quinta-feira, 30 de junho de 2016

GOVERNO PAGA SALÁRIO DE JUNHO DO MP E TJ

Governo do Estado se desdobra, mas dá seu jeito e paga setores da justiça. Mesmo ainda não tendo pago todo mês de maio dos servidores executivo. Definitivamente, para este governo os demais setores são a ralé deste Estado.



O pagamento dos órgãos do Judiciário estadual — Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública — movimenta a quinta-feira dos servidores do poder. Até o início da tarde, os membros do Ministério Público e magistrados do Tribunal de Justiça já haviam recebido seus vencimentos. Aos poucos, os serventuários do tribunal já reconheciam os pagamentos em suas contas. A Defensoria, porém, segue sem previsão de pagamento.

O motivo é um escalonamento criado pelo governo do estado para repassar o duodécimo constitucional — parcela do Orçamento destinada aos poderes. A promessa é que todo o duodécimo seja repassado ao Judiciário até o dia 5 de julho, terça-feira. Em função dos problemas com a arrecadação, as folhas mais “baratas” foram pagas antes. Foi o caso do MP. Em seguida, os magistrados do tribunal.

A Defensoria Pública, porém, não foi comunicada sobre como será feito o repasse para o pagamento do seu pessoal. A folha do órgão gira em torno de R$ 19 milhões. De acordo com a lei, o pagamento dos servidores e membros do Judiciário tem de ser feito no último dia útil do mês trabalhado.


SOS BOMBEIROS: "Se não há justiça social para o povo, que não haja paz para o governo" Emiliano Zapata

Qual será as ações que tomaremos para que o governo não tenha paz???

SEJAM BEM VINDOS AO GRUPAMENTO MARÍTIMO FORMANDOS DO CSMAR/2016

Depois de longa espera, hoje, finalmente se formaram os guarda-vidas que irão reforçar as praias do Rio de Janeiro.


São todos muito bem vindos ao grupamento marítimo. Que a trajetória desses jovens guarda-vidas seja de sucesso e muitas alegrias para a corporação.



SOS BOMBEIROS: Momento muito aguardado por todos os GVs que estão carregando o piano pesadíssimo nas areias do nosso litoral. A expectativa é de que com esse reforço a escala de serviço possa se estabelecer de forma a respeitar a vida e saúde dos profissionais de salvamento no mar.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

REDE GLOBO TENTA JOGAR POPULAÇÃO CONTRA AGENTES DE SEGURANÇA

A irresponsabilidade de jogar contra a Rio-2016

Movimento de policiais e bombeiros não disfarça o viés político por trás de chantagens e atos de quase terrorismo cujos alvos são turistas que chegam ao Rio para os Jogos




A mistura de esporte e política (e manifestações, sindicais ou corporativistas, dela derivadas) é, invariavelmente, indigesta. Tomar atividades voltadas em última instância para o entretenimento como refém de pautas a elas estranhas é sintoma, e grave, da doença do oportunismo, o sempre condenável, por definição, aproveitamento das circunstâncias para alcançar, pelo caminho mais curto, não raro eticamente condenável, algum resultado de interesse pontual. O país já experimentou, por exemplo, trocar apoio de partidos pela construção de estádios para satisfazer interesses de caciques, condicionar votos à participação de times de futebol em torneios etc. Os resultados costumam, sem exceção, ser ruinosos para os dois lados do balcão.

Não é outro, senão a motivação política, e em sua mais deletéria abordagem, o propósito do movimento que, a pouco mais de um mês do início dos Jogos Olímpicos, junta bombeiros a policiais civis e militares em ações que beiram o terrorismo. Alegadamente, eles cruzam os braços, em serviços essenciais no âmbito da segurança pública, e atemorizam turistas, cercando-os com faixas nos portões de entrada do Rio, contra o atraso de pagamentos que generalizadamente atinge o funcionalismo fluminense. Fazem da Rio-2016 instrumento de uma chantagem cujos objetivos passam ao largo dos interesses do esporte.

A irresponsabilidade dos policiais, agentes públicos que têm o dever, acima de quaisquer circunstâncias, de prover a segurança da sociedade revela um perigoso descompromisso com as atribuições que lhes são próprias — até por dever constitucional. Este é um dos ângulos das condenáveis ações, em curso ou por serem adotadas, que resultam no desamparo da população. Como tal, precisa ser enfrentado pelas autoridades com o rigor que a situação exige.

