terça-feira, 31 de janeiro de 2017

1º DE FEVEREIRO ÀS 12HS - DIA DE GRITAR NÃO AO NOVO PACOTE DE MALDADES DOS GOVERNOS

Governo Federal e Estadual assinam acordo que supostamente "Salvará" o Estado do Rio de Janeiro, e jogará a última pá de cal na população e servidor. Compromissos assinados já foram encaminhados para apreciação do STF.



Por outro lado "Custo-corrupção" (termo utilizado pelo Juiz Federal Marcelo Bretas, o que está acabando com a gangue dos guardanapos) é apontado por este magistrado como um dos principais motivos para o estabelecimento da crise; e nesse acordo salvífico, onde os verdadeiros responsáveis não serão submetidos a uma investigação que apure às responsabilidades, os trabalhadores serão oferecidos em sacrifício, pagando a conta da promiscuidade desse governo.


Nós fazemos as farras e vocês pagam a conta

Muito tem sido dito e especulado, porém a verdade é uma só: Em nome de uma incerta recuperação (Onde seu principal gestor, o governador, está a beira de se tornar réu por improbidade administrativa, terá que economizar para que tudo mude) os cidadãos fluminenses, em especial os servidores, serão TRIBUTADOS EM DOBRO NO DESCONTO PREVIDENCIÁRIO, TERÃO SALÁRIOS CONGELADOS, PAGARÃO MAIS IMPOSTOS, PERDERÃO PATRIMÔNIOS PÚBLICOS, E NÃO HÁ GARANTIAS QUE ESSE PLANO FUNCIONE . Vejam as contrapartidas:



SOS BOMBEIROS: O papo é reto e objetivo. Se não colocarmos a ALERJ abaixo no dia 1º de fevereiro, dia do retorno dos parlamentares às atividades legislativas e nos próximos que virão. Seremos "estuprados" e nossa dignidade jogada no esgoto.

Somente pressão forte pra cima dos deputados (os responsáveis pela aprovação do acordo) nos salvará verdadeiramente da degola e abuso que querem cometer.

AVANCEM GUERREIROS E GUERREIRAS!!

REPELINDO INIMIGOS CANHÕES, OS INDOMÁVEIS LEÕES 

sábado, 28 de janeiro de 2017

UM TSUNAMI PASSARÁ PELA ALERJ. O DESESPERO JÁ TOMA CONTA DE ALGUNS

Três delações premiadas colocarão abaixo assembleia legislativa. Sérgio Cabral, Hudson Braga e Wilson Carlos já negociam falar tudo o que sabem para amenizar as penas que receberão.




Não pensem que neste momento os deputados estaduais têm como prioridade a discussão do novo pacote de maldades de Pezão ou a eleição do presidente da ALERJ. O clima é de pânico com o furacão que os deputados sabem que está chegando à Assembleia Legislativa. 

A todo momento trocam telefonemas desesperados em busca de notícias sobre os desdobramentos da Operação Calicute. Três nomes fazem muitos deputados tremerem: Sérgio Cabral, Hudson Braga e Wilson Carlos. Sabem que as delações premiadas desse trio cairão como uma bomba atômica no Legislativo. Hudson Braga, o Braguinha, "homem da mala" de Pezão já está fazendo a delação. Cabral avisou a aliados que vai negociar a delação premiada, e em Curitiba, Wilson Carlos vai seguir o mesmo caminho. Todos sabem que um raio vai cair na cabeça de Jorge Picciani e depois virá a enxurrada que atingirá dezenas de deputados estaduais. A casa vai cair. 
Fonte: http://www.blogdogarotinho.com.br/lartigo.aspx?id=23125


SOS BOMBEIROS: Não há mal que dure para sempre. Desde o final do ano passado esse grupo faccioso do PMDB/RJ está sendo desmantelado dia após dia. Por isso, acreditamos que os servidores não devem se abalar, ceder ou se conformar com as medidas aviltantes que o governo quer estabelecer. Na verdade nem o próprio governo, nem o presidente da assembleia legislativa sabem se completam seus mandatos em liberdade.

