sexta-feira, 30 de setembro de 2016

VINGANCINHA CAPRICHOSA DO COMANDO GERAL DO CBMERJ

Mesmo depois da publicação em boletim ostensivo, de nota convocando sete bombeiros da saúde para responderem PAD junto a corregedoria, por razões da manifestação em frente ao Palácio Guanabara, ainda tínhamos dúvidas das reais intenções com tais medidas, entretanto, no boletim do dia seguinte(28) todo o sentimento de vingança, desejo de querer aplacar a indignação causada pelo orgulho ferido foi demonstrada. 


"Perdeu na esfera política para os bombeiros da saúde, não conseguindo impedir edição de lei que diminuísse o interstício para promoção, sendo chamado várias vezes na Alerj passando por constrangimentos, por fazer papel de garoto não cumprindo o que acordara na presença do presidente da assembleia legislativa e dos líderes de bancada" 


Em assim sendo, o comando geral, determina mais uma leva de PADs e absurdamente instaura conselho de disciplina para um dos bombeiros engajados em fazer uma correção na injustiça que é ter que aguardar 12 anos para receber uma promoção, onde todos os demais da corporação esperam no máximo 6 anos.

   





Em todos estes processos ainda ficou faltando o nome de um suposto transgressor da disciplina, que a corregedoria interna esqueceu de instaurar procedimento apuratório para avaliar se sua conduta é compatível com a de um secretário e comandante geral do corpo de bombeiros. Falamos do ilustre Cel Ronaldo Jorge Brito de Alcântara que faltou com a palavra e não cumpriu com sua parte no acordo; além de já sabermos que pelos bastidores articula para que a publicação do decreto não ocorra, ou seja, age na penumbra, pelas costas.


SOS BOMBEIROS: A vaidade, o coronelismo, o autoritarismo e as medidas baixas e covardes ainda correm nas veias dos que ocupam o topo da hierarquia do CBMERJ. 

Sabemos que é muito duro para um comandante ter que aceitar a realidade de que não tem mais força política do que sua tropa unida. Realmente, é uma quebra de paradigmas sem tamanho; os novos comandantes, desta grande instituição, precisam entender de uma vez por todas que a tropa ACORDOU!!! e já entendeu que unidos são mais fortes; pois juntos, verdadeiramente, representam o todo, e não as palavras e pensamentos desencontrados com o perfil e necessidades dos bombeiros, expressas por uma só voz, a de seu comandante geral. Pois, este e outros passados há muito tempo não representam àqueles que comandam.

A crise de liderança no CBMERJ é grave. Tudo isso que foi relatado aqui nesta simplória postagem, traduz bastante do processo de transformação de modelo de liderança que URGENTEMENTE precisamos pensar para o Corpo de Bombeiros. A velha fórmula já não surte mais efeito, os mártires que com ela são criados só alimenta mais e mais o desejo de mudança. Ouvir, interagir, dar espaço, valorizar, motivar, zelar pela parte humana e ser exemplo são alguns dos valores que precisam ser inseridos no regulamento disciplinar desta corporação. 

Aos bombeiros da saúde, não olhem para a dor que o comando quer lhes causar neste momento, mas sim para a grande contribuição que estão dando para mudanças e aperfeiçoamento interno, transformando em realidade um antigo sonho que companheiros passados não tiveram forças para realizar.

Permaneçam juntos e unidos com aqueles que hoje são os alvos das covardias do sistema, pois certamente unidos vencerão mais essa batalha , porque Juntos Verdadeiramente Somos Fortes!

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

BOMBEIROS SEM 13º SALÁRIO. SERÁ VERDADE?!?!

Segundo informações que chegaram até nós, por várias fontes diferentes, na formatura matinal de hoje, em algumas unidades da corporação, informaram aos seus subordinados que no dia de ontem(27) em reunião entre o comandante geral do CBMERJ e os demais comandantes de obm's foi informados de que: 

- NÃO RECEBEREMOS O 13º SALÁRIO E POSSIVELMENTE O SALÁRIO DE DEZEMBRO.




SOS BOMBEIROS: Por razões de grande interesse do coletivo, e visando a confirmação mais rápida da notícia, pedimos a todos que chequem e através dos comentários possam confirmar se de fato procede tal calamidade.

INÍCIO DA VELHA PRÁTICA REPRESSIVA?!?!

