sexta-feira, 29 de abril de 2016

O TRABALHO CONTINUA...

E o trabalho de apoio aos inativos continua. Associação SOS Bombeiros e Voluntários indo ao encontro dos que necessitam. Selecionamos algumas imagens e vídeos dos que foram socorrido por cada um de vocês que contribuíram. 


A alegria e prazer em realizar este trabalho não tem palavras para descrever. As imagens falam por si mesmas.


Dna Maria Inês Costa dos Santos - viúva do Cabo Alberto Santos RG 1.510




Clóvis José da Silva Sub Bm RR RG 9937





Janete Rangel - viúva do Soldado BM Wamderley da Silva

Josenir Santana SGT Bm RR RG 1.630

Adalto Ferreira SGT Bm RR 0529
Pedro Oliveira SGT Bm RR 7972
Shirley Pociano - viúva do BM Paulo Tibúrcio RG 4339
Sônia Vieira - viúva do BM Jorge Vieira RG 4339
Haroldo Soares SGT Bm RG 0139


SOS BOMBEIROS: E assim continuaremos, a medida que os recursos forem chegando. 

Os nossos sinceros votos de agradecimento e confiança aos que contribuíram. Com toda certeza fizeram um enorme bem.


MAIS UMA VÍTIMA DA NEGLIGÊNCIA DA ORLA RIO

Na manhã desta última quarta-feira (27) mais um bombeiro foi vítima da negligência da famigerada Orla Rio. Aquela que também foi responsável pela explosão do posto que queimou dois guarda-vidas, entre outras. Relembre: . Matéria 1;       Matéria 2;       Matéria 3.

  

O terceiro sargento Bombeiro Guarda-vidas Marcio dos Santos Gonet, de folga, foi até ao posto 8 da Barra da Tijuca, onde tira seus plantões, para pegar alguns materiais de trabalho pessoal que deixara no posto. O mesmo subiu normalmente a escada como faz sempre, porém quando se apercebeu estava caído no chão, com um rasgo profundo na perna.


Tinha pisado no vão do degrau sem manutenção que a Orla Rio acabara de retirar, para supostamente fazer o reparo, entretanto, não se sabe porque, retirou o isolamento da área que bombeiros de dias anteriores haviam colocado, se ausentaram do local, sem concluir o serviço e sem recolocar a sinalização, contribuindo decisivamente para o acidente grave com este militar.







Nota da Orla Rio: "A Orla Rio Concessionária lamenta o ocorrido e esclarece que realiza periodicamente trabalhos de manutenção nos Postos de Salvamento. Durante o trabalho realizado nesta quarta-feira ( 27), foi necessária a interdição de um dos degraus da escada que dá acesso ao segundo andar do Posto.  O local foi devidamente sinalizado enquanto os técnicos foram buscar os materiais necessários para o reparo, retornando no mesmo dia para a finalização da troca. O incidente ocorreu neste intervalo. Vale ressaltar que existe outra escada no local, o que não impedia o trabalho dos Salva - vidas."


SOS BOMBEIROS: Empresinha medíocre essa Orla Rio, há anos vem prestando um péssimo serviço à população, e não cumpre suas responsabilidades quanto a manutenção dos postos de salvamento a contento.

Todo apoio que pudermos dar a este bombeiro para acionar na justiça a Orla Rio o faremos, pois os danos a integridade física que a irresponsabilidade desta empresa tem causado aos guarda-vidas não pode persistir. 

Aos que ainda acreditavam nas boas intensões desta empresa, devem ter caído na real. Já está mais que na hora de perceber que eles não estão nem aí para a população e para os bombeiros.

quinta-feira, 28 de abril de 2016

INICIOU-SE A ENTREGA DAS DOAÇÕES - EM MADUREIRA

Tivemos no dia de ontem (27) a grata satisfação que nos gera quando fazemos o bem, ajudando ao próximo; ao entregarmos uma cesta básica para o irmão de farda o Sr. Fernando de Oliveira CB RR BM, morador de madureira. 







SOS BOMBEIROS: Das doações financeiras que chegaram na conta da associação até ontem (27/04) perfazendo o montante de R$ 1.526,00 reais; os quias foram revertidos em cestas básicas e medicamentos; deu-se inicio, ontem mesmo, às primeiras entregas. 

Como as cestas só chegaram no final da tarde, só conseguiu-se fazer a entrega de apenas uma cesta, no bairro de madureira, porém ao longo da semana já teremos distribuído, fazendo registro, todas as solicitações que recebemos. 

Abaixo um extrato bancário com o saque na conta da associação, (através de cheque) do valor correspondente ao saldo total das doações até aquele momento.



A campanha continua. Não é porque os inativos receberam o salário ontem que vamos parar. Na verdade essas doações amenizam, mas não reparam os danos e sofrimentos causado. Ainda estão no prejuízo. 

