sexta-feira, 5 de agosto de 2016

HCAP PREPARADO PARA ATENDER SEUS SOCORRISTAS EM CASO DE ACIDENTE

Rio 2016: Hospital dos Bombeiros realiza simulado de atendimento a militares contaminados durante explosão




Tendo em vista as Olimpíadas e as Paralimpíadas no Rio de Janeiro, o hospital do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) - Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP) – realizou, na quinta-feira (28.07), um exercício simulado de  atendimento a bombeiros contaminados em serviço, vítimas de Ameaças Químicas, Biológicas, Radiológicas e Nucleares (QBRN). O treinamento foi feito na própria unidade, localizada no Rio Comprido.   A atividade contou com a participação de médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, entre outros, num universo de 70 pessoas – personagens envolvidos diretamente e profissionais responsáveis por replicar o conteúdo.



O simulado dispôs da montagem de um hospital de campanha, com dois leitos para triagem; chuveiro de descontaminação; containers para material contaminado, entre outros itens específicos para o tipo de ocorrência. Um dos pacientes apresentou uma lesão abdominal e foi classificado como vítima vermelha (grave); o outro apresentou fratura nos membros superiores, classificado como vítima amarela (sem risco de morte). Ambos foram contaminados após uma explosão de uma bomba “suja”. 

De acordo com o diretor técnico da unidade, coronel Roberto Miúra, a programação testou o plano de contingência do hospital; avaliando a atitude, a função e o comportamento dos profissionais; os equipamentos e recursos necessários; o fluxo interno dos pacientes e as metodologias de transferências para hospitais de referência. 

 - Os médicos e enfermeiros estavam devidamente paramentados com equipamentos de proteção para coordenar as ações do HCAP, de acordo com o quadro dos pacientes. O hospital tem sido uma das referências do Governo do Estado do Rio de Janeiro para o socorro hospitalar das mais variadas formas. Com freqüência, a prontidão é solicitada para as visitas de autoridades e para os grandes eventos. Não podíamos ficar de fora de um planejamento para a possibilidade de desastres antes e durante os jogos. Nossos serviços são voltados para os militares e seus dependentes - contextualizou o diretor.


SOS BOMBEIROS: Mais uma demonstração da capacidade de gestão e mobilização motivacional, junto aos seus profissionais de saúde, é destaque da atual administração do HCAP.

A atual diretoria tem batido uma bola redonda na condução desta unidade hospitalar, respeito, atenção às observações dos bombeiros e compromisso com o trabalho tem sido a marca registrada dos diretores Cel Miura e Cel Epaminondas, juntamente com toda sua equipe administrativa. 

Um belo trabalho que visou mostrar a atenção e cuidado com a segurança daqueles que tem por dever proteger a população, mas que também podem ser vitimados pelas circunstâncias, foi demonstrado através deste simulado. Sem dúvida sabermos que podemos contar com um suporte logístico como este, dá mais confiança e convicção para o desempenho das funções as quais os bombeiros estarão empenhados pelas próximas semanas.

Parabéns a todos os profissionais que servem em nosso hospital pelo importante trabalho desempenhado.

10 comentários:

  1. É o HCAP pronto para tal e em condições dê...

    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para de kaô. Não faz mais que obrigação.

      Excluir
    2. É pronto para e em condições de! Tem tal nenhum ô, Anjomón!

      Excluir
    3. Poderia ser um pouco mais educado. E quando alguém faz coisa boa, e ter a hombridade de reconhecer. O diretor está fazendo um excelente trabalho. Parabéns Cel Miúra.

      Excluir
    4. Realmente, quem conhece o Cel miúda sabe que ele é um homem muito íntegro e que sempre tratou muito bem deus subordinados e pacientes.

      Excluir
  2. Não sei para que serve ser coronel porque não sabe nem ver o desenrolar do serviço escrevo isso porque está acontecendo uma burrice moro no interior chegamos antes das seis da manhã no GBS TEMOS CONTATO COM QUEM VAMOS RENDER SÓ QUE O COMANDO NÃO DEIXA RENDER NO GBS TEMOS QUE RENDER NO LOCAL AS NOVE UM ABSURDO E AINDA FICA UM MONTE DE CACIQUE BATENDO CABEÇA DANDO ORDEM EM CIMA DE ORDEM FICA ATÉ FEIO E NOSSOS AMIGOS DA FORÇA NACIONAL VENDO É RINDO

    ResponderExcluir
  3. vcs não estão enganados, não?? estão falando do HCAP é serio isso??

    ResponderExcluir
  4. Inspeção de saúde sem exame laboratórial, vc faz a inspeção de saúde em nova Iguaçu mais tem que ir no hcap posteriormente pra colher sangue oi faz no particular, pois o laboratório não está funcionando por falta de pagamento. Cadê o dinheiro da nossa contribuição para o fundo, absurdo isso, surreal. Eu defendo a contribuição, e defendo também clareza na prestação de contas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corretíssimo, o atendimento na clínica de n Iguaçu é sensacional, mas precisa de recurso, recurso esse que sai do nosso bolso. Kd o repasse?

      Excluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.