Fiquemos firmes, focados, defendendo o que foi conquistado com muita luta e sofrimento. Sacrifício para por esse governo, somente para mandá-los para Bangu.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

LUTANDO PELA VIDA - BOMBEIRO PEDE AJUDA AOS COLEGAS DE FARDA PARA SALVAR SEU BEBÊ

Humberto Vicente, sargento bombeiro lotado no 21º GBM - Itaperuna, pede, encarecidamente aos irmãos de farda, socorro para poder levar seu bebê para hospital de referência em Curitiba/Paraná para tratamento que poderá definir a vida desse anjinho; é sua grande esperança. Assistam o vídeo: 





Por conta da grave lesão cerebral sofrida em função dos mais de 40 minutos em parada cardíaca, o pequeno João Fernando, necessita hoje de assistência especializada só encontrada em outro estado.




Se você pode ajudar faça uma doação da quantia que Deus colocar em seu coração para socorrer esta vida.

CONTA POUPANÇA
BANCO BRADESCO

Jhoão Fernando Ferreira Vicente
Ag: 6777
C/P: 1000891-3
CPF: 185.791.117/22


SOS BOMBEIROS: Assim que tomamos conhecimento dessa história corremos para dar publicidade e apoiá-la solicitando toda forma de ajuda que nossos leitores puderem dar. Pois a situação financeira humilhante que os servidores do Estado se encontram dificulta ainda mais para este pai dar o suporte digno que seu filho requer.

Apelamos até mesmo para o comando da corporação; Talvez o Corpo de Bombeiros com todo prestígio e grandeza pode contribuir para ajudar neste caso. Toda ajuda é bem vinda.

domingo, 22 de janeiro de 2017

NÃO APOIO NEM ACEITO ACORDOS DE DELINQUENTES


A voracidade com que membros do PMDB estão arrasando o nosso Estado do Rio de Janeiro impressiona. Esse acordo de recuperação fiscal do Pezão e Temer, nos termos divulgados pela imprensa, é indecente e visa apenas livrar de responsabilidades os artífices dessa crise.



Suspender o pagamento da divida do Estado por três anos sem auditá-la, sem apurar responsabilidades, é transferir para o sucessor do nosso governador o ônus dos seus feitos, é determinar que uma nova crise virá ainda mais violenta após o período de suspensão, ocasião em que ambos (Pezão e Temer) já não estarão no poder.
Por outro lado, decidir que os servidores públicos descontem um percentual maior em suas previdências para terem seus vencimentos em data certa é uma chantagem inominada, prefiro continuar recebendo na data que o Estado quiser.

Não concordo em cobrir o rombo fraudulento deixado na previdência do Estado pela dupla Cabral x Pezão sem que haja, no minimo, uma apuração seria dos reais motivos da quebradeira, efetuada por pessoas idôneas e não comprometidas.

Novos empréstimos bancários para o pagamento do decimo terceiro salário ainda vão agravar mais o nosso futuro como funcionários e cidadãos fluminenses. Se não houver depuração total das obras superfaturadas (ex: Maracanã), incentivos fiscais inadmissíveis, contratos de serviços irregulares e outras demandas, não vamos sobreviver a esse acordo enfadonho.

O governo federal está também deficitário, sobrevivendo de emissões de títulos e concedeu diversos aumentos a classes de servidores federais. Entretanto exige no ajuste arbitrado ao nosso Estado que sejam descumpridos acordos salariais estabelecidos anteriormente. Afinal de contas, no Município, no Estado e na União, somos nós que pagamos os impostos, porque a discriminação?

Não há clareza nas contas do Estado, não se propõe uma redução dos custos incompatíveis praticados pelos Poderes Judiciário e Legislativo; os cargos comissionados não são reduzidos; os órgãos de controle e fiscalização das finanças do Estado são omissos e têm tratamentos diferenciados.

A imprensa é tendenciosa e só publica o que convém, fazendo das negociatas do Pezão a salvação da pátria e transformando servidores em vilões, esquecendo que até bem pouco tempo éramos o segundo estado em arrecadação de impostos do País. Quem quebrou a nossa economia não pode ser tutor de projetos para saneá-la.

O Pezão, Picciani e seus parceiros do PMDB não têm credibilidade para negociar mais nada, se o Brasil fosse um País sério já estariam no minimo destituídos de sues mandatos.
Portanto, não apoio e não aceito quaisquer acordos que tenham essas figuras como patronos.

Fora Pezão! Fora Picciani!