Faça sua doação. Veja como aqui.

ABASTECIMENTO SUSPEITO NO 7º GBM - BARRA MANSA

Missão para a corregedoria interna do CBMERJ investigar, lá no 7º GBM:


Se encaminhássemos o ocorrido sem dar a devida publicidade, certamente, a suposta averiguação seria velada e com sérias possibilidades de não tomada de justa providência. Vamos a ela:


Denuncia encaminhada via E-mail




"No dia 30/03/2016,  parte da manhã,   um ônibus da empresa  '' viação falcão'' foi abastecido com 40 litros de diesel, na bomba de combustível do 7º GBM - Grupamento de Bombeiro Militar de Barra Mansa. A ordem para o abastecimento foi dada pelo comandante da unidade Tenente coronel René Brito da Silva. 

O fato causou muita estranheza e buxixo pela unidade, mas ninguém se manifestou a respeito. Tudo isso logo neste período de crise, uso racionado do combustível, em fim. Muito estranho.

O registro desses  40 litros encontra-se no livro do encarregado de motoristas, lá pode se comprovar o abastecimento. Se por um acaso essa anotação não tiver sido feita, a fim de ludibriar uma possível investigação, pode-se consultar o sistema CTF que mostra com precisão o dia, hora, quantidade e  qual viatura foi abastecida."

Empresa-  viação falcão-  rua antônio graciano  da rocha, 1100 , vila maria, Barra Mansa.
Condutor do ônibus-  Sr. Miguel
Placa- LQA 0157






SOS BOMBEIROS: Com certeza a nossa "justa" corregedoria irá se emprenhar em esclarecer todo essa história, narrada com tantos detalhes. 
Estaremos acompanhando bem atentos.

VIA CRUCIS DE INATIVOS SERÁ CONCLUÍDA AINDA HOJE

Após um dia inteiro de espera, inativos do Estado finalmente recebem o salário




A expectativa de 137 mil aposentados e pensionistas do estado de receber o pagamento atrasado provocou uma corrida aos bancos ontem, mas só se concretizou após a prisão da gerente de uma agência do Banco do Brasil. A funcionária foi levada à 5ºDP (Mem de Sá) por um oficial de Justiça por desobediência à decisão do juiz Felipe Pinelli, da 10ª Vara de Fazenda, de arresto das contas do estado no valor de R$ 648.724.494,79. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal tinham que repassar o dinheiro do Estado para o Bradesco poder depositar os salários. O Banco do Brasil pediu à Justiça que reconsiderasse a decisão, já que o dinheiro não poderia ser liberado para o pagamento deste tipo de despesa. O pedido foi negado.

Devido ao impasse, os salários só começaram a ser depositados ontem, após o fim do expediente bancário, mas apenas para contas do Bradesco. Correntistas de outros bancos só receberão hoje(28).
Fonte: Extra Online



SOS BOMBEIROS: Uma parte já recebeu ontem(27) depois do expediente bancário. Hoje é a vez dos que recebem em bancos diferentes do Bradesco. 

Um respiro para a próxima batalha,já no próximo mês. E que irá envolver inclusive os ativos. Informações dão conta de que o salário do próximo mês, no mínimo será parcelado, isso se não derem um calote mesmo.

Comecem a se organizar, racionar alimentos e não fazerem grandes dívidas, porque dias de aperto se aproximam, infelizmente. Precisaremos estar organizados e lúcidos para darmos uma boa resposta ao governo e ampararmos os mais necessitados. Somente juntos sobreviveremos a mais essa batalha.

PREPAREM-SE!!!

quarta-feira, 27 de abril de 2016

ESTADO X INATIVOS

Recursos para pagar aposentados hoje. Será???



Oficiais de justiça concluíram no começo da noite de ontem  (26) o arresto de R$ 648,8 milhões em contas do estado. Os valores são suficientes para pagar os 137 mil aposentados e pensionistas que ganham acima de R$ 2 mil líquidos. O crédito das aposentadorias e pensões deve ocorrer hoje para quem ainda não viu a cor dos benefícios do mês de março.

De acordo com a defensora pública Elisa Cruz, o repasse dos recursos será efetuado nesta quarta-feira para o Bradesco, responsável pela folha do estado, via transferência bancária. Segundo a Secretaria de Planejamento, o banco já está com os arquivos da folha de pagamento.
“Os recursos arrestados hoje (ontem) são suficientes para pagar quem ainda não recebeu. O crédito deverá ser feito amanhã (hoje) nas contas dos servidores inativos e dos pensionistas”, explicou à coluna Elisa Cruz, que acompanhou de perto o trabalho dos oficiais de justiça nos bancos, juntamente com a também defensora Samantha Oliveira.

