terça-feira, 8 de março de 2016

Até o presente momento Estado não garante pagamento de servidores, que seria amanhã

Crise: Estado não garante pagamento dos servidores amanhã(09)
Será o terceiro mês consecutivo que o salário dos funcionários sofrerá atraso




Rio - A Secretaria Estadual da Fazenda informou que não garante o pagamento dos servidores que está previsto para o dia 9, nesta quarta-feira. Segundo a assessoria, o órgão está se esforçando para garantir o pagamento dos salários dos servidores ativos, inativos e pensionistas na data estipulada. O valor da folha de pagamento é de cerca de R$ 1,8 bilhão.

Desde o final do ano passado o Governador do Rio Luiz Fernando Pezão fez várias mudanças no calendário dos servidores para que o pagamento possa ser efetuado. O novo prazo é até o sétimo dia útil de cada mês. Se o pagamento atrasar, será o terceiro mês consecutivo que o estado não consegue honrar com seus compromissos. 
Fonte: O Dia Online atualizado as 13:16h


SOS BOMBEIROS: Circula pelos bastidores que Pezão está protegido pelo judiciário por troca de favores. Vejam se tem coerência essa história:

Sabe por que o Pezão paga os salários do Judiciário no dia 02 e os salários dos outros funcionários públicos no dia 09, 10, 11 ou 12?

Porque ele está protegido pelo STF. 


Sabe por que o Pezão está protegido pelo STF?


Porque ele, em troca da proteção, nomeou a filha do Ministro do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux, Marianna Fux de só 34 anos, para ser Desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio. Ou seja, lembra daquela multa que o Pezão foi anistiado? Pois é, ele foi anistiado para nomear a filha do Fux e ainda paga ao resto dos servidores quando bem entende, sem que se possa fazer nada, porque o Judiciário está no bolso.


Não sabemos se é verdadeira essa versão, mas que ela não é absurda, isso não é.


Marianna Fux, filha do ministro Luiz Fux, é escolhida para cargo de desembargadora do TJ-RJ



O governador Luiz Fernando Pezão indicou, nesta terça-feira(08), a advogada Marianna Fux, de 34 anos, para o cargo de desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) pelo quinto constitucional destinado a membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ). Marianna, que é filha do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi a mais votada de uma lista tríplice enviada ao governador.


A advogada recebeu 125 votos, enquanto Genilton Garcia foi lembrado em 94 oportunidades. Completou a lista a advogada Katia Valverde Junqueira. O nome de Marianna deve aparecer no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira, já com a nomeação.
Fonte: Extra Online

11 comentários:

  1. CRISA NADA, ESTE NEGÓCIO DE CRISE É ARGUMENTO E INVENÇÃO DO GOVERNADOR PEZÃO PARA NÃO PAGAR OS FUNCIONÁRIOS DO RJ. NÓS QUEREMOS VER SE TEM CRISE NO SALÁRIO DELE. O GOVERNADOR SE APOIOU NO ROMBO E ROUBO DA PETROBRÁS PARA CRIAR UMA CRISE SEM FIM, OU SEJA; INTERMINÁVEL QUE NA VERDADE NÃO EXISTE. O SENHORES PODEM OBSERVAR QUE PARA OUTROS ORGÃOS NÃO EXISTE CRISE, MAIS QUANDO É PARA PAGAR OS FUNCIONÁRIOS ESTADUAL DO RJ LOGO APARECE CRISE. (MENTIROSOS E IPÓCRITAS)

    ResponderExcluir
  2. ainda colocam prog compulsório
    dengue
    comida no quartel horrorosa
    está ficando difícil ser bombeiro
    é triste reconhecer isso
    mais é a realidade

    ResponderExcluir
  3. Porra vamos parar com esta palhaçada de política,associação disso associação daquilo vamos tentar fazer um ato de peito como os irmãos da Bahia fizeram paralização geral porque estas reuniões de alerj não adianta com este governo

    ResponderExcluir
  4. BOMBEIROS Reacionários8 de março de 2016 17:43

    PEZÃO VTNC !!!

    Na última sexta-feira, em reunião com todos os governos regionais, o ministro da Fazenda sinalizou estar disposto a negociar vantagens maiores aos estados mais endividados, mas deixou claro que isso exigiria mais contrapartidas por parte dos beneficiados. Na reunião de hoje, eles devem apresentar a Barbosa sugestões. O Rio de Janeiro, por exemplo, quer uma carência no pagamento. Santa Catarina quer um desconto no montante.

    Publicidade

    A proposta já apresentada pela equipe econômica para todos os estados brasileiros prevê um alongamento da dívida com a União em 20 anos e dos débitos com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 10 anos. Nesse último caso, permite-se uma carência de quatro anos para o principal da dívida.

    Como contrapartida, o governo exige um compromisso fiscal maior por parte dos estados que assinarem o contrato. Quem optar por assinar o contrato de alongamento terá, por exemplo, que adiar por 24 meses a concessão de aumentos a servidores, de novos incentivos fiscais e cortar em 10% os cargos comissionados, além de limitar concursos à reposições na saúde, educação e segurança.

    A proposta geral, com todos os estados, deve ser acertada até sexta-feira e enviada para o Congresso na semana que vem como projeto de lei complementar.





    http://oglobo.globo.com/rio/salario-de-servidores-deve-ser-pago-ate-sexta-feira-diz-pezao-18830736

    ResponderExcluir
  5. TÁ FALTANDO OQ PRA GREVE??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homens com coragem!!!

      Excluir
    2. DISSE TUDO,FALTA CORAGEM.

      Excluir
  6. O salário será pago (se for) somente na sexta, dia 11. Ainda não entendi essa questão do Governo, mas que tem coisa fedendo aí, ahhhh isso tem

    ResponderExcluir
  7. VAMOS PARA ESSA PORRAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  8. AS MANIFESTAÇÕES TÊM QUE SER PONTUAL. MISTURAR GRUPOS DE PARTIDOS E SERVIDORES NÃO COMBINAM.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.