Por sua vez, a manipulação política visível no movimento de protesto que, anteontem, levou agentes públicos ao desembarque do Galeão — a mais ampla e movimentada porta de entrada da cidade que abrigará a Olimpíada — também precisa ser enquadrada no manual de comportamento e deveres dessa especial categoria de servidores estaduais. A faixa que eles abriram à vista de quem chegava ao Rio (“Bem-vindo ao inferno. A polícia e os bombeiros não recebem pagamento. Quem vier para o Rio de Janeiro não estará seguro”, com dizeres em inglês) dá a medida de o quanto as organizações sindicais patrocinadoras extrapolaram os limites da civilidade.

Atraso dos salários é efeito direto da crise financeira do estado (de resto, do país). De fato, compromete o orçamento familiar de todos os servidores. A economia fluminense aderna, e, por certo, é preciso buscar responsabilidades. Mas isso deve ser feito no âmbito doméstico, dentro da esfera apropriada — nunca por meio de chantagens contra um evento que trará benefícios às próprias finanças estaduais. Jogar contra a Rio-2016 é opção irresponsável e contraproducente.
Fonte: O Globo Online


SOS BOMBEIROS: Repudiamos todas as inverdades contida no editorial do grupo de comunicação mais tendencioso e fascista das últimas décadas, cujos interesses em primeiro, segundo e terceiro lugar é o crescimento empresarial sem o menor compromisso com o povo brasileiro.

Todos vocês têm que lavar a boca antes de falar daqueles que arriscam a própria vida para tenhamos uma sociedade com o mínimo de condições de viver decentemente com segurança. Talvez não tenhamos um padrão Britânico porque as organizações Globo, décadas por décadas, ajuda a eleger as piores espécies de políticos para cuidar do nosso Estado e País, basta pagar para que a mesma se venda e manipule as informações a fim de atender aos interesses de seus clientes. Clientes estes terrorista, ditadores e ladrões.

Há tempos não passa despercebido as reais intenções e objetivo deste grupo, cujo plano é monopolizar e dominar a informação, poder por poder. Tanto que sua audiência vem num declive constante; com a expansão da internet e redes sociais o povo tem tido acesso a conteúdos antes combatido e evitado por essa emissora.

Em hipótese alguma nos abalaremos com os intentos que visam desprestigiar, macular e denegrir o caráter probo das instituições que carregam sobre seus ombros a missão mais delicada e sensível de nossos dias, pois trabalham sem as condições necessárias para um profissional de segurança, chegando ao cúmulo de levarem calote do governo que a mesma ajudou a construir.

Em resposta a tais ataques, por sentirem-se ameaçados nos seus negócios milionários, convocamos a todos os nossos leitores a não mais assistirem as programações desta emissora que só contribui para a destruição e alienação de nosso povo.

ABAIXO A REDE GLOBO!

RIO FORA DE CONTROLE. SEGURANÇA PÚBLICA SUCATEADA

Uma grave crise se abateu no Estado do Rio de Janeiro, por culpa de uma administração criminosa do grupo político PMDB/RJ. Seu governador interino encontra-se de pires na mão há semanas, com salários dos servidores atrasados há 25 dias, não apresenta um plano se quer para reerguer o Estado. Todas as preocupações apenas giram em torno das olimpíadas. 


Os reflexos do que estamos falando é notório. Estamos a beira do Caos, principalmente depois que a famigerada Olimpíada passar. Senão vejamos alguns aspectos somente na segurança pública:


SEGURANÇA PÚBLICA:

1 - Policias estão sendo caçados dia após dia, já alcançou-se a estupida marca de 51 homens mortos pela guerra civil em que vivemos.






2 - Por sua vez, os policiais acuados pedem para caçar seus assassinos. A revolta está cada vez maior:




3 - Delegados cruzam os braços por falta de pagamento e condições mínimas de trabalho:





4 - Secretário de administração penitenciária Cel PM Erir Ribeiro sugere a Magistrado que se faça um acordo com o CV (comando vermelho) Facção de vagabundo, objetivando trégua. Leia mais


5 - O terror é tanto que agentes da mesma segurança pública (Bombeiros, PMs e Policiais Civis) vão ao aeroporto Galeão alertar os turistas do perigo que se transformou o Rio de Janeiro. A comunicação foi bem direta: "Sejam bem vindos ao inferno"



6 - Com a maior cara de pau o Governador interino afirma que só tem combustível até esse próximo fim de semana:




7 - Agentes penitenciários fazem operação padrão para manifestar situação grave com atrasos constantes de salários, um transtorno enorme nas adjacências do complexo penitenciário:



8 - Bombeiros sem salário vão trabalhar a pé, se expondo à violência. Muita humilhação:




9 - Bombeiros de Magé se negam a participar, de folga, de treinamento em Guadalupe. Não têm dinheiro para irem trabalhar, quanto mais treinar em dia de folga




10 - Com a cara e a coragem, num ato de desespero, um herói se manifesta solitariamente contra toda essa covardia que estamos sofrendo por consequência de roubalheira e corrupção. Pede socorro na linha vermelha



Pra finalizar, seremos enganados com mais dois meses de salário garantido por um socorro vindo do governo federal. 2,9 Bilhões para garantir a segurança dos jogos. 

Depois viveremos de que? 

Que segurança terá nossas famílias e filhos? 

E o salário será parcelado em quantas vezes mais?

Estamos a mercê na cidade olímpica do Rio de Janeiro.




SOS BOMBEIROS: "Se não há justiça para o povo, que não haja paz para o governo"
Emiliano Zapata

Um destaque aqui em especial aos bombeiros de Magé que numa atitude equilibrada resistiram à pressão do comando, e sustentaram o não acatamento da ordem absurda de se deslocarem de Magé à cidade do Rio de Janeiro para treinarem para uma formatura. Mais uma vez nossos comandantes demonstram total despreparo e capacidade de gerir com discernimento momentos de crise. Lamentável.

terça-feira, 28 de junho de 2016

BOMBEIROS. MAIS QUE UMA PROFISSÃO. UMA MISSÃO DIVINA

Gostaríamos de respeitosamente pedir uma pausa no foco dos nossos problemas para chamar a atenção a essa história de milagre que Deus operou através de irmãos nossos de farda. Algo de arrepiar... guarnição trás a vida jovem que encontrava-se morto.



NADA QUE É HUMANO NOS É INDIFERENTE

Paciente deu entrada às 10:00h do dia 26/06/16 no quartel dos bombeiros de São Gonçalo 20º GBM, em parada cardiorrespiratória, após síncope durante partida de futebol em um colégio próximo a este quartel. 

Por desconhecimento técnico para diagnóstico de óbito do paciente, o Tenente Danilo - Oficial de Dia do 20º GBM, juntamente com o Cabo enfermeiro Mota retiraram o paciente morto do carro, colocaram na ambulância e iniciaram massagem cardíaca. Neste instante o soldado Deodato, foi até ao cassino dos oficiais para me chamar para descer, pois tinha acabado de chegar uma pessoa morta, em PCR, no quartel e que estava precisando da minha presença na viatura. 

Prontamente desci e ao entrar na viatura vi que o paciente estava morto (pupilas midriáticas, cristalino opaco, sem pulso periférico e central, cianose central, extremidades frias sem circulação periférica, sem atividade elétrica no monitor). Porém ao olhar para toda guarnição em fila atrás da viatura para revezar na massagem cardíaca, olhei para o paciente jovem, e falei para todos:  

- "Já que estão todos dispostos, vamos lá!" 

Aproveitei para ensinar massagem cardíaca para os combatentes. Desci da viatura entubei o paciente com o tubo 9,0, coloquei no respirador peguei um acesso no braço direito do paciente, coloquei um soro fisiológico e injetei ao mesmo tempo uma ampola de adrenalina e atropina na circulação do paciente. Mandei eles continuarem na massagem. 

Durante 40 min foram feitas massagens ininterruptas no paciente e nada mudava. Foi aonde dei um choque de 200 joules no paciente e mandei continuar massageando. Aos mais ou menos 50 min apareceu no monitor cardíaco uma atividade elétrica me surpreendendo pois o paciente estava morto... Continuamos as manobras, cardioverti 10 vezes... Depois de aproximadamente 1h sem mais esperanças de voltar dei 5 choques  consecutivos no paciente buscando uma regularidade no batimento, foi aonde apresentou um QRS alargado e manteve o ritmo. Apresentou pulsou central. 


Aumentei a sedação do paciente, fiz uma ampola de Bicarbonato, ajustei melhor o respirador... E o paciente foi apresentando outra coloração, diminuindo a cianose, quando fui examinar o reflexo pupilar do paciente estavam todos preservados... 

