terça-feira, 16 de agosto de 2016

ONDE ESTÁ O DINHEIRO DO FUNDO DE SAÚDE, CEL ALCÂNTARA???

Certamente nesta próxima quarta-feira (17), o Cel Alcântara, na formatura matinal, esclarecerá onde está o dinheiro do fundo de saúde para a tropa, e também já pode dar satisfação a respeito da policlínica fantasma de campinho (inaugura, mas não funciona). 


A crise envolvendo a questão com o laboratório que suspendeu os exames por falta de pagamento já circula no meio da imprensa; na segunda o tema foi pauta de reportagem na rádio Band News FM.




SOS BOMBEIROS: Estamos ansiosos para ouvir o nosso "representante" a final, o engajamento do ilustre comandante não passou despercebido; seja na luta pela reedição da súmula do TJ em que por um momento determinou o atendimento (independente de pagamento do fundo de saúde) dos bombeiros e seus familiares; seja através da política posta em prática, do gabinete itinerante, em que era ferrenho defensor da contribuição ao fundo, dos benefícios e vantagens que supostamente ele oferece. Em cada visita nas unidades gastava bastante tempo com o assunto, se expondo a exaustão.

Reconhecemos que a ideia do fundo de saúde parece ser excelente e vantajosa para o bombeiro. A questão é que a pesar dos grandes avanços que o sistema de saúde do CBMERJ alcançou, a falta de transparência e a intimidação, no passado recente, sobre os que desejavam sair por suas razões pessoais (mesmo sendo um direito), fazem com que uma grande suspeita paire sobre a real administração e intensão na defesa da manutenção do sistema; Pois ainda existem vários problemas que não se explicam, vide o que estamos vivenciando agora.

Fato é que tanto o FUNESBOM quanto o fundo de saúde (que na teoria parecem ser excelentes) são uma caixa preta inacessível aos seus contribuintes. A única forma de acabar com esse clima de desacreditação seria uma auditoria profunda das contas desses fundos com exposição de seus resultados; ação essa que sabemos que não será autorizada, até porque veríamos inúmeros Cel's sendo preso.    

30 comentários:

  1. Exigimos que essa caixa preta seja aberta e fiscalizada,inclusive sugiro uma foi da Alerj e interferência do MP Estadual!!!

    ResponderExcluir
  2. É um absurdo essa falta de transparência na gestão pública e vergonhoso para uma instituição militar que deveria prezar e garantir direitos explanados na constituição fundamentado na moral, ética, etc... Mas o que vemos são quadrilhas chegando ao poder e buscando sempre um mecanismo para deaviar do coletivo para interesses pessoais baseados na ambição, falta de caráter e desonestidade. Em vez de se envergonharem, se vangloriam de possuir um estatuto totalmente punitivo para intimidação e retaliação para proteger e abafar todas suas ações escusas. Lamentável, ridículo.

    ResponderExcluir
  3. Eu ja fiz 2 requerimentos pra tirar o desconto do fundo de saúde e até agora não retiraram vou retirar na justiça. Não uso o HCAP nem os ambulatórios do CBMERJ, eu não posso nem dizer se é bom ou ruim mas lendo esses posts acho q não deve ser muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passa lá na associação, a gente resolve isso

      Excluir
  4. Mudando de assunto. É muito triste ver que a campanha eleitoral começou e ja tem tantos querendo uma vaguinha na Câmara Municipal, mesmo com o sacrifício do único representante que elegemos e tem feito um bom trabalho pelos servidores. É verdade que todos têm direito de concorrer, só não me venham dizer que estão fazendo pelos bombeiros, porque estão com interesses próprios. Esses bms que são candidatos no Município do Rio estão no seu direito e na legalidade, mas não representam o espírito Sos RJ. É triste ver que bms que servem ou serviram conosco agem como os políticos lá em Brasília que só pensam em si e esquecem o movimento que sempre pregou que juntos somos fortes. Muito triste isso.
    Força e honra !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivaldo por isso vou manter a minha palavra da luta.Juntos Somos Fortes!!! Sou Leão da Montanha Márcio Garcia e para a Prefeitura do Rio sou Leão da Montanha Flávio Bolsonaro.A todos só desejo boa sorte,mais vamos na luta por Dignidade!!!2018 tentar convencer o Daciolo para ouvir a Tropa e agradecer a Tropa.Ai só um Deputado Estadual no pleito. Abraço do Amigo de Todos Leão da Montanha.

      Excluir
  5. Vergonha esse fundo de saúde... ninguém sabe quanto se arrecada e nem o quanto se gasta realmente com as necessidades dos contribuintes(BOMBEIROS Militares)...
    Politicagem pura a INAUGURAÇÃO da policlínica de CAMPINHO...desde que inaugurou ela não funciona...venho tentando sem sucesso marcar pediatra para o meu filho e NADA !!!
    Ué ela foi ou não foi INAUGURADA ???
    Chega do cargo de comandante geral do CBMERJ ser indicação POLÍTICA...tem que ser indicação da TROPA !!!

