terça-feira, 6 de dezembro de 2016

ALERJ: É GUERRA!!!

Hoje o Estado do Rio de Janeiro será notícia em todo o Brasil e, se não recuar com o pacote de maldade, será notícia no mundo inteiro. 

Os servidores públicos já deixaram bem claro que não estão disposto a pagar a conta da crise e incompetência desse governo, e que vão lutar até às últimas consequências para evitar que seus direitos sejam retirados pelo governo comprovadamente mais corrupto da história do Estado.

A mídia comprada pelo governo vai se mobilizar para taxar os desesperados servidores públicos de vândalos, como já fizeram em 2011 com os 439. Nós temos a obrigação de garantir que a responsabilidade por tudo que está acontecendo agora caia no colo do verdadeiro responsável, que são o sr. governador Pezão, Dorneles, Cabral, Picciani, secretários e todo o grupo do PMDB e partidos aliados que apoiaram a barbárie que fizeram como nosso maravilhoso estado. Mantenham-se firmes, agora, mais do nuca, precisamos estar unidos.




ENQUANTO ISSO... Os deputados, que ainda não entenderam o que vai acontecer com o Rio de janeiro se as medidas não forem devolvidas ao governador, antecipam votação dos itens do pacote da maldade. Veja o calendário atualizado:
Confira abaixo o calendário atualizado:

DIA 07/12 (quarta-feira)

Sessão extraordinária - 13h

Projeto de lei 2.249/16 - Muda regras para pagamentos com precatórios: 60 emendas.

Projeto de lei complementar 37/16 – Proíbe por dez anos qualquer anistia aos devedores de impostos estaduais: 34 emendas.

Sessão ordinária - 15h

Projeto de lei 2.248/16 - Limita o subsídio do Bilhete Único a 150 reais: 121 emendas.

Projeto de lei 2.247/16 – Acaba com a isenção da tarifa da barca aos moradores de Ilha Grande e de Paquetá: 27 emendas.

DIA 08/12 (quinta-feira)

Sessão extraordinária - 13h

Projeto de lei complementar 36/16 - Determina que 40% das receitas dos fundos estaduais e 70% do superávit financeiro – saldo positivo nas contas – possam ser utilizados para o pagamento de pessoal: 66 emendas.

Sessão ordinária - 15h

Projeto de lei 2.246/16 – Extingue os programas Renda Melhor e Renda Melhor Jovem: 24 emendas.

Projeto de lei 2.242/16 – Aumenta as alíquotas do ICMS: 87 emendas.


DIA 12/12 (segunda-feira)

Sessão extraordinária - 13h

Projeto de lei complementar 34/16 - Muda a forma de repasse do orçamento dos poderes do estado, que deixa de ter valor fixo e passa a ser um percentual da arrecadação real: 29 emendas

Projeto de lei 2.240/16 – Muda regras no Rioprevidência, aumentando alíquotas de servidores ativos e inativos de 11% para 14% e a contribuição patronal de 22% para 28%: 106 emendas.

Sessão ordinária - 15h

Projeto de lei complementar 35/16 - Limita o crescimento da despesa de pessoal dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário e suas autarquias a 70% do aumento real da Receita Corrente Líquida (RCL): 38 emendas.

Projeto de lei 2.245/16 - Adia para 2020 aumentos salariais aprovados em 2014 e que entrariam em vigor em 2017 – 61 emendas.

2 comentários:

  1. DEPUTADOS, RENAN SE FERROU, ESTE É SÓ UM DOS PROCESSOS CONTRA ELE. AMANHA O SUPREMO VAI JULGAR. QUAL SERÁ O VEREDITO. SEU VELHO SAFADO. A PRESIDENTE DO SUPREMO TE AMA. PORQUE ELA É FORTE E ESTAMOS JUNTOS. ADIOS MUCHACHO. EU QUERIA SABER SE RASPASSEM O CABELO DO RENAN, ELE FEZ IMPLANTE, ENTÃO NÃO CRECE MAIS.
    JUNTOS SOMOS FORTES"""""""""

    ResponderExcluir
  2. PÔ ACHEI QUE IAM TIRAR O RENAN, QUE ABSURDO FICO COM PENA DO JUIZ DO SUPREMO. RENAN TIROU ONDA. QUE VERGONHA. BRASIL VOCÊ TEM O GOVERNO QUE MERECE.

    ResponderExcluir

Comentários com palavras de baixo calão, agressivas ou que estimulem a violência ou prática criminosas não vão ser publicados.

Citações ou acusações pessoais somente são publicadas com a identificação do autor do comentário.

Se sentiu ofendido? Quer ter o direito de resposta? Faça contato pelo email (enderecumemaium@gmail.com) ou use os comentários para defender seu ponto de vista.

O BLOG é seu. Use-o com sabedoria.