Comando da corporação deseja averiguar legalidade do ato dos bombeiros ou reprimir direitos constitucionais de todo cidadão brasileiro?!?! Acompanhemos.


No Boletim ostensivo de ontem saiu nota convocando alguns militares que estavam se manifestando contra o governo (por acordo firmado há três meses pelo mesmo governo, comandante geral do CBMERJ e os bombeiros e não cumprido) a comparecerem para retirada de PAD (processo administrativo).  




SOS BOMBEIROS: Somos homens e mulheres que vivemos o estado democrático de direito. Regidos pela força da lei e não pela vontade dos homens. Tais leis seguem entre elas uma hierarquia (palavrinha que o comando adora utilizar; são zelosos e bastante observadores dela) em cujo topo encontra-se a constituição federal de 1988, onde em seu artigo 5º traz algumas GARANTIAS que certamente temos que destacar aqui:

"É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato."  (Art. 5º, IV)

"É livre a expressão da atividade intelectual, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença." (Art. 5º, IX)

"Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente."(Art. 5º, XVI)

Ou seja, baseando-se nestes princípios pétreos, até mesmo os militares, que também são cidadãos brasileiros, tem seus direitos garantidos, independente de regulamentos, normas, portarias, notas, comunicados, e até mesmo o R-quero. Por isso estaremos acompanhando para verificar, em tese, possíveis indícios de inobservância da hierarquia  das leis.

Bombeiros, permaneçam unidos, pois certamente o Atual corregedor interno Coronel BM QOC Roberto Fontenelle Damasceno só deseja averiguar se as inverdades que provavelmente relataram a respeito do ato, legítimo e legal que ocorreu, realmente não procedem.

Juntos Somos Fortes!
E dentro da lei, nenhum passo daremos atrás!  

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Bombeiros começam a ganhar na justiça o ressarcimento do desconto indevido do IR


Juiza dá sentença favorável a Bombeiro Militar do 18 GBM - Cabo Frio, e condena o Estado de restituir, com correção monetária os valores descontados indevidamente para o imposto de renda do auxílio moradia.





A associação SOS BOMBEIROS está movendo a mesma, ingresse com a sua.

Documentos: contra cheque dos últimos cinco anos (caso não tenha bastam três para iniciar a açao), identidade e comprovante de residência.

R.Dias da Cruz, 155 -Meier,Rio de Janeiro - RJ, 20720-010
Tel: 3106-6891

SOS BOMBEIROS: Não se demorem a ingressar com sua ação, pois não nos surpreenderíamos se o Estado determinasse aos desembargadores para baixar uma súmula que impeça tais decisões contra o Governo alegando risco aos cofres públicos

BOMBEIROS RESISTEM BRAVAMENTE AO FRIO DA MADRUGADA EM FRENTE AO PALÁCIO GUANABARA

Perseverantes e convictos de que hoje(27) será um dia de avanço, um grupo de bombeiros da saúde sustentaram o fri e o desconforto de dormir na rua, ao relento. Pegaram vento e chuva principalmente depois que a polícia retirou suas barracas, alegando não poderem acampar em solo público.




Se não pode com barracas, ficaram sem barracas mesmo. Bombeiro é sangue quente, corajoso e determinado. Não duvidamos em nada que eles arrancarão do governo a assinatura deste decreto.

A mobilização está bem forte para o dia de hoje, já pela manhã bem cedo o exército de guerreiros começava a se recompor. Até uma equipe de reportagem passou por lá bem cedinho. Vamos acompanhando os desdobramentos de mais essa grande batalha que estes homens e mulheres travarão ao longo do dia.







SOS BOMBEIROS: Muito nos orgulha ver que nossa corporação é formada por homens e mulheres de fibra e raça; que não mais se intimidam ou se acovardam ante as ameaças e dificuldades impostas por um sistema escravizador e usurpador da dignidade. 

O grande exemplo e demonstração de garra, de gana de vencer que demonstram, abafam todas as palavras e articulações dos que se posicionam contrários. Vocês já são vencedores, heróis do mundo real e cruel que vivemos. 

Nossas continências a esses bravos guerreiros do Corpo de Bombeiros. 

Estamos acompanhando cada passo.