Subitamente meu olho encheu d'água com uma vontade absurda de chorar... Sai de perto da guarnição, respirei fundo e fui falar com os familiares. E disse: 

- Vocês acreditam em Deus? 

Se acreditam agradeçam e se não acreditam, dobrem os joelhos e comecem a orar pois ele estava morto e voltou a viver. 

Hoje, o paciente, encontra-se no CTI 4 no hospital estadual Alberto Torres.

Rômulo Campos de Paula
Cap Med BM
Fonte: Via Whatsapp


SOS BOMBEIROS: Louvado seja Deus pela vida dessa guarnição!

Que história linda! Homens que se entregaram em prol da vida de um jovem que estava morto sem se limitarem ao diagnóstico diante deles. 

Parabéns a toda guarnição pelo maravilhoso trabalho, com certeza merecem todas as honras e homenagens que nossa corporação tiver.

NOME SUJO NA PRAÇA IMPEDE ESTADO DE PEGAR EMPRÉSTIMOS PARA FINALIZAR LINHA 4 DO METRÔ

Tesouro diz que não dará aval para operação de crédito do Rio


Estado vem negociando com o BNDES um empréstimo para a conclusão das obras da linha 4 do metrô



BRASÍLIA - O Tesouro Nacional não dará aval para que o Rio de Janeiro realize operações de crédito com bancos enquanto o estado estiver inadimplente com a União. A declaração foi dada nesta terça-feira pela nova secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi. O Rio vem negociando com o BNDES um empréstimo para a conclusão das obras da linha 4 do metrô, um dos compromissos assumidos para as Olimpíadas. No entanto, a negociação está bloqueada.

- Operações de crédito seguem parâmetros legais e têm uma série de requerimentos. Na medida em que há algum requerimento não atendido, não podemos liberar um aval. Um deles é que o estado esteja adimplente com a União. Enquanto o Rio não estiver adimplente, a União não poderá conceder o aval - disse Ana Paula.

Ela afirmou ainda que o governo está concluindo “detalhes técnicos e orçamentários” para liberar R$ 2,9 bilhões para o governo do Rio. Neste caso, não há operação de crédito. Esses recursos são uma transferência a fundo perdido que é destinada ao pagamento de horas extras de policiais que vão trabalhar nos jogos olímpicos.

São recursos para a segurança pública durante os eventos, disse ela.
Fonte: O Globo Online


SOS BOMBEIROS: Pezão/Dornelles literalmente mancharam o nome do Estado do Rio de Janeiro. É o fim da linha.


DÉCIMO QUARTO DIA DE SALÁRIO ATRASADO. ESTADO TESTA LIMITE DE SEUS SERVIDORES

Na realidade já perfazem quase trinta dias de atraso no pagamento do salário dos servidores Estaduais, se levarmos em consideração que recebíamos no segundo dia útil, e utilizarmos a data máxima para sua realização (04/06), até hoje somam 24 dias de atraso. O Estado praticamente está devendo um salário inteiro para seus servidores, e quando paga, paga sem reajuste.



"Segundo a União, o crédito de 2,9 Bilhões deverá ser destinado à segurança durante a Olimpíada. O dinheiro seria o suficiente para arcar com os custos da Secretaria de Segurança por três meses, que consome R$ 940 milhões por mês. 

O pagamento da segunda parte do salário dos servidores estaduais, no entanto, continua incerto. Ainda não há data para pagar o que falta da folha de maio. Mas o martelo sobre remanejamentos será batido após a liberação dos recursos."
Fonte das aspas: Extra Online


SOS BOMBEIROS: Como oferecer um serviço à população se o Estado não dá condições aos seus servidores de trabalhar? Mas esse ainda não é o pior cenário. A bendita das olimpíadas ainda gera a expectativa, já factual, de recebimento de salário por pelo menos mais dois meses, entretanto quando ela acabar quais serão nossas expectativas???


segunda-feira, 27 de junho de 2016

AH...! SE NO CBMERJ TIVÉSSEMOS COMANDANTES DE CORAGEM

Chefia da Polícia Civil diz que greve de delegados no Rio é justa


Profissionais interromperam trabalho, nesta segunda. Eles protestam contra corte do orçamento e atraso de salários




Rio - A Chefia da Polícia Civil do Rio considerou, em nota, "justa e devidamente motivada" as reivindicações que levaram delegados e agentes a interromperem o trabalho nesta segunda-feira, 27. Eles protestam contra o corte do orçamento da Segurança Pública e o atraso nos salários. Até as 16 horas, serviços como registros de ocorrência e investigações estão suspensos. As perícias em casos de homicídio estão mantidas.
Fonte: O Dia Online


SOS BOMBEIROS: Será que um dia teremos comandantes com essa postura????