Jorge Luiz - Perito Ciminal

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

BOMBEIRO GANHA AÇÃO DO DESCONTO INDEVIDO DO IMPOSTO DE RENDA

Mais uma decisão favorável ao ressarcimento do desconto indevido do imposto de renda sobre o auxílio moradia que o estado praticava, mais de R$ 11.000,00 reais o ganho desta causa. 


Não tarde em ingressar com sua ação; procure a assistência jurídica de nossa associação.



INFORMATIVO:

Como sabem o imposto de renda do funcionalismo público é retido na fonte, e baseado no vencimento bruto.

Todavia o estudo do Decreto Federal 3000/99 , Art 39 em seus diversos parágrafos desconsidera como tributável:

-Ajuda de custo;
-Transporte;
- Frete;
- Locomoção;
- Moradia;
-Alimentação;
-Bolsa de Estudos;
- Alguns outros benefícios de caráter indenizatório.

No caso especifico de policiais civis e militares e bombeiros militares, era feito o desconto incluindo o auxílio moradia.
Através de ações anteriores, em 2016 o estado reconhece o desconto indevido e no mês de Abril, cessa a arrecadação sobre esse benefício, o que já é uma  pequena vitória do servidores.

Outro detalhe que nós observamos é que o auxílio transporte, que só entrou no orçamento do Bombeiro Militar a partir de 2013, e portanto não fez parte das ações anteriores não entrou na anistia do IR, embora seja claramente indevido de acordo com o mesmo decreto. 
Logo; 

Queremos receber de volta o que nos foi descontado indevidamente,

Queremos a não tributação sobre o Auxílio transporte.




QUEM TEM DIREITO?

Bombeiros militares da ativa e da reserva: ressarcimento do IR recolhido sobre o auxilio moradia e auxílio transporte, 
Policiais militares da ativa e da reserva: ressarcimento do IR recolhido sobre o auxilio moradia;

Demais servidores: ressarcimento do IR recolhido sobre o auxilio moradia (caso sua categoria possua esse benefício ou similar),  ou qualquer um dos outros benefícios listados a cima que tenha sido tributado.

Sendo assim, se o prezado leitor  deseja receber de volta os últimos 5 anos (infelizmente é tudo o que podemos requerer por força de lei) de contribuição indevida nós faremos essa ação questionando a natureza administrativa da recolhimento junto ao estado pra você.

Portanto senhores, sejam praças ou oficiais, sejam militares ou civis, da ativa, da reserva, aposentados, reformados, ou pensionistas, essa é mais uma maneira que encontramos de tentar ajudar nossa tropa e demais servidores mediante a crise que estamos vivendo.

Não perca mais tempo e descubra um lugar sem estrelismo onde gente simples, cidadãos de bem como nós, encontram um porto seguro para se protegerem mutuamente e lutarem pelos seus direitos, porque somente juntos somos fortes.

Os nossos  sócios-contribuintes pagarão apenas metade do previsto em honorários ao final do processo! (ou seja 15% do valor recebido) os demais (não sócios) também podem mover, porém arcarão com a despesa da consulta ao advogado R$ 100,00 e mais 30% ao final do processo.

Documentos necessários:

Cópias simples do RG, CPF e Contracheques (este de preferência digitalizado no formato PDF), se possível dos últimos 5 (cinco) anos, sendo os contracheques de maio de 2011 pra frente. Porem, nada impede de entrarmos com a ação apenas com contracheques atuais e juntar os mais antigos no curso do processo.


Além dos documentos, será necessário assinar uma procuração e uma declaração para obtenção da Gratuidade de Justiça e um contrato (para os que não são sócios)


Ligue e agende uma consulta com nossos advogados. 

ASSOCIAÇÃO SOS BOMBEIROS
(DIGPREST)
Rua: Dias da Cruz nº 155 cobertura II  - Méier
Aberta de 10:00h às 12:30 e de 13:30 às 18:00h 
Tel: (21) 3106-6891

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

GOVERNO ANUNCIA PAGAMENTO DE SALÁRIO DO MÊS DE DEZEMBRO DA SEGURANÇA PÚBLICA

Já na segunda quinzena do mês de janeiro, com atraso de cinco dias depois do calendário oficial, ou seja, décimo dia útil, o governo do Estado anuncia por meio de nota o pagamento do mês de dezembro para amanhã dia 18, SEM REAJUSTE POR ATRASO, somente da segurança pública, porque os demais ainda não sabem como receberão.


