo no preto e no branco???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo anônimo das 12 horas do dia 23...Faça sua denúncia no MP e apresente prova,se não tiver o feitiço vira contra vc.
      Esteja embasado,vc tem que ter base no quis,caso contrário fica o dito pelo não dito.
      Em tempo:Para o amigo das 15:40 do dia 23,vc que deve se instruir mais seu jaca. CTB é pra civil e militar,portanto se comprovar o oficial somente cometeu infração de trânsito e não crime,e ninguém tá falando que deveria usar vtr de socorro,somente administrativa. E a vtr V4 não é de SOCORRO, preste atenção antes de falar aneira. Se o oficial tá errando, que seja punido, agora injustiça NÃO

      Excluir
  14. Amigos a apuração sobre esse caso, foi reaberta em virtude da publicação dessa matéria. JSF

    ResponderExcluir
  15. Coitado desse Major as historinhas sobre ele vao alem quem nao se lembra dele furtando gasolina do estado no dbm que ele comandou agora e santo mas ja fez muita merda agora vai a tencel e vao mais uma vez deixar de lado as barbaridades que ele faz vamos la galera vamos contar os podres porque esse ai e mais sujo que pau de galinheiro

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.