O sequestro dos recursos cumpriu decisão da Justiça que ontem voltou a determinar o bloqueio. As diligências nos bancos em que o estado mantém contas começou à tarde e continuou após o fim do expediente bancário. O juiz Felipe Pinelli Pedalino Costa, da Central de Assessoramento Fazendário do TJ-RJ, mandou arrestar recursos de quatro contas do governo. Uma quinta foi incluída na decisão, mas só seria bloqueada caso as outras não tivessem valores suficientes.

A decisão seguiu o entendimento do Órgão Especial do TJ, que na segunda-feira, concedeu liminares para suspender o Decreto 45.628/16, que adiou para até 12 de maio o pagamento do mês passado das aposentadorias acima de R$ 2 mil. A decisão acolheu pedido de liminar em ação civil coletiva movida pela Defensoria Pública do Estado.

O juiz determinou que não poderiam ser arrestadas contas dos órgãos estaduais que têm dotação orçamentária própria e de integrantes das pessoas jurídicas de direito público ou privado e da administração pública indireta. O magistrado incluiu nas exceções recursos destinados às transferências constitucionais para municípios.


ESTADO VAI RECORRER

No começo da noite, logo após a conclusão do arresto, o governo anunciou que a Procuradoria Geral do Estado (PGE) recorrerá do bloqueio de contas que têm verbas vinculadas a projetos específicos e de fundos com destinação legal que não podem ser destinadas a pagamento de servidores, por serem carimbadas. A PGE analisa a qual instância fará o recurso.

JUSTIFICATIVA

“Por proibição legal e contratual, os recursos depositados nas contas específicas são provenientes de empréstimos obtidos junto a organismos nacionais e internacionais para financiamento de programas sociais e obras e não podem ser empregados para pagamento de pessoal”, informou a nota do estado.

VERBAS EM CAIXA

O secretário da Casa Civil, Leonardo Espíndola (foto), alegou que os recursos em caixa não podem ser usados para pagamento de pessoal. “O estado informou à Justiça que não há recursos disponíveis para cumprir esta decisão judicial. Há valores vinculados a fundos dos bombeiros e dos PMs, por exemplo”, disse.
Fonte: O Dia Online



Decisão da Justiça veta que estado priorize o pagamento de ativos nos próximos meses


Outro efeito prático da decisão do Órgão Especial é impedir que o Executivo utilize, nos próximos meses, qualquer divisão entre ativos e inativos. O pagamento, para ambos, terá de ser feito até o 10º dia útil do mês seguinte ao trabalhado. O desrespeito a essa decisão colocará o governo como autor de crime de responsabilidade. Ou seja, o Executivo estará desrespeitando o dever legal de pagar a todo o seu funcionalismo na data limite.

Ontem, durante os votos dos desembargadores pelo pedido de inconstitucionalidade do decreto que não pagou 137 mil inativos, o desembargador Antônio Eduardo Ferreira Ribeiro, decano do Órgão Especial, desabafou ao analisar o caso.


Vivemos uma situação de estado deplorável. É lamentável ter de avaliar um caso desses. Uma vergonha um estado não se preparar para a queda de recursos e ter de escolher entre pagar uns a outros — afirmou.
Fonte: Extra Online


SOS BOMBEIROS: A batalha do estado contra os inativos terá novos capítulos no dia de hoje, por um lado a justiça cumpriu uma parte importante do processo de pagamento no dia de ontem (capturou os recursos necessários para o pagamento) hoje (27) irão repassar ao Banco Bradesco para que execute os pagamentos aos servidores. Por outro lado o Estado, que está mais preocupado com as obras, que poderão ser comprometida, já que partes dos recursos sequestrados são oriundos de projetos, iniciará este dia correndo contra o tempo para impedir que o pagamento seja realizado. Ontem à noite já afirmavam que é certo que recorrerão da decisão do TJ.

Em culturas desenvolvidas, os anciãos são patrimônios do povo, pois são a reserva da história e identidade daquele povo. Aqui no Estado do Rio de Janeiro são massacrados e jogados ao relento. Essa é a cidade das Olimpíadas, das ciclovias suspensas que caem em seis meses, do policial que não atua para não desagradar ao trafico nas comunidades ditas pacificadas... Eita! Estado Medíocre.

segunda-feira, 25 de abril de 2016

ÓRGÃO ESPECIAL DETERMINA PAGAMENTO DE INATIVOS

Governo do RJ diz que cumprirá decisão para pagar aposentados
Dinheiro sairá de fundo que tem proibição de ser usado para pagar pessoal.
Decisão da Justiça permite o arresto de R$ 661 milhões.





O Governo do Rio de Janeiro informou na noite desta segunda-feira (25) que vai cumprir a decisão judicial que determina o pagamento da folha de março dos inativos e pensionistas que ganham mais de R$ 2 mil.