Não obstante, permanece calado sobre uma previsão de pagamento do 13º salário. Uma big de uma covardia, contudo ainda pequena se comparada com a que está costurando junto ao governo federal para aniquilar com a vida do servidor. O governo faz a devassa, é perdulário, corrupto e o servidor junto com a população que paguem.


Reúnam forças porque a batalha na ALERJ será a única salvação da degola que todos nós servidores estamos por sofrer. Até mesmo questionamentos judiciais serão inúteis, pois a versão aprimorada do pacote de maldades virá com o aval do STF, com a bênção da ministra Carmem Lúcia, presidente da corte.





SOS BOMBEIROS: Esse mês está sendo assim, no mês que vem, se não reagirmos, será muito pior, a cada mês aumenta o atraso e o que você terá de pagar de juros vai corroendo mais e mais seu salário. 

Na prática muitos só receberão na quinta-feira (19) pois os pagamentos serão liberados a partir das 13h de amanhã. Ou seja, tiramos Pezão ou ele enterra o Estado, porque em parada cardiorrespiratória já se encontra.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

SEM RECURSOS PARA PASSAGEM BOMBEIROS NÃO ASSUMEM SERVIÇOS

Bombeiros não comparecem para trabalharViaturas estão buscando os militares em casa




O atraso no pagamento dos salários de servidores do estado pode causar impacto no atendimento do Corpo de Bombeiros. Mesmo com uma determinação publicada no boletim interno da corporação autorizando viaturas a buscar os militares em casa, um ouvinte da Rádio BandNews Fluminense lotado no Grupamento Marítimo disse que muitos colegas não compareceram as unidades nesta segunda-feira (16). Segundo ele, houve diminuição no efetivo dos postos de monitoramento das praias do Leme, Copacabana e Ipanema, na Zona Sul do Rio. 

A corporação nega que as atividades estejam prejudicadas pela falta salva vidas, apesar da denúncia do bombeiro do GMar, que pediu para se identificar.


Por Francini Augusto, às 16/01/2017 - 10:59


SOS BOMBEIROS: Mais uma humilhação este governo submete os heróis da vida real. Humilhação para os bombeiros e risco de morte para a população, pois terão as praias e vias públicas mal guarnecidas.

sábado, 14 de janeiro de 2017

A PARTIR DE HOJE (14) DÉCIMO PRIMEIRO DIA ÚTIL DO MÊS. SOLICITE TRANSPORTE AO SEU CMT

Bombeiro! seu dinheiro acabou? 

Apresente sua declaração de hipossuficiência na secretaria da obm, solicite apoio de seu comandante para disponibilizar viatura para buscar e levá-lo em casa com antecedência de 24h. Na impossibilidade apresente-se na unidade mais próxima. Segue nota do comando geral.


SOS BOMBEIROS: Não se individe para se deslocar até o seu quartel. Toda trabalhador é digno de seu salário. Como o Estado não honra com seus compromissos, que o mesmo, através do CBMERJ, providencia meios para que os bombeiros possam chegar e regressar em seu dia de trabalho nas unidades que são lotados. Nada mais justo, já que a suposta previsão de pagamento de dezembro é dia 26 de janeiro.

Segue um modelo de declaração de hipossuficiência:



Informo-vos respeitosamente, que para fins previstos na Lei nº 1.060 de 05.02.1950, com as alterações introduzidas na Lei Federal de nº 7.510 de 04.04.1986. Eu, ______, brasileiro, casado, bombeiro militar, inscrito no CPF/MF sob nº  _____, portador do RG _____, expedido pelo CBMERJ, residente e domiciliado na (Rua, Av.), de Cep ___, declaro sob as penas da Lei, que atualmente não possuo condições financeiras para arcar com o pagamento de minhas despesas ordinárias e necessárias ao efetivo cumprimento dos serviços e escalas, sem prejuízo de meu sustento e de minha família.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

MILITARES DO GSE COSTA VERDE PEDEM SOCORRO!

A vida profissional e social dos bombeiros da área saúde de toda a corporação vem sofrendo com ações provenientes da má administração do GSE que visa em primeiro lugar a pauta política e não a saúde do profissional e por conseguinte a qualidade no atendimento à população. 