REVIRAVOLTA EM DECISÃO SOBRE DEFINIÇÃO DO CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

Relator havia aceitado que julgamento de uma ação servisse de base para todas as outras que tratam do mesmo tema, mas voltou atrás




A legalidade da mudança da data de pagamento dos salários dos servidores estaduais não será mais analisada pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) em conjunto com outras pendências que afetam diretamente o funcionalismo. A decisão que seria tomada nesta segunda pelo colegiado do órgão já não servirá mais de base para todas as outras ações protocoladas e que tratam deste tema. 

O desembargador Nildson Araújo da Cruz, relator do caso, voltou atrás e mudou o próprio voto declarado em maio sobre o assunto.  Ele sugeriu a extinção do Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas Individuais (IRDRI), que garante a análise ao mesmo tempo de processos com o mesmo teor. 

Em maio, o magistrado havia aceitado o pedido de incidente proposto em abril deste ano, na 5ª Vara de Fazenda Pública, devido ao atraso do pagamento da pensão e parcelamento do 13º.

A decisão afetaria todos os processos de servidores ativos, inativos e pensionistas relacionados aos pagamentos. Assim,não haverá decisão de uma vez só sobre o assunto. “Ao propor a extinção, o desembargador antecipou seu voto sobre o caso o que leva a crer que ele deverá se posicionar contra ação”, avaliou o advogado Marcelo Queiroz.

Pedido de vista da PGE

Diante do posicionamento do desembargador, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) aproveitou a brecha e pediu vista do processo que seria julgado nesta segunda com o Incidente de Resolução de Demandas Repetitivas Individuais. A ação, assim, saiu de pauta e não há previsão de quando vai voltar para ser analisado pelo colegiado do Órgão Especial.
Fonte: Coluna do Servidor

SOS BOMBEIROS: Justiça se acovarda e relator altera seu próprio voto e muda a direção anteriormente apresentada. Agora as ações serão avaliadas individualmente, porém com tal manobra a procuradoria do Estado aproveitou e se utilizou de uma medida que adiou por tempo indeterminado as discussões.

Justiça POLÍTICA e COVARDE é a que temos no Estado do Rio de Janeiro. Somos oprimidos e escravizados pelos interesses do Estado defendidos por um tribunal parcial.
SOCORRO!!!

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

MILITARES DA SAÚDE DECIDEM ACAMPAR NO PALÁCIO GUANABARA E CONVOCAM QUE OS DEMAIS AVANCEM

Atualizado 17:03h:

Porta voz do Governo que recebeu comissão justificou que demora na publicação de decreto se deve ao decreto de calamidade pública, e que o mesmo teria que ser aprovado pela Alerj. 

Fato é que depois do acampamento o documento chegou ao palácio por volta da hora do almoço, e o papo agora é que irá ser apreciado pelo governador o quanto antes.

Resultados práticos: Mantem-se o acampamento por prazo indeterminado. Aos que não podem pernoitar, que se façam presentes amanhã pela manhã bem cedo, afim de mais um dia de constrangimento para esse governo. 

A presença maciça dos bombeiros é fundamental para a conquista desta vitória.




Atualizado 15:30h: O processo já se encontra no palácio Guanabara e acabaram de chamar três representantes para conversarem. Os bombeiros acampados aguardam o retorno destes com as informações...


Informações direto do front de batalha: bombeiros da saúde se manifestaram hoje(26) à frente do Palácio Guanabara. Eles exigem o cumprimento do acordo que firmou o compromisso da publicação do decreto, já rascunhado pelo secretário de defesa civil e comandante geral e encaminhado para a casa civil, que regulamenta a lei 7.121/15 versa sobre o prazo para promoção de cabo para 3º Sargento de 12 anos para 6 anos de efetivo serviço.



Estes guerreiros estão nesta luta desde o começo do ano de 2015, enfrentando e superando todos os tipos de artimanha protelatória do governo. Hoje, decidiram se manifestar na frente do Palácio Guanabara e fixarem presença. OU SEJA, IRÃO ACAMPAR. Veja convocação.



Corajosamente e mais uma vez dando uma lição de determinação e fibra, esse homens e mulheres socorristas, pedem desculpas à população pelo transtorno, mas não aguentam mais tanto desrespeito. 














SALÁRIO DE SERVIDOR NAS MÃOS DE ÓRGÃO ESPECIAL DO TJ. 2º OU 10º DIA ÚTIL?

TJ-RJ decide sobre pagamento do estado hoje, dia 26/09

Colegiado vai julgar um dos casos que servirá como jurisprudência para todos os outros.