De acordo com a nota, "os recursos a serem arrestados para o pagamento estão depositados em contas específicas e são provenientes de empréstimos obtidos pelo estado junto a organismos nacionais e internacionais para financiamento de programas sociais e obras". Ainda de acordo com a nota, "por proibição legal, o governo do estado não pode usar esses recursos para o pagamento de pessoal".

Decisão da Justiça

Os desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio decidiram, na tarde desta segunda, suspender liminarmente o decreto estadual 45.628/16, que adiou para maio o pagamento dos salários de março a aposentados e pensionistas que recebem acima de R$ 2 mil mensais.
Foram 20 votos pela suspensão do decreto e apenas dois favoráveis à manutenção da medida. O desembargador Nagib Slaib Filho vai apresentar declaração de voto em separado.
O governo deve pagar aposentados, assim que a decisão for publicada no Diário Oficial.
André Castro, defensor público geral do estado, esclareceu que, com a decisão do TJ, o juiz da 10ª  Vara de Fazenda Pública, que deu a primeira liminar determinando o pagamento imediato dos inativos, pode ordenar o arresto de recursos das contas do estado, caso o governo descumpra a ordem.

"É possível que a ordem de arresto saia ainda hoje [segunda-feira], mas isso depende de o estado fornecer os dados bancários referentes aos créditos pendentes. Também é preciso considerar o horário do expediente bancário", explicou Castro.

Às 11h30 desta segunda, a secretária de Planejamento, Cláudia Uchôa, foi intimada a enviar os arquivos referentes à folha de pagamento de aposentados e pensionistas para o banco Bradesco. A medida é necessária para o arresto das contas do estado, conforme liminar concedida a pedido da Defensoria Pública na semana passada. O prazo para envio dos dados era de 6 horas, a partir da intimação, e já foi cumprido, segundo a Defensoria.

Como o expediente bancário se encerrou nesta segunda, a expectativa é que o arresto seja feito nesta terça-feira (26).
De acordo com a Secretaria de Planejamento (Seplag), restam pendentes 143.503 créditos bancários, somando R$ 661.451.494,79. Destes, R$ 488.579.268,74 são referentes às folhas de pagamentos de inativos (110.212 créditos) e R$ 172.872.226,05 à folha de pagamento de pensões previdenciárias (33.291 créditos).
Fonte: G1


SOS BOMBEIROS: Já estava na hora disso acontecer. sempre assim na marra e pressão

BOMBA ACIONADA EM 2013 PELA ALERJ, A MANDO DE CABRAL, EXPLODE AGORA EM 2016, TENDO COMO PRIMEIRAS VÍTIMAS OS INATIVOS

Os aposentados e pensionistas da rede estadual do Rio, após o corte dos salários referentes ao mês de março, foram surpreendidos mais uma vez com uma postagem envolvendo o Rioprevidência que viralizou nas redes sociais no último fim de semana. A notícia que correu especialmente os grupos de inativos da Segurança Pública no WhatsApp, diz respeito à aprovação na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) da Lei 2.666/2013, em dezembro de 2013, autorizando o fundo captar cerca de R$ 4,8 bilhões no mercado doméstico e internacional, como antecipação dos royalties do petróleo. A concessão respaldou o Estado na abertura de offshore no exterior, tendo como garantia o Rioprevidência, que no ano passado acumulava dívidas significativas.   


As movimentações feitas no mercado financeiro internacional durante os governos de Sergio Cabral e Luiz Fernando Pezão (ambos PMDB) colocaram o Rioprevidência em xeque, atrelando-o à "fundos abutre" (denominação da Economia para se referir a "papéis podres"). Isso aconteceu pelo fato da cotação do barril do petróleo despencar e, como consequência, a Petrobras desacelerar a sua produção. O fenômeno foi agravado com a operação Lava Jato, da Polícia Federal. 


Atividades da Petrobras no RJ. Foto: Fotos Públicas / Rogério Santana

c

















cenário desfavorável derrubou as expectativas de lucro dos investidores no exterior. Uma das clausulas do contrato entre a Rio Oil Finance Trust (Rioprevidência) e os credores, previa o vencimento antecipado dos títulos no caso de queda nas receitas abaixo de um limite estabelecido.Assim, os investidores tiveram amparo legal para reter dinheiro e, como efeito dominó no Brasil, houve o bloqueio das aposentadorias do fundo. Cerca de R$ 12 bilhões foi estabelecido como garantia para futuras receitas com royalties. 