Com os bombeiros da Costa Verde não é diferente são de quatro a cinco serviços extras compulsórios no mês. São privados totalmente de fazerem uso da forma como quiserem de seus dias de folga (podem ser acionados a qualquer momento pois estão de sobreavisos). O estresse e a indignação tem se elevado grandemente entre eles, refletindo na saúde dos militares, no relacionamento dentro do quartel, no atendimento à população, em casa com a família, ou seja, a tortura emocional, psicológica e social que esses homens e mulheres sofrem o impulsionam a atitudes drásticas que não condizem com seus perfis; eles só querem ser tratados com respeito e dignidade.





Segundo a Major Regina Célia, coordenadora regional da Costa verde/GSE, a determinação para aplicação dessa escala como forma de suprir a defasagem de profissionais na região, somado a obrigatoriedade de terem que conceder férias é essa, abusando dos que ainda estão de pé, porque muitos já adoeceram e encontram-se licenciados (na altura do campeonato uma válvula de escape).

Mesmo todos sabendo que não faltam militares no quadro de saúde do CBMERJ, a imposição de uma rotina escravocrata e intimidatória (ameaças veladas de punição geográfica) até o momento tem vigorado com toda força sobre os bombeiros da costa verde.

SOS BOMBEIROS: Alo comando do GSE! estão aguardando surgirem outras "Melissas" para que providências sejam tomadas?   

Quando a tropa surtar não adianta fazer cara de paisagem alegando desconhecimento. Não é possível cuidar dos outros se o profissional não é cuidado.

Para alguns, ainda não chegamos ao 15º dia do mês e já trabalharam 7 plantões de 24hs.

Vejam os acionamentos. Quanta covardia.










quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

COREN-RJ APURA DENUNCIA DE PRISÃO DA TENENTE BOMBEIRO ENFERMEIRA MELISSA







A HORA DA DESVINCULAÇÃO É ESSA. FORA SAMU!!!

A municipalização de 16 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), resultado de um acerto entre o empossado Prefeito do Rio Marcelo Crivella e o Governador Pezão, já está em andamento e tem previsão de ter consumada a transferência de gestão até o mês de Março.



Fato é que diante desse cenário caótico qual o governo do estado enfrenta, ele tem a prioridade de diminuir os gastos e encargos, ou seja, enxugar a máquina pública ao máximo possível se almeja honrar com os compromissos ou mais sério ainda, se pretende se livrar de ter de explicar suas contas no final do mandato para a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Dito isso, abordemos o Serviço Móvel de Urgência (SAMU) que na área metropolitana do Rio de Janeiro está sob a administração do Estado, sendo executado o serviço não pela iniciativa privada, mas sim pelos Militares do Corpo de Bombeiros do Estado. É importante ressaltar que por decreto presidencial o SAMU é um serviço de verba Federal franqueado a execução dos Municípios, a fim de desconcentrar a atenção efetuada exclusivamente pelos pronto-socorros.

O caso é que os bombeiros já veem a tempos reclamando que estão extenuados dessa jornada em seus serviços, atendendo duplamente chamados de Emergência devido a Vincualção do SAMU ao CORPO DE BOMBEIROS  (http://www.sosbombeirosrj.com/2015/05/vinculacao-do-samu-ao-corpo-de.html), que provoca prejuízo a qualidade do serviço prestado a população devido a esse desvio de função, pois o atendimento do SAMU em nada tem a ver com a atividade fim do BOMBEIRO e devido ao alto grau de desgaste físico, mental e emocional causado ao servidor.

Nesse último domingo 08/01, noticiamos um caso polêmico desta situação de desgaste físico/mental, quando a Tenente enfermeira foi presa (http://www.sosbombeirosrj.com/2017/01/a-face-da-desumanidade-dentro-do-cbmerj.html) após informar não ter condições para dar continuidade ao serviço alegando problema físico-emocional, o que foi encarado pela tropa como um grande ato de falta de Humanidade por parte do comando. O caso da Tenente ainda está sendo analisado pelo comando do Corpo de Bombeiros mas já se tem noticia de que ela está passando por avaliações médicas.

O fato é que hoje os bombeiros clamam ao Sr. Prefeito Marcelo Crivella que a exemplo das UPA’s, entre em acordo com o Governador Pezão e assuma de vez o Serviço do SAMU. Os benefícios seriam não só para os bombeiros que estariam menos sobrecarregados, mas também para a população que estaria se beneficiando com a nova mão de obra menos desgastada, sem contar a abertura de novos postos de emprego o que traria alegria para um número enorme de famílias dentro desse cenário de crise.