Atrasos salariais, mudança no calendário de pagamento dos servidores, arrestos nas contas do governo... Desde o início do ano, o funcionalismo estadual vive o drama da incerteza do crédito de seus vencimentos no banco. Esse tormento levou a uma enxurrada de ações contra o estado no Tribunal de Justiça do Rio (TJ). E, amanhã, (hoje 26) finalmente o Órgão Especial do TJ vai decidir, de uma só vez, todos esses processos. O colegiado vai julgar um dos casos que servirá como jurisprudência para todos os outros.

O resultado do julgamento do chamado Incidente de Resolução de Demandas Repetititivas Individuais (IRDRI) — quando uma ação tem o mesmo pedido que tantas outras — vai afetar todos os processos de servidores ativos, inativos e pensionistas relacionados aos pagamentos. Os magistrados vão analisar a legalidade da mudança da data do crédito dos salários, que inicialmente, era no 2º dia útil (ativos) e , hoje, é no 10º dia. Relator da ação no Órgão Especial, o desembargador Nildson Araújo da Cruz ressalta que a admissão do IRDRI é para estabelecer a segurança jurídica e evitar riscos à isonomia.

A ação que será julgada, e que servirá de base para todas as outras, foi proposta em abril deste ano, na 5ª Vara de Fazenda Pública, devido ao atraso do pagamento da pensão e parcelamento do 13º.

“O julgamento será importante, pois o Judiciário se posicionará sobre esse debate (data de pagamento). Entretanto, penso que o componente político e a realidade do estado vai pesar mais do que o aspecto meramente jurídico”, diz o advogado Marcelo Queiroz, que representa pensionista, autor da ação. 
Fonte: Coluna do Servidor



SOS BOMBEIROS: Um dia muito importante para o futuro dos servidores estaduais, o órgão especial do TJ irá se posicionar, definitivamente sobre a alteração de calendário do 2º dia útil para o 10º dia útil para pagamento dos salários dos servidores ativos, inativos e pensionistas. Decisão que refletirá na vida de milhares de famílias. 

Que o fator político não sobrepuje o jurídico conforme teme o advogado que está representando pensionista autor da ação. E a justiça seja feita.

sábado, 24 de setembro de 2016

PALÁCIO GUANABARA. ESSE É O NOSSO DESTINO

Em nova convocação, militares da saúde reúnem forças e preparam seu exército para outra batalha em defesa da publicação do decreto que regulamentará a lei 7.121/15 que garante a promoção dos bombeiros da saúde à graduação de 3º Sargento dentro do interstício de 6 anos.


Recebido via rede social

Guerreiros e Guerreiras, agora, mais do que nunca, se tornou imprescindível a adesão de TODOS! 

Existem rumores que corre no Palácio Guanabara um processo de um decreto pra aumentar o interstício dos praças por tempo de serviço e se o governador conseguir decretar, além de não conseguirmos nossa promoção, podemos voltar a ter que cumprir 15 anos como cabo, ou seja,  só seremos 3ºSgt em 2023, então a hora é agora, temos que ir com força total dia 26/09 ás 10:00h na FRENTE DO PALÁCIO GUANABARA.

Imagem feita em manifestações anteriores


Colocar pressão e mostrar mais de nossa força, não só para que consigamos a publicação do decreto, mas para também aniquilar com mais esse plano de maldade contra nós; em assim sendo, companheiros, ou cada um de nós fazemos a nossa parte efetivamente, ou poderemos ainda chorar muito depois. 

Deus nos permitiu chegar até aqui e nós sabemos o quanto foi difícil e quantos sacrifícios foram exigidos, não podemos desanimar agora, temos que avançar Deus é Fiel e Justo e Ele está no controle. 

Contamos com a adesão de TODOS!!! Passem adiante, comentem com os colegas, expliquem a situação, levem a família e vamos vencer essa batalha. 

UNIDOS SOMOS MUITOS MAIS FORTES, OPERANDO DEUS NINGUÉM IMPEDIRÁ!!!

Dedicação, coragem e humildade. Ingredientes que diferenciaram o mandato do vereador Marcio Garcia

Nos últimos quatro anos, o mandato do vereador Marcio Garcia priorizou as demandas vindas dos movimentos sociais, em benefícios dos trabalhadores, se dedicou à construção e aprovação de projetos de Leis em defesa das minorias. Enfim, foi um trabalho árduo para identificar e promover as ações em prol do desenvolvimento da nossa cidade e das relações justas de trabalho e sociais. Mas o resultado satisfatório em favor da nossa população vale qualquer esforço. 