"O Rioprevidência sofre da mesma má gestão que a previdência da União. Ao invés de gerir a poupança de seus cotistas, o Rioprevidência usa receitas do Estado para cobrir os pagamentos dos beneficiários e fez o que nenhum fundo de pensão minimamente bem administrado pode fazer: tomou recursos emprestados para pagar benefícios. Isto, por si só, já deveria ser crime. Como se não bastasse abrir uma offshore em um conhecido paraíso fiscal americano, Delaware, é um sério indício de que o fundo esteja sendo vítima de atividades ilegais. Os EUA, mais exatamente os Estados de Delaware e Nevada, talvez sejam os melhores paraísos fiscais do mundo para quem não é estadunidense. Inclusive porque, por ser dentro dos EUA, chama menos a atenção", explica o economista Aurélio Valporto, vice-presidente da Associação dos Investidores Minoritários do Brasil. 

Valporto critica também os discursos do governo do Rio que atribuem aos aposentados a culpa pelo "rombo" nas contas públicas e a manutenção da folha de inativos pelos servidores ativos. "O Rioprevidência é o fundo de pensão dos servidores estaduais. Como qualquer outro fundo de pensão, sua função precípua, deveria ser gerir a poupança que o funcionários do estado fizeram ao longo de sua vida para que, no final destas, pudessem viver da renda deste capital. Ou seja, aposentados não devem ser sustentados por renda de quem trabalha, mas sim pela renda do capital que a eles pertencem, descontados de seus contracheques ao longo de suas vidas como trabalhadores", dispara o economista. 

"Nós [grupo de inativos dos Bombeiros] nos reunimos com o Picciani [Jorge Picciani, presidente da Alerj] na semana passada. Durante todo o encontro ele jogou a culpa da crise para os royalties. Disse que o Estado não tem dinheiro para nos pagar por causa dos royalties. Agora vem esta notícia do Rioprevidência. Estamos nos sentindo traídos mais uma vez", disse Valdelei Duarte, diretor para inativos e pensionistas da Associação SOS Bombeiros RJ. A entidade pretende organizar um protesto ainda esta semana, para pressionar o pagamento da categoria.  




SOS BOMBEIROS: Como sempre afirmamos aqui mais de 70% da crise vivida pelo Estado do Rio de Janeiro é fruto de má gestão dos governos Cabral/Pezão - PMDB quebrando o Rio.

BOMBEIROS INATIVOS VÃO ALMOÇAR NO QG DA CORPORAÇÃO

Na tarde de hoje (25) um grupo de bombeiros inativos foram bater na porta do Quartel Central para pedir um prato de comida. Certamente para deixar o pouco que ainda resta em suas dispensas para seus familiares.


Todos foram bem recebidos, porém queriam deixar os inativos para almoçarem as 13h. (Quando a fome que já era de ontem começou a bradar, perceberam que essa determinação não iria pegar bem... Mudaram de ideia e consentiram que entrassem no início do almoço). O apoio dos colegas da ativa foi uma das marcas positivas que ficou no dia de hoje. Mas a pergunta que ainda está sem resposta é: 


Hoje conseguiram prover alimento, mas e amanhã??? Os parlamentares precisam tomar uma providência pra ontem, permitir que o Estado trate seus inativos desta forma é ultrajante, a situação se agrava a cada dia.


Da esquerda para direita: Subtenenetes Rodrigues, Macedo e Valdelei no quartel central para almoçar


Todos na fila de espera para almoçar, inclusive o filho mais novo do subtenente Valdelei Duarte


Hoje conseguiram garantir o sustento, mas e os próximos dias??? Como foram recebidos de portas abertas pelo comando geral da corporação temos convicção que não será diferente em outras unidade, caso um inativo.




POLICIAIS MINEIROS PRESTAM SOLIDARIEDADE AOS IRMÃOS DO RJ

Policiais mineiros prestam solidariedade aos militares aposentados do Rio




SOS BOMBEIROS: É realmente nessas horas que vemos na prática a expressão de companheirismo, humanidade, espirito de corpo, fraternidade, humildade, altruísmo e tantas outras nobres atitudes e sentimentos que não só preservam a vida, mas mantém sustenta uma esperança de que nem tudo está perdido. Sem dúvida, muitas famílias serão abençoadas com as doações advindas dos irmão Mineiros.

Toda nossa gratidão e louvor a bela atitude dos militares de Minas Gerais.

Envolva-se você também nesta especial operação. DOE UM POUCO AO TEU PRÓXIMO, saiba como clicando aqui.

domingo, 24 de abril de 2016

FERIADO DE MUITA TRISTEZA PARA VÁRIOS INATIVOS E PENSIONISTAS

O feriado prolongado que tem um sentido de descanso e diversão para a classe trabalhadora, no Rio virou sinônimo de suplício, justamente para os aposentados e pensionistas. Isso porque o governo estadual descumpriu a determinação da Justiça, que havia dado o prazo até a tarde desta quarta (20) para o Executivo depositar os benefícios das categorias. A decisão previa também o bloqueio de contas do governo no valor de R$ 1 bilhão. Com o feriado de Tiradentes, o governador em exercício Francisco Dornelles alegou que só pode voltar a avaliar a questão na segunda-feira (25).