SOS bombeiros: Essa atitude tem que ser tomada com urgência. O serviço da Samu deve ser devolvido imediatamente a prefeitura. Falta de salário, sobrecarga de serviço e um tratamento desumano resultaram na tragédia vivida pela oficial enfermeira nessa semana. 

Quantos mais precisarão tombar extenuados em serviço? 

Até quando nossos militares da saúde conseguirão suportar toda essa "carga"?    

domingo, 8 de janeiro de 2017

A FACE DA DESUMANIDADE DENTRO DO CBMERJ

Oficial enfermeira é presa em cela no quartel do Humaitá simplesmente por não ter condições de saúde para dar continuidade ao serviço, mesmo tendo informado ao médico coordenador da regulação suas debilidades de física e emocionais.





Essa é uma daquelas histórias de enojar. Era só questão de tempo para que um militar que corre na ambulância do SAMU tombasse, mas o pior não é tombar, mas sim ser empurrado para o buraco por aqueles que deveriam acolher. O tratamento dispensado à Tenente Melissa foi CADEIA.


Melissa, tenente enfermeira do CBMERJ, neste último final de semana, correndo na ambulância de campo grande (quem conhece sabe que é chapa muito quente) depois de várias ocorrências no dia, informou ao médico coordenador da regulação do SAMU que não estava bem e não poderia dar continuidade ao serviço. Solicitou ajuda, havia chegado no seu limite. Do outro lado da linha o médico frio, um tanto quanto sarcástico, desacreditou dos relatos da militar, desconsiderou seu histórico clínico de síndrome de esgotamento e tratamento de depressão (faz uso de fluoxetina, Clonazepam e imipramina uso regular) e determinou que a mesma continuasse. Imediatamente se negou, agora ela é quem precisava de socorro. Quando regressou ao quartel recebeu do oficial de dia voz de prisão por insubordinação vinda por ordens superiores (Cel Simas). Ainda tentaram convencê-la de ir para o evento seguinte a fim de amenizar, porém a Ten Melissa não tinha a menor condições e não foi. 

Conduziram na até a corregedoria, lavraram o auto de prisão em flagrante (mesmo alegando necessidade de atendimento médico e apresentando sintomas diversos) prometeram levá-la até a psiquiatria, contudo jogaram na numa cela insalubre no quartel do Humaitá com água potável somente na garrafa.

SOS BOMBEIROS: COVARDIA COM REQUINTE DE CRUELDADE é a melhor frase para definir tal situação. Uma militar que adoeceu por conta de um sistema falido (SAMU) que atende todo tipo de mazela sem as mínimas condições para seus profissionais (Não se alimentam direito, não descansam, não dormem, sobrecarregados em atendimentos, sob pressão imposta por um regulamento que dá poder aos covardes, viaturas precárias que põe toda a guarnição em risco).

Necessitam de tratamento e não encontram; salário atrasados; sem perspectiva de progressão na carreira; essa é a realidade dos profissionais da saúde na corporação. Precisam ser os super homens e ofertar saúde à população quando na verdade estão doentes, oprimidos pelos seus comandantes desumanos que só visam seus interesses lucrativos nos "esqueminhas", utilizando a mão de obra barata dos profissionais que sobrevivem serviço a serviço.

A tenente Melissa NÃO É CRIMINOSA ela é vítima de um sistema doente, corrupto e covarde que a levou a adoecer também, sobrando para a parte mais frágil (militares da ponta) os danos. 

Soltem a Ten Melissa imediatamente! 
Pelo amor de Deus! Cuidem dos seus bombeiros. Não os matem! 
Menos ambição e mais consideração aos nossos heróis. Ela precisa de amparo e tratamento médico.

SOMOS TODOS MELISSA. ABAIXO A COVARDIA NO CBMERJ

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

DATA PARA PAGAMENTO DE DEZEMBRO... SÓ DEUS SABE

Certamente este mês os profissionais da educação e segurança pública também serão atingidos pelo atraso de salários. Hoje, dia 05, será pago a primeira parcela relativo ao mês de novembro de grande parte dos servidores que não receberam nada, essas parcelas se encerram somente dia 17/01, e o governo vem afirmando que só poderá pagar a folha de dezembro quando quitar a de novembro.