Vamos em frente, com o apoio do eleitor carioca, ainda temos muitas conquistas nos esperando para fazer da nossa cidade um lugar bem melhor!fonte: Site Marcio Garcia

  




SOS BOMBEIROS: Nos orgulhamos de ver que um bombeiro, assim como nós, conseguiu nestes pouco mais de três anos e meio atuar na defesa dos de sua classe, e também dos cidadãos da cidade do Rio de Janeiro. 

Se a causa é para melhorar, beneficiar e dar mais dignidade àqueles que tantos impostos pagam pode ter certeza que o vereador Marcio Garcia estará dentro.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Servidores são prioridades para o Estado. Mas só no papel

Em decreto, governo do estado coloca servidor como prioridade para pagamentos




Por meio de um decreto, o governador em exercício, Francisco Dornelles, cravou que os salários dos servidores, até o fim de 2016, são a prioridade da administração pública. A determinação foi publicada no Diário Oficial de quarta-feira, pedindo aos órgãos do governo que encontrem um jeito de reordenarem suas receitas, até o fim do ano, para o pagamento dos proventos dos próximos meses.

Dornelles citou a necessidade de uma reorganização em função, por exemplo, dos arrestos seguidos das contas públicas. Esse e outros aspectos modificaram as previsões e as necessidades do Orçamento.


Segundo a Secretaria estadual de Planejamento, o decreto “estabelece prioridade na alocação de orçamento para servidores ativos, inativos e pensionistas”. Em suma, tudo o que entrar no caixa paga vai para a folha de pagamento, incluindo o 13º salário.

Entre os líderes de categorias do funcionalismo, a medida apenas registra uma intenção. A garantia de que isso vai acontecer ainda não existe.
fonte: Extra Online


SOS BOMBEIROS: A essa altura do campeonato Governo do Estado quer contar historinha para servidores. Ninguém acredita em uma só palavra ou papel publicado. O negócio é preto no branco, pagamento e 13º salário na conta.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

DOAÇÃO DE SANGUE

Solicitamos aos nossos leitores que tiverem a disponibilidade que pratiquem esse ato de solidariedade, compaixão e amor ao próximo. Nossa amiga LUCIANA VIDEIRA PINHEIRO VIANNA está necessitando destas doações de sangue para dar continuidade num procedimento cirúrgico. Qualquer tipo sanguíneo é aceito para doação.




Locais para doação:

Hematologista Associados
Rua Conde de Irajá, 183, Botafogo
(próximo ao Largo dos Leões e Cobal do Humaitá)
De 2º feira a sábado das 08h às 18h
Telefone: 2537-7440



Banco de Sangue Santa Casa
Rua Santa Luzia, 206 Castelo
De 2ª a 6ª feira das 07:30h às 16h
Telefone 2220-7332

terça-feira, 20 de setembro de 2016

NO RIO DE JANEIRA A PMERJ ESTÁ COM MARCIO GARCIA - 18.193

A seguir publicamos vídeo que está circulando na rede sobre um dos grandes adversários dos governos do PMDB do Rio de Janeiro, o vereador Major BM Marcio Garcia.


 


Ele sempre defendeu não só os Bombeiros Militares, mas também os Policiais Militares.


segunda-feira, 19 de setembro de 2016

ESTADO DO RIO NO FUNDO DO POÇO






Especialistas lamentam que o governo não tenha tomado medidas para equilibrar as contas, após a decretação do estado de calamidade financeira. “A redução de secretarias beirou o ridículo: de 25 foram cortadas somente cinco e os cargos, remanejados. O número de comissionados não se alterou, são 8,5 mil”. Foi anunciado um corte nos 100 maiores contratos, mas nada foi feito.

“O que está acontecendo é o seguinte: as firmas terceirizadas ficam meses sem receber pela prestação de serviço e acabam quebrando porque não têm como pagar os funcionários. Simplesmente o estado contrata nova firma terceirizada como se nada devesse”, afirma o deputado Milton Rangel (PSD), autor de projeto de lei que impede o governo de realizar novas contratações de terceirizados, sem antes pagar o que deve. 