CIDADE OLÍMPICA INFERNAL!!!

Bem vindo ao inferno! Policiais e bombeiros não foram pagos. Quem vem para o Rio de Janeiro não está seguro.




SOS BOMBEIROS: Assim foi recebido os que chegavam ao Rio de Janeiro no aeroporto do Galeão. Policiais e bombeiros no limite. A panela de pressão está a ponto de explodir.


domingo, 26 de junho de 2016

ALGUNS CORONEIS BOMBEIROS PENSAM QUE SÃO JUIZES

A cada dia a crise financeira se agrava, e os bombeiros vêm se apresentando nas unidades mais próximas de suas casas (Medida acertada. Não foge às suas obrigações militares, mas como o Estado não honra com seus compromissos, não é possível que o militar custeie suas despesas).


Um novo fato surgiu em meio essa crise. Alguns comandantes estão enviando as viaturas para pegar os militares que se apresentam nas unidades próximas de casa, porém, não a disponibiliza para o retorno pra casa, ou seja, a preocupação deles é somente com sua responsabilidade de manter o atendimento, entretanto não há o menor interesse na pessoa do bombeiro e pela sua situação pessoal. 


O bombeiro só serve enquanto for útil. Esse tem sido a política adotada por alguns comandantes, em especial no 3º Gmar - Copacabana. Vide informativo




SOS BOMBEIROS: E se não bastasse todo esse desamparo, o Ten Cel Fernando Santos - comandante do 3º Gmar, constrange os Guarda-vidas impondo-lhes que comprovem a veracidade das informações contidas na declaração de hipossuficiência. Por gentileza, pedimos que informem ao ilustre comandante que ele corre o risco de levar um belo processo nas costas por usurpação de competência. 

A declaração de hipossuficiência foi criada pela lei 1060/50 albergada pelo novo código de processo civil, onde a justiça entende que a mera declaração assinada pelo cidadão possui validade presumível, e tais documentos comprobatórios só podem ser solicitados pelo poder judiciário, apenas o Estado na pessoa do juiz pode solicitar. Querendo fazer, o pode até direto ao banco ou a receita federal, ou seja, OS COMANDANTES NÃO TÊM ESSA PRERROGATIVA, nenhum bombeiro é obrigado a comprovar o que colocou na sua declaração de hipossuficiência por solicitação de nenhum coronel, nem pelo comandante geral.


Uma das soluções que provavelmente deve ser colocada em prática, a partir desta semana, pelos bombeiros é a permanência nas suas unidades. Passarão a morar nos quarteis. De alguma forma o estado têm que se responsabilizar pelos seus servidores e familiares .

sábado, 25 de junho de 2016

UMA ASSOCIAÇÃO CADA VEZ MELHOR PRA VOCÊ

OS TRABALHOS CONTINUAM MAS PRECISAMOS DE VOCÊ:


(Novo logo da associação devidamente registrado:)


Continuamos o trabalho de apoio aos inativos que estavam desamparados, desde senhores idade que cuidam de seus netos a senhorinhas impossibilitadas de trabalhar, e até reformados com doenças graves que mesmo com pagamento em dia já vinham passando dificuldades. Todos foram devidamente assistidos. 

colega inativo da polícia militar desabafou emocionado:
 "...quando minha esposa fez o cadastro eu confesso que não acreditei que ia chegar ajuda, mas vocês vieram...vieram mesmo! eu nunca vi isso, vieram mesmo..."

Também teve pessoas conscientes como a senhora Valéria, esposa de bombeiro reformado:
..."eu pus o nome na lista com medo do pagamento não sair, mais agora está tudo bem, tem muita gente na lista? posso passar a minha sesta pra alguém mais necessitado...?" 
Com isso observamos mais pessoas que se preocupam com o próximo. Informamos que a sexta foi doada a família de uma pensionista de policial civil que veio a falecer em acidente e deixou uma filinha com necessidades especiais.  

Resolvemos ajudar também na divulgação da CAMPANHA CONTRA O CEROL & LINHA CHILENA dos motociclistas,  por entender que a prevenção é melhor forma de evitar acidentes, o que também diminui o Já saturado numero de ocorrências de nossas ambulâncias e o risco do cada vez mais crescente numero de bombeiros que tem aderido a motocicleta como seu meio de trasporte pra chegar ao trabalho. 