    ResponderExcluir
  6. UMA COISA É MAIS QUE CERTA: NA MINHA CONTA E NO MEU BOLSO É QUE NÃO ESTÁ.

    ResponderExcluir
  7. Eu sou dá seguinte opinião vc tem quê analisar se é válido pra vc e a sua família o hospital do bombeiro se não for só dá entrada para tirar o de pra mim é válido o hospital tenho três filhos o preço que eu pago não conseguira pagar nada aí fora

    ResponderExcluir
  8. No boletim sedec n 149 16/08/2016 pág 6264. Bomba do gmar tomou 8 dias de detimento por ter sido flagrado vendendo bala no sinal Para ajudar no orçamento.

    ResponderExcluir
  9. É REALMENTE LAMENTÁVEL E MAIS UMA GRANDE PERDA PARA NÓS BMS, NÃO POSSO PAGAR PARA DAR UM PLANO DIGNO PARA MINHA MÃE , CONSEGUI COLOCA_LA COMO MINHA DEPENDENTE, ONDE HA MUITOS ANOS SE TRATA NO HCAP E SEMPRE FOI BEM ATENDIDA, COMO PRAÇA E COM AS DIFICULDADES QUE PASSA O FUNCIONALISMO , SÓ TENHO O HCAP COMO RECURSO DE TRATAMENTO FAMILIAR, COM A DECADÊNCIA DO SERVIÇO DE SAÚDE DO CBMERJ NÃO SEI O QUE FAREI, REALMENTE ESTAMOS ENTREGUES NAS MÃOS DE DEUS

    ResponderExcluir
  10. Gente vocês acham que o dinheiro que se arrecada dá para manter um hospital como o nosso? Temos que brigar é para o hospital não fechar.

    ResponderExcluir
  11. Se as pessoas saírem do desconto do FS, os descontos dos que ficarem não sustenta o hospital. Não adiantará nada.

    ResponderExcluir
  12. Fiz um levantamento para um plano de saúde ao nível que o CBMERJ me proporciona, valor R$ 539,00. Para a minha faixa de idade 51 anos, esse valor seria só para eu , sem meus dependentes, enquanto pago ao Fundo de Saúde R$ 156,00 com direito a eu e todos os meus 3 dependentes. Temos de lutar para mantermos o nosso sistema de saúde do CBMERJ, sabemos que acima do Comandante Geral, infelizmente tem um Governador e é o governo do estado que não está repassando o dinheiro ao nosso fundo saúde. Retirar o desconto ao fundo saúde seria uma atitude se eu fosse tomar , seria até pior, pois sei que esse momento difícil será passageiro. Sei também do empenho de buscar alternativas para solucionar o problema com o laboratório, que a verdade seja dita, presta um bom serviço. Na minha opinião algumas coisas deveriam mudar para melhorar o nosso sistema de saúde, exemplo quando o filho do bombeiro atinge um limite de idade , ele perde ao direito de usar o sistema de saúde, na minha opinião quando o filho do bombeiro perdesse ao direito, seria opcional ele continuar a usufruir pagando apenas uma pequena porcentagem. E com isso o nosso fundo de saúde teria uma maior arrecadação para investir mais ainda em aparelhagens e construções de mais policlínicas com emergência 24 horas. Com isso não teríamos os nossos dependentes desamparados ao atingir a idade.


    Forte abraço a todos e rezemos para que essa faze ruim passe logo.

    Ass. Subtenente Quintanilha HCAP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pense o seguinte: se mantivermos os filho ad eternum com o 1% de desconto quebramos o sistema. Mesmo com 10% seria temerário

      Excluir
  13. Caros amigos, uma coisa não tem nada haver com outra!
    O dever de manutenir a Saúde no CBMERJ não é nossa, isso é Lei, tem que ser seguido por todos, ou, tem que ir a ALERJ, através dos Deputados entrar com um Projeto de Lei para alterar (revogar o que está em vigência).
    Do contrário tds têem que seguir, veja:
    "Lei nº 6.880 de 09 de Dezembro de 1980.
    Dispõe sobre o Estatuto dos Militares/CBMERJ.
    Art. 50. São direitos dos militares:
    e) a assistência médico-hospitalar para si e seus dependentes, assim entendida como o conjunto de atividades relacionadas com a prevenção, conservação ou recuperação da saúde,..."
    Orá, isso é uma "mamata", o dever de manutenir o Hospital/Policlínicas é do Estado e, não deve ser repassado a tropa!
    Essa historinha que a qualidade iria cair, ou ter que fechar as portas, é mentira!
    Diga-se de passagem, a "taxa de incêndio" sempre teve outras finalidades pelo governo, já foi repassada para a Secretaria de Saúde, Secretaria de Transporte e por último, agora, SEPLAG.
    Pergunto, porque nunca se destinou a "taxa de incêndio" ao Hospital, a saúde da tropa?
    É o utra, num passado bem próximo, sempre fomos obrigado a descontar "cassino", isso, por logos tempo, automaticamente foi suspenso sem justificativa, cadê a devolução dos valores?
    Não existe desconto compulsório sem que seja tornado público a sua destinação, tem que ter transparência, isso é basilar na Administração Pública, sob pena de responder por "Prevaricação".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro colega de farda, acho que você menciona a Lei mas não a esclarece. O dever de manter nossa saúde é claro e cristalino. Não há qualquer menção que nos militares temos que ter uma unidade de saúde só nossa. Os hospitais públicos estão aí. Desculpe-me mas não tenho menor interesse em cair na vala comum, eu disse vala mesmo. A manutenção de nosso hospital é de responsabilidade usabilidade nossa.