Segundo o deputado Luiz Paulo, a dívida com fornecedores é de R$ 10 bilhões. Na sua avaliação, o buraco no orçamento do governo em 2016 é recorde: “A despesa fixada foi na ordem de R$ 80 bi e a receita não chegará a R$60 bilhões”.

SOS BOMBEIROS: Então, temos ou não temos que começar a remover este grupo político do PMDB do Estado, a começar pela cidade do Rio, a mais importante economicamente e politicamente.

domingo, 18 de setembro de 2016

NOVAMENTE,SERVIDORES E PENSIONISTAS ESTÃO SEM MARGEM PARA EMPRÉSTIMOS.


Há casos relatados em que o funcionário foi avisado pelos gerentes das instituições financeiras nas agências de que ele está com a margem consignável negativada pelo estado.


Rio - Não bastasse o atraso dos salários que atormenta a vida do funcionalismo estadual nos últimos meses, servidores e pensionistas têm sido surpreendidos ao tentarem pegar empréstimos com desconto em folha nos bancos. Há casos relatados à coluna em que o funcionário foi avisado pelos gerentes das instituições financeiras nas agências de que ele está com a margem consignável negativada pelo estado mesmo sem nenhum contrato assinado para ter o crédito na conta. 

Muitos servidores apelam para o empréstimo consignado por conta do atraso nos vencimentos. E fazem do consignado, que têm juros mais baixos, a tábua de salvação para poder honrar os compromissos.

Questionada pela coluna, a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) reconheceu que ocorreram situações de negativação. A pasta informou que “devido à publicação do Decreto 45.563, de 27 de janeiro de 2016, que reduziu a margem consignável a 30% da remuneração do servidor, foram realizados ajustes no Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), que ocasionaram alguns problemas no cálculo das margens”.

A secretaria esclareceu, no entanto, que “os problemas foram corrigidos na folha de junho e, desde então, não foi verificada qualquer reclamação”.


RECLAMAÇÃO FORMAL

A pasta orientou os servidores que tiveram problemas a procurarem o Setor de Recursos Humanos de seu órgão de origem. A secretaria informou ainda que caso alguém tenha dúvidas sobre a margem consignável deve fazer reclamação formal no RH, “que encaminhará a solicitação à pasta”. “Caso esteja errada, a Seplag verificará e corrigirá no sistema”, informou por nota.




sábado, 17 de setembro de 2016

26 ANOS SERVINDO AO CORPO DE BOMBEIROS NA ÁREA DA SAÚDE

Hoje, dia 17 de setembro de 2016, completa o vigésimo sexto ano de vida dos bombeiros da enfermagem que ingressaram na corporação no ano de 1990. 


Já são mais de duas décadas de dedicação e contribuição para o crescimento e fortalecimento do serviço de saúde dos bombeiros, além é claro, dos serviços prestados aos cidadão fluminenses.










SOS BOMBEIROS: Nossa continência a está importante turma para a história do Corpo de Bombeiros. Que os próximos anos de serviço que faltam para completar a carreira sejam cheios de oportunidades de continuar fazendo o bem, e servindo a todos quanto precisarem de um profissional de saúde do CBMERJ.

Procuradoria Geral da República joga contra ação de interesse dos servidores

Procurador-Geral, Rodrigo Janot, deu aval a parecer contrário a ação que reivindica pagamento de salário de servidor até o 3º dia útil do mês subsequente.




A Procuradoria-Geral da República (PGR) manifestou-se contra a reclamação da Federação das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro (Fasp), que corre no Supremo Tribunal Federal (STF), e que determina que o Estado do Rio pague os salários de seus servidores até o 3º dia útil de cada mês, sob o risco de arresto das contas públicas.

No parecer assinado pelo subprocurador-geral da República, Odim Brandão Ferreira, com aval do procurador-geral, Rodrigo Janot, o órgão entende que o STF decidiu apenas retirar a multa ao governador, caso os salários não sejam pagos até aquela data. De resto, a Justiça estadual tem liberdade para aceitar ou rejeitar pedidos que garantam o pagamento do funcionalismo até um certo dia. O parecer dá força ao recurso apresentado pelo governo para suspender a regra do 3º dia útil.