O corte dos salários dos aposentados e pensionistas provocou muitas críticas da opinião pública e surpreendeu a classe política e a população. Idosos que contribuíram com a Previdência durante anos, agora passam por dificuldades para comprar medicamentos, pagar as contas domésticas e até se alimentar.

Veja a triste e lamentável situação dos aposentados na reportagem do SBT desta quinta-feira (21)







SOS BOMBEIROS: Muito triste o momento que os inativos de nosso estado passa. Porém, nós os ativos, podemos atuar para minimizar o sofrimento causada pela apunhalada do Estado aos que contribuíram por uma vida e que hoje vivem a fase que mais necessitam. 

Nós podemos doar, se engajar na campanha que está acontecendo para socorrermos àqueles que seremos nós amanhã.  


sábado, 23 de abril de 2016

ASSOCIAÇÃO SOS BOMBEIROS E MOVIMENTO ABRAÇANDO OS INATIVOS

Sentimo-nos no dever de ajudar com todas as nossas forças as pensionistas e os inativos que estão sendo duramente massacrados por esse governo desqualificado. 


A situação é MUUUUUITO GRAVE, em diversas casas já faltam comida e medicamentos, por isso estamos lançando a partir de hoje(19/04) uma campanha de doação (a princípio financeira, em virtude de ainda não termos conseguido um espaço para receber doações em alimentos) porém estamos buscando também esse espaço, e aceitando ajuda, para trabalharmos nesse sentido.


 

O inativo e/ou pensionista irá enviar uma mensagem via whatsapp ou por e-mail com seus dados pessoais: 

Nome completo, data de nascimento, RG de bombeiro, endereço com CEP e telefone de contato fixo e celular; e qual a necessidade do solicitante (alimentos e/ou medicamentos)

Para posterior comunicação e envio de cesta básica e/ou medicamentos, de acordo com a necessidade do solicitante e os recursos em caixa oriundo das doações.


Whatsapp: 98181-8204 24h (se preferir pode ligar)

Telefone Fixo: (21) 3106-6891 de 09h às 17h de segunda a sexta

E-mail: sosbombeirosrj2@gmail.com


Conta para doação: 
Banco Bradesco 
Ag: 2845  cc 17610-9
Associação SOS Bombeiros - Digprest (Dignidade presente)
CNPJ: 018.797.705/0001-47


OBS: Por uma questão administrativa depositar valores diferentes de R$ 20,00

sexta-feira, 22 de abril de 2016

SALVAMENTO HEROICO NA MESMA MADRUGADA QUE O MAR DERRUBOU A CICLOVIA EM SÃO CONRADO

A fúria do mar na madrugada do dia 20 para 21, não só derrubou a ciclovia na Niemayer, mas também colocou a prova os bombeiros do Gmar e GBS. Extraímos a narrativa emocionante de um dos participantes deste heroico socorro; a maneira perseverante e destemida com que os bravos de plantão nessa noite atuaram, nos faz sentir muito orgulho de sermos bombeiros. Acompanhe:




"Na madrugada de ontem (21), dia da tragédia na ciclovia de São Conrado, estava de serviço no 2º GMAR - Barra da Tijuca, quando por volta das 00:30h entrou um pedido de socorro para apoiar um salvamento em andamento, de um pescador que tinha caído das pedras na localidade do Roncador entre a Macumba e a Prainha.

Chegando no local haviam algumas viaturas do bombeiro e um bote do GBS posicionado para entrar pelo canal da macumba, pois o pescador estava desgarrado com um bombeiro do GBS, o CB Wagner, a mais ou menos uns 300 m da boca do Roncador, com uma boia luminosa. O cenário estava horroroso! Devido ao mar estar subindo desde o dia anterior, e como o pescador já estava muito longe, desgarrado com o bombeiro, eu Sgt Reinaldo Ferreira (21149/97) e o Sub Ten Serginho (13113/90), decidimos não arriscar a equipe e entrar pelo mar da Macumba. 

Entramos no mar próximo ao canal da Macumba, a noite e sem visibilidade nenhuma devido a neblina. Conseguimos varar o mar e fomos em direção ao oceano em busca da vítima. Perdemos a visão da bóia luminosa e depois de algum tempo achamos o pescador (um jovem de 22 anos onde o seu filho estava completando 2 anos) e o CB Wagner. Para nossa surpresa o Cb Wagner trabalhava no GBS mas tinha feito o CSMAR (curso de salvamento no mar). O mesmo encontrava-se somente de calça de prontidão, camisa vermelha, sem nadadeira e havia levado um colete salva-vidas onde serviu de flutuação para os dois. 