Além do trabalho filantrópico e de utilidade pública, a nossa Associação SOS Bombeiros (DIGPREST) também está presente nos esportes como na divulgação do Campeonato Estadual de Surf de Peito & Hand-surf no qual participaram oito dos nossos melhores Guarda-Vidas e os interessados puderam assistir em tempo real por link divulgado nesse blog, ou ainda

no patrocínio de atletas de nossa corporação pra poderem disputar a Terceira Etapa do Ranking da Federação Estadual de jiu-jitsu do Rio de Janeiro. por entendermos que cada atleta bombeiro em um pódio é propaganda e demonstração de capacidade de nossos militares e de nossa corporação.  
Fizemos outras ações de maior importância, como a denuncia ao Ministério Público contra a empresa Orla Rio, pelo estado lastimável das guaritas dos postos de serviço dos Guarda-Vidas, e

como não poderíamos esperar a demanda jurídica, unimos forças com o Gabinete do Vereador Marcio Garcia, que prontamente nos atendeu e ajudou na colocação colocação de 11 blindex nas guaritas de nos piores postos para que nossos colegas não precisassem mais comer a marmita do almoço com areia.



Além dessas ações, temos usado todo nosso esforço para garantir o real Direito de Ampla Defesa nos processos e memorandos de nossos irmãos de farda, garantindo sua integridade, conseguindo vitória e absolvição de sanções jurídicas e administrativas em mais de 400 casos, só de julho do ano passado pra cá.
Portanto se o senhor leitor se identifica com nosso trabalho, venha fazer parte dele. venha ser sócio da mais ativa associação de militares do estado do Rio de Janeiro, e se sinta parte importante de todas essas e muito mais realizações, porque somente juntos somos fortes. Mas muitos não fazem a real ideia do quanto fortes nos somos, se estivermos juntos!

SABEMOS QUE A SITUAÇÃO NÃO ESTÁ FÁCIL MAS SEM A CONTRIBUIÇÃO DE VOCÊS ESSES E OUTROS TRABALHOS NÃO PODERÃO MAIS CONTINUAR. CABE UNICAMENTE A VOCÊS DECIDIREM SE ESSE TRABALHO É OU NÃO NECESSÁRIO.

ASSOCIAÇÃO SOS BOMBEIROS(DIGPREST)

Rua: Dias da Cruz nº 155 cobertura II  - Méier

Aberta de 10:00h às 12:30 e de 13:30 às 18:00h 

E-mail: associacaososbombeiros@gmail.com

Tel: (21) 3106-6891


sexta-feira, 24 de junho de 2016

BOMBEIROS PASSAM POR HUMILHAÇÃO CAUSADA PELO ESTADO

A cena se repete pela terceira vez este ano. O Estado que só pensa em manter a boa imagem, mentirosa, dos jogos olímpicos, abandonou seus servidores, e os expõe a essa situação humilhante. 


Homens que têm compromisso com a população, mesmo sem recursos para custear seu transporte, arriscam suas vidas à violência, se expondo fardados na rua a pé, para conseguirem chegar ao seu local de trabalho, 12º GBM - Jacarepaguá.



Bombeiros caminham na altura da estrada do Catonho em direção a Jacarepaguá






SOS BOMBEIROS: Sem palavras para qualificar os atos deste governo. Estamos a beira do Caos. Que seus comandantes também não endosse a covardia do Estado e os reprima. Toda a nossa solidariedade a estes heróis da vida real.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

SERVIDORES NA LUTA. NÃO VAMOS PAGAR ESSE CONTA

O ato em repúdio ao parcelamento dos salários em frente ao TJ continua. Os servidores se reuniram para mostrar ao presidente daquela casa que suas atitudes embargando as ações dos servidores não estão passando despercebido. Assim como toda essa manobra do governo do Estado, através das isenções fiscais e a decretação do estado de calamidade, tudo para garantir a segurança das olimpíadas.





Palavras do diretor de inativos da Associação SOS BOMBEIROS




O próximo Ato é avançar para Alerj a fim de protocolar pedido de impeachment.




No pedido de impeachment, o Muspe alega que os chefes do Executivo desrespeitaram diversos preceitos constitucionais. A gota d’água foi o decreto de calamidade pública, anunciado na última sexta-feira, que coloca obrigações básicas da população em segundo plano diante da realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro.