SOS BOMBEIROS: Por enquanto ainda fica valendo a liminar do STF, porém esse parecer enfraquece um pouco a possível vitória dos servidores quando do julgamento definitivo desta questão.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

"TÔ FECHADO COM O DUDU!" SERÁ ESSE O SLOGAN DO COMANDO?!?!?!

Lembram daquela homenagem que o comando geral prestou para o Ilustre Dudu Nobre? (Postagem) cujas razões necessitavam de um grau elevadíssimo de compreensão do vernáculo para se chegar perto de um entendimento das razões pelas quais recebia a honraria.





Pois bem, o homenageado do comando se tornou candidato a vereador da cidade do Rio de Janeiro. Será que todo aquela consideração, além da, suposta, parceria para conseguir instrumentos para a banda de música, não visou também uma certa publicidade para o futuro candidato a vereador da cidade do Rio? 




SOS BOMBEIROS: Será que o comando geral do CBMERJ e Secretário de Estado de Defesa Civil Cel Alcântara está fechado com o Dudu?

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

DE PIRES NA MÃO GOVERNADORES FAZEM PRESSÃO EM BRASÍLIA

Crise financeira gerada pela má administração e crise política, obrigam governadores de 14 estados a se despencarem para Brasília a fim de obterem recursos federais para fecharem o ano sobrevivendo. Até Pezão reuniu forças e compôs o grupo dos pedinte


Governadores de 14 estados ameaçam decretar calamidade financeira
Estados pedem auxílio de R$ 7 bilhões para reposição de perdas com repasses federais


Governadores de pelo menos 14 estados do Norte, do Nordeste e do Centro-Oeste ameaçaram decretar situação de calamidade financeira, caso o governo federal não conceda a ajuda de R$ 7 bilhões para repor as perdas com os repasses federais. Por cerca de duas horas e meia, eles se reuniram, nesta terça-feira (13), com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e pressionaram pela concessão de um auxílio para compensar a queda de receitas.

De acordo com os governadores, o objetivo é que os 14 estados soltem uma nota conjunta na próxima semana para alertar o governo federal. Caso a ajuda não seja concedida, eles pretendem decretar o estado de calamidade financeira, como o Rio de Janeiro fez em junho. Do Nordeste, apenas Ceará e Maranhão não tomariam a medida.

Pela proposta apresentada hoje, os governadores pediram a antecipação de R$ 7 bilhões de recursos da repatriação (pagamento de tributos sobre recursos mantidos no exterior) que entrarão nos cofres federais até o fim de outubro. Originalmente, os estados propunham que a ajuda fosse equivalente à queda total de R$ 14 bilhões nos repasses da União ao Fundo de Participação dos Estados em 2016 em relação ao ano passado.
Fonte: JB

SOS BOMBEIROS: O estado do Rio se fez presente só para engrossar o caldo, por tudo que os outros ameaçam o Rio de Janeiro já fez e ainda recebeu ajuda do governo federal. 

A nação está entrega nas mão de ladrões e salteadores. Vamos ver qual será a novela do próximo mês para pagar o salário. 

Último capítulo da parceria Delegacia Fazendária e organizações Globo

Chega ao fim o inquérito "sigiloso" instaurado, às vésperas da eleição, com o claro objetivo de desgastar o mandato do vereador Marcio Garcia, na tentativa de atrapalhar sua reeleição.


Missão cumprida, pode assim dizer a delegacia fazendária, inquérito instaurado no ano eleitoral (com toda publicidade dada somente pelos veículos da Rede Globo) e finalizado às vésperas das eleições. 


Reprodução blog do vereador Marcio Garcia








Como já havíamos previsto, o inquérito "SIGILOSO" instaurado há alguns meses pela “delegacia política” do PMDB foi concluído. A delegada aproveitou que estamos a poucos dias das Eleições para reunir os jornalistas da GLOBO e divulgar os absurdos indiciamentos propostos, com a evidente intenção de descredibilizar um dos poucos mandatos independentes e comprometidos, exclusivamente, com os interesses dos eleitores.

Foram indiciadas as esposas dos bombeiros excluídos no movimento de 2011, nomeadas para trabalhar no meu gabinete (e trabalhavam, prova disso é o crescimento político do mandato que será materializado nesta eleição), acusadas de terem dado dinheiro aos seus maridos. Segundo a delegada, é crime (peculato) a esposa dar dinheiro ao marido. Crime seria proibir que ela ajudasse seu marido, que acabara de perder o cargo e o salário por estar lutando por dignidade e contra o governo mais corrupto da história do Rio de Janeiro. Corrupção esta que agora começa a ganhar a atenção do poder judiciário, mas deixa a cada dia as marcas da má gestão, com um Estado que não consegue nem pagar o salário dos seus servidores e presta um péssimo serviço à população. Porém, nada disso merece a atenção da delegada.