Devido a água está gelada, a vítima encontrava-se em início de hipotermia. Depois de descansarmos um pouco começamos a rebocar a vítima em direção a Prainha, para sairmos do mar. Depois de muito tempo chegamos na linha da arrebentação e verificamos que o mar tinha subido mais ainda, e devido a vítima está muito debilitada, não tinha condições de sobreviver as ondas. Resolvemos voltar para alto mar e esperar amanhecer e ser resgatado pelo jet ou o águia...não tinha mais o que fazer...

Foi quando por volta das 4:00h da manhã apareceu a L11, a lancha do bombeiro, que mesmo com a mar em péssimas condições, saiu de Botafogo e veio em nosso socorro. Houve dificuldade de embarcar pois o mestre não conseguia posicionar a lancha como queria devido ao mar agitado. Um GV que estava na lancha se jogou ao mar e o outro lançou uma boia salva-vidas, onde fomos pescados. Depois de todo mundo embarcado a vítima foi atendida pelo enfermeiro e fomos para o Gmar de Botafogo com o mestre da lancha pilotando através dos equipamentos, pois a visibilidade era muito ruim.

Detalhes do socorro:

- Presença muito forte de Deus do começo ao fim. Todos os passos e decisões foram Dele. Só o ser humano não dá!

- A bóia luminosa que foi o equipamento que possibilitou achar a vítima e o CB Wagner, FOI ACHADA dento d'água logo assim que se atirou ao mar para o salvamento (DEUS);

- A equipe que ficou em terra foi fundamental;

- A equipe tentando entrar de bote foi impressionante!

- A lancha do bombeiro, a L11 e sua tripulação altamente profissional, foram decisivos pois a vítima não estava mais suportando a água gelada e teríamos que esperar amanhecer. A lancha é bonita demais!

Num local extremamente perigoso como o Roncador, onde as estatísticas apontam pouquíssimas chances de sobrevivência para quem cai ali, esse jovem pescador ganhou mais uma chance. 

Que a aproveite! Ele disse que nunca mais vai pescar...
Fonte: Extraído do Facebook do SGT Reinaldo"


SOS BOMBEIROS: A nossa homenagem e orgulho de todas as equipes que atuaram (Gmar Barra, GBS, Gmar Botafogo) para salvar a vida de um jovem de 22 anos que caíra no mar quando pescava.

Toda honra e toda gloria seja dada ao Senhor Jesus por ter guardado a todos, e sem a menor dúvida ter utilizado cada homem lá presente para a manutenção da vida.

Parabéns aos nossos heróis!!!

BOMBA!!! DORNELLES TEM ENFERMIDADE QUE O IMPEDIRIA DE ASSUMIR O GOVERNO

Governador do Estado do Rio de Janeiro em exercício, Francisco Dornelles, em tese estaria com a doença de alzheimer, o que o impediria de assumir a gestão da função pública de chefe do executivo. 




Uma fonte ligada ao Palácio Guanabara, sede do governo no Rio de Janeiro, revelou esta semana que o governador em exercício Francisco Dornelles (PP), 81 anos, passou por exames que comprovaram que ele está com mal de Alzheimer. De acordo com a fonte, a bateria de exames clínicos foram feitos no início deste ano, quando Dornelles esteve internado no Pró-Cardíaco, na zona Sul do Rio. No mesmo hospital se encontra em tratamento o governador do Estado Luiz Fernando Pezão (PMDB), diagnosticado com câncer, em março. As denúncias foram reveladas ao vereador Marcio Garcia (Rede), que considerou o caso grave, tanto para a população quanto para o político.

Segundo a fonte, a família de Dornelles é contra ele assumir o cargo no momento em que está submetido a um delicado tratamento, mas o vice-governador não encontrou outro caminho a não ser aquele traçado pelos líderes do seu partido e do PMDB de Pezão. A crise financeira no Estado, somado à conjuntura turbulenta do cenário nacional, tem interferido diretamente na gestão peemedebista no Rio, que está à beira de um impeachment reivindicado pelo funcionalismo público, que está com salários atrasados e sem condições de trabalho. 

Para complicar a gestão do partido no Rio, a saúde de Pezão não anda nada bem e, as novas revelações envolvendo Dornelles e suas condições de trabalho, podem forçar uma nova eleição para governador, com uma provável derrota do partido. Este pode ser o maior temor dos caciques peemedebistas neste momento conturbado. E na ausência do governador durante o período de transição para um novo pleito, quem assume a cadeira no Guanabara é Jorge Picciani (PMDB). 

A fonte revelou ainda para Garcia que a intenção de Picciani e toda a cúpula do PMDB seria pressionar Dornelles para levar a sua gestão até o final do ano, assim em 2017 seria realizada a eleição indireta na Alerj, como manda a legislação eleitoral, e onde o partido teria vitória garantida.