O pedido poderá agora ser avaliado pelo presidente da Alerj, deputado Jorge Picciani (PMDB). Caso Picciani entenda que o pedido tenha base legal e constitucional para ser aceito, o texto vai então para o plenário da Assembleia para ser votado pelos demais deputados.

Este não é o primeiro pedido protocolado na Alerj. O Sindicato dos Servidores do Judiciário (SindJustiça) já fez o mesmo ato no início do ano. O texto, porém, não foi levado adiante pela casa.
Fonte: Extra Online


SOS BOMBEIROS: Para um impeachment acontecer precisa-se que alguém o solicite. Essa parte já foi cumprida, agora vamos ver como vai se comportar o presidente da Alerj e os demais parlamentares.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

ATO CONTRA O PARCELAMENTO DO SALÁRIO DE MAIO. HOJE, 23/06, ÀS 14H EM FRENTE AO TJ

Amanhã tem ato dos servidores do Estado, às 14h, no TJ - Centro do Rio. Após, os servidores seguirão pra a ALERJ, onde vão pedir o impeachment de Francisco Dornelles. O Decreto de Calamidade é uma farsa. Reveja as isenções fiscais de R$ 185 Bilhões e acabe com a crise, governador.




SOS BOMBEIROS: "FASP-RJ. Em virtude dos últimos acontecimentos sobre o pagamento dos servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro, a FASP-RJ entrou com uma Reclamação junto ao Exmo. Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal, Dr. Ricardo Lewandowski."

Por esta razão a manifestação será no TJ às 14h para pressionar, principalmente o seu presidente, que sempre está jogando contra os servidores. Depois o ato seguirá para Alerj a fim de protocolar pedido de impeachment contra o Governo Estadual.

BOMBEIROS JÁ SE ENCONTRAM SEM RECURSOS PARA PROVER SUSTENTO DE SUAS FAMÍLIAS E TRANSPORTE

Bombeiros começam a informar a seus comandantes que devido aos atrasos e agora o parcelamento do salário, encontram-se sem condições financeiras para prover as despesas diárias pessoais e familiares. 

Com o orçamento domestico prejudicado militares começam a se apresentar nas unidades da corporação mais próximas de casa.


Fonte: Recebido via Whatsapp (21) 98181-8204

SOS BOMBEIROS: Atitude sensata, equilibrada e proba deste subtenente. O mesmo deve ser feito por todos os militares que encontrarem-se em situação semelhante. Nós trabalhamos, temos o direito constitucional de receber, se o Estado não cumpre com sua parte como exigir que seus servidores o façam.

Não é sua responsabilidade a crise do Governo. Não pagaremos a conta da sacanagem e roubalheira que o governo ladrão do PMDB Cabral/Pezão/Dornelles cometeram.

GOVERNO DO ESTADO SÓ PAGA A QUEM LHE INTERESSA. POR ISSO SERVIDORES ENTRARÃO COM PEDIDO DE IMPEACHMENT

Governo já pagou 2ª parcela dos salários de maio à Procuradoria Geral do Estado




Diferente do restante dos servidores públicos do Estado pagos pelo Executivo, os membros da Procuradoria Geral do Estado (PGE) já receberam seus salários de maio. O pagamento aconteceu da seguinte maneira: no dia 14, 10º dia útil e data para o pagamento dos servidores, os procuradores e servidores da PGE receberam a 1ª parcela. No dia seguinte, porém, o restante dos salários foi pago. Ao todo, 1.532 pessoas receberam, entre ativos e inativos, ao custo de R$ 19, 1 milhões.

Posicionamento de Dornelles para os 2,9 Bilhões recebidos do Governo Federal:

O governo do Rio deve agora apresentar o detalhamento sobre como o repasse feito pela União será utilizado no Estado. Dornelles já confirmou, por exemplo, que os bilhões não serão para pagar servidor. Hoje, o Estado deve a 2ª parcela dos salários de maio a 393 mil pessoas. A dívida é superior a R$ 400 milhões.


