sexta-feira, 2 de setembro de 2016

ALERJ VETA NEGAÇÃO DE SERVIDORES CASO O GOVERNO DO RIO ATRASE REPASSE DO CONSIGNADO.



Nesta quinta-feira, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, em segunda discussão, um projeto que veta a negativação dos servidores do Estado do Rio, feita pelas instituições financeiras. A lei protege quem tem empréstimos consignados de ser incluído no cadastro de inadimplentes em função de o governo atrasar o repasse das parcelas aos bancos. O projeto vai à sanção do governador em exercício, Francisco Dornelles. Ele terá 15 dias úteis para vetar ou sancionar a proposta, transformando-a em lei.

— A aprovação desta lei corrige uma injustiça que vem sendo cometida contra os servidores que têm empréstimos consignados com instituições financeiras conveniadas com o governo estadual, por causa de atrasos de pagamento das parcelas por parte do estado. Estes servidores não podem ser punidos com os nomes negativados porque o atraso foi gerado pelo próprio Estado — disse o deputado Edson Albertassi (PMDB), autor da lei.



Fonte:http://extra.globo.com/emprego/servidor-publico/alerj-veta-negativacao-de-servidores-caso-governo-do-rio-atrase-repasse-do-consignado-20037069.html

3 comentários:

  1. A margem já está negativa em 600 e lá vai fumaça.. rsrs do q adianta agora negativar. À propósito, a margem negativou justamente com o recálculo feito em 30%

    ResponderExcluir
  2. Atenção: Pec 141/15 Senado federal beneficia PMs e BMs de todo o Brasil... Enviem email assessoria@acirgurgacz.com.br responsável pela PEC... Apoiando e o parabenizando pelo ato e aprovação...

    ResponderExcluir
  3. Muito boa iniciativa, além dos bancas trabalharem com juros super compostos, com acordo milionario desse PMDB, ainda puni servidores, o cumulo,ferro nesses banqueiros que bancam campanhas.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.