SOS BOMBEIROS: Nos bastidores do CBMERJ circula a informação de que ficaremos com dois meses de salários atrasados, se a tropa não acordar e tomar uma atitude enérgica estaremos mendigando em poucos meses. Hoje o MUSPE fará um ato na porta do Palácio Guanabara a partir das 10h, é fundamental sua presença para perturbar o desgovernador. Esse governo já está morto, o processo a ser encadeado agora é a saída de Pezão, até a rede Globo passou a atacá-lo (deve ter acabado a verba de publicidade junto as organizações Marinhos)





segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

FALTA DE PAGAMENTO DEIXA POLICLÍNICA DOS BOMBEIROS SEM ÁGUA E LUZ

Primeiro dia do ano e o tom da tendência de como será a rotina nos setores públicos, e em particular nesse caso a policlínica de Campinho do CBMERJ, dá as más vindas ao corpo de saúde da corporação.



Desde as primeiras horas do dia(02) o clima está péssimo na policlínica de Campinho. Sem energia elétrica, sem água gelada, um calor absurdo, pacientes sob riscos de contaminação, assim como o corpo de saúde. E tudo isso por uma série de problemas, passando inclusive pela possibilidade de corte na energia por falta de pagamento.




E pra incrementar o comandante da unidade, Cel Bm Areas, está irredutível em dar uma solução compatível com a falta de condições de trabalho na presente unidade. Todos permanecem de plantão até segunda ordem, todas as janelas e portas abertas como dá.


SOS BOMBEIROS: Entendemos que o Cel Ares não tem força para resolver nada, apenas passar a bola pra cima e ligar na light para se queixar, não esperem nada de quase todos os Cels da corporação, são omissos com sua tropa e não saem da zona de conforto por nada, a síndrome da covardia aumenta a medida que as gemadas vão ocupando às luvas em cima dos ombros. 

Na verdade quem pode dar solução eficaz são os militares lotados nessas unidades, fazendo denúncias ao MPE relatando todas as precariedades, falta de condições de trabalho, e todas as formas de abusos.

Se permanecerem na inércia, apenas reclamando pelo whatsapp, só vão levar mais fumo, mais do que já levam. Saiam da zona de conforto e abram a boca, já está mais que na hora de deixar de chorar e reagir.

Força militares da saúde que trabalham nas policlínicas do CBMERJ, vocês unidos são muito fortes.

domingo, 1 de janeiro de 2017

MAIS SAÚDE PARA VOCÊ

Memória perdida, esquecimentos, déficits de atenção, são alguns problemas que podem ser tratáveis através da Neuropsicologia.


O que é Neuropsicologia? 

A Neuropsicologia é uma interface da psicologia e da neurologia, que estuda as relações entre o cérebro e o comportamento e da cognição humana (atenção, consciência, memória, linguagem, inteligência e outras).

E mais: 
Demências, sequelas de derrames (AVC), traumatismo craniano e tumores cerebrais são alguns problemas que podem ser investigados pela Avaliação Neuropsicológica e através desta, terem o tratamento adequado para redução ou até mesmo extinção dos mesmos.

Sabendo da precariedade do atendimento psicológico visando trazer mais saúde pra você e e seus familiares a DIGPREST firmou mais um convênio para prestação desses e outros serviços como:

Avaliação Neuropsicológica

Reabilitação

Estimulação

Terapia Ocupacional

Psicoterapia

Fonoaudiologia


Conheça a nossa rede de empresas conveniadas e parceiras do VIVAMENTE Rio! 

exclusivamente para nossos associados 15% de desconto em TODOS o serviços!  pegue o encaminhamento na associação ou apresente sua carteirinha.

Vivamente Rio - Rua Dias da Cruz, 47/602. Telefone: 3274-1791.


ASSOCIAÇÃO SOS BOMBEIROS(DIGPREST)

Rua: Dias da Cruz nº 155 cobertura II  - Méier

Aberta de 10:00h às 12:30 e de 13:30 às 18:00h 

E-mail: associacaososbombeiros@gmail.com

Tel: (21) 3106-6891

presado associado, sabemos das dificuldades atuais pelas quais todos estamos passando, mas por favor não esqueça de fazer seu depósito, a associação não existe sem você.