Por isso o movimento dos servidores tornará oficial, amanhã (23) às 14H; durante o ato que farão em frente ao tribunal de justiça o pedido de impeachment do Governador Pezão/Dornelles:

O Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe) confirmou que, durante o ato marcado para amanhã como forma de protesto de todo funcionalismo ao parcelamento dos salários, os líderes do movimento tornarão oficial o pedido de impeachment do governador Luiz Fernando Pezão e do governador em exercício, Francisco Dornelles. Os servidores justificam o pedido pelo descumprimento das obrigações constitucionais obrigatórias ao Executivo. O Muspe alega que o decreto de calamidade do governo negligenciou áreas como a saúde e a educação.
Fonte: Extra Online

SOS BOMBEIROS: A possibilidade deste pedido prosperar é significativa, pois o presidente da Alerj é quem seria o principal beneficiário, ainda mais a partir do ano que vem, onde expiraria o prazo para convocar novas eleições.

Vivemos no Estado do Rio situação semelhante a do pais, nem Pezão/Dornelles, nem Picciani é solução para os problemas do governo. A melhor alternativa seria novas eleições.  


ATO DOS SERVIDORES ESTADUAIS CONTRA O PARCELAMENTO DOS SALÁRIOS
 23/06 ÀS 14H, EM FRENTE AO TJ

terça-feira, 21 de junho de 2016

COMANDANTE GERAL DO CBMERJ TRAI OS BOMBEIROS E SUA PALAVRA

A reunião que ocorreria hoje, (21) na Alerj com o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros e Secretário de Estado de Defesa Civil Cel BM Alcântara, o presidente da Alerj e os líderes  de partidos para que o mesmo preste esclarecimento sobre todo o processo protelatório e vergonhoso que o ilustre comandante adotou, foi adiada para quinta-feira (23) às 09h; com os mesmos e mais o presidente da comissão de defesa civil, deputado Flávio Bolsonaro.


Não obstante, as galerias foram ocupadas pelos cabos cursados que pelas informações de bastidores apuradas, foram retirados do texto que o próprio Cel Alcântara havia incluído (coisa de malandro, dois papos, ou seja, sem palavra); uma verdadeira injustiça, terem que aguardar mais de seis anos para serem promovidos junto com quem não se dedicou tanto para galgar tal graduação.






SOS BOMBEIROS: O comandante geral traiu explicitamente os cabos cursados; inicialmente apresentou para os militares da saúde (durante o processo de construção do decreto) proposta de inclusão dos mesmos no texto. Os militares de pronto aceitaram, a final são todos bombeiros e querem ver a tropa crescer.

Até o presente momento não entendíamos o porquê do próprio Alcântara, voluntariamente, fazer a defesa da inclusão deste grupo no texto do decreto. Tal atitude não é compatível com o perfil deste comando. Ficamos surpresos, porém, em alerta. Hoje tudo fica muito claro; a investida quase que prospera, suas reais intenções era jogar um grupo contra o outro (causar divisão), pois alguns cabos cursados, com toda essa situação, chegaram a ensaiar a tentativa de pedir que os militares da saúde abrissem mão desta conquista em solidariedade e eles.

Não cabe. O único responsável por todo essa situação de estabelecimento de uma guerra entre irmãos é do maior malandro do CBMERJ, Cel Alcântara. Ele sim tem que ser alvo da repudia e manifestação dos Cabos cursados. A causa é muito justa, e nós do movimento SOS BOMBEIROS a apoiamos; assim como os militares da saúde também apoiam, podem contar com eles sem sobra de dúvida. 

Não podemos em hipótese alguma nos dividir, temos de permanecer unidos e firmes nesse propósito, e em outros que vivemos. Com a divisão que não prosperou somente o representante do governo (Cel Alcântara) ganharia. Para o azar dele o amadurecimento e visão do modus operandi obsoleto dos comandantes, já é percebido por toda a tropa sem a menor dificuldade.

Cabos cursados!!! Rija luta aos heróis aviventa. 

A reunião se transformou numa audiência pública e será na próxima quinta-feira(23) às 09h no auditório do prédio anexo da Alerj

NOTA DE FALECIMENTO

Com tristeza no coração informamos o falecimento do Subtenente Bombeiro militar Fabiano, RG 15.569, lotado no 2º GSFMA - MAGÉ. 


Lamentavelmente cometeu suicídio nesta madrugada. Já vinha lutando contra diversas enfermidades de natureza psiquiátricas. Acreditamos que o cenário financeiro atual também contribuiu para esse triste desfecho.






Deixa esposa e uma filha adolescente. Ainda não temos informação a respeito do sepultamento, mas tão logo tivermos, comunicaremos.

SOS BOMBEIROS: Que o consolo, a paz e o refrigério que só Deus pode dar, alcance os corações enlutados dos familiares e amigos.