domingo, 18 de setembro de 2016

NOVAMENTE,SERVIDORES E PENSIONISTAS ESTÃO SEM MARGEM PARA EMPRÉSTIMOS.


Há casos relatados em que o funcionário foi avisado pelos gerentes das instituições financeiras nas agências de que ele está com a margem consignável negativada pelo estado.


Rio - Não bastasse o atraso dos salários que atormenta a vida do funcionalismo estadual nos últimos meses, servidores e pensionistas têm sido surpreendidos ao tentarem pegar empréstimos com desconto em folha nos bancos. Há casos relatados à coluna em que o funcionário foi avisado pelos gerentes das instituições financeiras nas agências de que ele está com a margem consignável negativada pelo estado mesmo sem nenhum contrato assinado para ter o crédito na conta. 

Muitos servidores apelam para o empréstimo consignado por conta do atraso nos vencimentos. E fazem do consignado, que têm juros mais baixos, a tábua de salvação para poder honrar os compromissos.

Questionada pela coluna, a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag) reconheceu que ocorreram situações de negativação. A pasta informou que “devido à publicação do Decreto 45.563, de 27 de janeiro de 2016, que reduziu a margem consignável a 30% da remuneração do servidor, foram realizados ajustes no Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH), que ocasionaram alguns problemas no cálculo das margens”.

A secretaria esclareceu, no entanto, que “os problemas foram corrigidos na folha de junho e, desde então, não foi verificada qualquer reclamação”.


RECLAMAÇÃO FORMAL

A pasta orientou os servidores que tiveram problemas a procurarem o Setor de Recursos Humanos de seu órgão de origem. A secretaria informou ainda que caso alguém tenha dúvidas sobre a margem consignável deve fazer reclamação formal no RH, “que encaminhará a solicitação à pasta”. “Caso esteja errada, a Seplag verificará e corrigirá no sistema”, informou por nota.




6 comentários:

  1. Subtenente BM RR Valdelei Duarte.18 de setembro de 2016 17:30

    EMPRÉSTIMO CONSIGNADO !!!
    PRA QUÊ SE NEM MESMO O SALÁRIO ESTÁ GARANTIDO !!!

    “Não vejo perspectiva de pagamento de 13º salário e, quiçá, de mais uma ou duas folhas salariais. Faltam três folhas até o fim do ano e não tem nenhum recurso extraordinário para entrar”, explica. Somente com servidores ativos o estado gasta R$ 24 bilhões por ano. O deputado diz que com o fim dos grandes eventos “deve crescer o desemprego, pela desmobilização da construção civil e o esfriamento do comércio”.

    Fonte:http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-09-18/deficit-orcamentario-leva-estado-ao-fundo-do-poco.html

    Já que estamos em plena campanha eleitoral, e plagiando o Deputado Tiririca,quando disse que:" PIOR QUE ESTÁ NÃO FICA ". Não vote em candidatos do PMDB nessa eleição, porque igualmente e em conluio com o PT, o PMDB nos 16 anos de Governo destruiu o estado do Rio de Janeneiro !

    JUNTOS SOMOS FORTES.

    ResponderExcluir
  2. Empréstimos consignados uma lei criada pelo PT , onde se torna um vício e leva o servidor a falência.

    ResponderExcluir
  3. Para conseguir respeito e fazer valer a justiça. Alguém terá que ser sacrificado. Sem o Caos não venceremos.

    ResponderExcluir
  4. Uma solução para os que estão endividados com consignados é mover estes bancos na justiça, pois eles empurraram dinheiro alem do permetido do desconto em folha , tem pessoas que chegam a 60% de desconto quando tem que ser 30% no contrache, isso incluindo os descontos obrigatórios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emprestimo consignado não é obrigado a fazer,faz quem achar que deve. Já me ajudou muito em algumas situações.

      Excluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.