quarta-feira, 16 de novembro de 2016

É tiro, porrada e bomba

Após um começo pacífico na manhã desta quarta-feira, o clima ficou tenso na entrada da Assembleia Legislativa, onde devem ser discutidas as medidas do pacote fiscal do governo do Estado para sair da crise.

Por volta das 13h manifestantes derrubaram a primeira grade que cercava a assembléia e foram repelidas pelo Batalhão de Choque com bombas de gás lacrimogênio. Os manifestantes recuaram e voltaram a se agrupar em frente à Alerj. Um grupo se lançou contra a segunda grade e conseguiu derrubá-la.



Após a derrubada das grades, várias explosões foram ouvidas. Policiais do Choque se posicionaram em frente à entrada principal da Alerj para evitar que manifestantes tentem ocupar a Alerj.

Um blindado da Polícia Militar (caveirão) foi deslocado para o local. Blindados e cavalaria foram posicionados na praça em frente à Alerj, na Rua 1º de Março. Os manifestantes, que gritaram palavras de ordem contra o governador e o Batalhão de Choque.

Um manifestante foi socorrido por colegas, aparentemente ferido por uma explosão. Bombas de gás lacrimogênio e spray de pimenta foram disparados pela polícia para controlar os manifestantes. 

O protesto foi marcado pelas redes sociais e reúne todas as categorias que estão descontentes com o "pacote de maldades". Diretor secretário do Sindicato dos Servidores do Sistema Penal do Rio, Odonclei Boechat disse que os atos vão se suceder até o fim do ano em todos os dias em que houver discussão e/ou votação das medidas de Pezão, que visam ao reequilíbrio das contas do Estado, mergulhado num déficit de R$ 17,5 bilhões. A mais controversa é a que aumenta a contribuição previdenciária dos ativos e inativos. 

Os manifestantes bradam contra o "muro da vergonha" que os separa da entrada, e seguram faixas em que chamam a Alerj de "presídio de políticos". Os organizadores vão distribuir cestas básicas para os servidores mais necessitados - eles estão com salários atrasados, e não deverão receber o 13º salário.

Fonte: http://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2016-11-16/manifestacao-em-frente-a-alerj-tem-tumulto-e-confronto-com-a-policia.html

COMENTÁRIO: Que Deus proteja nossos heróis que se sacrificam hoje para defender nossa categoria.

9 comentários:

  1. É escrito ver PM jogar bomba em companheiros q estão lutando por eles mesmo. É por isso q não vou. Eu não caio mais na pilha desses coronéis q por promoções de vendem e pode apostar q amanhã estaram prendendo aqueles q ele mesmo liberou para ir ao manifesto. O meu comandante reuniu a tropa e disse q todos estavam liberados com exceção dos de sv e queria ver os mesmo na ALERJ. Eu te pergunto: Alguém o viu na ALERJ?
    Somos massa de manobra para eles, onde eles estavam em 2011?
    Eles nos abandoram em 2011 assim como os PM's e PC's, nós BM's fomos cassados e fui um dos 439, se não fosse a população a nos apoiar não sei do que seria de nós.
    Hoje vi os PM's do CHOQUE defender esse governo maldito e ir de encontro aos cidadãos de bem q não têm culpa da crise do estado por conta da roubaleira, os PM's escoleram mais uma vez o lado errado e é por isso q a população não está nem aí pra eles q são alvejados diariamente por bandidos. O policial deveria se valorizar mais, assim como o coronel do BPGE q fora exonerado e na ganância de sair coronel full assumiu esse novo comandante q só está pensando na promoção.
    O comandante geral da PM e do Corpo de bombeiros tinham q entregar seus cargos e se colocar a favor da tropa. E como já havia comentado com os colegas q nada Issa ser feito por eles. Penso no seguinte:
    A naba vai entrar do comandante geral ao soldado, então parceiro, eles q votem a cara.
    Não vou ser massa de manobra pra eles.
    Me desculpe aos guerreiros mais a culpa é de quem elegeu esses merdas corruptos achando q ia ser diferente de Cabral.
    Boa sorte a todos da linha de frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc não quer lutar é direito não seja idiota como olhar pro seu filho e esposa? Tb lutei 2011 e fui preso e estava lá hoje, repito é seu direito não ir! Mas se eu cair caírem de pé... Reflita irmão!!!
      Gmar Copacabana

      Excluir
    2. Respeito a opinião desse sujeito ,mas tenho que discordar da sua falta de visão perante aos progressos conquistados ao longo dos anos.Num passado bem distante quem ia imaginar os bombeiros se lançando na luta por melhorias das condiçoes de trabalho e melhoririas salariais? ta certo que não é das melhores, mas ja é um avanço. Hoje em dia as pessoas não são mas bobas em função das redes sociais que ajudaram, e muito, nesse sentido. Morgan Freeman, astro de hollywood, disse uma frase bem certa que "quando uma pessoa desiste de realizar seu sonho outra pessoa o contrata pra realizar a dela".Por isso amigo digo que um rio alcança seu objetivo por consegue vencer os obstáculos,Pense nisso um forte abraço!!!!

      Excluir
  2. Se você não quer colocar a cara fica na sua seu merda não vem trazer desânimo a quem está tomando tiro porrada e gás,sabemos que havia muitos policiais civis e militares, na manifestação enquanto você seu frouxo ficou dentro de casa, só aguardando resultado,seu BOSTA,como sabemos que mais uma vez o choque cagou pra dentro.

    ResponderExcluir
  3. Vídeo mostra PMs do Choque saindo de cerco à Alerj e sendo aplaudidos

    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/11/imagem-mostra-pm-saindo-de-cerco-alerj-e-sendo-ovacionado.html

    ResponderExcluir
  4. Será que vc e mesmo um dos 439,ou um puxa-saco de comando colocando o rabinho entre as pernas seu frouxo.Não desanime quem é da luta......mariquinha!!!!

    ResponderExcluir
  5. Será que vc e mesmo um dos 439,ou um puxa-saco de comando colocando o rabinho entre as pernas seu frouxo.Não desanime quem é da luta......mariquinha!!!!

    ResponderExcluir
  6. Com certeza você nunca foi e nunca será 439, pois nos os verdadeiros 439 estamos lá lutando por você e sua família. Choque nunca nos parou e nunca nos fará parar pois sou e sempre serei bombeiro e mesmo com mais de 60 anos estou lá na luta e fui sim um dos que derrubou a primeira grade. Meus filhos e netos tem orgulho de ao olhar para mim e saber que ainda estou na luta ao lado deles e por todos nos.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.