      Excluir
  14. Quintanilha meu respeito, comentário muito bom. Eu sou a favor também ... CEL E PRAÇA COM O MESMO ATENDIMENTO, QUE SEJAMOS TRATADOS APESAR DE TUDO COMO HOMENS, SEM O DESCASO PARA CONOSCO EM SE TRATAR DE LICENÇA PARA TRATAMENTO, E TRATAMENTO PARA NOSSAS FAMÍLIAS TAMBÉM SEM DISTINÇÃO. Lembrando sub o senhor está certo. Mais parece ATÉ UM HOSPITAL DAQUELES DOOR. OUTRA COISA VOCÊ PERTENCE AO HCAP, SE ALGUÉM TRATAR MEUS FILHOS MAU NA MINHA UBM... PEÇO FORÇAS À JESUS... AINDA TENHO O DESCONTO MAIS QUANDO À NECESSIDADE PARECE QUE ESTOU PEDINDO FAVOR...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que me parece que estamos discutindo é a inclusão de talvez milhares de pessoas no sistema a um custo que inviabilizaria nosso hospital.o gasto em saúde é alto e fazer orçamento não é uma coisa fácil, já que temos receita definida, mas um gasto extremamente variável. Não podemos definir percentual de gasto em saúde como alguns querem, seria um risco a vida é com certeza um risco de morte.

      Excluir
  15. NECESSITO FAZER EXAMES DE SANGUE PARA DAR ANDAMENTO NO MEU TRATAMENTO.




    DIRETOR DA DGS E DO HCAP JUNTO COM O COMANDANTE GERAL, TOMEM PROVIDÊNCIAS URGENTEMENTE.


    COLOQUEM BOMBEIROS PARA FAZER OS EXAMES COMO ERA ANTES.



    ISSO É UMA QUESTÃO DE VIDAS.




    NÃO PODEM FICAREM IMERSO A ESSA SITUAÇÃO.

    ResponderExcluir
  16. Governo Pezão/Dornelles exemplo de humilhação e abuso de poder , nossas famílias passando necessidade e humilhação por falta de caráter desses abutres e pra completar um comandante omisso com sua tropa , triste realidade

    ResponderExcluir
  17. Discordo,não podemos nos acostumar com tal situação

    ResponderExcluir
  18. O que me causa estranheza em alguns comentários é a tentativa de pessoas se colocarem de forma desinteressada quando o assunto é o sistema de saúde do CBMERJ. Tento entender como se estas pessoas estivessem satisfeitas com o SUS, possuissem belos planos de saúde, ou talvez estivessem contando com decisão judicial para o atendimento. Acho bem temerário, pois sem receita a assistência seria precária e com certeza geraria uma grande insatisfação. Conseguir uma liminar ou mesmo uma decisão judicial não tem grande significado se o sistema vier a falir.

    ResponderExcluir
  19. É interessante como existem pessoas que tentam ficar a parte das questões que envolvem nosso sistema de saúde. Eu disse tentam, pois no fundo sabem de sua importância. Acham que a justiça resolve tudo, mas esquecem que sem receita a assistência para ou é bem precária. O que deveríamos fazer é nos unir e tornar o desconto obrigatório e manter, desta forma, nossas unidades funcionando. Não há outra alternativa. Algumas pessoas torcem para o caos, aliás, nem elas mesmo devem saber o porque.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de mais nada...tem que tornar público para onde está indo o dinheiro destinado ao "fundo de saúde"!

      Excluir
  20. E a promoção da turma de 2000 que se foda. A dos oficiais publica sempre antecipado. Se for preciso tem boletim em ponto facultativo, fim de semana.... na verdade é que eles defecam ora gente.

    ResponderExcluir
  21. Defecam como o comandante do cba xi, que mantem vinte ou mais bombeiros em seu expediente, pois somente transferiu no papel, e as praias com necessidade de militares para assumir postos vazios, sendo que os meninos dele faz serviço de oficiais, pois não tem oficiais capazes para servir ao seu lado, estudaram três anos atoa. A farra do expediente no cba xi continua, mesmo depois das transferências. Trazendo constrangimentos dentre os grupamentos marítimos e oficiais superiores.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.