O portal entrou em contato com a Assessoria de Comunicação do Palácio Guanabara, que afirmou desconhecer que o governador em exercício esteja com qualquer tipo de doença grave, inclusive Alzheimer. A assessoria disse ainda que Dornelles tem despachado normalmente e cumprido toda a sua agenda de compromissos. A agenda externa tem sido evitada em função de decisões ligadas à crise e aos servidores da rede no próprio gabinete. 



Canetada polêmica

Uma das decisões mais polêmicas do governo PMDB no Rio aconteceu há uma semana, na gestão de Francisco Dornelles. A batida de martelo levou ao corte dos benefícios de aposentados e pensionistas da rede estadual, o que gerou grande revolta popular e uma enxurrada de ações no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) contra o Estado. Na Alerj, até deputados peemedebistas assinaram um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) criado para desautorizar o governo a pagar a dívida junto à União, em prol dos salários dos servidores da rede.     

Nesta terça (19) um grupo de servidores inativos protocolou pedido de cassação do governador Pezão e de Dornelles no Ministério Publico (MP-RJ), na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RJ) e na Alerj. A ação destaca possíveis erros cometidos pelo governo com o funcionalismo. Os inativos e pensionistas ainda não receberam a última parcela do 13º salário, que deveria ter sido depositada no dia 18. 

Com as ações impetradas pelas categorias da rede, o TJ-RJ determinou esta semana que o Estado deveria depositar os benefícios dos aposentados e pensionistas até às 15h30 desta quarta (20), caso contrário, teria as suas contas bloqueadas no valor de R$ 1 bilhão, quantia necessária para remunerar os 143 mil aposentados e pensionistas. Até às 18 horas desta quarta (20) o Executivo ainda não havia cumprido a determinação. 

Cerca de 50 servidores estaduais, ativos e inativos, fizeram um panelaço na manhã desta quarta (20) em frente ao Palácio Guanabara. O grupo revindica o pagamento dos salários atrasado há três meses. 

Sobre a doença


O portador do mal de Alzheimer pode ter as suas atividades rotineiras comprometidas. Dependendo do estágio de evolução da doença, o paciente pode ter a sua capacidade de decisão prejudicada e, para continuar nas funções profissionais, deve passar por uma avaliação junto ao seu médico. 

O Alzheimer é a doença mais comum na terceira idade, especialmente a partir dos 60 anos. Seu principal sintoma é a perda de memória, mas também pode vir acompanhada de outras enfermidades degenerativas. Como é uma disfunção que evolui com o passar dos meses e anos, alterações no comportamento social e novas mazelas são comuns surgirem de forma gradativa. O tratamento tem como principal pilar os estímulos neurais, através de terapia ocupacional. 

O neurologista Fabrício Hampshire, que atua na Rede D'Or no Rio de Janeiro, explica que o alzheimer não é diagnóstico facilmente e seu desenvolvimento no ser humano não acontece como uma "receita de bolo". "Algumas tarefas, com o tempo, fica difícil do paciente realizar. Como se vestir, reconhecer objetos e suas funções e até reconhecer rostos de pessoas próximas, dentre outras práticas avaliadas do ponto de vista cognitivo", diz o médico.

No caso de uma pessoa que trabalha com tomadas de decisão, por exemplo, o neurologista frisa que o juízo crítico pode ser acometido com o passar do tempo e evolução da doença. Pegando como exemplo o presidente de uma empresa, Hampshire comenta que o profissional vai precisar cada dia mais da ajuda de assessores para lembras dos seus compromissos, locais onde documentos foram guardados e até casos tratados recentemente. 

A evolução da doença é outro fator variável que depende da reação do organismo de cada portador ao tratamento. "A perda da capacidade laborativa é algo complexo de avaliar, deve acontecer entre paciente e médico com o acompanhamento do tratamento. Com o tempo, o portador pode chegar ao ponto de perder a sua capacidade cerebral de forma global, não se conectar mais com a realidade", conta o neurocirurgião Rodrigo Tragante, membro da Sociedade de Neurocirurgia do Rio de Janeiro. O médico salienta ainda que as atividades profissionais que promovem desequilíbrio emocional ao paciente, com grande nível de pressão e estresse, pode acelerar a evolução da doença.



SOS BOMBEIROS: O Governo tenta esconder, mas Dornelles tem todos os sintomas e características de quem sofre de alzheimer. Quem tem essa enfermidade não reúne a menor condição de ser gestor, tomar decisões. Imaginem só, uma pessoa que tem a memória afetada, estar a frente de um estado, e em especial o nosso, vivenciando uma das maiores crises da história.

Estão tentando esconder, apostando na recuperação de Pezão, mas na verdade não têm certeza de nada. O estado está completamente sem comando, estamos à deriva. A única solução é não deixarmos completar dois anos de governo para convocarmos novas eleições, porque se não quem assumirá será o mafioso do Picciani.