quarta-feira, 18 de maio de 2016

SOLUÇÃO PRA CRISE NO ESTADO: TRIBUTAR MAIS OS SERVIDORES

Contribuição maior para o Rioprevidência



O governador em exercício do Rio, Francisco Dornelles, declarou ontem(17) que os servidores públicos que se aposentarem mais cedo poderão ter que contribuir mais para o Rioprevidência do que os funcionários públicos que ingressarem para a inatividade mais tarde. A declaração de Dornelles foi dada ontem no Fórum Nacional de Desenvolvimento Econômico Social, que aconteceu no BNDES.

O governador em exercício destacou que é importante adotar alguma medida que possibilite honrar os pagamentos das aposentadorias e pensões. “Cheguei a pensar, embora tenha dificuldade nos campos jurídico e financeiro, de estabelecer mecanismo de que, se a pessoa se aposentasse antes dos 40 anos, teria contribuição para a previdência de 4x. Se aposentasse entre 50 e 60 anos, 3x e quem se aposentasse entre 60 e 70 anos, contribuiria com 2x. Quem optasse pela aposentadoria mais cedo pagaria uma contribuição maior. Isso tem problemas jurídicos, mas que pode ser explorado. É necessário enfrentar a situação financeira dos estados”, disse.

Advogado especialista em Administração Pública, André Viz informou que qualquer alteração terá que respeitar fielmente a Constituição: “É necessário que a legislação seja aprofundada e que a Carta Magna seja respeitada”.
Fonte: Coluna do Servidor

SOS BOMBEIROS: Por enquanto tudo não passa de desejo, pois esta proposta agride grosseiramente a constituição, porém no estado de exceção em que vivemos não temos o direito de duvidar que tal insanidade prospere em algum momento. 

Vigilância e de prontidão terá que ser nossa postura pelos próximos anos.

7 comentários:

  1. Olá guerreiros! Gostaria de expor a todos a ideia que estive pensando nos últimos dias. É de conhecimento de todos que o efetivo de militares tanto das polícias quanto do bombeiros (mais preocupante) está defasado, que não alcança os limites mínimos de segurança pública considerados por comitês e órgãos internacionais. Pois é, sabemos que para os jogos olímpicos a cidade sede precisa atender várias exigências do chamado "padrão FIFA". Será que, juridicamente ou em forma de protesto ao comitê olímpico, não conseguimos pressionar de alguma forma o governo para que só seja possível a realização dos jogos se houver um aumento de efetivo de militares por questões de segurança pública? Ué, todo evento com grande público precisa atender exigências de segurança. Deve haver alguma exigência dessa em lei para impedir que os jogos aconteçam de forma insegura principalmente para os cariocas e para os turistas. Quem tem condições e acessibilidades para apurar isso que assim o faça. Para o bem de todos. Juntos somos fortes!

    ResponderExcluir
  2. O governo federal já está com a força nacional de prontidão e com 4 mil já aprovados na última seleção

    ResponderExcluir
  3. Esse governador é um alzaimer dor neles msm. Esta na hora de ir fazer companhia a pezao.

    ResponderExcluir
  4. Tributar mais dos servidores,para manter os comissionados tnc.

    ResponderExcluir
  5. A SOLUÇÃO É O STF INVESTIGAR OS ENVOLVIDOS E PUNIR.NADA DE TRIBUTAR.DINHEIRO TEM FALTA VERGONHA.

    ResponderExcluir
  6. porque não cancelar as aposentadorias de todos os politicos que com 2 mandatos já podem se aposentar, isso ninguém fala.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ISSO,ALÉM DO MAIS NEM CONCURSO FIZERAM PARA ESTAREM OCUPANDO O CARGO QUE OCUPAM.
      CULPADO DISSO SOMOS NÓS.

      Excluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.