Outro fato que deu causa ao indiciamento de algumas pessoas neste processo que me envolveram foi o abastecimento de veículos particulares com o cartão de combustível. Segundo a delegada, "o Cartão de combustível da Câmara Municipal é para ser usado nos carros oficiais", mas ela esquece de mencionar que os vereadores não têm carros oficiais e que utilizam carros particulares para trabalhar. Uma conclusão lógica: o cartão de combustível existe exatamente para abastecer o carro particular que o parlamentar estiver usando. Como eu moro na Zona Norte, mais exatamente em Pilares, uso frequentemente o metrô, não utilizo totalmente a cota de combustível mensal, o que levou ao acúmulo de quase R$ 15 mil de saldo no cartão, mas é claro que nada disso interessa para a delegada.

Estou ansioso pelo momento em que vou poder me defender e ser julgado. Até o momento não fui sequer ouvido e tomo conhecimento das informações pela capa do Jornal EXTRA ou RJTV. Com o encaminhamento do inquérito ao procurador-geral de Justiça, vou poder extrair cópia do deste documento e, assim, poder dar mais detalhes sobre a investigação.

Ainda não sou réu, não fui denunciado e nem indiciado, mas já fui considerado culpado pelo GLOBO. E você, vai me condenar também? Ou vai procurar saber se o que estou falando é verdade? Vai entrar no meu site e vai avaliar a evolução do meu patrimônio, vai me consultar (21 98198-6559) ou alguém que me conhece pessoalmente? 

Enquanto você se decide, posso garantir que vou continuar fazendo oposição aos governos municipal, estadual e federal, todos do PMDB, vou continuar apoiando a CPI das Olimpíadas, vou continuar denunciando as covardias do governo contra os servidores públicos. Seguirei denunciando a péssima prestação de serviços públicos, não vou parar de denunciar os esquemas de corrupção, ou seja, não vou parar de trabalhar. Se a intenção com este processo era me desmotivar, teve o efeito inverso, agora temos certeza de que estamos no caminho certo, estamos incomodando.



Esse é nosso esquema! Não abandonamos ninguém, não desistimos e não nos vendemos.



Para você que não acompanhou, há meses passados, compreenda o contexto: Postagem publicada em 25 de julho de 2016. Click aqui.



SOS BOMBEIROS: Somente a união nos protegerá. Desde que despertamos para o contexto político que nos rege e decidimos contestá-lo, a caminhada tem sido dura, de muitas lutas, dores, sofrimentos, mas também, de muitas vitórias e conquistas para legados futuros.


1º grande obstáculo: 

Prisão de 439 chefes de famílias. Dor, sofrimento, desespero, angústias. Graças a Deus e a união foram superadas.


2º Grande obstáculo:

Prisão de 13 chefes de famílias em presídio civil de segurança máxima, sem mandado de prisão para tal. Dor, sofrimento, desespero, angústias. Graças a Deus e a união foram superadas.



3º Grande obstáculo:

Expulsão de 14 chefes de famílias com uma mão na frente e outra atrás. Dor, sofrimento, desespero, angústias. Graças a Deus e a união foram superadas.


4º Grande obstáculo:

Eleger o primeiro representante bombeiro indicado, escolhido e apoiado pela tropa. Graças a Deus e a união vencemos mais essa etapa


5º Grande obstáculo:

Com muita luta consegue-se aprovar a lei de anistia que trouxe nossos bravos de volta aos seus postos. Graças a Deus e a união vencemos mais essa etapa

Apenas uma rápida retrospectiva das batalhas. E essa que se apresenta diante de nós neste momento, só é mais uma de muitas outras que virão enquanto não nos conformarmos e desistirmos de lutar contra as covardias e indiferenças dos governos e seus representantes.

Agora você tem toda as condições de interpretar e discernir o cenário, e escolher de qual lado ficar; se de quem sempre apoiou o bombeiro, e agora os cidadãos cariocas, ou a parceria da delegacia fazendária e as organizações globo?!?!?!